1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Calib]Poemaria - poemas

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Calib, 31 Out 2012.

  1. Calib

    Calib Visitante

    ~~~Já solicitei a remoção do tópico, mas como não fui atendido precisei eliminar os meus poemas manualmente.~~~
     
    Última edição por um moderador: 11 Fev 2015
    • Mandar Coração Mandar Coração x 3
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Achei interessantes os versos "Arde-me o peito e de paixão se inflama / sem ter-vos cá ao lado, em minha cama." pois neles, literalmente, o soneto dá uma esquentada... (Aliás, achei que ia rolar sacanagem...)

    Esse jogo entre fogo-gelo ficou muito bem desenvolvido. Fogo do amante, que está em chamas por uma mulher que é "de amor isenta", ou fogo da mulher amada, pois ela é capaz de "aplacar os ais", em contraposição ao gelo do amante, "na ampulheta lenta". No caso dessa última imagem, achei interessante que ela intensifica ainda mais uma imagem que já estava intensificada: "Quão longas são as horas nesta espera". Outro exemplo desse efeito são nos versos do começo, em especial no peito que arde e na paixão que se inflama. Mas, ao mesmo tempo, contrapondo essas intensificações que representariam o Fogo, o poema também apresenta antíteses que representariam o Gelo, como nos dois últimos versos ou no terceiro.

    Você já tinha postado esse soneto no Meia? Se o poema é novo, sua produção continua de alto nível; se é velho, vou dar um jeito de furtar na cara dura essa sua arca :disgusti:
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  3. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Não sei se o problema é comigo, que acho rimas em "isto" um tesão, mas as rimas com "Cristo", além de ousadas, são donas de uma força semântica que eu julgo, no mínimo, diferenciada...

    Esse eu me lembro bem, inclusive pelo acróstico que dá ao soneto uma bela reviravolta. Agora só não me lembro bem se comentei que o termo "Chaga" do título acentua ainda mais esse contexto profano que o poema pode adquirir... Acho que não. Na época quando comentei eu não tinha essa tara com rimas em "isto".
     
    • LOL LOL x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Esse eu me lembro... Os dois últimos versos deram uma trava na hora de ler, mas com um pouco de atenção eles saíram. Não sei se foi seu objetivo deixá-los assim... Acho que sim, pois "sem sol morrer" desse modo pode adquirir outras interpretações ao lado de "vampiro" do verso anterior e o "se" do mesmo verso.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  5. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Dá vergonha de comentar, com todos esses comentários abalizados do Mavericco. Serve um simples: FODA!? :dente:

    Mas é sério. Sempre gostei de poesia, embora eu não tenha conhecimento técnico. Até me arrisco, eventualmente, a colocar o que sinto em versos.
    E dentro dessas limitações, avalio um poema pela emoção que ele me desperta. E seus textos são muito fortes e pujantes, Calib! Continuarei acompanhando... :joinha:
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  6. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Nos dois últimos versos está faltando uma vírgula ou ele é um hipérbato mesmo?

    (rimar "insones" com "Adônis", hein :hanhan:)
     
    • LOL LOL x 1
  7. Sejong

    Sejong Óculos Torto

    Genial! Achei este o melhor, embora os outos também estejam muito bons. Seu talento é grande, inegável e admirável. Amo poesia, e reconheço em você um poeta completo. Mudando um pouco de assunto, notei que você entende muito de métrica (além de poesia, claro), então gostaria de lhe perguntar: existe alguma métrica que tenha a seguinte estrutura: sete estrofes, cada estrofe com três versos, cada verso com sete palavras? Fiquei feliz de encontrar este tópico, por quê não me avisou que ele existia? :lol: :) Continue postando, por favor, pois suas poesias são verdadeiros tesouros. E, mais uma pergunta: o que acha das coautorias? :)
     
  8. Ana Lissë

    Ana Lissë Nazgûl boazinha

    Nossa, Calib!

    Nem sei o que dizer, porque qualquer elogio que eu der estará aquém do que suas poesias merecem!
    Parabéns e continue postando!
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1

Compartilhar