1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Autor da Semana C.S. Lewis

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Nihal, 20 Fev 2012.

  1. Nihal

    Nihal Ventinha xD

    Clive Staples Lewis

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Clive Staples Lewis nasceu em Belfast, Irlanda do Norte, em 29 de Novembro de 1898. Filho de Albert e Flora Lewis,irmão de Warren Lewis, família anglicana que frequentava a Igreja da Irlanda. Cresceu em meio aos livros da biblioteca particular de sua família, criando um mundo próprio e desenvolvendo sua imaginação fértil.

    Aos 4 anos Lewis apelidou a si mesmo de jack e assim ficou conhecido por familiares e amigos até sua morte. Nessa época, juntamente com seu irmão,3 anos mais velho, começou inventar algumas histórias, entre elas uma se tratava de um reino com sapos, ratos e outros animais falantes, que foi chamado de Boxen. Lewis nunca chegou a publicar ou escrever um livro contendo as histórias de Boxen, mas seu irmão, após sua morte, fez uma compilação e as publicou, em 1985 com o nome de "Boxen".

    Durante essa época de sua infância, por causa das chuvas e ameaça de tuberculose, Lewis passava muito tempo dentro de casa, brincando de se esconder dentro de um velho guarda-roupas feito de carvalho pelo seu avô, Richard Lewis. Lewis, segundo sua prima Clarice, ficava contando suas aventuras enquanto bricavam no armário.

    Em 1907, sua mãe, Flora foi diagnosticada com um câncer, vindo a falecer em 23 de agosto de 1908, aniversário de Albert, seu esposo. Albert se fechou, esquecndo-se da existência dos filhos. Assim, Lewis e seu irmão passaram a pensar que só pidiam confiar um no outro.

    Em 1911, Lewis foi estudar na Inglaterra. Não conseguia se adaptar, chegando a escrever várias vezes ao pai, pedindo pra ser retirado da escola e até a ameaçar suicídio.Anos mais tarde reconheceu que nessa época não acreditava em Deus e ao mesmo tempo se entristecia por esse Deus ter criado um mundo tão cheio de falhas.

    Em 1916 conseguiu uma bolsa de estudos na Universidade de Oxford, mas seus estudos foram interrompidos pelo serviço militar na Primeira Guerra Mundial, retornando a Oxford em 1918.Durante a guerra conheceu um soldado Irlandês chamado Paddy Moore e se tornaram gandes amigos. Eles fizeram uma promessa em que se um deles falecesse na guerra o outro tomaria conta da família deixada. Paddy Moore faleceu em 1918 e Lewis cumpriu a promessa. Procurou a mãe de Paddy,Janie Moore, da qual foi um grande amigo, cuidando dela e de sua filha, Maureen.

    Em 1919 Lewis retomou seus estudos em Oxford e em 1923 foi diplomado com Alta Distinção em Literatura Grega e Latina, Filosofia e História Antiga e Língua Inglesa.Em 1924 começou a lecionar Filosofia em Oxford como professor substituto e em 1925 foi eleito membro da Magdalen College onde trabalhou por vinte e nove anos como professor de jovens que aprendiam Literatura e Língua Inglesa.

    Em 1926 teve seu primeiro encontro com o futuro amigo J.R.R Tolkien. E lentamente foi retomando o teísmo e o cristianismo. Lewis comenta em "Surpreendido pela Alegria" o momento em que se tornou novamente um teísta: “No semestre do Trinity College, em 1929, eu cedi, admitindo que Deus era Deus, caí de joelhos e orei: talvez, naquela noite, eu fosse o mais desanimado e relutante convertido em toda a Inglaterra.”
    Em setembro de 1931 após conversas com Tolkien e Hugo Dyson, Lewis se convenceu de que a fé cristã era real, e se reconverteu ao cristianismo enquanto se dirigia a um zoológico acompanahdo de seu irmão. Lewis passou a fdazer parte da Igreja Anglicana, contrariando Tolkien, que era católico romano.

    Em 1939 Lewis acolheu quatro meninas da 2ª Guerra e para distraí-las iniciou uma história sobre quatro crianças refugiadas da guerra que passam um tempo na casa de um velho professor. As crianças eram Ann, Matin, Rose e Peter. A história foi rapidamente abandonada mas foi o começo do que viria a ser "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa".

    Entre 1940 e 1941, Lewis deu palestras sobre o cristiansmo para a Força Aérea Real da Grã-Bretanha. Foi chamado "O Apóstolo dos Céticos", principalmente nos Estados Unidos. Suas palestras tocavam profundamente os ouvintes da BBC de Londres. Em sua última palestra, chamada "O Novo Homem", Lewis disse: "Olhe para você, e você vai encontrar em toda a longa jornada de sua vida apenas ódio, solidão, desespero, ruína e decadência. Mas olhe para Cristo e você vai encontrá-Lo, e com Ele tudo o que mais você necessita."

    Em 1950, Lewis começou se corresponder com Joy Gresham, uma escritora americana de 34 anos.Joy foi morar em Oxford após se divorciar do marido, para não ter mais que se encontrar com ele. Em 1956 Lewis se casou no civil com Joy para ela não ser deportada. No mesmo ano foi descoberto que Joy tinha um câncer nos ossos. Em 1957, ela foi internada e Lewis percebeu que estava apaixonado por ela. Eles se casaram religiosamente no hospital. Em 1960 passaram a lua de mel na Grécia e em julho do mesmo ano, Joy faleceu.

    No início de junho de 1961 Lewis começou a ter problemas de saúde e foi diagnosticado com uma inflamação dos rins.Em julho de 1963, sofreu um ataque cardiáco e foi internado. Ele sofria de perda da concentração e adomercia durante suas atividades. Em agosto do mesmo ano, saiu do hospital e voltou pra casa com um enfermeiro, se demitiu do seu cargo na universidade por não ter mais condições de exercê-lo. Em 22 de novembro de 1963, uma semana antes de seu aiversário de 65 anos, Lewis faleceu em sua casa, no mesmo dia em que Aldous Huxley morreu, e o presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, foi assassinado. A coincidência deu origem ao livro "O Diálogo – Um debate além da morte entre John F. Kennedy, C. S. Lewis e Aldous Huxley", de Peter Kreeft,onde os três personagens, representando o teísmo ocidental (Lewis), o humanismo ocidental (Kennedy) e o panteísmo oriental (Huxley), discutem sobre religião e cristianismo.



    Obras

    (Obras publicadas após sua morte são coletâneas de seus escritos de datas diversas,
    não correspondendo necessariamente à ordem de publicação)


    Poesia

    Spirits in Bondage (1919)
    Dymer (1926)
    Narrative Poems (1969)
    The Collected Poems of CS Lewis (1994)


    Ficção

    O Regresso do Peregrino (1933)
    Cartas de um diabo ao seu aprendiz (1942)
    O Grande Abismo (1945)
    Até que tenhamos rostos (1956)
    Fitafuso propõe um brinde (1959)
    Oração: Cartas a Malcom (1964)
    The Dark Tower and Other Stories (1977)
    Boxen (1985)


    Trilogia Espacial

    Out of the Silent Planet (1938)
    Perelandra – ou Voyage to Venus (1943)
    That Hideous Strength – ou The Tortured Planet (1946)


    As Crônicas de Nárnia

    O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa (1950)
    Príncipe Caspian (1951)
    A Viagem do Peregrino da Alvorada (1952)
    A Cadeira de Prata (1953)
    O Cavalo e seu menino (1954)
    O Sobrinho do Mago (1955)
    A Última Batalha (1956)


    Não ficção

    The Allegory of Love (1936)
    Rehabilitations and other essays (1939)
    The Personal Heresy (1939)
    O problema do Sofrimento (1940)
    A Preface to Paradise Lost (1942)
    A Abolição do Homem (1943)
    Beyond Personality (1944)
    Milagres: Um estudo preliminar (1947)
    Arthurian Torso (1948)
    Cristianismo Puro e Simples (1952)
    English Literature in the Sixteenth Century Excluding Drama (1954)
    Major British Writers, Vol I (1954)
    De Descriptione Temporum. An Inaugural Lecture (1955)
    Surpreendido pela Alegria (1955)
    Reflecções nos Salmos (1958)
    Os Quatro Amores (1960)
    Studies in Words (1960)
    An Experiment in Criticism (1961)
    A Anatomia de uma dor: Um luto em observação (1961)
    They Asked for a Paper: Papers and Addresses (1962)
    Selections from Layamon’s Brut (1963)
    The Discarded Image (1964)
    Studies in Medieval and Renaissance Literature (1966)
    Of Other Worlds (1966)
    Spenser’s Images of Life (1967)
    Cartas a uma Senhora Americana (1967)
    Christian Reflections (1967)
    Selected Literary Essays (1969)
    God in the Dock (2 volumes) (1970-1971)
    O Peso de Glória (1980)
    O negócio do céu (1984)
    Present Concerns (1986)
    All My Road Before Me: The Diary of C. S. Lewis 1922–27 (1993)


    Ensaios

    Essay Collection: Literature, Philosophy and Short Stories (2000)
    Essay Collection: Faith, Christianity and the Church (2000)


    Cartas

    Volume I: Family Letters 1905–1931 (2000)
    Volume II: Books, Broadcasts and War 1931–1949 (2004)
    Volume III: Narnia, Cambridge and Joy 1950–1963 (2007)


    Antologias

    George MacDonald (1947)



    Tópicos já existentes (listei apenas os mais relevantes, IMO)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 25 Fev 2012
    • Ótimo Ótimo x 7
    • Gostei! Gostei! x 4
  2. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Sou sueca; não gosto do Lewis.
     
    • LOL LOL x 3
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Sou :slow: não entendi a piada.
     
    • LOL LOL x 1
  4. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Dele eu só li Nárnia. E gostei muito dos seis primeiros livros. Até o sexto, ele estava sendo infanto-juvenil, ensinando lições através de aventuras, mas sem ser piegas ou alegórico demais. Mas no sétimo ele abusou da minha boa vontade, detestei. Quase estragou a minha relação com o restante da série.
     

Compartilhar