1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Adriana Calcanhotto

Tópico em 'Música' iniciado por Excluído046, 25 Jul 2011.

  1. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Não costumo criar tópicos sobre os cantores/bandas de que gosto, mas, enquanto procurava um formatinho do Wolverine, acabei encontrando um recorte de jornal, do ano passado, do Estado de Minas que tem uma matéria sobre a Adriana Calcanhotto. Aí senti vontade de criar o tópico. A matéria era sobre o álbum: Partimpim 2. (e lembro que, na ocasião da publicação dessa matéria, dia 4 de outubro, eu fiquei meio puta por não terem falado sobre o aniversário dela, que foi no dia 3). Acho o primeiro Adriana Partimpim uma graça. Sério. Não trata crianças como retardadas. E a interpretação da Adriana para Fico Assim Sem Você ficou linda. Muito linda. (a Thatá, minha sobrinha, cantando essa música me deixa toda menininha!) Adoro ouvir essa música, durante a madrugada, quando estou meio sonolenta, ou bem cedinho, quando acordo.

    Minha mãe é a pessoa responsável por eu gostar da Calcanhotto. Eu juro que tentei não gostar de Adriana, eu até tinha uma rejeição grande, nem prestava atenção quando minha mãe colocava algum CD dela e tal, mas, um belo dia, eu sonhei com "Senhas". Acordei e fui direto procurar o CD. Ouvi a música por umas mil vezes e fiquei cantando: "Eu gosto dos que têm fome, dos que morrem de vontade, dos que secam de desejo, dos que ardem". Aí eu comecei a ouvir todos os CD's. Resumo da ópera: sou mais fã do que minha mãe.

    Não estou com paciência para fazer um post detalhado sobre todos os álbuns da Adriana, por isso, vou comentar coisas aleatórias, na medida em que eu for lembrando. Adriana (chamada, pelos amigos, de Adrix, e pelo pai de Partimpim) é gaúcha, mas mora no Rio; tem duas gatas (adoro gatos!) e seis cachorros (não curto muito cachorros!); é filiada ao PV (que merda! :cry: ); tem um relacionamento duradouro com a Susana (sabem sobre que Susana estou falando, né? Ok, sabem, vão aparecer aqui dizendo que é a Susana Vieira.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ), e adora lavar vasilhas (vocês dizem lavar louças. :roll: ). E essa última afirmação foi de uma quebra de paralelismo semântico ímpar.

    Adriana fez canções (tá, musicou!) com poemas de Mário de Sá Carneiro, Carlos Drummond de Andrade e Ferreira Gullar. Canta outras que compôs com Waly Salomão , Antonio Cícero e Arnaldo Antunes. Essas e outras músicas estão espalhadas pelos seus álbuns: Enguiço, Senhas (nesse, adoro a música que dá título ao álbum, gosto de "Esquadros", gosto de "Mentiras", de "Água Perrier") , A Fábrica do Poema (gosto muito desse álbum! "Por que você faz cinema?" é foda, "Metade" é foda. Sudoeste é magnífica, "O Verme e a Estrela" é perfeita. "Morro dois irmãos" NÃO PRECISA de comentários, obrigada. Mas vale ressaltar que eu ODEIO "Cariocas". Puta música chata da porra!), Marítimo (VAMBORA, gente. VAMBORA, GENTE. Uma das músicas mais lindas do universo! Amo, absurdamente, essa música, :grinlove: ), Público (Maresia, Dona de Castelo - 'brigada, Waly! -, Medo de amar), Cantada (Gente, sério, Cantada é muito linda. Adoro. Vira e mexe coloco um fragmento dela como nick de msn.), Perfil - Adriana Calcanhotto, Adriana Partimpim (Além de Fico Assim Sem você, que eu já disse que adoro, tem "Sins", que já disseram que é a música da Adriana que me define!), Adriana Partimpim - O Show e Maré (Três - ficou linda, embora eu ainda prefira a versão da Marina, "Um dia desses" - poema lindo, do Torquato [R.I.P]. )

    Também gosto, absurdamente, de "Pelos ares", "Mão e Luva", "Teu Pensamento", "Porto Alegre", "Maré" (Pô, a música é bem bonitinha). "Pão doce" sempre me faz rir. E eu gosto de pessoas/coisas/músicas que me façam rir. "Me dê motivo", com Lanny Gordin (salve, salve!), ficou F.O.O.A. Muito foda. Ouço, umas dez vezes seguidas, e não me canso. Também adoro a interpretação da Adriana de "Muito Romântico" e "A Felicidade". E "Vidas Inteiras" (do filme Polaróides Urbanas) é melancolicamente linda.

    Para não ficar só na rasgação de seda... acho que, como intérprete, ela consegue ser foda, embora não repita o feito como compositora. No geral, suas composições são boas, sim. A crítica que eu tenho a fazer é em relação a melodia. E isso serve, também, para as canções dela que eu, tipo, IDOLATRO, como Vambora e Cantada. Letras ótimas, mas a melodia deixa a desejar. E eu tenho a terrível mania de 'avaliar' canções pela melodia. Até gosto de algumas músicas, com letras meio idiotas, se tiver uma melodia agradável.


    Entre maio e junho de 2008, durante a turnê do disco Maré, em Portugal, Adriana surtou. (não conseguia dormir, os remédios receitados não ajudaram em nada, só pioraram.) Foi catastrófico. Mas ela conseguiu extrair algo bom disso. Escreveu o livro Saga Lusa, que é muito bom. Leitura divertida. Vale a pena ler.
     
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Gosto música da Adriana, não sou fã, mas curto muito as músicas dela. Ouvia muito 'Fico assim sem você' e 'Senhas'.
     
  3. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Acho a voz dela doce e até ouço de boa... mas não sou nada fã ou a acho espetacular e tal... a única música que realmente gosto com ela é Esquadros.
     
  4. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Gosto dos álbuns Senhas(1992) e dos dois volumes de Adriana Partimpim(2004/2009).
    A versão dela para O Trenzinho do Caipira,do Heitor Villa Lobos é ótima.

    E Melian já escutou o álbum que ela lançou este ano,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Só escutei duas vezes,mas causou uma boa impressão e é bem gostoso de se ouvir.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Admito que tinha um certo preconceito contra ela no início, quando surgiu com "Naquela Estação" e "Caminhoneiro". Achei que era só mais uma cantora "eclética", dentre tantas outras que apareceram na época.

    Só fui realmente escutá-la com mais atenção depois que minha irmã comprou o CD Perfil e ficava tocando-o no carro toda vez que saíamos. Quando saiu o Adriana Partimpim, resolvi ouví-lo e fiquei apaixonado pelo álbum. O repertório era de excelente qualidade, com escolhas nada óbvias, de músicas que não tinham sido escritas especialmente para crianças, mas que funcionavam perfeitamente no contexto do disco.

    Foi maravilhoso redescobrir "Fico Assim Sem Você", assim como conhecer "Oito Anos" e "Ser de Sagitário". Eis outras favoritas:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Passei a acompanhar a carreira da cantora e gostei dos trabalhos seguintes, com destaque para Maré:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Mais algumas prediletas:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Ouvi, sim. E achei uma delícia. Destaco, principalmente, as canções: "Eu vivo a sorrir", que poderia, muito bem, se chamar "eu vivo a esperar". Essa música é de uma doçura tão grande, que exibe, sonora e visualmente, um sorriso triste, mas esperançoso. Vai que me espera com boas notícias o inesperado...; "aquele plano pra me esquecer"; "Pode se remoer"; "vai saber", que é um aviso em forma de poesia; "Tão chic"; "vem ver" e "Você disse não lembrar", minha preferida, porque faz com que eu me sinta em uma roda de samba. Você disse não lembrar do que eu não sei esquecer, quer você minta ou sinta, ou sinta muito, ainda, você disse que não lembra.

    Da primeira vez que ouvi O Micróbio do Samba, pensei "nossa, esse álbum é tão 'Maré'". Depois, ao ouvir com mais atenção, eu percebi que o álbum não é Maré, é Adriana. É a assinatura do estilo Adriana de interpretar não somente, mas também, samba. Um estilo sublime, que encanta, sobretudo, pela sutil sugestão de um flerte com a Bossa Nova, mas que, no fim, quer ser de categoria nenhuma. Minha música quer Só ser música. Minha música.
     
  7. Mandos

    Mandos Tecendo os destinos de Arda

    Eu não entendi o problema com os "Cariocas" ...rsrsrs... Enfim, eu sou muito fã da Adriana também. Gosto demais de uma boa parte de suas músicas, principalmente a que me define regionalmente (brinks). Gostei muito do tópico! Parabéns por tanta informação legal sobre a cantora. O caso dela com a tal Suzana eu não sabia meXXXmo! (zuação carioca)! Valeu lek!!!
     
    • LOL LOL x 1
  8. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Engraçado. Sempre que falo que ODEIO a canção "Cariocas", algum carioca faz um comentário do tipo. Um grande amigo, que é carioca, costuma dizer "eu até pensaria que é pessoal...", e eu respondo: "quando eu falar que odeio botafoguenses, será pessoal, querido :lol:"


    Não sei se vocês já viram o filme Doces Poderes, da Lucia Murat. Eu adoro o filme, e acho que Dona de Castelo (obrigada, Jards!), interpretada pela Adriana, como tema do filme, ficou muito legal, mesmo.
     
  9. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Numa análise geral a Adriana tem letras muito boas, algumas excelentes! Verdadeiras jóias!

    No quesito melodia eu compartilho da mesmíssima opinião da Melian que nesse ponto ela peca um pouco, pois eu já ouvi letras dela "melodicamente" interpretadas de outra maneira em shows do Nando Reis e Marisa Monte e ambos mandaram muito bem dando um novo arranjo e/ou acrescentando um ritmo que faltava, ou seja, eles lapidaram a jóia composta por ela deixando-a mais vistosa e radiante.

    Apesar disso, isso não dimunui em nada a grandeza e a qualidade do trabalho dela que é muito bom!
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar