1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Divina Comédia dos Mutantes

Tópico em 'Música' iniciado por Pips, 18 Mar 2009.

  1. Pips

    Pips Old School.

    Ser louco não bastava nos Mutantes. Não adiantava apenas pensar ser Deus. Para a maior banda de rock que o Brasil já teve, ser louco era a ponta do Iceberg. O que começou como loucura pela música, pela cultura hippie e pelo amor quase terminou, em 1982, como uma trágica tentativa de suicídio, causada por essas loucuras vividas.

    Carlos Calado abre o livro “A Divina Comédia dos Mutantes” falando sobre o ano novo de 1982, quando Arnaldo Baptista quebra a janela de vidro da ala psiquiátrica do Hospital do Servidor Público. Resultado: Edema pulmonar e cerebral, setes costelas fraturadas, lesões pelo corpo, enfim, o anúncio de um possível coma. Rita Lee, ex-Mutante e ex-do Mutante, saiu às pressas de casa sua casa, no bairro Paraíso, quando soube da notícia. No caminho diversas lembranças sobre Arnaldo vinham à cabeça.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. adoro eles.
    Vou procurar ler assim que possivel.

    E adorei o texto=)
     

Compartilhar