1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Você ainda assiste Chaves?

Tópico em 'Nostalgia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 3 Nov 2010.

?

Você ainda assiste Chaves hoje em dia?

  1. Sim

    81,8%
  2. Não

    18,2%
  1. melody

    melody Usuário

    ele tem alguns dvds, mas o problema é q nem sempre tem alguém na casa pra ligar o dvd, pq ele e minha avó não sabem/conseguem
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  2. Heberus Stormblade

    Heberus Stormblade Paz e Amor

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Acontece o mesmo em meu caso.
     
    • LOL LOL x 2
  3. Eu adoro Chaves. É o melhor programa ever.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Chaves agora me acompanha na hora do almoço, é meu programa do meio-dia. :D
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 2
  6. Nessä Nólatáry

    Nessä Nólatáry Mademoiselle de Volanges

    De vez em quando ainda assisto, e ate hoje me faz rir muito,assim como o pica-pau! Tenho saudades de assistir coisas antigas as vezes. =/
     
  7. Heberus Stormblade

    Heberus Stormblade Paz e Amor

    Sim, todo dia no almoço.
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Notícias do Prof. Girafales, infelizmente nada animadoras.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Reprodução/Facebook
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Rubén Aguirre, o Professor Girafales, veste camisa da seleção brasileira, em 2013, no México
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Por PAULO PACHECO, em 16/09/2014 · Atualizado às 05h32
    Recém-saído do hospital, Rubén Aguirre, o Professor Girafales da série Chaves, vive um drama. Aos 80 anos, ele foi diagnosticado com depressão profunda e está isolado em sua casa, na Cidade do México, com os familiares. O comediante não recebe visitas nem aceita pedidos para falar com jornalistas. A Band tentou, mas conseguiu apenas falar com Arturo Aguirre, um dos sete filhos do ator. A entrevista vai ao ar nesta terça-feira (16), no Tá na Tela.

    "É um momento muito delicado para todos nós. Por ser um quadro de depressão, preferimos evitar exposições ou quaisquer entrevistas. Agradecemos o convite e mando abraços a todos no Brasil que admiram meu pai", disse Arturo Aguirre, filho do Professor Girafales, a Luiz Bacci, apresentador do Tá na Tela.

    Amigos e ex-colegas também se impressionaram com o estado de saúde do Professor Girafales. Edgar Vivar, o Sr. Barriga, disse a Luiz Bacci que achou o companheiro de Chaves "muito abatido".

    Rubén Aguirre deu entrada em 23 de agosto no Instituto Mexicano de Segurança Social, na Cidade do México, onde ficou internado durante duas semanas com desidratação, anemia e fraqueza nas pernas. O ator deixou o hospital no dia 6 de setembro.

    Os filhos estão apreensivos com a condição física do Professor Girafales. Além de estar se recuperando da internação e ter diabetes e problemas renais há pelo menos 20 anos, o ator está debilitado pela depressão. O estado de saúde de Rubén Aguirre é considerado "muito delicado" pelos familiares.

    Bacci viajou para o México na última sexta-feira (13) e gravou com o filho de Rubén Aguirre, Edgar Vivar e a atriz Ana de la Macorra, que interpretou Paty, namorada do Chaves na série.

    Nesta terça, o Tá na Tela mostrará o reencontro do Sr. Barriga com a ex-colega após 35 anos. Edgar Vivar e Ana da la Macorra atuaram juntos pela última vez em 1979, quando ela era Paty e ele, Nhonho. Ana de la Macorra, de 55 anos, abandonou a carreira de atriz e virou psicóloga.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
  9. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O perfil no Twitter do ator Rubén Aguirre ( @biografiaraf), o professor Girafales do seriado Chaves, publicou nesta semana uma foto rara dos bastidores das gravações do programa, na década de 1970.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    (Foto: Reprodução/Twitter)
    Nela, Roberto Bolaños (Chaves), Maria de Las Nieves (Chiquinha) e Ramón Valdés (Seu Madruga) passam o texto de uma gravação no cenário da vila.

    Em outra imagem, também publicada nesta semana, Roberto Bolaños aparece fazendo o famoso “Isso, Isso, Isso”, nos bastidores.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    1
    Após os protestos de extrema-direita em Charlottesville (EUA), que chocaram o mundo no último fim de semana, a pergunta que fica é: quem poderá nos defender da ameaça nazista? Chapolin Colorado, é claro! O herói mexicano já ficou cara a cara com Adolf Hitler em um episódio inédito no Brasil, com o elenco de "Chaves" como nazistas e Roberto Gómez Bolaños vivendo dois papéis: como Chapolin e o ditador alemão.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Chapolin Colorado e Adolf Hitler frente a frente Imagem: Reprodução
    O Polegar Vermelho e o líder nazista se encontraram no episódio "El Encuentro del Siglo" ("O Encontro do Século"), da temporada de 1980, que não foi comprada pelo SBT. Naquele ano, "Chaves" e "Chapolin" se uniram a outros quadros de Roberto Gómez Bolaños dentro do programa "Chespirito".
    O episódio hilário conta com o elenco quase completo de "Chaves" interpretando papéis muito diferentes da série mexicana. Edgar Vivar (Sr. Barriga) e Horacio Gómez (Godinez) interpretaram soldados alemães. Florinda Meza (Dona Florinda) viveu uma espiã a serviço de Hitler. Angelines Fernández (Bruxa do 71) se disfarçou de nazista em Berlim e fazia parte da tropa britânica com Rubén Aguirre (Professor Girafales), que ficou em Londres. Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha) não participou do episódio. Carlos Villagrán (Quico) e Ramón Valdés (Seu Madruga) tinham saído do programa um ano antes.
    Além de atuar como Hitler e Chapolin, Bolaños, o nosso Chaves, escreveu e dirigiu o episódio especial, com mais de 40 minutos.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Horacio Gómez, Angelines Fernández, Florinda Meza e Edgar Vivar foram nazistas em "Chapolin" Imagem: Montagem/Reprodução
    Como Chapolin conhece Hitler?

    No episódio, ambientado na Segunda Guerra Mundial, o herói é chamado pelos britânicos por ser "invencível", mas cai na armadilha de uma espiã nazista, que finge estar contra os alemães e leva o Vermelhinho até o quartel-general do ditador.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Roberto Gómez Bolaños interpreta Adolf Hitler no episódio "El Encuentro del Siglo" Imagem: Reprodução
    Enquanto isso, Hitler trama com seu Exército as estratégias para conquistar o mundo. Inspirado, Bolaños interpreta um ditador tresloucado, que cospe em seus soldados quando grita em "alemão" e se irrita quando descobre que enviou 400 submarinos para a Áustria sem saber que o país não tem saída para o mar.
    O "encontro do século" do titulo só acontece nos últimos minutos, quando Chapolin entra no QG nazista. A reação do Vermelhinho é hilária. Ele chora ao saber que foi enganado pela espiã.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Chapolin chuta o bumbum de Hitler, que morre após seu soldado explodir sala sem querer Imagem: Montagem/Reprodução
    O desfecho é surpreendente. Mesmo apavorado, Chapolin consegue chutar o bumbum de Hitler e foge. O ditador acaba sendo derrotado por seu próprio soldado, que ativa sem querer um detonador e explode a sala inteira.
    O Polegar termina o episódio ironizando a ignorância nazista: "E logo a história dirá que se suicidaram, que bombardearam os aliados... enfim".
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Chapolin faz careta para estátua de Adolf Hitler no episódio "O Ladrão do Museu de Cera" Imagem: Reprodução/SBT




    Hitler de cera


    Hitler já apareceu em um episódio de "Chapolin" exibido no Brasil. Mas o ditador era uma estátua. Na história "O Ladrão do Museu de Cera", de 1977, o Polegar Vermelho persegue um ladrão e vai parar em um museu de cera, onde vê o ditador alemão. Ali, ele faz caretas e "luta" com a estátua. O responsável pelo museu nota a ausência do boneco e pergunta ao herói: "Por acaso você sabe onde está Hitler?". A resposta de Chapolin é direta: "Sim, no inferno".
     
  11. Eu ainda assisto Chaves. Sempre. É religioso pra mim, começou a passar, paro o que estou fazendo e vejo o episódio.
     
  12. Fabricio Souza

    Fabricio Souza kallisti

    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    E eu acrescentaria pra mim também o teatro, pois comecei a me interessar por peças clássicas vendo as interpretações que o Bolaños dava nas versões que ele adaptava em seu seriado.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

  15. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    • LOL LOL x 1
  16. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    "



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Miguel e Esteban Valdés, neto e filho de Ramón Valdés (Seu Madruga), são entrevistados por Danilo Gentili no "The Noite" Imagem: Divulgação/SBT



    Ramón Valdés, o Seu Madruga, morreu em 1988, antes de saber que era idolatrado no Brasil, mas o filho e o neto dele visitaram o país pela primeira vez e participaram do "The Noite", programa do SBT. Em entrevista a Danilo Gentili, que irá ao ar nesta quarta (9), os familiares revelaram detalhes curiosos da vida do ator de "Chaves". Sabia que ele também devia aluguel na vida real?

    "Não foi uma vez, foram várias vezes. Antes de ser famoso, meu pai trabalhava como motorista de trailer, vendia comida na rua. Vivíamos em um apartamento e de repente ele falava: 'Vamos para a casa da sua avó'. Porque o dono do apartamento, diferentemente do Sr. Barriga, não perdoava", conta Esteban Valdés, filho de Ramón.

    Esteban diz que o pai também era Seu Madruga fora de "Chaves". "Meu pai usava essas frases na família: 'Não te dou outra porque...' e 'O que que foi, que que foi, que que há?!'. Roberto [Gómez Bolaños, criador de "Chaves"] pegou a pessoa do meu pai e levou para criar o personagem. Aí incluiu os bordões, a vestimenta. Meu pai também se vestia assim antes do personagem".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Esteban Valdés mostra calça que o pai, Seu Madruga, vestia em "Chaves" Imagem: Divulgação/SBT

    Esteban e Miguel levaram ao "The Noite uma calça que Ramón Valdés usava em "Chaves" e na vida real. Eles ainda presentearam Danilo Gentili com um boneco do Seu Madruga feito à mão em madeira e uma caneca personalizada com a cara do personagem.

    Ramón também era tão irritado quanto Seu Madruga, principalmente com as filhas (ele teve dez filhos de três casamentos): "Quando ele ficava bravo, ficava bravo de verdade. Quando meu pai conheceu minha mãe, eles jogaram braço de ferro para ver quem ganhava. Ele disse: 'Se quiser minha filha vai ter que me vencer no braço de ferro'. Era muito machão", recorda Miguel.

    O filho e o neto de Seu Madruga estão no Brasil para gravar um documentário sobre a vida de Ramón Valdés, que para surpresa deles é um fenômeno no Brasil: "Não tínhamos ideia. Sabíamos que na América Latina eram conhecidos, mas não sabíamos que o Brasil, em especial, era o lugar onde meu pai era mais querido", diz Esteban.

    Empolgado com o documentário, Danilo Gentili, também fã de "Chaves" se oferecerá para coproduzir o trabalho da família de Seu Madruga. Ele trabalhará com o produtor Adriano Almeida, responsável pelas vindas de atores da série mexicana ao Brasil, como Carlos Villagrán (Quico) e Edgar Vivar (Sr. Barriga).
     
  17. Jauregui

    Jauregui baby mamba

    Não sei se alguém aqui sabe, mas esta passando Chaves e Chapolin no Multishow, programa pago que é da Globo. Episodios novos de segunda à sexta as 23h, começando por Chaves e em seguida Chapolin e também tem alguns episodios, que ele é aquele velhinho, e tem aqueles episódios "perdidos", os especiais que quase nunca passava no SBT.

    Incrível que até nos dias de hoje Chaves não perde a graça, pelo menos não para mim. Ainda assisto e morro de rir, com saudades da época que eu chegava do colégio correndo, ligava a TV e ia assistir enquanto almoçava.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Nunca deixei de achar Chaves engraçado, até hoje acho graça quando vejo o Seu Madruga pulando em cima do próprio chapéu.
    E claro que pra mim o Chapolin é o melhor super-herói ever.
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Por mais que eu adore conheça de cor os episódios, assistir Chaves/Chapolin no Multishow é algo muito estranho, pois é muito mais a cara do SBT. Seria a mesma sensação se eu visse novela mexicana dublada nos horários nobres da Globo.
     
  20. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Faz anos que não vejo Chaves, eu nem tava sabendo que agora tem no Multishow.
     

Compartilhar