• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Qual foi o livro que abriu as portas?

Jujuba!

Habitante de Othrya
*Ceinwyn* disse:
Nhá.. esse livro é muito bom!! Acho que deve ser o melhor livro dela... e com certeza está entre os melhores da Agatha..

Pode crer! Se bem que o livro que me deu mais "medo" foi O Caso dos Dez Negrinhos. Puuuutz! Eu não conseguia ler aquele livro de noite! Dava muito medo! hehehehe! :obiggraz:
 

Statues Argonath

Fractus Exitus Rapitus
Ahh, eu acho que o livro que abriu minhas portas foi O Hobbit mesmo :neutral:, pois eh, O Hobbit foi o primeiro livro teoricamente 'Grande' e legal que eu li, tinha uns 9/10 anos :D
 

Feanari

I say... fuck 'em all!
Jujuba! Pior que ler o livro de noite é ver seus professores ENCENANDO o livro no meio da escola de noite... xDDDDDD
não é de dar medo... mas a falta de seriedade deles levou a frases como: Oh esclamação olhem para a médica esclamação xDDD
(não lembro mais)

eu sempre gostei muito de ler... eu obriguei minha mãe a me ensinar a ler... pq eu queria ler as histórias e ela lia muito devagar...
Sinceramente acho que o que me inspirou foram as dezenas de fitas da Disney qye estão espalhadas pelos cantos da minha casa... eu sempre estive em contato com histórias...
mas desde cedo eu gostava de fantasias e de contos de "capa e espada" xDD
uma das minhas fitas favoritas era "A Espada na Pedra" (eu li o livro do T H White ano retrasado) e "A Bela Adormecida".../Não lembro o primeiro livro que eu li...
Mas eu devo confessar algo.. quando meu pai me deu SdA.. eu era tão nova que quase adormeci lendo sobre a festa do Bilbo... T-T
Mas depois de umas semanas peguei o livro e devorei... vai entender... nem lembro quantos anos eu tinha.... xDD eu sei que era novembro...
 

Tia Neera

Pinguin. Aditivada com café!
Bem, eu me lembro de ter uns 6/7 anos(decada 708-O ) e um tio meu entrar em casa com uns livros sobre a cabeça, dizendo que era para eu ler. Eram coletaneas de contos dos Irmãos Grimm e Hans Christian Andersen. Muito bons....nunca mais parei de ler.:joy:
 

Jujuba!

Habitante de Othrya
Feanari disse:
Jujuba! Pior que ler o livro de noite é ver seus professores ENCENANDO o livro no meio da escola de noite... xDDDDDD
não é de dar medo... mas a falta de seriedade deles levou a frases como: Oh esclamação olhem para a médica esclamação xDDD
(não lembro mais)

Nuooooooossa! :obiggraz:

Hehehe! Pelo menos teve teatrinho na sua escola.
 

Gil_Gaer

A lost elf
O livro que me fez viciada em literatura foi Os Crimas A B C da Agatha Christie. Depois dele cmecei a ler outros livros da autora e, depois, partir para outros autores foi um pulo.

Antes da Rainha do Crime eu lia gibis e alguns poucos livros.
 

Jujuba!

Habitante de Othrya
Gil_Gaer disse:
O livro que me fez viciada em literatura foi Os Crimas A B C da Agatha Christie. Depois dele cmecei a ler outros livros da autora e, depois, partir para outros autores foi um pulo.

Antes da Rainha do Crime eu lia gibis e alguns poucos livros.


Acho que os CRIMES ABC foi o primeiro livro dela que eu li com o Capitão hastings. Me apaixonei por ele! Só queria ler livros em que a dupla dinâmica Poirot/Hastings estivesse junta :lol: :lol: :lol:

Da dupla, um dos livros que eu mais gosto é ASSASSINATO NO CAMPO DE GOLFE
 

TheBlackLord

Elfo Negro
Caro o livor que me iniciou no mundo da leitura foi Harry Potter e o calice de fogo!eu nao queria ler de jeito nenhum!!"esse livro é muito ruim"dizia eu, e ainda complementava:"so de ver tanta letra junta me da dor de cabeça!!"
hoje quento maior for o livro melhor!!
musica é vida interior e quem tem vida interior jamais padece de solidao!8-O
 

Skylink

Squirrle!
Duna, do Frank Herbert. Eu ouvi meu primo comentando com uns amigos sobre passagens do livro, quando tinha uns onze anos... Fiquei admirado com as descrições das bene gesserit e dos vermes da areia. Resultado:

-Primo, quero ler! o/

- Err.. tu tem certeza?

- Tenho! \o/

Dia seguinte...

- Tó, ta aqui. Te vira.

- Ahn... céus... mas... é um desafio!
 

Lordpas

Le Pastie de la Bourgeoisie
Barbárvore. disse:
Li... li sim... :doido:



Acho que Pequeno Príncipe é uma leitura que marca muita gente, mas só depois de velho. Geralmente quando somos crianças apenas gostamos do livro pela historinha e tal, mas não vemos muito o fundo filósofico dele.
E ainda tem gente que diz que foi o pior livro que leu (vide o tópico "pior livro...blablabla).
Sim, mas eu já li ele de novo... embora eu ainda não seja um velho. =P
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Harry Potter e O Prisioneiro de Azkaban foi porta para o meu gosto pela leitura.

Comprei achando que era o primeiro da série. :gotinha:

O Senhor dos Anéis foi a minha porta para o gosto por mitologia. =]
 

Ptah

Usuário
Eu aprendi a ler porque queria ler um livro que minha irmã mais velha pegou na biblioteca, li muito mais tarde, mas foi ele que abriu meu horizonte literário : O Urso com música na barriga :)
 

*Ceinwyn*

Ogra rosa
Eriadorion disse:
O Senhor dos Anéis foi a minha porta para o gosto por mitologia. =]

Pra mim a primeira porta para a mitologia foi o Monteiro Lobato. O SdA a reabriu.. como reabriu o meu hábito de leitura. ^^
 

Tamuríl Ar-Feinie

Bozo Bozoca nariz de pipoca
Barbárvore. disse:
Bah, vou até me corrigir: um dos clássicos entre meus colegas na pré-escola foi A Bruxa Onilda ehhehehe Não sei se alguém aqui conhece.

Eu também lia Bruxa Onilda quando era menorzinha...
eu achava tão legal na época^^
 

Lasgalen

Usuário
Os quatro livros de "As mais belas histórias" - Lúcia Casassanta. ( rodo os sebos até hoje atrás disso...)

Trilogia: Sofia, a desastrada/ As meninas exemplares/ As férias - Condessa de Ségur. Me marcou mais que todos os clássicos que li na vida...

Heide/ Outra vez Heide ( não lembro o autor) : me fez batalhar a vida inteira para conhecer a Suíça... que é meu segundo país predileto até hoje.

Mulherzinhas/ A rapaziada de Jô - Louisa May Alcott

Beleza Negra - Anna Sewell
A pequena Fadete (não me lembro o autor)
Chamado Selvagem ( fan-tás-ti-co).

Contos de Grimm ( com o imbatível Rumpelstiltskin, ou coisa parecida:lol: )

Vinte mil léguas submarinas - Julio Verne.

e um livro de mitologia grega, em linguagem simples para crianças, que não lembro nem nome nem autor. Mas fiquei fascinada pela história de Europa e o touro branco...

Tudo isso ( entre vários outros inexpressivos) eu li antes dos dez anos. Daí prá frente... viciou. :mrgreen:
 

Anigel

Eu atropelo duendes!
Comigo foi mais uma situação do que um livro. Quando eu tinha 10 anos de idade sofri um acidente sério que me deixou dois meses internada no hospital e mais dois meses de cama em casa.

No início eu me entediava horrores porque não tinha nada para eu fazer o dia inteiro além de ver televisão (que na época só tinha uns poucos canais) e olhar para o teto. Um dia minha avó apareceu no hospital com vários livros debaixo do braço e como eu não podia segurar os livros e ler porque o acidente tinha machucado minhas mãos e meus olhos ela começou a ler em voz alta para mim. Aos poucos eu fui melhorando e quando tive alta e fui terminar a recuperação em casa já estava lendo sozinha. O único problema é que eu comecei a ler em uma velocidade absurda e como ficava lendo o dia todo os livros acabavam muito rápido.
 

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
Hm... eu comecei na faculdade. Achei uma coleção de livros que custavam R$7 e fiquei um pouco empolgado. Escolhi alguns livros mais finos pra ter coragem e levei uns 3. O primeiro que li foi "O Médico e o Monstro" do Stevenson. Foi bem divertido, mas perdeu um pouco do tchuns pela história já ser bem famosa. Depois vieram "A Arte da Guerra" (Zun Tsu) e "Cão dos Baskerville" (Doyle).
 

Quickbeam

Rock & Roll
Difícil de lembrar exatamente qual livro, mas entre os primeiros certamente estavam os da coleção Vagalume (O caso da borboleta Atíria, O mistério do cinco estrelas, Spharion, O escaravelho do diabo etc) e os de Monteiro Lobato (A chave do tamanho, Os doze trabalhos de Hércules, Emília no país da Gramática etc). Sem falar nos clássicos da literatura como Pinóquio e Alice, livros da coleção do cachorrinho Samba, mitologia grega...
Já o primeiro livro de maior fôlego, digamos, foi O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo, emprestados pela minha professora de literatura. Foi o livro mais longo que eu já havia lido até então.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo