1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Qual é o melhor país para trabalhar?!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por inominavell, 23 Jul 2010.

  1. inominavell

    inominavell Usuário

    EUA? Austrália?

    Se fossem trabalhar em algum país no exterior, quais seriam suas escolhas, e por quê?

    E para quem conhece, por favor, compartilhe sua experiência!!!
     
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Um amigo tava na Irlanda e disse que era maravilhosa a acolhida e tudo mais. Só se lascou quando teve a crise... mas a grana foi tanta que abriu um Pub Irlandes aqui e ta indo mto bem.

    O que eu conheci de fora foi a Finlandia, e la acho que até seria interessante, mas tudo depende do esforço de quem ta atrás, e não exatamente do lugar....
     
  3. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Eu penso que depende de muitas coisas. Mas a principal é que essa pergunta só pode ser respondida pela pessoa que vai viajar. É muito provável que você já tenha delineado em sua cabeça certas coisas que não deseja encontrar em uma viagem de trabalho. E dessas coisas dificilmente alguém saberia dizer quais são as prioridades individuais a partir de apenas uma pergunta, afinal o prêmio dessa resposta é desejado por todas as pessoas que buscam um trabalho.

    Depende do tipo de trabalho (em alguns países algumas profissões florecem melhor que em outros). Depende da qualidade de vida que se deseja e do quão suficiente da cultura do trabalho daquele país a pessoa conhece para poder fechar negócios lucrativos. Eu apenas estudei fora por 3 vezes, e observei que é preciso pesar coisas que não costumamos pesar nas questões do dia a dia. O engraçado é que até o ato de beber um copo de água passa a ser uma questão internacional diante dos outros e no entanto as emoções humanas que se encontrará serão todas as mesmas que existem em nosso país e apenas a forma de despertá-las nas pessoas é que vai mudar. Saber o idioma e saber se comunicar se tornam em duas coisas completamente diferentes.

    Em resumo, o que eu queria dizer é que o melhor país é aquele em que você faria dinheiro com mais facilidade e isso varia de pessoa para pessoa XDD
     
  4. HFR

    HFR Clone

    Definitivamente não é o Brasil :lol:

    Mas os países do norte da Europa tem ótima qualidade de vida, como Noruega, Suécia, Alemanha, Inglaterra, Dinamarca, etc... Isso pode significar algo.
     
  5. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Depende o que vc quer dizer com trabalhar... garçon, vendedor de sorvete, etc em países europeus dá pra juntar dinheiro sim.

    Como profissional, depende da área.

    Exemplo: Portugal paga 1500 euros/mês para um profissional da saúde sem ser médico, claro. França paga 3400 euros/mês.

    Um profissional da área da engenharia vive hoje nos EUA com um salário anual de 75 mil dólares em média, mas na europa vive-se com 65 mil euros.

    Mas... cada país tem seu custo de vida diferenciado... dá pra viver bem com um salário em euros? dá.. mas até mesmo mudando de uma cidade a outra nota-se a gritante diferença de preços...

    por isso pesquise muuuuito bem antes de buscar alguma coisa.
     
  6. eowathiel

    eowathiel dançando lambada com um

    :yep:

    Falou bem... Acho que mesmo ganhando bem se o custo de vida for muito alto, não compensa... :roll:
     
  7. inominavell

    inominavell Usuário

    é justamente isso que eu estava buscando.. uma comparação interessante entre salário e custo de vida...
     
  8. Clown or Minstrel

    Clown or Minstrel desenvolvedor

    Sou muito cético sobre trabalhar fora.

    Sim, é possível você trabalhar e ganhar mais dinheiro do que ganha aqui. O problema é no que trabalhar.
    Vários colegas meus foram para lá e estão ganhando muito dinheiro, só que trabalham como garçons, faxineiros, atendentes, etc.
    Lógico, estes serviços não são de categoria inferior, mas se alguém quer trabalhar com cargos mais altos, como analistas, gerentes, é bem mais difícil lá fora.

    Creio que o problema é até cultural. Em qualquer país, se o povo de lá não se dá bem com estrangeiros, eles não gostariam que um gringo mandasse neles, ou tivesse um cargo mais alto.

    Como eu sou analista de sistemas, não sei se eu trabalharia como analista nos EUA, por exemplo.

    Se alguém acha que isto não é verdade, me falem. Queria saber se meu ceticismo é válido ou não.
     
  9. Tenho vontade de trabalhar fora. Na minha área (Química), por exemplo,um bom país é a Alemanha, já que ela é grande exportadora de produtos químicos. Aí, penso no problema da receptividade dos alemães em receber estrangeiros; não sei como são, como funciona.

    Acredito não seria tão problemático assim, pois há várias indústrias químicas alemãs instaladas aqui no Brasil, e que fazem esse programa de mandar alguns dos funcionários para suas filiais mundo à fora, inclusive em suas sedes.

    É pra lá que está o 'pesado' da produção de substâncias, reagentes; Química lá é o bicho!
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mesmo sendo governado por um seminalfa fdp o melhor país ainda é o Brasil.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu ouvi falar (de colegas de universidade) que Canadá e Austrálias são países muito interessantes para profissionais especializados, nos quais estes países tenham interesse (reparem nos itálicos).

    Mas há vagas em todos os países e para todos os gostos, desde que especializados. Nenhum país tem interesse (oficial) em peão. Mão-de-obra barata, sem especialização, pra serviços básicos tem de monte.
     
  12. Fafa

    Fafa Visitante

    Trabalhar não é bom em nenhum país. A própria raiz latina da palavra já indica que trabalho é tortura, algo obrigatoriamente desagradável.
    O bom é explorar o trabalho dos outros, e isso pode ser feito em qualquer país capitalista. São muitos, escolha à vontade.

    Obs: Basta ver o percentual da renda total dos assalariados em relação ao PIB para perceber que trabalhar não é bom negócio.


    Mas o Serra nem ganhou ainda!
    E só porque ele não tem nem graduação, ou ao menos curso técnico (como Lula), não quer dizer que ele seja semianalfa.

    Haja preconceito! Peão para mim é quem anda a pé, hábito bastante salutar, diga-se de passagem. Suponho que não se auto-inclua nessa categoria "tão vergonhosa".

    Lembra o Bóris Casoy e os lixeiros.
     
    Última edição por um moderador: 29 Jul 2010
  13. Kanawati

    Kanawati NI!

    Eu me mudei pro Canada nao tem 3 meses. Participei do processo de selecao de Skilled Worker do governo Canadense, mais precisamente da província de Quebéc. Todo ano eles disponibilizam uma lista de profissoes em demanda e a minha estava ano passado.

    O processo inteiro demorou 16 meses entre enviar os documentos, fazer a entrevista com o representante do governo Canadense, fazer os exames medicos necessarios e receber os vistos.

    Aqui no Canada o novo imigrante tem ajuda do Governo pra um monte de coisas. Eu vou comecar um curso de frances full-time na Universidade de Montréal e vou receber por isso. Pela estratégia que montamos, esse ano é só pra estudar.

    Até agora tem sido recompensador, mas nao dá pra falar muito pq somos praticamente recém-chegagos aqui.

    O que posso dizer de Montréal é que a cidade é linda, respira cultura e recebe muito bem os imigrantes. Fomos muito bem tratados em todos os lugares que fomos, inclusive em orgaos do governo (o que nao deveria ser surpresa, para nós brasileiros é um acontecimento).

    Converso bastante com outros brasileiros que imigraram pra ca e já estao trabalhando. A concorrencia é forte mas aparentemente eles adoram os brasileiros pq eles sao muito mais virados que os locais. Aqui rola tipo uma especializacao exagerada e um cara contratado para apertar uma porca só faz isso. Se precisar afrouxar ele chama outro. Ok, é um exemplo tosco mas acho que deu pra ter uma nocao...

    Nao sei se o Canada é o melhor país pra se trabalhar pq ainda nao comecei minha vida profissional aqui, mas com certeza qualidade de vida esse país tem... :P
     
    Última edição: 2 Ago 2010
  14. Fafa

    Fafa Visitante

    ^
    ^
    ^

    Emigrações assim são realmente admiráveis. O indivíduo recebe educação integral nas periferias do capitalismo e vai aplicá-la nos países centrais, favorecendo a distribuição de recursos no mundo! Muito justo.
     
  15. Kanawati

    Kanawati NI!

    Tenho um amigo que está trabalhando na Inglaterra a mais de 10 anos. Ele trabalha em uma escola de idiomas muito famosa por la. Qd converso com ele sobre o mercado de trabalho percebo que, pelo menos na Inglaterra, eles sao bem mais fechados à mao de obra dos imigrantes. Os cargos mais especializados dificilmente sao ocupados por gente de fora. Dificilmente, mas acontece.

    O problema maior que eles enfrentam é a imigracao ilegal. Muita brasileiro acaba queimando o proprio filme (e dos demais) pq esta ilegal no país e tem que aceitar condicoes de trabalho e postos abaixo de suas capacidades profissionais.

    Assim é complicado. Nao vejo como pode funcionar a longo prazo, mas viver em um país mais desenvolvido morrendo de medo de ser deportado nao me parece uma coisa nada boa...
     
  16. Fafa

    Fafa Visitante

    Isso quando a polícia não dá sete tiros nas costas de algum brasileiro e ainda é agraciada com prêmios pela rainha.
     
  17. eowathiel

    eowathiel dançando lambada com um

    Em conversa com uns clientes do escritório na sexta feira passada, disseram-me que no Luxemburgo ganha-se bem, e a nível da alimentação é parecido com Portugal... O problema são as rendas... São muito elevadas...

    Não falo por experiência própria.
     
  18. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie


    Custo de vida em Luxemburgo é muito mais caro que em Portugal!


    Não é bem assim... tu podes sim contribuir com o teu país trabalhando fora dele. Esse discurso generalista é muito perigoso, cada caso tem seu mérito próprio.

    Eu trabalho para uma empresa francesa, moro em regime aleatório cerca de 6 meses aqui, 6 meses acolá. E nem por isso me considero traindo o meu país e a educação que tive aqui, porque cabe a mim o papel de defender o meu país dentro do grupo onde trabalho... isso, por sí só, a nível de investimentos, programas sociais (ainda mais na região que eu moro: literalmente no meio da amazônia) e toda essa coisa de responsabilidade é feito de menor para maior grau de acordo com a escala de trabalho.

    Ou seja, o cara que trabalha de alguma forma no exterior pode sim trazer benefícios imediatos ou futuros (tecnologia, por exemplo) ao seu país... por isso o discurso generalista é prejudicial.
     
  19. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Acho que, dependendo do assunto, certa lealdade ao País é realmente importante. Não jogar a bomba atômica em sua terra natal se você estiver trabalhando na área militar de outro país é fundamental.

    Mas a liberdade para perseguir a realização individual deve prevalecer. Se os cérebros estão fugindo, é culpa dos governos centrais, que não valorizam os seus profissionais qualificados. Ainda mais no caso do Brasil, que o deixa de fazer não é pela falta de dinheiro para tal. Se quisesse pagar, por exemplo, dignamente o seu setor acadêmico, era perfeitamente possível, sem causar rombo nenhum.
     
  20. Kanawati

    Kanawati NI!

    Exato. E o discurso generalista ao que o amigo refere-se é mais tolo do que perigoso. Me lembra os vermelhos na cantina da faculdade querendo chamar a atencao contra o "governo capitalista opressor" ou qualquer papinho que o valha.

    Desculpa, mas eu nao compro essa ideia de lealdade a um país só porque eu nasci nele. Meus vinculos com o Brasil sao a minha familia e amigos. Só. É óbvio que gosto do Brasil mas tb nao vou negar uma oportunidade fora dele por "amor à bandeira".

    Se vc tem um emprego onde nao ve possibilidade de crescimento, vc sai em busca de um melhor. A mesma lógica se aplica aqui.

    Respondendo ao topico: o melhor país para se trabalhar é aquele que pode proporcionar à vc e à sua família uma boa qualidade de vida, educacao e lazer independente do seu salário.
     

Compartilhar