1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Outros Sistemas Preconceito no RPG: GURPS

Tópico em 'RPG' iniciado por Arcanjo[SK], 21 Out 2005.

  1. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Eu tenho reparado que muita gente tem um certo preconceito contra o Gurps, e até certo ponto, sem razão. Muita gente criou uma visão de que ele é super dificil, não pra dá pra ser jogado, é regra e tabela que não acaba mais... coisas assim. Olha, Gurps não é nem nunca será meu sistema favorito (que é o D&D), mas ainda assim ele é um sistema muito bom.
    Pra começar, o escudo do mestre resolve quase todos problemas de tabela, se não todos. As regras não são dificeis, talvez a primeira vista sim, mas depois de um bom jogo com um bom mestre, vc percebe que é até fácil. E o bom do Gurps, é que mesmo com pouco ponto, é possivel vc sai com um bom personagem. Pra vc ser um guerreiro bom, não precisa passar um bom tempo de jogo pra ser um Guerreiro de 20 niveis, como se fosse no D&D. Vc pode ser um espadachim habilidoso (NH 16, 18 em uma pericia de combate...) e ainda ser um mago bom (oq em D&D dificilmente seria possivel... ou um, ou outro, quando vc faz os dois, vc nunca vai ser extramente bom nem em um e nem em outro).
    Oq eu quero dizer, comparando os 2 sistemas, é que no Gurps é muito mais fácil fazer algo diferenciado ser se ferrar muito (oq acontece nas multiclasses de D&D, que vc tem q apanhar pra fazer uma combinação boa e não sair na merda... embora ainda o Ladino/Guerreiro ainda seja uma boa escolha).
    E as regras basicas são simples: vc tem seu NH (nivel de habilidade) se vc tirar igual ou menor vc passou, se não errou. Joga 3d6, 3 e 4 é sucesso critico e 17 e 18 falha critica. Os modificadores que tem é pra deixar mais realista e não chegam a ser tantos, isso se vc quizer fazer algo humanamente possivel. As veses quem complica o sistema são os mestres e jogadores, não o livro. Jah vi coisa complicada em mesas de jogo de D&D, Storyteller e sim, pasmem, até 3D&T, mas que nada tinha a ver com o sistema, e sim dos jogadores, q complicavam coisas estupidamente simples (não que os jogadores sejam estupidos, tem akeles até bem inteligentes, mas por motivos que estão além da compreensão de nós mortais, isso acontece).
    O Gurps ficou esquecido pq jah tava ficanddo ultrapassado e o livro não estava chamando atenção de ninguem, pois era capa mole, tudo em preto e branco, tornando desanimador, fora a fama de dificil que criaram em torno dele.
    Eu tive preconceito com tanta complicação no inicio, mas depois de parar direito, dar uma lida e jogar eu vejo que é bem simples e dá pra fazer qualquer coisa nele... sim tem um monte de regra, até pra cavar buraco, mas tem muita regra que pode ser dispensada, se vc achar q vai atrapalhar, embora com o tempo vc se acostume... meso tendo muitas regras, depois eu percebi que elas não chegam a atrapalhar, pelo contrario, elas até ajudam quando vc quer fazer coisas diferentes, coisas que alguns rpgs não tem regra pra isso ou se tem eh bem irreal. Eu tinha nojo de Gurps, mas jogar direito nele, prestar atenção e olha-lo com outros olhos me fez ver que ele é bom, muito bom. As veses o preconceito nos deixa cego. Embora eu ainda esteja lerdo pra fazer fixa pra uma jogada "rapidinha", quando eu tenho uma ideia de personagem na cabeça, independente da época ou estilo de jogo, dá pra imaginar perfeitamente em Gurps. Talvez aqueles que tem nojo, como eu tinha, tiveram experiencias traumatizantes com o Gurps, como eu tive. Tendo um mestre descente, vale a pena dar uma olhada e jogada direito, principalmente se for o Gurps Supers!!
    Parece q a 4ª edição corrige alguns problemas que tinham [como por exemplo, Dx e Iq ser mais importante que St e Ht e custava mesma coisa... agora eles custam mais caro (20 por nivel), enquanto os outros são mais baratos :P (10 por nivel)... fora q ficou mais fácil adquirir pericias... não custam mais tão caro e a tabela par apericias fisicas e mentais e a mesma, nada de fisico custar mais caro] e o livro ainda é de capa dura e colorido por dentro, o que chama bem mais a atenção.
    O Problema, para nós brasileiros, é que como quase todo lancamento da Devir, o livro deve vir pra cá com um preço bem caro, os dois livros. Eu botaria entre 80-90, mas existe possibilidade (=esperança) de chegar a ser "apenas" uns 50-60.
    E para animar quemn gosta de Gurps (e talvez alguns que não gostem até): vai sai o Gurps Supers 4ª Edição, todo revisado e bonitinho, assim como o Artes Marciais e talvez o Psiquismo!, fora os que já foram lançados: Gurps Magia, Gurps Dragões, Gurps Fantasy!
    Vale a pena dar uma olhada no Gurps, principalmente se vc conseguir o 4ª edição... vamos exterminar o preconceito de Gurps!
     
    Última edição: 21 Out 2005
  2. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu não gosto de GURPS e não é por causa das regras...

    O sistema de GURPS é muito bom, na minha opinião... Bem estruturado, equilibrado, com espaço para coisas diferentes...

    O problema do GURPS é que você compra um livro de 300 páginas e nenhum cenário... RPG é mais que o sistema de regras... E mesmo os cenários que lançaram não eram tão bons assim...

    Mesmo porque o sistema de regras tem que ser feito para funcionar no cenário e não pra ser genérico. O storyteling funciona muito bem com o WoD, mas seria horrível pra jogar D&D e o inverso tbm é verdadeiro...

    E tbm tinha um época em que a Devir só lançava suplemento de utilidade questionável pra GURPS...

    A verdade é que GURPS não tão jogado nem nos EUA... Só foi lançado no Brasil pq o cara de Devir gostava, não teve nada de estudo de mercado...
     
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu odeio GURPS. Eu odeio o sistema, odeio os suplementos, odeio as ilustrações e odeio até o nome e tudo o que ele representa.

    O sistema do GURPS é o maior acúmulo de regras inúteis da face da terra, tanto é que existe o GURPS e o GURPS Lite. Se tu construir um personagem e investir todos os pontos iniciais e de experiência em DX e em IQ até 18, tu pode comprar quase todas as perícias a custo 0 e ainda assim acertar sempre.

    Outra coisa: O GURPS tenta, a todo custo, emular todas as ambientações do universo. Vampiro, Cthulhu, fantasia, cyberpunk...só que todos são podres.

    Eu li alguns suplementos de GURPS, inclusive comprei um, o Illuminatti, que é considerado por quase todos os jogadores um dos melhores livros. Cara, que livro ruim. Se tu quer um bom RPG sobre conspirações, jogue Paranóia. Se tu quer um bom RPG de fantasia, jogue D&D. Se tu quer cyberpunk, jogue Cyberpunk 2.0.2.0. Se tu quer super heróis, jogue Marvel Super Heroes. Se tu quer jogar algo que não exista, mas tenha pra GURPS, jogue outra coisa.
     
  4. Feanor the Noldor

    Feanor the Noldor Legendary Noldor

    GURPS eh o melhor sistema que existe , porem para que ele fique jogavel você simplismente tira algumas regras e colocas outras da sua escola no lugar , eu jogo Gurps a muito tempo , uns 4 ou 5 anos , e sei que o "meu gurps" foi muito mudado , eu mudei quase todas as regras , quase naum pode mais se chamar Gurps , porem pra mim , como alguem disse acima sobre os cenarios , cara...cenarios de RPG vc eh que tem que fazer , e naum comprar um livro com um cenario
    Eu descordo ...todos aqueles que tem preconceito com o Gurps são burros demais para aprender o sistema , por isso naum gostam XD


    Do amigo de Tolkien para vocês XD
     
  5. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Ahm.. o teu post não fez o menor sentido.

    Como que tu fala na mesma frase que o GURPS é o melhor sistema que existe e que, pra que fique jogável (note o grifo no termo JOGÁVEL) tem que modificar as regras? Principalmente depois de dizer que mudou quase todas as regras???

    E comprar ou não o cenário vai de cada um. Nem todo mundo tem capacidade / vontade / tempo de criar um cenário legal.

    E eu joguei GURPS, entendi como funciona a mecânica de jogo e achei uma bosta.
     
    • LOL LOL x 1
  6. mcfera

    mcfera Usuário

    Skywalker, pra mim você só sabe jogar o básico do rpg quando diz isso.
    O gurps está baseado na interpretação e no realismo, mesmo quando você está enfrentando um demônio você sente a realidade do jogo.
    Por exemplo me explica como pode uma pessoa levar um golpe de espada, sem armadura, em um órgão vital e ele continuar em pé numa boa como se nada tivesse acontecido? (sucesso decisivo num guerreiro de alto nível)
    Isso que eu acho ridículo, um personagem sofrer 10, 20 ataques e não morrer, ou então ele enfrentar uma porrada de guerreiros e ninguem acertar ele porque a base de ataque dos guerreiros é baixa e ele tem uma armadura de batalha mágica, um anel de proteção bom, uma amuleto de armadura natural.
    Eu sou mestre de D&D, e gosto do D&D pacas, ele é bem divertido. Mas o meu grupo gosta mesmo é de gurps, de misturar Magia, Psiquismo e Artes Marciais, em um mundo medieval, onde qualquer coisa seja possível.
     
  7. mcfera

    mcfera Usuário

    O outro é maluco, pegou o Gurps e estragou ele....
     
  8. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu não tou nem aí pro sistema. O que eu não quero é:

    a) ficar aprendendo um sistema diferente a cada sessão de jogo
    b) ficar ensinando um sistema novo pra cada amigo de jogo a cada sessão de jogo

    O resto dane-se.
     
    • LOL LOL x 1
  9. mcfera

    mcfera Usuário

    Eu acho que você como Admin devia repensar isso um pouco, afinal e se alguem estiver querendo aprender você simplesmente se negaria?
     
  10. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Sim, comecei a jogar RPG há.......12 anos só. :roll:

    Primeiro: não existe sistema baseado na interpretação. Isso é coisa do grupo. Tu pode jogar Vampiro (jogo comumente associado à interpretação) e rolar jogada de sedução, etc.

    Imagina o dano crítico de uma arma de um CR equivalente ao do guerreiro de alto nível. Sim. Seria um dano fodástico. Agora, pegar um guerreiro lvl 20 e atacar com uma espadinha normal.. realmente, é como eu cravar uma agulha de costura no teu peito. Dói, mas blé. É só uma agulha.

    Eventualmente ele pode ser acertado. E, se não for, hey, velocidade ampliada magicamente (boots of striding), uma armadura mega resistente (armadura mágica, etc)... é fantástico? Sim, por isso que se chama fantasia. Mas é perfeitamente verossímil

    Minhas mais sinceras condolências.

    Ah, e evita postar duas vezes seguidas, belê? Usa o editar, etc.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu ser Admin é totalmente irrelevante.

    Se fosse atrapalhar todo um dia de jogo, dias que são muito raros quando adquirimos mais responsabilidade na vida, sim, recusaria. Se quiser aprender algum sistema que não tenha a ver com o grupo de jogo, você não precisa atrapalhar todo mundo pra isso, pode aprender sozinho.
     
  12. Barbárvore.

    Barbárvore. Beatlemaniac

    Sobre o carinha que disse que é irreal dar golpe nas partes vitais ou levar 20 ataques e não cair:
    Vai da interpretação que o mestre dá ao mundo que ele mestra. NENHUM sistema é perfeito nesse ponto, quem pode e deve definir essas coisas é o mestre.
     
  13. mcfera

    mcfera Usuário

    Skywalker: Imagina o dano crítico de uma arma de um CR equivalente ao do guerreiro de alto nível. Sim. Seria um dano fodástico. Agora, pegar um guerreiro lvl 20 e atacar com uma espadinha normal.. realmente, é como eu cravar uma agulha de costura no teu peito. Dói, mas blé. É só uma agulha.

    Espada = agulha foi foda! Cara ninguem tem peito de aço uma espada não é uma agulhinha pra personagem humano nenhum, se vc tomar uma espadada na cabeça já era!

    Skywalker: Primeiro: não existe sistema baseado na interpretação. Isso é coisa do grupo. Tu pode jogar Vampiro (jogo comumente associado à interpretação) e rolar jogada de sedução, etc.

    Concordo, mas que é bem mais legal interpretar vampiro e gurps é!

    Skywalker: Eventualmente ele pode ser acertado. E, se não for, hey, velocidade ampliada magicamente (boots of striding), uma armadura mega resistente (armadura mágica, etc)... é fantástico? Sim, por isso que se chama fantasia. Mas é perfeitamente verossímil

    Verossímil?? serio? 200 guerreiros de primeiro nivel contra um guerreiro de 20, ele leva todos pq ninguem acerta ele! Pode ser legalzinho, seu pc intimidar sozinho um exercito, mas verossímil não é nunca!!!

    Skywalker: Sim, comecei a jogar RPG há.......12 anos só.

    Ok, eu comecei a jogar com 9 anos, isso implica que eu vou fazer 15 anos de RPG. Inclusive eu tenho a primeira edição da Dragon Magazine e da Dragão Brasil!

    Vcs tem uma visão muito drástica quanto ao Gurps. Se você pegasse um mestre que entende de gurps, vc mudava de opinião!

    Deriel, eu estou dizendo aqui pelo Forum. Na sua seção de rpg, é outra história! Responsabilidades todos temos, Faculdade, Trabalho e namorada quase não deixa tempo pro rpg!
     
    Última edição: 1 Fev 2006
  14. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Cara, tu atacar o Conan com uma espadinha furreca com certeza só ia arranhar a perna dele.

    É? Por quê? Acho que tu só jogou D&D no hack and slash...

    Cara, a probabilidade de 200 guerreiros rolarem acertos críticos é imensa. Sim, o guerreirão vai derrubar os 200 (provavelmente). Mas vai suar pra fazer isso. Ah vai.

    Independente do mestre: gurps vai sempre ter regras pra cavar buracos...:lol:
     
  15. mcfera

    mcfera Usuário

    Skywalker: Cara, tu atacar o Conan com uma espadinha furreca com certeza só ia arranhar a perna dele.

    Porque? Ele tem resistência a dano? Pele de Ferro? É imune a ataques cortantes?

    Skywalker:É? Por quê? Acho que tu só jogou D&D no hack and slash...

    Exatamente isso que eu critico no D&D, pois o livro incentiva isso. Eu mesmo ja joguei com mestres que fazem isso, e achei cretino porque todo mundo queria ser guerreiro, o cara era tao cara de pau que no mundo dele a magia era proibida, e se você usasse poderia ser preso...

    Skywalker: Cara, a probabilidade de 200 guerreiros rolarem acertos críticos é imensa. Sim, o guerreirão vai derrubar os 200 (provavelmente). Mas vai suar pra fazer isso. Ah vai.

    Ahh mesmo assim, ele deveria cair ou fugir ou no mínimo se render. No gurps, um guerreiro/artista marcial com muitos pontos ia ficar muito preocupado mesmo, e um Mago ia simplesmente se teleportar... Porque matar sozinho um exército é coisa de Dragonball Z ou Supers!

    Skywalker: Independente do mestre: gurps vai sempre ter regras pra cavar buracos...

    Regra pra cavar buracos? Só se for em um suplemento sobre vermes! hehehe
    Mas mesmo com esse monte de regras, eu sei todas, ou quase todas de MUUUUUITOS LIVROS e te digo que o jogo não é mais lento por causa delas! Só se o mestre tiver preguiça de estudá-las.
     
  16. Barbárvore.

    Barbárvore. Beatlemaniac

    Pois bem, a culpa do teu trauma de d&d foi do mestre...
     
  17. mcfera

    mcfera Usuário

    Putz que trauma? eu não tenho trauma com d&d, eu só acho o gurps mais legal.
    Fora que esse jogo com esse mestre que eu disse foi ano passado, e foi até engraçado, eu e um amigo meu atazanamos a vida dele, ele tentava direcionar a gente pra aventura que ELE QUERIA (ajudar alguem a fazer alguma coisa boa, Nós eramos maus...), e a gente tentando fazer outras coisas que nós tinhamos em mente. Foi muito comédia, porque o cara é metódico, ele gosta de ter tudo pronto, cada detalhe, e a gente improvisando pacas deixando ele sem saber o que fazer. hehehe foi doido!
     
  18. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    O D&D conseguiu chegar num ponto médio entre fidelidade à realidade e liberdade de jogo, e isso é o que faz dele o RPG mais jogado no mundo todo, com ampla vantagem. Claro que existem excessões, pessoas que preferem mais regras e rolagens e outras que nem lembram dos dados e passam a seção de jogo toda sem tocar em um. Não é errado, é questão de gosto, mas são uma minoria e isso é fato.
     
  19. mcfera

    mcfera Usuário

    O unico problema do gurps, é que o mestre precisa planejar seus npcs, monstros, etc. O que não acontece no d&d que já tem tudo mastigado pra qualquer mestre mongol usar...
    Fora isso, ele é muito bom, e os pcs sentem que seus personagens são fortes, mas não super-homens...
     
  20. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    * De repente o Skywalker se lembra do GURPS bestiary e prefere nem responder à isso....


    Huhum. Imagino o quão longe de ser um super homem um personagem de GURPS fica quando é criado com... digamos... 5.000 pontos.:think:
     

Compartilhar