1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os senhores dos dinossauros (Victor Milán)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Calib, 29 Mar 2016.

  1. Calib

    Calib Visitante

    Escrevi uma pseudorresenha lá pro site da Amazon. :dente: Pensei em reorganizar as ideias, entrar um pouco no mérito da trama, e fazer uma resenha melhorzinha depois pro blogue que, néam, nunca inaugurou de fato. Opiniões.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Você lerá uma porção de resenhas pela internet concordando num ponto: o livro começa numa cena de batalha confusa que se prolonga por 50 páginas, durante as quais o leitor fica perdido entre nomes de pessoas, de lugares, de dinossauros e toda sorte de informações que são despejadas sem o devido tempo para processá-las. Só depois disso é que, pouco a pouco, o leitor consegue compreender quem é quem e mais ou menos como funciona a geopolítica do mundo. Mas a inexistência de um MAPA do mundo de Paraíso, nesta edição da DarkSide, tal como havia no original, agrava inescapavelmente a confusão e é um ponto negativo para a editora.

    O estilo literário de Victor Milán é um tanto raso, eu diria até amador em vários pontos. Me surpreende saber que ele na verdade já tem uma carreira longa e bem consolidada. As cenas de combate são sempre muito confusas e entediantes (ele deveria ler a Eneida e aprender com o mestre Virgílio), e com frequência ele vomita dados aleatórios e completamente irrelevantes, como a cor da barriga do dinossauro que levou uma flecha, e se era listrada ou não, e a cor do capacete do sujeito que disparou a flecha, e se tinha penacho ou chifre, ou o que fosse. Disso resulta um texto bem menos leve e fluido do que poderia nas mãos de um autor bom de fato. Sem falar nas referências eróticas que permeiam a obra e culminam numa cena de estupro completamente gratuita para a trama. O autor parecia um adolescente espinhento com os hormônios à flor da pele escrevendo certas passagens...

    Outro agravante aqui, que não é culpa de Milán, fica por conta da editora DarkSide: a tradução de Alexandre Callari não consegue maquiar os defeitos do texto original, e pior: estou convencido de que lhe acrescenta um tanto de outros problemas. Callari seguramente não tem a proficiência na sua língua materna, e isso se faz notar em praticamente todas as páginas do livro. O mau uso da nova ortografia resulta em nomes compostos de dinossauros (que são muitos) sendo escritos sempre sem hifens e causando uma confusão dos diabos no meio dessas cenas de luta e outras.

    Mas a cereja no bolo da desgraça é mesmo culpa dos revisores (sim, no plural): contei cerca de uma centena de erros de revisão nesta 1.ª edição do livro, que eu espero sejam corrigidos urgentemente pela DarkSide. Os erros vão dos mais simples, como uma letra faltando na digitação, ou letras trocadas por descuido -- o que em si já denuncia a má revisão --, até erros grosseiros de gramática, como formas verbais erradas e concordância precária, etc. Tudo isso junto e misturado resulta numa EXPERIÊNCIA DE LEITURA DESASTROSA.

    O projeto gráfico do livro, é preciso dizê-lo, é LINDO. Nesse ponto, e somente nesse ponto, a DarkSide está de parabéns. Foi uma pena não terem tido o mesmo esmero na tradução e revisão; e na inclusão de um mapa, que teria sido fundamental num romance cheio de nomes de lugares. A capa dura encarece o produto, mas se valesse a pena guardá-lo na coleção isso não seria um impeditivo, seria antes um incentivo a comprar o livro. Entretanto, por todo o exposto acima, eu não recomendo comprar o livro, muito menos lê-lo, e inda menos mantê-lo consigo. Faça qualquer um dos três por sua conta e risco.

    ===============
    Detalhes do produto

     
    • Gostei! Gostei! x 4
    • LOL LOL x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    • LOL LOL x 3
  3. Calib

    Calib Visitante

    Pra você ver... Nem se tiver tentáculos um mau autor garante o resultado. :osigh:
     
    • LOL LOL x 1
  4. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Todo mundo que leu teve uma experiência negativa.
     
  5. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    E como é que teve sucesso isso? Hum, melhor deixar pra lá. :P
     
  6. Calib

    Calib Visitante

    Do mesmo jeito que Draccon, Munhóz e Vianco vendem milhares de cópias num país onde tiragem de 3.000 exemplares é luxo.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. J. Hercules

    J. Hercules Usuário

    Comprei o livro e está aqui na estante a mais de 2 meses. Até agora não tive tempo de ler então não posso dar opinião sobre a história. Para dizer a verdade so comprei porque varias pessoas estavam falando dele, e pelo o que vejo sobre este livro é que as pessoas ou amam ou odeiam e meio termos são poucos. Vou começar a ler, mas pelos reviews que li na internet provavelmente não vou gostar muito.
     
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Isso pq a gente nunca sabe se as pessoas que amam foram pagas para amar ou se amam qualquer porcaria. Ou então se as pessoas que odeiam são só chatas mesmo.
     
  9. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Eu acho que foram alguns motivos:
    1. O assunto: dinossauros. Isso vende, independente da qualidade.
    2. A bela capa. Mt gente ainda leva um livro pela capa.
    3. Marketing bem usado.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Tem uma recomendação do George RR Martin ali. Hum.
     
  11. Calib

    Calib Visitante

    O Martin é amigão do Milán. O Milán até trabalha naquela série Wild Cards com o Martin e tal. Recomendação de compadrio, pura e simples. E, na boa, a parte que toca à semelhança com Game of Thrones eu até entendo, pelas intrigas palacianas e tudo, apesar de ser um mundo bem menor e menos complexo que o do Martin me parece ser pela série e pelo que ouvi falar. Agora, dizer que se assemelha de algum modo a Jurassic Park, apenas por conter dinossauros, é uma simplificação medonha da obra do Crichton.

    @Grimnir -- leia o livro e nos dê sua opinião. :dente: Eu não odiei o livro, só o achei ruim. Tanto que dei nota 2/5 na Amazon ao invés de apenas 1. :lol:
    E, como eu salientei, boa parte dos problemas são culpa da edição brasileira; o Milán pode ser isentado de alguma coisa.
    Entretanto, lendo o preview do original em inglês na Amazon, eu saquei que o estilo do cara é confuso mesmo. Eu não teria curtido se lesse no original. É um misto de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e estilo roteirinho de cinema. Não sei bem definir. Acho que o cara só é ruim mesmo e uma mente muito confusa na hora de compor as cenas.
     
  12. Grimnir

    Grimnir Usuário

    O seu 2/5 já me tirou 80% de vontade de ler o livro - que já era uma vontade baixa. :lol:
     
    • LOL LOL x 2
  13. Calib

    Calib Visitante

    Decidi que vou escrever uma resenha um pouco melhorzinha e publicar no bloguinho.
    Acho válido inaugurá-lo com um livro sobre dinossauros já que, né, o blogue se chama Bibliossauro. :jornal:


    Vou cuidar para selecionar uns trechos do livro também que ilustrarão o estilo e o fetiche por detalhes inúteis nas cenas de luta.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Shakhbûrz

    Shakhbûrz sculptor of reality

    Bom, já li o livro todo duas vezes e escrevi uma resenha no meu blog um tempo atrás.
    Dá pra se divertir com ele, mas não espere algo no nível de Game of Thrones.

    Segue um trecho e o link para a resenha completa para quem quiser ler.

    “Os Senhores dos Dinossauros” é um livro imperdível. Primeiro porque não existe nada igual no mercado editorial mainstream. Dinossauros, que já foram tema recorrente em diversas mídias, agora estão em falta nos livros de fantasia e ficção. Milán confere uma ótica diferenciada aos terríveis répteis e mistura com um mundo de fantasia que – apesar de ter algumas inconsistências – é bem diverso e estruturado. Segundo, quando se supera os percalços da escrita e da narrativa é possível obter uma boa dose de diversão com o livro. Além disso, o autor consegue trazer algumas cenas memoráveis, bem como meia dúzia de ideias geniais. Milán também introduz uma gama de personagens muito carismáticos e que, com toda certeza, vão capturar o interesse dos leitores.

    Por esses motivos eu recomendo o livro. Se você iniciá-lo sem ter uma alta expectativa poderá se divertir (e se surpreender) bastante. Amantes de dinossauros podem adotá-lo como leitura obrigatória."

    -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    (Bônus) Algumas fotos que fiz do livro e do interior:


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  15. Calib

    Calib Visitante

    • LOL LOL x 3
  16. tribe.br

    tribe.br Usuário

    fiquei interessado pelo livro pelas razões que o amigo disse :
    Dinossauros gosto muito. a capa e uma luxuria e beleza a parte ( eu sou um desses que quando vou comprar um livro , capa conta mas não e fator relevante

    Bem gostei do livro acredito que quando lançarem uma resenha digna e se for um preço justo,compraria o livro
     
  17. Calib

    Calib Visitante

    Não entendi : a capa conta mas não é relevante?

    Compre meu exemplar. Novinho.
     

Compartilhar