1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O declínio dos Elfos

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Lew Morias, 14 Out 2007.

  1. Lew Morias

    Lew Morias Luck is highly overrated

    Bom, estou lendo O Silmarillion. Nele elfos e homens são tratados como os filhos de Ilúvatar. Além disso, recebem uma nomenclatura diferenciada. Os Elfos são os Primogênitos, enquanto os homens são os Sucessores. Em outro trecho do livro há uma citação sobre o declínio dos Elfos ou algo do tipo, não me recordo direito.

    Antes do Fim, chegaria o dia em que os Elfos não existiriam mais na Terra-Média? Eles estariam fadados a extinção?

    Desculpem-me se a dúvida é sem fundamento, mas ainda estou no meio d´O Silmarillion e queria verificar se minhas suposições tem fundamento. Até mais!
     
  2. Rogério Magno

    Rogério Magno Guarda da Cidadela

    Extintos não, ele só se cansaram da Terra Média, como você deve ter lido, os Elfos receberam o convite dos Valar para cruzar as aguas e ir para Aman, viver com eles, por isso os Elfos sempre se encantaram pelo mar (os que não seguiram a grande viagem e ficaram na Terra Média), os demais elfos chegaram a Terra Média durante o episódio da revolta dos Noldor (que você leu ou vai ler no Silmarillion), devido aos atos cometidos por eles no transcorrer desse fato, eles foram fadados (por maldição dos Valar) a se cansarem da Terra Média (algo como tédio). Elrond, Galadriel quando partiram da Terra Média, partiram por esse motivo.
    Portanto, os elfos não foram extintos, como você vai ver, eles sé foram para Valinor ("Onde a luz do Antigo Oeste ainda vive") (hehe).

    Mas eu recomendo que voc~e continue a ler o Simarillion, lá explica tudo, do principio ao fim, e o entendimento das obras de Tolkien fica quase que total com uma boa leitura desse livro.
     
  3. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Matando a saudade de discutir Tolkien...

    Lew, acho que só pela leitura de SdA vc pode ter uma idéia do que acontece: com o fim da Terceira Era, consolida-se o domínio dos Homens. Tolkien a deixa evidente como uma era de ar "velho", desgastado, cheio de um ar nostálgico, em contraste com a Primeira Era, que pelo Silmarillion é percebida como a Juventude do mundo, "o tempo em que a Terra era jovem". Esse envelhecimento da Terra-média é marcado justamente pelo gradual exílio dos elfos rumo a Valinor.

    (Há quanto tempo!...)
     
  4. _Eldariel_

    _Eldariel_ Usuário

    Não poderia deixar de responder a um tópico como esse principalmente se o último a postar foi meu tão adorado irmão!
    Caro Eriadan! Bem-vindos sejamos novamente!



    Quanto ao declínio dos elfos, não ligaria somente ao fato de estarem cansados da terra-média, o que é fato plausível; creio que a beleza de arda ao todo tenha decaído muito, e eles sentiam isso.

    E além do que, como poderiam os elfos viverem tanto tempo tentando imortalizar uma terra que tem como destino envelhecer? Como o ideal de Galadriel, que era fazer da "Flor-de-lórien" um reflexo de Valinor, uma terra imortal; ela o fez! Por muito tempo, porém sempre idealizando-a com Valinor.
    O encanto pela terra-média como era a princípio, envelheceu, como a própria terra e cada vez mais os elfos ansiavam pelas terras imortais.


    Até logo.
     
  5. Nerdanel

    Nerdanel Usuário

    Como diz, acho que no próprio SdA, está para começar uma nova era, dos homens, na qual os elfos vão em sua maioria para Aman (é mais ou menos isso, em outras palavras). Ou será que eu confundi e isso só aparece em não sei qual filme, quando Elrond está conversando com o Gandalf (acho que é na Sociedade do Anel...:think:)??
     
  6. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Nome interessante o do tópico; declínio dos elfos. Tolkien trata a questão da "queda moral" humana de forma consistente no decorrer de toda obra, mas, temos de forma implícita o declínio élfico. São os Primogênitos que estão fadados a permanecer em Arda até o fim.
    Os elfos deixaram as "terras de cá", ou seja, partiram de Endor dando espaço para o reinado dos Humanos, no entanto, seus fëar estão presos a Arda até o fim.
    Isto por si só é um motivo que leva ao inevitável declínio. Todas calamidades da Primeira Era estão ligadas a essa mórbida imortalidade. O desejo doloroso de Galadriel em manter Lórien imortal, um mero reflexo da glória do antigo Oeste. Isso por si só é decadência.
    Os elfos estão tão profundamente presos a "vida", que seu desejo pela morte suplanta o desejo pela imortalidade dos humanos. Em última instância, não podendo livraram-se de seus fardos (a imortalidade), tentam, como citado, tornar seu "habitat" imortal. Alguém desejaria algum sinal mais nítido de decadência?

    Uma leitura interessante, no caso de elucidação, seria o Athrabeth.

    Abraços.
     
  7. Arwan

    Arwan Usuário

    Eu não acabei de ler o Silma e ainda não entendi uma coisa.. Os elfos "se cansaram" da Terra-Média e foram embora para Valinor à convite dos Valar. Mas eles poderiam um dia, se quisessem, voltar para a TM? Ou estariam "presos" lá?
     
  8. gelloneth

    gelloneth Usuário

    Pelo que sei, está era uma escolha definitiva, não teria mais ninguém indo ou vindo de lá pra cá ou vice-e-versa, por isso a separação de Arwen e Elrond foi tão dolorosa, pois era um adeus que como diz o livro, os dois não mais se veriam nem com o fim da Terra-Média...uma escolha muito dificil que mostra como o amor de Arwen por Aragorn era forte pois ela assinou a propria morte quando decidiu ficar com ele e se separar do seu pai e de quase todos de sua raça.

    Abraços
     
  9. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Eles foram encontrados por Oromë, e acabaram sendo convidados, e guiados até Valinor (mas não todos).
    Porém, devido ao fato norteador de O Silmarillion, muitos voltam a Endor, e começam a luta contra Melkor. Após essa luta, alguns decidem permanecer em Endor, ou simplesmente não podem retornar. Ao fim da Terceira Era, no entanto, voltariam a Aman; dando início a Era dos Humanos.

    Porém, dentro deste contexto muito simplificado por mim, os elfos que permaneceram em Endor após a Guerra da Ira, tornaram-se cansados de viver em um Mundo que definhava perante seus olhos. Para ser mais claro, quem "definhavam" eram os elfos. Mas não atente-se a isso Arwan, espere por terminar suas leituras.

    E como muito belamente colocado pela doce gelloneth, o ato de Arwen ao tornar-se mortal por amor, foi o que pôde aliviar a dor da decadência élfica em seu âmago.
     
  10. Yuukale

    Yuukale Tar Eldalieva Coa



    Fábio, isso não é decadência.
    Em primeiro lugar, elfos como a Driel, que possuíam amor por aquela terra¹ em que estava, não iriam desejar que com o tempo, aquilo definhasse.
    |e lembre-se que, teoricamente, as coisas definham por causa da marca de melkor, logo, estão lutando também, indiretamente, contra a sombra.|

    ¹(embora você possa argumenta que ela ali queria apenas ter um reino e gente pra poder mandar e desmandar (o que não acredito que seja o único sentimento dela) há os elfos que ali vivem e com certeza desenvolveram um laço com a terra.)

    Desejo pela morte ? Você se refere ao que ? O desligamento do espírito com arda ou apenas a morte física, do Hröa ?
     
  11. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Entendo sua colocação querido Yuu, no entanto, a decadência é parte da "Providência Divina", os elfos estão presos a Arda (e a isso me refiro com a morte), e por essa ausência de liberdade vão chegar ao estado decadente (como citado por _x_fairy_x_) de tentar imortalizar as coisas ao seu redor, por não poderem livrar-se do fardo da imortalidade. Esse colocação não é pejorativa Yuu, é analítica, apenas. =]

    No entanto, sabemos que as coisas definham pela "Providência Divina", Melkor, nem nenhum outro Vala, pode agir em desacordo com os desejos do Único. Melkor é parte de Eru, e poderia ser chamado de "espírito decadente", justamente por almejar a Luz, e não poder tê-la. Veja que a decadência aqui não é uma falha moral (agora quem fala não é Nietzsche, hehehe), e sim uma consequência natural.
    Não seria tão categórico ao tratar sobre Driel, sabe que não acredito em verdades absolutas. As razões dela não seriam, somente, ter um reino, ou poder; existe sim o amor pela terra. Mas este amor causa dor e sofrimento, e cria o ambiente da decadência, justamente pela ausência de liberdade.

    Esse é o Declínio dos Elfos, e de todos aqueles que usam da negação para refutar seus instintos. Os elfos negavam, por amor ou por cobiça, a mortalidade de Arda, seu estado Hastaina, e com isso, decaíram. A queda moral humana é semelhante, mas no caso a decadência humana surge junto do desejo de imortalidade, e da projeção covarde em coisas que não sejam naturais.
    Esse mórbido desejo de imortalizar as terras mortais tem uma excelente elucidação na imagem de Arwen vagando em Lórien sobre as árvores que definham (após a morte de Aragorn).

    Abraços.
     
    Última edição: 16 Out 2007
  12. Yuukale

    Yuukale Tar Eldalieva Coa

    Ceeerto, agora sim te entendi.
    Bem, apenas reiterando/te enchendo o saco, no final das contas, se havia um desejo de morrer, ele era logo suplantado pelo desejo de imortalizar a terra.¹
    E... quanto a essa questão de que nada foge aos intentos de Eru, bem, eu acho que ele não planejou que melkor fosse lá e derramasse sua essência, mas também não se opôs a isso, dado que as coisas boas ou ruins são consequencias dentro de um plano geral "fazer ëa" - (sério, daqui a pouco tou me perdendo aqui na linha de raciocinio, isso é muito viagem x.x).

    Sem contar da frouxisse dos valar que deveriam tomar conta dessa budega.
    Eru fez, e os valar que se responsabilizem.

    Fora o fato de que, há um trecho no silma em que diz que existirão coisas fora dos planos de Eru, que surgirão de tempos em tempos.

    Caoticidades na trama ? :lol:

    Abração Fabin (cabei de ler o último capítulo lançado do manga *-* e o Ishida tá cada vez mais absurdo *-*) o> o/



    ¹ (o que depois de passar por mandos(após uma morte por alguma tragedia) isso deveria com certeza amansar, dado que, se tudo corresse bem, ele(elfo) iria receber um hröa novinho em folha e sem todo o desgaste causado pelas eras, creio eu)
     
  13. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Entendo Melkor como parte de Eru, não como algo separado, já que estamos numa cosmogonia onde há um Deus "todo poderoso", por isso a afirmação.
    No demais, sei que nossas idéias convergem, e mesmo que venha a me encher o saco, está ciente do uso da razão, e da mesura "imposta" pela lógica, que me "guia". =]

    A questão do Caos é compreensível, diria que, adentrando um contexto diferente do citado acima, Tom Bombadil é um exemplo de algo ümber-Ilúvatar.

    Abração Yuu! E continue a curtir Bleach! =]
     

Compartilhar