1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Murilo Rubião e o Realismo Fantástico

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Anica, 4 Out 2008.

  1. Anica

    Anica Usuário

    [align=justify]O realismo mágico (também chamado de fantástico ou maravilhoso) é um movimento literário contemporâneo cunhado e difundido no meio do século XX. Nasceu na América Latina, mas foi influenciado por movimentos e escritores do mundo inteiro, tais como Kafka e Edgar Allan Poe.

    No ápice do realismo fantástico surgiram grandiosos autores na América Latina,como Gabriel Garcia Márquez, Jorge Luiz Borges, Julio Cortazar, Carlos Fuentes, Izabel Allende, embora muitos digam que o venezuelano Arturo Uslar Pietri tenha sido o precursor do movimento, influenciado especificamente por Macunaíma, de Mario de Andrade, que possui os primeiros traços do movimento. A expressão só veio a ficar famosa quando usada pelo ganhador do Nobel de literatura Miguel Ángel Astúrias.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Eu estava conversando um dia desses com um rapaz que trabalha na biblioteca que frequento e quando disse que eu gostava muito de livros de fantasia ele me indicou o Murilo Rubião, quando tiver tempo vou procurar alguma coisa sobre ele. Alguém já leu algo dele? É bom?
     
  3. Pips

    Pips Old School.

    Eu já li "O Convidado" e o achei bom, nada muito extraordinário. O que não me animou a procurar outras obras.
     
  4. Chyz

    Chyz Usuário

    Hummm...lí O Pirotécnico Zacarias, mas faz tanto tempo!!! Vou procurar em casa e dar uma repassada!
     
  5. Gostei imenso da matéria.
    E digo mais, você precisa conhecer André Carneiro.
    Ele dá um banho.
    Perto dos 90 anos, cego e lúcido, surpreendente, como sempre,
    e além de escritor militante do realismo fantástico,comparado a Kafka,
    além de multi artista, fotógrafo, cineasta, escultor, pintor,
    ele é um dos maiores poetas da humanidade.
    Fui presenteada com um livro editado recentemente, poemas
    selecionados pela Secretaria de Cultura de Atibaia, do qual destaco
    para ti:

    ARQUEOLOGIA

    0 agora é estrela cadente
    na subterrânea memória.
    Com pincéis delicados
    limpo restos à procura da história.
    Homem de Piltdown, quero avós primatas.
    Arqueólogo amador,
    em elos antigos
    acrescento asas.
    No retrato falta
    a ruga deste instante,
    o verso vive atrás
    sua melhor face.
    0 imediato relâmpago submerge em cinzas cinzentas.
    A mão com a caneta reinventa no branco do caderno.
    Faíscas atrás da testa são

    fósseis do amanhã,
    neurônios incendeiam
    as melhores sinapses
    e o poema desaparece
    nas placas tectônicas
    das bibliotecas.

    A Internet está bem suprida de André Carneiro...
    É só digitar o nome dele e vem coisas assim:

    http://www.scarium.com.br/artigos/ac.html

    Eu amo André Carneiro. Ele é magnífico!
     
  6. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Murilo Rubião

    Dele eu já li "Bárbara", "Os comensais", "Teleco, o coelhinho" e "O convidado". E gostei bastante, embora não seja uma leitura fácil (para mim, no caso) e seja aberta à inúmeras interpretações.

    Não sabia dessas edições da Companhia das Letras. Só conhecia as da Ática, e até pensei em comprar duas recentemente.

    Mas estou feliz por não ter comprado, porque hoje descobri que a Companhia das Letras lançou todos os contos em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Eu vou querer.
     
  7. Thorondir

    Thorondir Usuário

    Se alguém quiser uma edição bacana, procure "O homem do boné cinzento", edição da Cia. das Letras com prefácio do Humberto Werneck.
     
  8. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Dei uma olhada nessa edição nova da Companhia das Letras e não gostei muito...

    Em primeiro lugar, ela traz os 33 contos (embora não tenha contado), mas não consegui perceber nenhum critério de organização... Não acho que seja nem alfabético, nem cronológico, nem pela ordem de publicação original.

    Em segundo, não traz nenhuma especificação com relação a "qual conto pertence a qual livro". Eles estão simplesmente jogados lá.

    Por fim, há um texto introdutório biográfico-autoral, mas não há a autoria dessa introdução... Nos créditos do livro há, se não me engano, uma atribuição para revisão, mas não para quem escreveu a introdução (ainda isso?)

    A questão "preço x todos os contos" pesa, mas agora fiquei em dúvida...

    Por que as empresas ainda insistem em desperdiçar oportunidades de fazer um serviço bem feito no Brasil?
     
  9. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    percebeu q este deve ser o primeiro conto de zumbi escrito no brasil?
     
  10. Diva

    Diva Usuário

    Só li O Convidado, do Murilo Rubião. E gostei bastante. Mas a verdade é que não conheço muito do gênero.

    Dos autores que a Anica cita no artigo, não tem nenhum que eu tenha lido, exceto Kafka.
     
  11. O Murilo Rubião, infelizmente, é pouco estudado e lido.
    De qualquer forma, o lançamento da Companhia das Letras ajudou a promover a obra do autor, acredito eu.

    Meu TCC, em fase de pré-produção, será focado em um conto dele. Acho que a literatura fantástica é uma marca muito nossa, da América, e por isso aprecio toda e qualquer produção.
     

Compartilhar