1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Artigos Valinor

    Artigos Valinor Usuário

    Segundo filho de Fëanor, o que mais herdou da mãe Nerdanel o espírito gentil que quaisquer dos seus irmãos. Maglor era famoso como poeta e bardo, mas ele participou do Juramento de Fëanor em Tirion e compartilhou das conseqüências que vieram disto.

    Maglor seguiu o pai no exílio, e o viu perecer nas mãos dos Balrogs. Com o resto dos irmãos, ele morou no leste de Beleriand, e Maglor estabeleceu-se entre o Pequeno Gelion e o Grande Gelion, os dois rios que viriam a formar juntos o próprio Gelion. Aquela região - que veio ser conhecida como Falha de Maglor – era desprovida de colinas ou montanhas, sendo assim o lugar na fronteira de Beleriand que era mais aberto ao ataque do norte. Maglor guardou a Falha durante quatro séculos e meio, mas foi finalmente derrotado no Dagor Bragollach. O dragão Glaurung invadiu a terra de Maglor e arruinou-a, de forma que ele foi forçado fugir rumo oeste para a fortaleza do irmão Maedhros na colina de Himring.

    Dezesseis anos depois, ele marchou com Maedhros para a grande batalha que deveria ter sido a vingança dos Elfos contra Morgoth, mas tudo foi por água abaixo pela traição de Uldor o Maldito. Maglor matou o próprio Uldor, mas o campo fora perdido; assim como a batalha, depois chamada de Nirnaeth Arnoediad, as Lágrimas Incontáveis. Todos os sete dos filhos de Fëanor sobreviveram o Nirnaeth.

    Pelos anos que se seguiram, uma das três Silmarils foi recuperada da coroa de Morgoth, que veio a ser finalmente herdada por Dior em Doriath. Ele não a entregaria apesar das reivindicações dos irmãos, e assim eles atacaram o antigo reino de Thingol. Celegorm, Caranthir e Curufin foram derrubados naquela batalha fútil. Agora só quatro dos filhos de Fëanor sobreviveram; Maglor, o filho primogênito Maedhros, e o dois irmãos mais jovens Amrod e Amras. Depois que alguns anos tivessem se passado, estes quatro vieram a saber que uma Silmaril estava com Elwing às Bocas de Sirion, e entretanto eles se contiveram durante algum tempo, sendo que o Juramento os compeliu a tomar de volta a Jóia.

    Assim eles atacaram os Elfos de sua mesma linhagem, e Elwing escapou com a Silmaril pelo mar, indo encontrar com o marido Eärendil, e junto eles velejaram para o Oeste. Aquela viagem provocaria a queda de Morgoth. Depois da destruição de Morgoth, as últimas duas Silmarils foram recuperadas da Coroa dele. Desta vez, dos filhos de Fëanor, só Maedhros e Maglor permaneciam, e Maglor chegou perto de se arrepender do Juramento.

    Relutante, ele acompanhou o irmão no roubo das Silmarils, mas suas más ações no resgate fizeram que as Jóias Abençoadas queimassem sua pele. Maedhros em desespero jogou-se em uma fissura ígnea, e Maglor, o último dos Filhos de Fëanor a sobreviver, lançou a Silmaril dele no Mar. A lenda diz que ele ainda vaga nas orlas do Mundo e canta lamentos pelo seu desespero e pesar.

    Nota:

    Tudo que nós sabemos sobre o destino de Maglor sem dúvida provém das linhas finais de O Silmarillion, onde é contado que “...nunca mais voltou ao convívio dos Elfos” (24, Da Viagem de Eärendil e da Guerra de Ira).
     

Compartilhar