1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Machado de Assis

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Anica, 8 Mar 2008.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Reparei que foi criado um tópico para falar da Capitu mas o Machadão, coitado, ficou sem. Então vamos lá: vocês preferem romances, contos, crônicas, ensaios ou o quê? E quais os títulos favoritos?

    Eu confesso que até um tempo atrás, Machado era meu top, favoritão mesmo. Hoje em dia já debandei para outras paixões, mas ainda vejo com (ótimos) olhos o que ele escreveu. Acho que qualquer sujeito que tenha escrito um conto como A Igreja do Diabo merece meu respeito, hehe.

    No final das contas, eu tenho um pouco de dó por ele ser lembrado pelos leitores comuns pela Capitu ou por ter rendido uma nota ruim na prova de Literatura. Ele é muito mais do que isso. E vale lembrar que ele foi citado pelo Harold Bloom em Gênio (acho que é esse :mrpurple: ) por causa de Memórias Póstumas de Brás Cubas (Bloom achou genial a idéia de criar um narrador morto, portanto livre das amarras da 'moral' dos vivos).
     
  2. Machado é realmente o maior ícone de nossa literatura. Estava mesmo faltando um tópico exclusivo para ele. :eba:

    Apesar de também ter debandado para o conhecimento e conseqüente fascinamento de outros autores, sou obrigado a deixar claro que o meu gosto crescente pela literatura nasceu com Machado, mais precisamente com "Memórias Póstumas de Brás Cubas". Nunca havia lido um livro tão bem moldado quanto a estilo e enredo. O defunto-narrador personagem Brás Cubas levou-me a conhecer a sociedade da época e a adentrar profundamente na construção psicológica de si e de várias outras personagens. "O Delírio" e "As não-realizações" são inesquecíveis.

    Um ano antes de conhecer "Memórias Póstumas...", já havia lido "Helena" e o mesmo não me agradou. Esse ano terei que lê-lo novamente para o vestibular e vou ver se minha opinião será a mesma.

    No fim do ano passado e no início desse ano, respectivamente, li "Papéis Avulsos" e "Quincas Borba". Gostei muito dos dois e, através do primeiro, conheci alguns contos do Machado, dos quais gostei mais de "O Espelho", "O Alienista" e "O Anel de Polícrates".

    No momento, estou lendo "Dom Casmurro" do qual estou gostando muito também.

    Enfim, Machadão é demais. :g:
     
  3. lipecosta

    lipecosta Usuário

    Com certeza um dos grandes, se não for o maior, escritor brasileiro de todos os tempos - embora eu ainda ache que "Grande Sertão" seja o melhor livro brasileiro-. Não dá pra negar a genialidade do Machadão, principalmente no quesito narração, eu adoro os narradores dele, pra mim ninguém narra um texto de forma tão irônica e pensada.

    Acho que foi o Harold Bloom que disse que ele é o maior escritor negro de todos os tempos no mundo inteiro, o que não é pouca coisa considerando que o Harold Bloom é americano.

    Estranhamente o meu livro favorito do Machado nao é o famigerado Dom Casmurro e sim O Memórias Póstumas, em que o prólogo é de uma ironia impagável - quem leu por obrigção na aula de literatura e achou um saco leia de novo pq é espetacular.

    Enfim eu podia ter resumido isso tudo numa palavra : Mestre.
     
  4. Liv

    Liv Visitante

    Machadão é gênio [ponto final]

    Vocês estão assistindo o "Soletrando" no Caldeirão do Huck? O troféu se chama "Machado de Assis", e quando eu assisti as crianças soletraram palavras do romance Helena. =^.^=

    Acho válido.
     
  5. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Olha, já li Machado de Assis, mas ainda sim não é meu autor preferido... Gosto de alguns... Outros não... Acho que não tenho tooooda essa adoração por ele... Pode ser que eu tenha lido pouco (só os livros mais conhecidos, não explorei muito os escritos mais anonimos), mas pra falar a verdade eu não sou muito do realismo...
     
  6. Eu não gostei muito quando li o Dom Casmurro lá por algum momento do ensiono médio, achei bom mas nada de mais. Mas o que realmente me pegou no Machadão foi o Memórias Póstumas: acho que ele consegue ser brilhante nesse livro. Adoro :P

    Os contos dele que eu queria ler mais: nunca achei muita coisa, apesar de já terem falado maravilhas de vários contos... =/
     
  7. Anica

    Anica Usuário

    Pega A Igreja do Diabo, então. O melhor de todos, na minha humilde opinião. É apaixonante =D
     
  8. Hérmia

    Hérmia Usuário

    Machado criou o realismo no Brasil, gostei muito do conto O alienista, que está em \Papéis Avulsos.....tem uma frase dele que adoro: Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco importa; o essencial é que saiba amar.....
     
  9. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Tô assistindo, achei bem legal também.
    Ver a criançada soletrando palavras dos livros,é bem divertido e elas estão mandando bem :traça:

    depois dessa propaganda vou procurar para ler :mrpurple:

    Ah eu gosto de alguns contos dele como Conto da Escola... e realmente criar a idéia de um narrador morto foi brilhante!
    Memórias Póstumas de Brás Cubas faz um tempinho que li, não lembro direito, mas prefiro este romance do que Dom Casmurro...

    Mas, Dom Casmurro também é interessante e que deixou uma indagação no ar...Capitu traiu ou não? :lol:
     
  10. Hérmia

    Hérmia Usuário

    Dom Casmurro marcou muito, sempre gera uma boa polêmica......
     
  11. imported_Capitu

    imported_Capitu Usuário

    Com certeza Gislene!Dom Casmurro é realmente marcante e o final fica ao gosto do leitor, você pode intepretar do jeito que quiser...Adoro Machado_O meu conto preferido é A Cartomante e Um Apólogo!
     
  12. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Apesar dele ser um gênio, um mestre no que fez..., eu assim não sou aquele fã, mas tive o maior respeito e admiração qndo eu li Memórias Póstumas, a uns anos atrás...juro a vcs, foi um choque começar o livro, foi diferente de tdo o q eu tinha lido...uHUHuhahu....ele eh foda...como consegue nehh...!!!!x]
     
  13. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    O Machado de Assis é um dos meus escritores favoritos, figura no meu TOP 5 literário. E indubitavelmente é o nosso maior escritor. A primeira obra que li dele foi Memórias Póstumas de Brás Cubas. Apaixonei-me pelo seu estilo artístico-literário: uma trama repleta de pessimismo; personagens irrealizados, medíocres e esgotados pelas circunstâncias cruas da vida e da natureza; a crítica mordaz ao ser humano em suas contradições, hipocrisia e jogos de manipulação e interesses - para Machado tudo na sociedade ocultava interesses, até mesmo a mais aparente imparcial amizade -; a ironia refinada; as digressões que são autênticas súmulas da nossa literatura, às vezes questionando o próprio leitor; etc... E o principal a declarar: Brás Cubas foi uma obra-prima - a maior do Machadinho na minha opinião, melhor que o "queridinho do Brasil" Dom Casmurro - revolucionária porque, pela primeira vez na história literária, um "defunto autor" narrava a trama. Como o Bloom falou, isso o livra das amarras morais e hipocrisia inerentes ao ser humano vivo. E vou logo avisando que tenho uma inclinação a escritores pessimistas. Até hoje não sei ao certo se gosto dessa linha por ter sido desde a minha tenra infância um indivíduo muito realista e, pois, com idéias e crenças pessimistas; ou se foi justamente o "itinerário" por esse caminho literário que me influiu poderosamente a ter uma personalidade um tanto pessimista.

    Talvez ele seja também o nosso mais hábil contista. Meus contos preferidos dele são A Cartomante, A Causa Secreta - ele daria um grande autor de terror -, O Espelho, Pai contra Mãe, Missa do Galo, Verba Testamentária. Porém, A Igreja do Diabo também é um de seus contos mais extraordinários, definitivamente uma pequena obra-prima.
     
  14. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    Uma informação concernente a O Alienista. Após a grande "trilogia" do Machadinho - Brás Cubas, Quincas Borba, Dom Casmurro- considero O Alienista a sua maior obra-prima. Mas concebo-o não um conto como alguns, mas antes uma novela, pelo seu tamanho e estrutura narrativa mais ampla que a de um conto.
     
  15. Zuleica

    Zuleica Usuário

    O que gosto em Machado, principalmente, é a forma exemplar como um jovem, naquele tempo, com aqueles pares sociais, conduziu a vida e realizou um trabalho até hoje considerado absurdamente competente.
    Há um estudioso que confessa ter duas obsessões, uma delas o talentoso Machado. Ele mergulha na obra e traz para nós resultados reveladores para todos, mas em especial para quem quer conhecer mais sobre técnicas utilizadas para manter o envolvimento do leitor. Em Risos e Melancolia, Rouanet nos mostra Machado e as características do gênero utilizado em sua obra. Fiz uma coleta de informações que dá uma mostra legal do conteúdo oferecido por Rouanet. O link:
    http://www.meiapalavra.com.br/showthread.php?tid=2619
     
  16. Thorondir

    Thorondir Usuário

    Vocês podem conferir todos os contos do Machado aqui:

    www.contosdomachado.blogspot.com

    :)
     
  17. LucasCF

    LucasCF Usuário

    Só li alguns contos, que a professora pediu. E agora estou lendo Esaú e Jacó! *__*
     
  18. Shaytan

    Shaytan Usuário

    Quando eu tinha que ler obrigado para vestibular e segundo grau eu detestava, somente depois de ler por curiosidade e sem pressão que descobri o que estava perdendo.
     
  19. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    DOM CASMURRO é bom...
    QUINCAS BORBA razoável

    Mas MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS iniciei duas vezes e abandonei...:puke:
     
  20. Diego-

    Diego- Usuário

    Assim, só por curiosidade. Vocês preferem o Machado contista ou romancista?
     

Compartilhar