• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Livros/autores em prosa poética

Leandro Bonizi

Usuário
Olá, gostaria de recomendações de autores e livros em prosa-poética.

É que é assim, eu escrevo de tudo, principalmente poesias, mas às vezes vem uma frase ou parágrafo avulso na minha cabeça e eu vou guardando, e está se acumulando há anos já. Quando achar que está bom iria organizar as notas e formar um livro em prosa-poética. Mas antes queria ler o máximo de livros do gênero para me inspirar.

Mas só conheço dois autores, Rimbaud e Virginia Wolf, e "O livro do desassossego", de Fernando Pessoa (Bernardo Soares). O Google não me ajudou. Vocês conhecem mais livros ou autores para me recomendar?
 
Vamos esclarecer, para não gerar confusão antes de sairmos dando dicas rs: você está falando de prosa poética ou de poema em prosa?
E prosa pética mesmo, textos corridos (não separados em versos) mas cada frase recheada de estilística. Eu falei que o Google não ajudou, tentei pela primeira vez usar o Chat GPT que tanto me falavam, olha a resposta que ele me deu:

"Claro, há vários autores e livros de prosa-poética que você pode explorar para se inspirar e enriquecer sua compreensão desse estilo literário. Aqui estão alguns autores e obras notáveis de prosa-poética:

  1. Clarice Lispector: A autora brasileira é conhecida por sua prosa poética e reflexiva. O livro "Água Viva" é um exemplo desse estilo.
  2. Margaret Atwood: "O Conto da Aia" é um exemplo de um trabalho que combina elementos de prosa e poesia, criando uma narrativa poderosa.
  3. Kahlil Gibran: "O Profeta" é uma coleção de ensaios poéticos que abordam temas como amor, casamento, trabalho e espiritualidade.
  4. Pablo Neruda: O poeta chileno escreveu uma prosa poética cativante em "Confesso Que Vivi", que mistura memórias e reflexões sobre sua vida e poesia.
  5. Anaïs Nin: Suas obras, como "Delta de Vênus" e "Pequenos Pássaros", apresentam prosa sensível e poética que explora temas íntimos e emocionais.
  6. Hélène Cixous: A filósofa e escritora francesa é conhecida por sua prosa poética que mistura teoria, imaginação e emoção. "Três Andamentos para um Breviário" é um exemplo.
  7. Roberto Bolaño: Em "Os Detetives Selvagens", o autor chileno mistura prosa e poesia para contar uma história complexa e multifacetada.
  8. Anne Michaels: "Mínima Moralia: Reflexões a partir da vida danificada" é um trabalho que explora temas sociais e culturais com uma abordagem poética.
  9. Baudelaire: Além de Rimbaud, o próprio Baudelaire é uma referência na prosa-poética com obras como "Pequenos Poemas em Prosa".
  10. Rainer Maria Rilke: "Cartas a um Jovem Poeta" contém conselhos e reflexões poéticas que podem ser uma fonte de inspiração."
 
Se tiveres acesso ao livro A Criação Literária: Prosa II, de Massaud Moisés, verás que o primeiro capítulo tem 50 páginas sobre o tema, com um apanhado geral de nomes pessoais e obras, que devem te orientar nesse mundão aí. Nomes que variam de Rousseau a Huysmans (com grande ênfase sempre aos franceses). Abaixo, um trecho que fotografei:

20230826_191902.jpg


Espero que ajude.
 
Muito obrigado! Achei o livro com todos os volumes na Amazon. Realmente esse mundo é muito mais vasto que eu pensei. E quando você perguntou, acho que eu confundi poesia em prosa com poesia prosaica. Não sei se está clara a diferença para mim, mas acredito que Virginia Wolf seria prosa poética, pois há uma história que acaba ficando em segundo plano, e "O livro do desassossego" seria poesia em prosa. Mas de qualquer forma ler dos dois me ajudaria a me inspirar;)
 
Esse livro dele é ótimo. Se você por acaso for comprar, vai ser dinheiro bem investido.

A distinção entre prosa poética e poema em prosa nem sempre é óbvia, como o próprio Moisés faz questão de dizer no livro. Acho que ela só fica mais óbvia, mesmo, quando o texto em prosa poética é longo e a gente o classifica facilmente como um romance, ou novela, ou conto. Mas se for um microconto, algo muito sucinto, pode vir a se confundir com um poema em prosa. Enquanto este não costuma ser longo e por isso mesmo não se confunde com a prosa poética de maior fôlego.

Acho que a prosa será poética sempre que os elementos mais tipicamente associados à poesia (linguagem metafórica e outros) se sobressaiam e pareçam dominar o conjunto. Mesmo que em obras longas a voltagem poética não permaneça sempre alta (como aliás acontece também com poemas longos).

Eu incluiria um Mia Couto entre escritores de prosa poética também.
 
Muito obrigado ^^!

É, essa distinção não deve ser bem definida mesmo. De qualquer, acho que minha lista já vai ficar vasta o suficiente. Imagino acumulando trechos por mais uns dois anos, é o tempo de paralelamente ir lendo essas obras ;)
 
Acho que qualquer Anrtónio Lobo Antunes, que chama seus romances mais recentes de poemas (desses li só O Arquipélago da Insônia, que é bem bom, mas dizem que Não é Meia-Noite Quem Quer é melhor; Herta Müller (A Raposa Já Era o Caçador é um ótimo exemplo); Jon Fosse, que a ed. Autêntica publicou Melancolia, e a cia das letras está pra publicar É a Ales. São alguns exemplos que me vêm rápido à mente...
 
Última edição:

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.524,79
Termina em:
Back
Topo