• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Kill Bill

se v6 curtiram kill bill, talvez gostem do japonês q o inspirou, lady snowblood, d 1973. quem viu os 2 nota claramente oq o tarantino copiou (incluindo a música) e oq foi suor próprio.

 
Última edição por um moderador:
Olha a música The Flower of Carnage aí no trailer. :rofl:
Mas que o Tarantino plagia coisas nunca foi novidade, hehe.
Quando li esse "incluindo a música" pensei que era Twisted Nerve, uma vez vi um trecho de um filme antigo no youtube com ela, comparado a Kill Bill... era claramente copiado também. Tem essa música no filme, JLM?
 
só lembro d ter essa música do trailer acima mesmo. até pq produções japonesas antigas ñ costumavam incluir mta coisa vinda d fora.

a wikipédia traz ainda outras influências do filme:

Toda a história de Kill Bill - uma mulher que busca vingança de um grupo de pessoas, marcando-as em uma lista e matando um por um - é adaptado do filme japonês de 1973 "Lady Snowblood" no qual uma mulher mata a gangue que assassinou sua família. O jornal britânico The Guardian comentou que Lady Snowblood foi "praticamente um modelo para todo Kill Bill Volume 1".

O enredo é bastante semelhante ao filme A Noiva Estava de Preto (1968), de François Truffaut, no qual cinco homens tornam uma jovem viúva no dia de seu casamento. Ela quer vingança, matando metodicamente cada um dos cinco homens usando vários métodos.

Kill Bill presta homenagem ao western spaghetti, blaxploitation, "wuxia" chinês e filmes japoneses de artes marciais, e filmes de kung fu dos anos 60 e 70. Este último gênero, que foi produzido em grande parte pelo Shaw Brothers, é dado como óbvio pela inclusão do logo Shaw Scope logo no começo de Kill Bill: Volume 1.

Um influente filme de exploração que Tarantino mencionou em entrevistas é o sueco Thriller - En Grym Film, lançado nos EUA como They Call Her One Eye. Tarantino recomendou que a atriz Daryl Hannah assistisse o filme para se preparar para seu papel como a assassina de um olho Elle Driver.

A série japonesa de mangá e filmes Lobo Solitário e Filhote são ecoadas nos personagens de A Noiva e sua filha. A versão de compilação americanizada de Shogun Assassin, é na verdade vista pelas duas personagens.

Os créditos finais de Kill Bill: Vol 2 incluem uma pequena lista de diretores, escritores e atores, sob o título "RIP", incluindo Sergio Leone, Sergio Corbucci, Lee Van Cleef, e de vários diretores de artes marciais.
 
Acho que o filme não tá aí no meio...
De qualquer forma, enquanto eu procurava(ainda não achei o maldito video no youtube e pelo visto não vou achar ¬¬) achei esse site aqui, com muuuuita coisa: http://www.tarantino.info/wiki/index.php/Kill_Bill_References_Guide
(e sobre os outros filmes do Tarantino também)
 
Alisson disse:
...

E Anne
você se refere ao escalpelamento da O Ren Ishii (Lucy Liu)?

Se sim, a cena é insana e fodástica mesmo. xD

Sim sim! Não me lembrava mais o nome da criatura. thanks
 
Kill Bill é sensacional! É, de longe, meu filme predileto, a começar pelas artes marciais lindissimamente ensaiadas (eu lutei TaeKwonDo 1 ano e meio, não é o estilo da Beatrix, mas Artes Marciais ftw).

Vejo Kill Bill todo como uma homenagem! Tarantino homenageia o Kung Fu, Bruce Lee (através da roupa da Beatrix Kiddo, vejam:
uma-e-bruce.jpg
), os filmes antigos sobre a cultura oriental e a todas nós, mulheres, que buscamos justiça a qualquer custo.

Assisti ambos os filmes no começo de 2006, quando estava numa fase em que fui completamente injustiçada e sacaneada (vamos dar nomes aos bois, foi bollying mesmo) por "uma gangue" de conhecidos e a Kiddo foi minha promessa de vingança. Eu me reconhecia em cada movimento dela, do voltar da experiência de quase morte às perseguições mais implacáveis e lutas mais improváveis (como a dela contra o exército dos 88) em rumo à vitória.

Hoje, 5 anos depois, um por um dos membros da "gangue" caíram... A vida foi minha hattori hanzo, eu fui uma Kiddo projetiva. Kill Bill conta a minha história. Não tem como não amar.
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.404,79
Termina em:
Back
Topo