1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Homenagem ao Dia da Mulher

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por imported_Rafaela, 8 Mar 2010.

  1. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    A Folha Online em homenagem às mulheres separou algumas escritoras famosas:

    Cada uma a seu modo e a seu tempo lutou para conquistar o reconhecimento que suas narrativas mereciam, além de tornarem-se responsáveis por obras indispensáveis a qualquer amante das letras.

    Jane Austen

    "Orgulho e Preconceito". "Razão e Sensibilidade". Estas são algumas das obras escritas por Jane Austen. Inglesa de Hampshire, escreveu seus romances baseados na sociedade burguesa e agrária na qual foi criada. Suas histórias, em geral, transcorrem em torno do casamento da protagonista e revelam, com ironia, os custumes e tradições da época. Diversas adaptações cinematográficas foram feitas, inclusive uma cinebiografia.

    Virginia Woolf

    Escritora inglesa tem sua obra marcada pelos romances psicológicos que revelam o caráter de seus personagens a partir de suas re flexões. Foi com "Mrs. Dalloway" que Woolf inaugurou os recursos narrativos que tonaram-se característicos de suas narrativas. Dedicando toda a sua vida à literatura, suicidou-se em 1941 após ser vítima de depressão.

    Emile Bronte

    Escritora e poeta britânica, escrevia seus livros sob o pseudônimo masculino de Ellis Bell. Sua única obra em prosa publicada, "O Morro dos Ventos Uivantes" foi mal recebido na época, mas depois tornou-se um dos clássicos da literatura inglesa. Gerou diversas adaptações para o cinema e recentemente ganhou destaque ao ser citado pela personagem Bella de "Crepúsculo" como uma de suas leituras preferidas.

    Agatha Christie

    Conhecida como a "Rainha do Crime", Agatha Christie é autora de grandes ícones da literatura policial e de suspense. Seu trabalho como farmacêutica forneceu amplo conhecimento sobre venenos, trazendo verossimilhança às suas histórias. Seu romance mais conhecido, "Assassinato no Expresso do Oriente" foi escrito em 1934. Ao todo, foram 79 romances e livros de contos, além de doze peças de teatro.

    Clarice Lispector

    Nascida na Ucrânia, Clarice desperta paixões naqueles que encaram o mundo de seus personagens, conhecidos por demonstrarem o seu interior. Seus textos seguem uma linha introspectiva. Trabalhou como jornalista e tradutora. Morreu em dezembro de 1977, pouco antes da publicação de "A Hora da Estrela", seu romance mais conhecido.

    Rachel de Queiroz

    Representante feminina da chamada "geração de 30" do Modernismo brasileiro, Rachel de Queiroz trouxe para a literatura a vida e o sofrimento do sertanejo nordestino. A seca e o cangaço são os principais temas de suas obras. "O Quinze" é seu romance mais conhecido, sendo recorrentemente exigido nos grandes vestibulares.

    Lygia Fagundes Telles

    Paulista, a escritora cursou direito e começou a escrever em 1931, logo após ser alfabetizada. Seu primeiro livro de contos foi publicado com a ajuda de seu pai, que financiou a edição. "Ciranda de Pedra", primeiro romance da autora, foi adaptado suas vezes para novelas. Ainda hoje recebe prêmios por conta de sua vasta produção.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Aline Guiotti.

    Aline Guiotti. Usuário

    Muiiito legal isso! Todas foram grandes mulheres... ou pelo menos, grandes escritoras, a meu ver! XD
     

Compartilhar