1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dançando No Escuro (Dancer in the Dark, 2000)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Sister Jack, 4 Nov 2002.

  1. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Dançando No Escuro


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    Eu percebi um padrão aqui. Cantoras ruins(Britney Spears) fazem filmes ruins(Crossroads). Excelentes cantoras(Bjork) fazem excelentes filmes(Dançando No Escuro). Mas eu não acho que tem a ver com a própria habilidade de cantar, mas sim com a inteligência da cantora em saber escolher um papel para atuar. E o diretor Lars Von Trier, quando viu a maravilhosa voz da cantora, quase implorou para ela entrar no filme, que tem cenas musicais. Ainda bem que a Bjork aceitou o papel. Porque a performance dela em Dançando no Escuro é uma das melhores de todos os tempos. Ela bateu 95% das atrizes vivas hoje em dia, na primeira atuação dela. Talvez até 99%.

    Eu sou um grande fã dela e acho que ela é a maior cantora de todos os tempos. Aparentemente, Von Trier viu isso nela. Viu a quantidade de alma e emoção que ela colocava nas canções dela. Que ela tinha a inteligência e o talento para interpretar o papel de Selma, a protagonista do filme, uma mulher com uma doença grave. No filme, Selma sofre muito. Muito mesmo. Por isso, na primeira vez que o diretor fez o pedido para Bjork entrar no filme, ela recusou. Ela achou que iria ser emocionalmente muito difícil fazer esse papel, pois ela teria que se tornar o personagem da Selma e isso faria com que ela mesma sofresse. Mas depois de muitas conversas, ela decidiu aceitar o papel. E se tornou Selma. Hoje, vocês podem conferir a espetacular atuação da Bjork! Brilhante! Fascinante! As músicas que ela canta e dança durante o filme, os momentos pesados, os momentos onde o personagem dela se abre totalmente! Ela foi perfeita em tudo. O filme é ela. Se não fosse por ela, talvez o filme não teria sido a metade do que ele é.

    É claro, o diretor é excelente. Ele fez um ótimo trabalho em escrever o roteiro e dar um tom de realismo na direção. Além de ser inovador e usar partes musicais em um drama pesado como esse. Mas o filme perderia muito sem a Bjork. Poucas atrizes trabalhando hoje em dia poderiam dar uma atuação tão emocionante, tão real, tão sincera quanto a dela. A Bjork não veio preparada no projeto. Ela teve que aprender muito, e o diretor Lars Von Trier deve ter ensinado muito sobre a arte de atuar. Ele que é ótimo em conseguir atuações ótimas de mulheres como Emily Watson em Ondas do Destino(outro filme brilhante dele).

    Muitos poucos filmes consegue fazer com que o espectador se conecte com um dos personagens. Que se sinta na história, no meio do mundo criado pelo filme. E quando eles conseguem, raramente, então a experiência para o público é incrível. Requiem Para Um Sonho, um tipo de filme parecido com o Dançando no Escuro, fez com que nós tivessemos pena dos personagens. Quem gostou realmente se sentiu relacionada com a história. Em Dançando no Escuro, a mesma coisa acontece, só que com muito mais emoção, porque durante a duração do filme inteiro, alguma coisa nova e chocante aparecia para atrapalhar o percurso do protagonista. Sempre estávamos interessados sobre o que ia acontecer em seguida, sobre qual era o destino dos personagens. E em filmes como esse, não tem jeito de não chorar. Só de imaginar uma história daquelas acontecendo no mundo de hoje já é algo completamente devastador.

    Alguns falam que Dançando No Escuro não segura tanto depois de ter sido visto várias vezes, mas nem Requiem segura. E muitos falam que Ondas do Destino continua sendo o melhor trabalho de Lars Von Trier. Enquanto eu concordo que o filme é mais complexo e um pouco mais inteligente que Dançando no Escuro, a minha primeira experiência não foi tão poderosa. Mas ainda vou assistir os dois filmes do diretor novamente para decidir qual realmente é o melhor dos dois. Por enquanto, Dançando no Escuro entra entre os 15 melhores filmes que eu já vi na minha vida, ultrapassando facilmente Requiem. E o diretor, Von Trier, se tornou uns dos diretores que tenho mais interesse em futuros projetos. E a Bjork falou que esse seria o último trabalho dela, pois achou o esforço dela para atuar como Selma muito grande. Enquanto eu estou ótimo por ela continuar apenas uma cantora, acho que ela devia atuar novamente. Em um papel bem escolhido. Talvez eu chame ela para um dos meus filmes, quem sabe ela não aceita? :)



    PS: Esse poster não é o oficial do filme. Eu fiz o poster.
     
  2. Concordo, esse filme realmente é excelente. Quando terminei de vê-lo, eu já tinha certeza que era um dos melhores dramas que já vi na vida. Na verdade eu deixei esse pensamento para depois, porque a única coisa que eu tinha em mente era a história do filme e na batalha de Selma, a protagonista, em realizar seu sonho. Björk absorve tão bem o espírito do personagem que foi praticamente impossível não se aproximar de seus sentimentos, consequentemente sentindo pena da sua pessoa. Isso se dá graças ao seu talento, não só como atriz, mas também como cantora. Não foi à toa a Indicação ao Oscar de melhor canção. Eu mesmo que raramente me emociono em filmes, não pude conter que meus olhos se enchessem de lágrimas no final.

    Lars Von Trier, com sua ótima direção, fez de Dançando no Escuro um dos melhores filmes de todos os tempos, na minha opinião. O roteiro encaixou as cenas tão bem em cada contexto de uma maneira impressionante.

    NOTA:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  3. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Vc não falou do meu poster, Ristow! :)
     
  4. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Seus pôster ficou legal Folco! :wink:



    Só que eu achei que Dançando no Escuro foi um filme extremamente superestimado..... tá..... concordo que tem um visual belíssimo........... mas o filme nào deixa de ser um pé no saco............ a atuação da Björk é fenomenal e é a única coisa que presta no meio de tanta chatice (talvez umas 2 cenas de músicas foram legais tb). Fora isso..... a personagem dela é extremamente irritante e estúpida.

    Ah.... eu adoro a Björk tb.

    Nota: 2.5/5.0
     
  5. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Bem Dirhil, eu achei o filme super interessante e não achei chato de forma alguma. E a direção não foi Bela, mas foi o tipo de direção que conseguiu envolver o espectador no meio da estória. O sentido não era ter um visual bonito, e sim uma atmosfera forte. Mas bem que algumas tomadas ficaram bonitas sim.

    E a BJORK RULES!!!! :D
     
  6. Não gostei do seu poster... a Björk parece que tá com Sindrome de Down nele! Olha só a foto de baixo!! :lol:

    Tô brincando, eu gostei sim... Melhor que o original.
     
  7. V

    V Saloon Keeper

    Eu odeio a Bjork e odeio esse filme. Ambos estão num patamar de chatice que beira o insuportável.

    Nem vou colocar argumentos, porque não vale o esforço. Vou resumir tudo com uma regra de três:

    Dançando no Escuro está para Cinema assim como Britney Spears está para Música.
     
  8. Sister Jack

    Sister Jack Usuário


    UHA! Po, eu esperava alguém não gostar desse filme, mas quanto ódio!

    Como vc odeia a Bjork????
     
  9. V

    V Saloon Keeper

    Eu acho ela chatíssima e para mim ela não canta, sussurra.
     
  10. Arga A guerreira

    Arga A guerreira Usuário

    bem, eu não assisti ainda, tenho medo... Um amigo meu o indicou ontem, depois de assistirmos requiem para um sonho. Eu quase não sobrevivi ao requiem... Ainda estou passada.
     
  11. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Requiem é maravilhoso ARga......... Dançando no Escuro é chatíssimo........

    Eu adorei o final de Dançando pelo menos..... :twisted: :twisted: :twisted: :twisted: Ela mereceu!!!! :twisted: :twisted: :twisted: :twisted:
     
  12. Sister Jack

    Sister Jack Usuário



    Vc é cruel.


    Arga, assisti o filme sim. Pelo menos eu e o Ristow recomendamos!
     
  13. Sir Galaaz

    Sir Galaaz Usuário

    Ai meus Deus eu NÂO AGÜENTO MAIS OUVIR FALAR NESSE FILME!!!!
    Não por causa deste fórum, mas um colega meu da faculdade que idolatra este filme e toda hora fala dele e o pior é que todo vez ele esquece que já me vez a pergunta que sempre faz: "Vc já assistiu Dançando no Escuro?"
    :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil:

    Eu quando assisti o filme até tinha gostado, o filme é legal, era ótimo, mas ouvir sobre ele inúmeras vezes, terminou me cansando! :twisted:
     
  14. Sprog Bullit Rockatansky

    Sprog Bullit Rockatansky Burn Baby... burn!!!

    Caramba.. q filmeé esse?
    Sou o único perdido aqui?

    ... ta passando onde isso?...ou já passou
     
  15. Sister Jack

    Sister Jack Usuário


    Esse filme é de 1999 ou 2000(não lembro), fez muita polêmica e sucesso no festival de Cannes, inclusive ganhando o PRÊMIO PRINCIPAL de lá, para Melhor Filme e Melhor Atriz(pra maravilhosa Bjork)! É a primeira atuação de Bjork no cinema. O filme não fez muito sucesso com o público geral, mas conseguiu arrecadar um bom dinheiro.
    Já chegou nas locadoras a pouco tempo, e é um filme chocante sobre a vida de uma mulher chamada Selma que está perdendo a visão e precisa arrecadar dinheiro para uma operação, para que o mesmo não aconteça com seu filho. Mas uma grande tragédia acontece.

    Um dos melhores filmes já criados, na minha opinião.
     
  16. Meldannë Nimril

    Meldannë Nimril Usuário

    Adorei o filme mas não vou considerar uma obra-prima, em algumas horas eu achei chato, algumas cenas de música ficaram longas demais.
    No mais eu gostei muito, achei triiiiiste (aquela cena final deu agonia!) mas sem ser melodramático!

    NOTA 8,0
     
  17. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    O filme é cheio de cenas chocantes ou cenas memoráveis... Acho que todo mundo aqui deve ter uma cena favorita, gostando ou não do filme...


    SPOILERS


    A minha, acho que é a cena em que ela está na prisão e não tem música para tocar, então ela tenta cantar no silêncio, mas não consegue.

    Perfeita.




    FIM DE SPOILERS



    E a de vcs????


    V, não gostou de nenhuma cena?????
     
  18. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    SPOILERS!!!!!!!!!!!!!! GIGANTES!!!!!!






    A cena que ela morre enforcada!!!!!!!!!! :twisted: :twisted: :twisted:

    A melhor de todas...... hehehehe




    Bem..... eu gosto da sequencia musical na fabrica e no trem. :roll:
     
  19. Sister Jack

    Sister Jack Usuário



    Com certeza. O som das máquinas criando um rítimo!


    Mas a do tribunal também foi legal. Com o Oldrich Novy sapateando!
     
  20. Sir Galaaz

    Sir Galaaz Usuário

    SPOILERS

    se eu não me engando na hora que ela morre enforcada ela tava começando a cantar, todo mundo no cinema levou mó sustão, especialmente minha namorada! :lol: :lol:
     

Compartilhar