• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame, 2019)

Dê sua nota


  • Total voters
    14

Bel

Moderador
Usuário Premium
Após Thanos eliminar metade das criaturas vivas, os Vingadores têm de lidar com a perda de amigos e entes queridos. Com Tony Stark vagando perdido no espaço sem água e comida, Steve Rogers e Natasha Romanov lideram a resistência contra o titã louco.

Data de lançamento: 25 de abril de 2019 (Brasil)
Direção: Anthony Russo, Joe Russo

Pq não tinha tópico ainda???
[doublepost=1556544561,1556542027][/doublepost]
timeywimey.jpg
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
apoteótico. cheio de furos no enredo e coisas esquisitas, mas foda-se, foi emocionante. tem toda a treta e implicancia com a capita marvel, mas sinceramente? nao cheirou e nem fedeu. teve participações legais e tal. é óbvio que ela foi decisiva no enredo do ponto de vista lógico, mas do ponto de vista emotivo, não trouxe nada de emocionante para o filme.
 

jrmalta

Usuário
Gostei demais. Não achei tantos furos assim não. E logo após os primeiros momentos seguintes ao término do filme, repensei alguns pontos que havia considerado furo e voltei atrás.

Digo mais: talvez com o multiverso prometido para a partir de agora, qualquer ponta solta acabe...
 

Ranza

Macaco
É um filme muito bom como termino de jornada, dentro do MCU, separadamente não muito, é um filme OK, diferente do guerra infinita que foi foda.
Valeu a pena.
 

Haran Alkarin

Usuário
Acho meio desleixado esse negócio de voltarem no tempo e criarem várias linhas temporais... Afinal, acaba criando várias linhas temporais bagunçadas: em uma delas, por exemplo, o Loki sumiu, e abre a questão de como terá sido, sem ele, a luta contra os Elfos Negros em Thor 2 ou os eventos de Thor 3. E em outra linha do tempo alternativa, ele ainda está na prisão em Asgard... Quer dizer, parece haver três linhas do tempo alternativas, fora a linha que é criada quando Iron Man e o Capitão voltam para o passado ainda mais distante, e fora a linha que o Capitão pode ter criado para viver com Peggy...

Ideal seria se eles sempre voltassem à própria linha temporal, sendo incapazes de alterar o passado, afinal "sempre" estariam estado nele. Eles teriam colocado as joias em seus locais originais, e uma versão do Capitão teria sido desde "sempre" o marido de Peggy Carters. Mas aí teria que reformular o filme, e o inimigo teria que ser o Thanos do presente, de posse das seis joias. Casaria mais ou menos com o que eu falei na época do Guerra Infinita:

A volta no tempo pode ocorrer nesse cenário, mas seria um meio para o objetivo final de ressuscitar os personagens e derrotar Thanos, e não uma alteração radical na linha temporal... Sei lá, por exemplo, eles podem voltar e roubar discretamente as jóias do infinito dos seus respectivos destinos finais (Homem-Formiga parece o herói ideal para esse tipo de tarefa, e o Caveira Vermelha pode desempenhar algum papel dramático nisso)... Mas aí já começa a bagunçar, porque isso impediria o Thanos no futuro de tê-las, ou teríamos que aceitar linhas temporais diferentes... (A não ser que eles devolvam as joias ao final da missão...?)
Até porque eu acharia bem mais interessante a presença do Thanos de Guerra Infinita, o Thanos que perdeu a filha, do que esse Thanos que tivemos aí...

Aliás, a MCU esculachou com o Peter Quill de Guardiões.... No primeiro filme do Guardiões, ele teve uma ótima construção de personagem: seu duplo caráter terráqueo/galático, sua relação com a Gamora.... A questão da ascendência, que prometia... afinal ele teria sido filho de uma entidade cósmica, o que apontava para uma paternidade sobrenatural do tipo Anakin Skywalker, e tinha potencial para ser desenvolvido e desembocar em um destino foda. O que já vinha sendo feito em parte, quando ele "por milagre" (e em uma cena foda) resistiu ao poder da Joia do Poder. Mas daí no Guardiões 2 transformam o pai dele num vilão genérico a ser derrotado no próprio filme, o que maculou também a história da morte de sua mãe, e enfim, toda a origem do personagem.... No Guerra Infinita fazem o Peter Quill ser estúpido, pondo a vitória contra o Thanos a perder... E agora no Ultimato meio que dão reset na sua relação com a Gamora... Enfim, Peter Quill poderia ter tido uma jornada própria bem interessante, mas a necessidade de integrá-lo ao MCU abortou isso....


Apesar de tudo isso, nem preciso dizer, Ultimato é um excelente filme. Guardiões 1 >> Ultimato, Guerra Infinita, Guerra Civil, Vingadores 1 >> todo o resto.
 
Última edição:

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
"Vingadores: Ultimato": Saiba história por trás da última aparição de Stan Lee no cinema


Stan Lee (no centro, sentado) nos bastidores de "Vingadores: Ultimato" Imagem: Divulgação/EW

Vingadores: Ultimato" ganhou uma dimensão muito mas emocional do que os diretores Joe e Anthony Russo poderiam prever. Após a morte de Lee, em novembro, aos 95 anos, a cena ganhou a responsabilidade de ser a última aparição dele nos cinemas.

Lee aparece rejuvenescido digitalmente em uma cena que se passa nos anos 1970. Com cabelos pretos e bigode, ele reencarna sua fase hippie e passa por uma base militar norte-americana declarando: "Façam amor, não façam guerra!".

"Pareceu muito divertido quando pensamos na ideia, antes de Stan morrer. Começamos a pesquisar fotos de como ele era nos anos 1970", comentou Joe Russo ao site da Entertainment Weekly, que revelou também uma foto dos bastidores da cena.

Lee aparece de peruca e bigode falso na imagem, cercado pela dupla de diretores, pelos roteiristas Stephen McFreely e Christopher Markus, e pela produtora executiva Trinh Tran.

"No fim das contas, este se tornou a última participação que Stan filmou", lamentou Anthony Russo. "Dá para acreditar nisso?".

No entanto, como aponta a matéria, ainda é possível que ouçamos a voz de Lee ou vejamos sua foto nos próximos filmes da Marvel. Difícil imaginar que a editora deixará de homenagear o criador de vários de seus personagens mais icônicos tão cedo.
 

Ranza

Macaco
Concordo em partes.
Quanto a solução para o problema, eles criaram uma lei própria pra que a coisa toda acontecesse, e transformou isso na realidade interna da MCU.

Quanto ao filmes, minha lista fica asssim

1 - Soldado Invernal
2 - Guardiões 1
3 - Guerra Infinita
4 - Homem Aranha
5 - Ultimato.

Mas como eu disse para uns amigos, o maior mérito é o conjunto de filmes, pois filmes melhores e filmes piores é normal de acontecer, mas criar uma sequencia de 22 filmes e conseguir amarrar tudo certinho, sem deixar muitas pontas soltas é um belo dum trabalho.
 

Ranza

Macaco
Não, eles não criaram nada, só escolheram um tipo de consequência específico pra viagem no tempo: multiverso.
A forma como eles fizeram é uma lei interna se não entra em todas as críticas colocadas pelo Haran.
Quando se viaja no tempo a interação com pessoas de outras épocas, já cria realidades alternativas, e o que mais teve nesse filme foi interação de pessoas de linhas temporais diferentes.
Eles simplesmente ignoraram tudo isso.
 

jrmalta

Usuário
A forma como eles fizeram é uma lei interna se não entra em todas as críticas colocadas pelo Haran.
Quando se viaja no tempo a interação com pessoas de outras épocas, já cria realidades alternativas, e o que mais teve nesse filme foi interação de pessoas de linhas temporais diferentes.
Eles simplesmente ignoraram tudo isso.
Penso que somente seriam criadas realidades alternativas se essa interação provocar atos diversos que, por sua vez, provoquem consequências diferentes das que originariamente ocorreram. Nem sempre a interação irá provocar consequências com diferença relevante.

Mas no caso do CA é impossível não ter criado realidade alternativa. Nessa parte, minha conclusão está suspensa ainda.
 

Bel

Moderador
Usuário Premium
A forma como eles fizeram é uma lei interna se não entra em todas as críticas colocadas pelo Haran.
Quando se viaja no tempo a interação com pessoas de outras épocas, já cria realidades alternativas, e o que mais teve nesse filme foi interação de pessoas de linhas temporais diferentes.
Eles simplesmente ignoraram tudo isso.
Não entendi o que vc falou.

A crítica do Haran eu achei válida, eu tbm não gosto das linhas paralelas, prefiro "De Volta para o Futuro" ou "Exterminador do Futuro", em que uma mudança no passado muda tudo. Mas se eles seguissem essa linha, teriam que refazer todos os filmes e séries, o que parece que não é a intenção.
No cenário atual de multiverso, temos dicas de roteiros futuros: o Loki solto com o a joia do espaço, pra onde foi a Gamorra de 2014, um mundo que ficou livre do Thanos em 2014 etc
 

Haran Alkarin

Usuário
A crítica do Haran eu achei válida, eu tbm não gosto das linhas paralelas, prefiro "De Volta para o Futuro" ou "Exterminador do Futuro", em que uma mudança no passado muda tudo. Mas se eles seguissem essa linha, teriam que refazer todos os filmes e séries, o que parece que não é a intenção.
Ou eles poderiam voltar no tempo, pegar as joias, derrotar Thanos no presente, e retornar as joias aos locais originais, sem alterar o passado - como Harry Potter 3: assim como Harry desde "sempre" atacou os dementadores, o Capitão teria sido desde "sempre" o marido da Peggy, por exemplo. Isto é, não precisaria "refazer todos os filmes e séries", só mudar o Endgame. E a mudança seria pouca, ainda teria um primeiro arco de volta no tempo, e o segundo arco com Thanos invadindo a Terra (ao perceber o que os Vingadores fizeram). Só perderíamos a momento legal de Thanos sendo morto logo no começo do filme, por outro lado teríamos um Thanos muito mais interessante no decorrer do restante do filme...
 
Última edição:

Bel

Moderador
Usuário Premium
Capitão teria sido desde "sempre" o marido da Peggy, por exemplo. Isto é, não precisaria "refazer todos os filmes e séries", só mudar o Endgame
E a série da Peggy Carter? E o reencontro dos 2 com ele novo e ela velha?

E teriam que prender o Loki de novo e recuperar o Tesseract pra não ter que regravar Thor
 

Mavericco

I am fire and air.
Eu sempre dou uma bugada muito grande falando disso tudo, mas ok, eles bagunçaram as linhas do tempo e tudo mais. Porém... Será que não é esseo objetivo afinal? No novo trailer do Homem Aranha eles sugeriram que o Mysterio veio de um multiverso criado pelo estalar de dedos do Thanos. Pode ser o início de uma desculpa maior que vá dar na entrada dos X-Men e do Quarteto Fantástico. O que acham?
 

Bel

Moderador
Usuário Premium
Eu sempre dou uma bugada muito grande falando disso tudo, mas ok, eles bagunçaram as linhas do tempo e tudo mais. Porém... Será que não é esseo objetivo afinal? No novo trailer do Homem Aranha eles sugeriram que o Mysterio veio de um multiverso criado pelo estalar de dedos do Thanos. Pode ser o início de uma desculpa maior que vá dar na entrada dos X-Men e do Quarteto Fantástico. O que acham?
Sim, o propósito parece que era criar o multiverso mesmo, mas foram os 3 estalos, não só o primeiro.
 

Haran Alkarin

Usuário
E a série da Peggy Carter?
Quem liga pra série de TV da Marvel? Já não é o bastante termos que ligar para a série de cinema do Thor? :ping:

Mas pelo que vi por aí a identidade do marido de Peggy estava em mistério, também na série de TV:
  • At the 2014 San Diego Comic-Con International, Agent Carter producer Michele Fazekas stated that the series would address the identity of Peggy's husband: "We're aware that's a question that people are going to ask, and we will certainly hint at different options."[2] Ultimately, however, the series was canceled without providing a definitive answer.
Aliás, todo esse mistério não é à toa né, muita gente já previa essa conclusão para a história do Capitão. Mas segunda a mecânica de volta no tempo do Endgame, é um mistério meio inútil, afinal (ao que parece) não é possível voltar para a própria linha temporal, de forma que o marido da Peggy que acompanhamos não poderia ser o Capitão... ao menos não o Capitão que acompanhamos, só se fosse um Capitão de uma outra linha do tempo. :omfg:

E essa mecânica contradiz também o 'espírito' da cena do Capitão velhinho tranquilamente no banco, como se estivesse há muito naquela linha do tempo... Os irmãos Russo tiveram que confirmar em off que ele precisou dar um novo salto para retornar para aquela linha do tempo... mas por que não retornou então onde era esperado, na frente de Hulk, Falcão e Bucky? Enfim...

E o reencontro dos 2 com ele novo e ela velha?

E teriam que prender o Loki de novo e recuperar o Tesseract pra não ter que regravar Thor
Aí eu precisaria rever Avengers para ver se há alguma contradição no diálogo entre os dois, mas bem poderia ser que Capitão assumiu uma nova identidade e a Peggy mantivesse sigilo a respeito, não revelando a verdade para o Capitão jovem.

Sobre a questão do Loki, é problemática em quaisquer das mecânicas temporais.... Se o passado não é alterado (única linha temporal), aí sim por uma necessidade física Loki precisaria retornar ao seu status quo original... Mas provavelmente, se a mecânica fosse essa, os roteiristas nem teriam feito essa cena, para começo de conversa. Como vocês falaram, eles estão criando um multiverso, e provavelmente teremos um multiverso em que esse Loki terá novas aventuras... Já está confirmado até uma série de TV com ele...

Mas na mecânica do filme em que há múltiplas linhas temporais, fiquei com a impressão de que prender o Loki é uma das tarefas do Capitão, por mais complicada que seja... Afinal, qual é o sentido de colocar todas as joias, e até o martelo do Thor, nos seus locais originais, e deixar Loki com um Teressact solto por aí...?
 
Última edição:

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Eu sempre dou uma bugada muito grande falando disso tudo
Idem. Até tentei participar de algumas discussões depois do filme, mas quando descobri que estava concordando ao mesmo tempo com duas pessoas que tinham teorias precisamente opostas, decidi que vou simplesmente continuar me divertindo sem tentar achar sentido na onda toda. :lol: Foi por isso mesmo que achei o filme sensacional, não estava preocupado em fiscalizar a lógica.
 
  • Amei
Reactions: Bel

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
A princípio eu até não teria nada contra um filme ter mais de uma linha de tempo paralela, desde que isso não seja exagerado, bagunçado e vire uma forçação de barra, com a intenção proposital de garantir uma sequência obrigatória de próximos filmes. Quando um filme é bom, ele pode ter uma continuidade natural, mas sem precisar exagerar caso opte por explorar um ou mais universos paralelos.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.225,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo