1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Série Clã da Adaga Negra (J R Ward)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por imported_Rafaela, 18 Mai 2010.

  1. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Não sei se devo colocar aqui, mas pelo que li sobre o livro em um fórum português acho que ele não é tão inocente para colocar na parte infanto-juvenil.

    É mais uma série de vampiros, já faz algum tempo que tinha visto em um site português, e adorei a resenha. Aqui no BR foram lançados até agora os dois primeiros livros pela editora Universo dos Livros. Achei que nem seriam lançados por aqui e ontem tive uma surpresa agradável ao ver o primeiro livro no Submarino! Agora mais alguns para minha "listinha"!

    Amante Sombrio
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra.

    Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos.

    Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto em sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca faíscas, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

    Amante Eterno
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.

    Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está em busca de amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...

    os próximos volumes são:

    Lover Awakened
    Lover Revealed
    Lover Unbound
    Lover Enshrined
    Lover Avenged
    Lover Mine

    Achei bem interessantes, lembram um pouco aqueles romances de banca de jornal, não sei por quê. Mas vou comprar! :vergonha:
     
  2. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Romances de banca de jornal. :lol:

    Mais uma série de vampiros. Logo que li Crepúsculo eu tinha ouvido falar dessa série, e estranho que eu nem tinha reparado que tinham lançado um livro aqui no Brasil e já lançaram dois!
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    Eu lembro de ter feito um tópico divulgando a festa de lançamento do primeiro livro, mas acho que ele foi pras cucuias com o apagão. =/
     
  4. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Primeiramente deixem-me esclarecer que o que digo aqui não é por causa de birra com Crepúsculo e adjacentes (visto que não li, por isso nada posso dizer) e nem porque sou do contra em muitas coisas.
    Não consigo encontrar tanto interesse em coisas que estão no hype, todas elas me parecem menos interessantes quando se ouve falar e lê coisas sobre as tendências da moda. Não sei se me saturo logo ou o que, mas, nesse momento, me encontro meio enjoado com essa onda de vampiros (adolescentes ou não). Não estou manifestando nenhuma opinião com relação a esses livros em especial (gostei do título, achei o título bem chamativo e tudo o mais), mas quando li que se tratava de vampiros, não pude deixar de lembrar do hype e isso interferir muito na minha opinião.[/align]
     
  5. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Eu gostei (gosto) muito da série Crepúsculo. :sim:
    E entendo perfeitamente o que o Lucas escreveu.
    Com a febre acabam lançando coisas absurdas, trastes que de outra maneira nunca teriam chegado aqui em Pindorama.
    Tem um tópico aqui no Meia (acho que é aquele do "Vampiro não Está Muito a fim de Você") em que alguém menciona a quantidade de livros bons que as editoras poderiam lançar aqui (e não lançam) e ficam só investindo em tranqueira, porque é o que dá dinheiro.
    Porém, nessas ocasiões uma coisa ou outra a gente sempre aproveita e se depara com coisas bacanas tipo esse livro aqui, "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    " que eu não sei se foi lançado para aproveitar a moda dos dentuços, mas parece muito bom (leia na página da Cultura "Resenhas" e "Saiu na Imprensa") e estou doida pra compra-lo.
    Se não me engano tem até um tópico sobre ele aqui no Meia, depois procuro.
    Mas eu tenho
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , da mesma editora, que parece ser bom também, só não encontrei tempo pra ler ainda.
     
  6. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Podes crer Clara. Mas minha saturação se dá antes mesmo de eu vencer a ignorância e ler as obras. É tanta coisa que fica repetindo, repetindo, repetindo again and again que me cansa. Isso acaba gerando um preconceito que tenho que vencer. Pode ser que eu esteja perdendo muita coisa com isso...[/align]
     
  7. Anica

    Anica Usuário

    em alguns casos o preconceito é bom, vc não perde tempo com caca quando tem um monte de coisa boa na sua lista de livros para ler. por outro, é ruim pq acaba perdendo algumas oportunidades como a clara citou. mas é inegável que encheu o saco. TODAS as editoras estão tentando tirar um teco desse bolo, e se continuam publicando é porque o público está respondendo, comprando e bem, eles continuarão com isso até que todo mundo entre no esquema em que boa parte dos membros do meia palavra já estão. e isso normalmente combina com outra "febre", e aí lá vamos nós ficar de saco cheio de novo, hehe.
     
  8. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Pois é, no meu caso, o hype acaba gerando o efeito contrário, pois ao invés de "entrar na onda" eu acabo me enchendo com ela. Essas tendências acabam subvertendo as publicações, de modo que, na minha opinião pelo menos, muitas boas obras deixam de ser traduzidas e publicadas por conta dessa questão.[/align]
     
  9. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Gente, então sou a unica pessoa que ainda não enjoou do estilo! Eu sou assim, se gosto de um estilo procuro todos os livros lançados e sempre que encontro mais um vou ler. Sou assim com livros de fantasia, já fazem anos que busco tudo desse tipo!
     
  10. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Hehe. Como disse no primeiro post que coloquei Rafaela, meus comentários não se destinam a série do clã da Adaga Negra, visto que não li; mas sim ao que está no hype. Essa coisa que as editoras tem de publicar tudo que está na onda, o que acaba me saturando daquilo. [/align]
     
  11. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    E as editoras ficarem lançando tantos livros acabam com meu bolso. Só mes que vem vou gastar cerca de R$ 160,00!!!! :calado:
     
  12. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Nem sempre eu entro na onda do que está no momento, as vezes fico na do contra e acabo odiando o que está sendo tão falado, mas no caso dos livros de vampiros realmente me pegou :g:. Eu como a Rafaela ainda não enjoei, até porque muitos dos livros que são considerados bons (ou moderadamente bons) eu ainda não li, mas é claro que dá pra notar que muita coisa ruim só está rodando por aí aproveitando essa onda. Mas, como foi falado, no meio das coisas não tão boas algumas se revelam boas leituras.
     
  13. imported_Daniela

    imported_Daniela Usuário

    Não sou grande fã da literatura vampiresca e nem curto romances, mas essa série, Irmandade da Adaga Negra, eu até que gosto - mais pela sensualidade do que pela história.

    Já li todos os livros da série lançados até hoje - o último é o Lover Mine.
    E acho que a autora, J.R. Ward, tenta fazer uma literatura mais girlpower, mas vive caindo em clichês machistas - o que me irrita profundamente e é o motivo principal de não curtir romances em geral.

    Enfim, para quem curte histórias de vampiros ultra-românticos com cenas de sexo e ação, vai adorar a série.
     
  14. imported_Mica

    imported_Mica Usuário

    Ai, nem me fale em clichê machista que eu lembro que estou sofrendo horrores para terminar de ler Fallen (maldito o dia que comecei a ler! Estou me arrastando)
    Eu não sou muito fã de hype também, embora acabe lendo um ou outro quando tenho referências muito boas de alguém que confio. Geralmente todos os livros que eu li foram grandes sucessos eu li antes deles serem ultra conhecidos. Quero dizer, alguns eram bem conhecidos fora do Brasil, mas em grupos específicos, então não se viam grandes movimentações da mídia.
    Mas sucesso demais cansa. Eu, por exemplo, quando li a saga Crepúsculo, até que gostei bastante. Mas a superexposição me encheu os pacovás. Não aguento mais nem ouvir falar dos livros. Defendo dos insultos que recebem mais por costume do que por qualquer outra coisa. Não releria de jeito nenhum.

    Quanto a série da Adaga Negra...nunca tinha ouvido falar. Fiquei curiosa agora.
    O problema é que ando lendo livros juvenis demais. Eles geralmente tem uma leitura mais fácil e tranquila, mas alguns são tão mal escritos que ...socorro!!! O problema é que ler livros juvenis em excesso te acostuma mal e você não fica mais tão disposto a ler livro mais denso (e geralmente com qualidade melhor).
     
  15. Alexia Faith

    Alexia Faith Usuário

    Olá Gente,

    Achei interessante colocar aqui pra quem gosta da Adaga como eu, que O Terceiro livro foi lançado no Brasil já. Acredito que na Bienal (não tenho certeza disso).
    Eu ganhei os dois de presente de dois amigos semana passada, e já havia lido os outros... na verdade estou na metade do Lover Mine, só parei pra ler a tradução oficial desses que ganhei e aproveitei pra dar uma olhadinha na Saraiva... Encontrei Amante Desperto lá, conta a história do Z e da Bella a minha preferida.
    Eu particularmete adoro livro de vampiros... Sem preconceitos, sem vergonha alguma! Li a série da Meyer e mais uma infinidade de livros de vampiros. Adoro romances, livros de aventuras e com temas de fantasia ou sobrenaturais. Claro que tem alguns que não gostei e mantive a leitura até o final pra poder ser justa na minha opinião depois. Quanto ao que está no hype, não consigo emitir uma opinião com base apenas nisso. Hype pra mim é venda o que pras editoras deve ser ótimo. Gostar ou não de um livro só porque ele é "modinha" me soa injusto.
     

Compartilhar