1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Professor diz que games e pornô na web levarão homem à extinção

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 19 Jul 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Philip Zimbardo diz que estes vícios deixam os homens incapazes.
    Em livro, ele diz homens crescem atualmente sem serem 'animais sociais'.[/h]

    Um professor de psicologia da universidade de Standford, nos Estados Unidos, tem uma teoria de que os jogos de videogame e os filmes pornô na internet irão levar o homem a ser extinto do planeta Terra. Uma reportagem do jornal "Daily Mail", a teoria de Philip Zimbardo, diz que estes dois meios de entretenimento está criando uma "geração de homens desajustados".

    Ele explica que os homens atuais estão criando muitos vícios que os deixa
    No entendimento do professor, os homens estão gastando muito tempo isolados no mundo digital e, para ele, pessoas sozinhas tendem a morrer mais cedo.

    Zimbardo publicou um livro chamado "The Demise of Guys: Why Boys are Struggling and What We Can Do About It" (A Morte dos Homens: por que os jovens estão lutando e o que podemos fazer sobre isso, em tradução) em que afirma que os homens estão crescendo sem a necessidade básica de serem animais sociais.

    diz o professor no livro. Além de sugerir que pessoas que passam longos períodos de isolamento morrem mais cedo do que aqueles que têm maior convívio social, Zimbardo acredita que quem passa muito tempo na internet perde a habilidade de contato com pessoas na vida real.

    Sua teoria ainda aponta que homens que jogam videogames e assistem a filmes pornô estão sendo "formatados" e que é muito difícil trazê-los de volta. Este processo tirou o homem de sincronia na escola, no ambiente de trabalho e em relacionamentos românticos.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • LOL LOL x 3
  2. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Discordo do cara do começo ao fim...

    1)ser anti-social é bacana :P

    2)Um isolamento no mundo virtual não necessariamente desprepara a pessoa para enfrentar conflitos que surgem de convívio social... na verdade, acho que acaba sendo o contrario. A pessoa não quer ter esses conflitos(o que nem sempre é algo ruim) e escolhe o mundo virtual por conta disso... Até porque, antigamente, existiam pessoas que viviam isoladas em leituras ou outras atividades e com contato social mínimo... Na minha opinião, isso nunca foi um problema. Aliás, me incomoda como alguns falam que a criança *tem* que socializar com outras crianças, quando a criança não quer... Pra que forçar, deixa cada um ser como é...
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Fail Fail x 2
  3. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas e a teoria que a humanidade ia acabar pois o mundo tava só no rala-e-rola e iria acabar a comida do mundo?


    Sempre teorias de apocalipse. De todos os lados.
     
  4. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Claro que não prepara. Como é que vai ter conflitos de convivência quem não convive?

    E para que conviver não é mesmo? Nós somos totalmente não dependentes de outra pessoas. Inclusive realizamos fotossíntese.
     
    • Gostei! Gostei! x 6
    • LOL LOL x 4
  5. Lissa

    Lissa Chocolatier Honoris Causa

    Conte-me mais sua simpatia destacada aqui no fórum :hihihi:

    Ah claro. E não saber nada do mundo, nada das pessoas. Uma criança que não sabe como é o mundo e as pessoas que vivem nele de VERDADE vai crescer despreparada e num mundo de ilusão. A internet conta muita mentira, tio, todo mundo sabe. Mas uma criança não tem discernimento do que é mentira ou verdade. E como assim não deixar a criança se socializar é bom? Então toda criança birrenta que a gente vê abrindo o berreiro na porta da escola não deve ficar ali, só porque não quer? Eu tambem não queria ir pra escola porque não gostava das crianças. Aí aprendi a me defender delas, aprendi a viver em ambiente hostil desde cedo.
     
    • Gostei! Gostei! x 5
  6. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    O povo nunca vai deixar de coisar. Coisar é bom e o ser humano não é tão imbecil a ponto de deixar de fazer isso por causa de punheta.

    A humanidade corre mais riscos de ser extinta graças ao grande número de produtos químicos nos alimentos do que por falta de coisação. E ainda tem inseminação artificial pra ajudar, caso o povo não queira mais coisar pra ter filho. No futuro as crianças vão ser geradas em tubos de vidro com líquido amniótico artificial e os pais vão comprá-las no supermercado, mas punheta não vai substituir coisação não.
     
    • LOL LOL x 7
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 2
  7. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Comprar no supermercado, eu não digo, mas que os bebês, no futuro, serão resultado de engenharia genética*, disto eu tenho quase certeza.

    * Cor dos olhos do pai, cabelo da mãe, propensão a certas doenças eliminada etc.

    .
     
  8. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Vai ser um supermercado mais higienizado com todo mundo vestido de branco, mas não vai deixar de ser um estabelecimento de compra e venda (compra por encomenda, diga-se de passagem).

    "Oi, doutor. Quero um filho loiro, com olhos verdes, sem risco de ter doenças genéticas e com baixa probabilidade de ter problemas cardíacos, etc. Em uma semana venho buscar."
     
  9. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Oia, sou simpático aqui? legal ^^
    Nem sempre sou simpático nem tão extrovertido ao vivo :P
    Até tava explicando pra arringa esses dias, como eu ja fiz parte de um forum ha anos atras e também pelas n pessoas bacanas presentes aqui(tal que n é um numero bem grandão), foi mais facil chegar ambientado ja...
    Mas não é me todo fórum que eu posto pra falar de alguém que nem sabia quem era antes até de me apresentar :P

    Não disse não deixar, disse obrigar contra a vontade da mesma...
    Como por exemplo, obrigar a criança a dizer oi pra visita ou amigo(a) que encontra no caminho, entre outras coisas...
    Não é necessario socialização para ir a escola, eu sou prova disso :P
    Ia, ficava na minha, prestava atenção, copiava a materia e voltava pra casa :P

    Claro que não me deixavam na minha por conta disso, mas ai é outro ponto...

    O que estou criticando aqui é também o fato de professores e "especialistas" ficarem dizendo que a criança que fica na dela na escola e não fala com ninguém esta com algum problema, como se todas as crianças tivessem que se socializar... Não concordo com isso, acho que, se a criança(ou a pessoa) não quer fazer amizade com ninguém onde estuda/trabalha, não ha problema algum...

    Talvez eu esteja interpretando o socializar de forma errada, mas com socializar quero dizer ser extrovertido, fazer amizades facil e etc...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Lissa

    Lissa Chocolatier Honoris Causa

    Opção sua e eu ainda estou na escola e vejo gente cuja presença não é nem notada. mesmo assim, voce socializava, as pessoas te viam (mesmo que esquecessem dois segundos depois), os professores te notavam, voce interagia (responder a chamada é interação). Qualquer um que sai na rua está socializando, mesmo que não se socialize. Confuso, vou tentar explicar: eu ando na rua com fone de ouvido, virou hábito meu e eu não sei mais andar na rua sem (não quando estou sozinha). Mesmo que eu vá comprar um refrigerante no mercado e não fale com NINGUÉM, nem com a mulher do caixa, eu estou socializando, as pessoas me veem, algumas comentam que minha roupa está desleixada, eu vejo as pessoas, vejo a rua, a pequena parcela da sociedade ali vê que eu estou ali, aceita minha presença e eu aceito a presença deles, eu integro aquela sociedade que está indo fazer compras no mercado. Mas não interajo com ninguém, logo não ME socializo.

    Bem, não há problema algum aparente. Existe um motivo pra alguém não GOSTAR, não querer interagir. Timidez é um fator extremamente comum, ainda mais numa sociedade discriminatória e rotuladora desde muito cedo. É fácil pra uma criança de natureza mais calma e instrospectiva se sentir ameaçado e envergonhado quando aquela criança ''estrelinha'' aparece na sala e chama a atenção demais. E timidez excessiva vira um problema sério.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    é bem legal e mostra quando que a timidez pode ficar problemática. Existem outros motivos também, em crianças mais introvertidas e calmas, se algum babaca implica, essa criança vai guardar a implicancia, o xingamento e isso pode trazer problemas futuros (o número de casos de serial killers tá aí pra comprovar). Tem gente que apaga a implicancia, mas são poucos os que conseguem essa proeza, eu nunca conseguia: se me xingavam, eu xingava de volta, se me batiam, eu arrancava os cabelos do outro. Mas é que eu tambem nunca fui nada introspectiva :mrgreen:
    Anyway, eu acho que deve-se incentivar a criança a entender o convivio social e a lidar com ele desde cedo. Se houver algum problema que, aliado a natureza da criança, faça com que ela não queira mais interagir com as pessoas, esse problema deveria ser identificado e erradicado.
     
    Última edição: 20 Jul 2012
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu continuo achando que a opinião do pesquisador está atrelado ao histórico e recorrente preconceito às modernidades que não fizeram parte da vida deste.
    Temos ZILHÕES de exemplos similares que eram ditos sobre as novidades que iam aparecendo (televisão, rock, etc). Sempre extrapolando e chegando em conclusões apocalípticas.

    O que mais vale hoje pra criança?
    Ela sair na rua ficar matando o cérebro em brincadeiras imbecis e acerebradas como empinar pipa, rodar peão, bater bafo, etc, ou talvez jogar seu game se comunicando com outros garotos do outro lado do mundo, exercitando lingua estrangeira, e afins. Idem para os homens. Eu acho mais válido games do que ir encher a cara, vomitar na rua e voltar dirigindo bêbado. Mas se a socialização ao vivo sempre é preferivel....

    Pornografia ou ir num puteiro lixão?

    Cada tempo tem suas particularidades. Essas conclusões baseadas apenas porque hoje é diferente de ontem sempre se provam exageradas.
     
    • Ótimo Ótimo x 3
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    E olha só no que resultou.


    Que ta,l ao invés dessas duas opções, tentar socializar com uma guria legal e ver se consegue transformar ela numa namorada ou, se for o caso, conseguir uma transa casual?
     
    Última edição: 20 Jul 2012
    • Gostei! Gostei! x 4
    • LOL LOL x 4
  13. Amanda Lee Liu

    Amanda Lee Liu Bééééhh

    Faremos o seguinte então...

    Vc passa 6 meses isolado na internet estudando, assistindo, vendo, lendo TUDO sobre Artes Marciais, e eu passo 6 meses treinando e me socializando com outros profissionais no mundo real, marcamos uma luta e veremos quem está melhor preparado...

    Que tal?
     
    • LOL LOL x 6
    • Gostei! Gostei! x 4
    • Ótimo Ótimo x 2
  14. Siker

    Siker Artista Comercial / Projetista Gráfico

    Perfeito.

    Existe uma diferença entre não gostar de socializar e não saber socializar, todo mundo precisa aprender formas de tratar e interagir com outras pessoas, mesmo que não goste. Quando crianças nós precisamos aprender coisas sobre o mundo, não ter nossas vontades atendidas. Inclusive, acho muito errado quando os pais prendem demais seus filhos e não fazem nada além de mima-lo, a criança cresce com diversos problemas.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  15. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Pois é, isso é perfeito. Pego o meu caso. Sou mega-tímido, falo pouco com as pessoas, mas sou EXTREMAMENTE sociável. Como assim? Gosto das pessoas, gosto de aglomeração, de barulho, dos amigos se juntando pra fofocar, falar merda, encher a cara e afins. Ou só pra jogar videogame, Ou pra estudar. Enfim, TUDO que envolva gente eu adoro. Minha timidez é um problema, uma deficiência, não uma 'característica' minha, minha sociabilidade é disfarçada por essa timidez, o que leva as pessoas a pensarem que sou anti-social. Anti-social o cacete, só tenho dificuldade de me socializar.

    Mas enfim, existem pessoas anti-sociais, gente que não gosta mesmo de contato social. Mas e daí? Elas terão que se socializar SIM! E tem de ser ensinadas, desde cedo, como fazê-lo, do contrário não terão como viver, como se relacionar, e o relacionamento é ESSENCIAL à vida! Trabalho, religião, política, vida social, intelectual, artística, pra tudo, mesmo que nos isolemos (porque precisamos também nos isolarmos ocasionalmente), há sempre a necessidade de interagirmos uns com os outros para que o universo ande, para que as engrenagens da sociedade funcionem. Não dá pra se esquivar. Eu já achei que dava e quebrei a cara. Mas na época eu não sabia, não tinha ideia que minhas tristezas vinham mais do fato de que evitava o contato social que eu gostava do que pelo fato de evitar um contato simplesmente.

    E é aquilo: sempre haverá sexo, sempre haverão prostitutas, sempre haverá aquele amor que faz as pessoas quererem estar juntas. Sempre! E quem não precisa de amigos? Sério, é impensável viver sem socialização.
     
    Última edição: 20 Jul 2012
    • Gostei! Gostei! x 5
  16. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Professor diz que games e pornô na web levarão homem à extinção


    Exagero.
     
  17. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    • LOL LOL x 4
    • Gostei! Gostei! x 2
  18. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Eles se viram, nós só servimos para fazer carinho neles. Eles sabem se limpar sozinhos, se precisar caçam sozinhos, nós não servimos para muita coisa não. Na verdade nós é que precisamos mais deles do que eles de nós.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 2
  19. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Alguém andou lendo Brave New World.

    Olha só o exemplo desses malucos que piram feito o cara de ontem nos EUA e saem metralhando todo mundo. Normalmente todos eles são descritos como solitários, arredios e com dificuldades de convivência. Não estou querendo dizer com isso que todas pessoas assim vão sair matando todo mundo. Mas dificilmente vai se ouvir falar de alguém super sociável que tenha cometido esse tipo de crime.
     
    Última edição: 21 Jul 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  20. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Curioso, eu sou o contrário: não sou tímido, me socializo com certa facilidade, mas meu humor tem que estar MUITO bom pra me tirar de casa pra ver gente. No geral, prefiro fazer as coisas sozinho ou com a namorada, no máximo três, quatro amigos (sei que soou estranho, danem-se as mentes pervertidas).

    De um jeito ou de outro (tímido social ou não-tímido quieto), acho, sim, importantíssimo saber sair de seu mundinho, saber se comportar em sociedade. Evolua o quanto for, o homem sempre terá necessidade de se relacionar, é inevitável. Mas discordo do cientista: games e pornô não têm esse poder todo ainda não. :roll:

    Deixem-os em paz.
     
    Última edição: 21 Jul 2012
    • LOL LOL x 2
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar