1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI

presente de galadriel para frodo

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Glaurung- o pai dos dragões, 13 Dez 2005.

  1. Glaurung- o pai dos dragões

    Glaurung- o pai dos dragões Lagarto de Morghoth

    pessoal sou novo aqui no forum e tenho uma duvida.

    eu li uma vez em algum lugar que o frasco que Galadriel dá para Frodo seria uma das Silmaris, mas eu acabei de ler o simarilion e vi que as silmaris estavam perdidas uma no céu, uma na terra e uma no mar.

    Agora eu quero saber se quele frasco continha mesmo uma das gemas e se sim como que a Galadriel conseguiu obte-la e se não o que seria aquele frasco então?
     
  2. McFeler

    McFeler Usuário

    Poxa cara eu não posso te ajuda muito, mas aquilo não é a estrela de earendil?
    só não sei o que é isso.
     
  3. Imadofus

    Imadofus Banana Hammock!

    Não, o frasco de Galadriel não é uma Silmaril.
     
  4. Mith

    Mith This server is too busy!

  5. Erulasto

    Erulasto Equipe Valinor

    Perguntando diretamente à Galadriel:

    Como ela capturou a luz de Eärendil em sua fonte eu não sei, mas suponho que de forma bem semelhante à que Fëanor capturou a luz das árvores, já que ambos pertencem ao clã dos noldor.

    Agora, uma coisa que sempre fica me incomodando: Eärendil tem a única silmaril resgatada atada à sua testa. Fico em dúvida se o brilho da "Estrela de Eärendil" é apenas a silmaril ou se também tem alguma relação com o navio, que foi consagrado pelos Valar e nessa consagração, por conseqüência, adquiriu um brilho próprio ou passou a refletir com mais intensidade o brilho da gema. Agrada-me mais a hipótese que o brilho seja todo responsabilidade da silmaril na teste dele.
     
  6. Rufgand

    Rufgand Venus, Vina, Musica

    Minha opinião é a de que, ao entrar no Círculo Celeste de Varda, a Silmaril "encontrou sua casa", e por isso, ela brilhava mais que qualquer outra estrela no céu (não ofusacando as outras, simplesmente brilhando mais!!).

    Realmente é dito no Silmarillion (pág. 318 "Da viagem de Ëarendil e da Guerra da Ira") que Vingilot "se encheu com uma chama tremeluzente, pura e brilhante", mas na página seguinte, onde Maedhros e Maglor citam o novo brilho no céu, ambos acreditam que o brilho é proveniente de uma Silmaril.

    Em relação ao Frasco de Galadriel, acho q ele foi forjado por Galadriel através do reflexo do brilho de Gil-Estel (a estrela-silmaril, chamada de a Estrela da Grande Esperança) no Espelho de Galadriel. Sempre imaginei a cena de Galadriel, no meio da noite, quando a estrela atingia seu ápice e refulgia na água do Espelho, resgatando um pouco de água no vidro, e selando-o magicamente para que seu brilho surgise na escuridão!!


    obs: Galadriel chama o frasco de "Luz de Ëarendil", e no capítulo o Espelho de Galadriel do SdA:SdA, Tolkien descreve o momento em que Galadriel mostra Nenya a Frodo. Ele diz: "Ëarendil, a Estrela da Tarde, a mais amada pelos elfos, emanava do céu um brilho". Eu imagino que Ëarendil e Gil-Estel sejam a mesma estrela, mas nunca pude confirmar. Se alguém souber, por favor confirme!! :D
     
  7. Glaurung- o pai dos dragões

    Glaurung- o pai dos dragões Lagarto de Morghoth

    Bom pessoal eu dei uma olhada e li no livro do David Colbet "O mundo mágico do senhor dos anéis"(tá eu sei que colbet não é uma fonte muito confiável) que a água do frasco tinha absorvio a luz da simaril de Eärendil, o que vcs acham dessa explicação?

    e em relação a Ëarendil e Gil-Estel serem a mesma estrela o glossário do silmarilion diz:

    "Gil-Estel"estrela da esperança", nome sindarim para Ëarendil portando a Silmaril em sua nau Vingilot."
     
    Última edição: 13 Dez 2005
  8. Rufgand

    Rufgand Venus, Vina, Musica

    Realmente, como eu e vc dissemos, Gil-Estel é a estrela que representa Ëarendil em sua nau com a Silmaril atada a testa, mas nesse caso, Ëarendil é o nome do elfo que carrega a Silmaril.
    Minha pergunta foi em relação à "Estrela da Tarde" e "Estrelada da Grande Esperança"...são a mesma??
     
  9. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Vejam só, Eärendil significa Amante do Mar, em quenya.
    Gil-Estel é sindarin, Estrela da Esperança, nome dado a Eärendil em sua Nau Vingilotë, portando a Silmaril, no firmamento de Arda. A Estrela da Tarde é sim a mesma que a Estrela da Grande Esperança, nada mais que Gil-Estel, Eärendil e Vingilotë vistos no céu portanto a Silmaril.
    Quanto a Estrela de Eärendil assim como já foi dito era a Luz da Silmaril de Eärendil captada no Espelho de Galadriel.

    Abraços.
     
  10. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Acredito que essa passagem no Senhor dos Anéis possa esclarecer a dúvida sobre a luz proveniente do frasco de Galadriel.

    Tolkien escreveu:
    "Frodo fitou assombrado aquele presente maravilhoso que havia carregado por tanto tempo, sem imaginar todo o seu valor e potência. Raras vezes se lembrava dele na estrada. até que chegaram ao Vale Morgul, e nunca o usara por medo de sua luz reveladora - Aiya Eärendil Elenion Ancalima! - gritou ele, sem saber o que tinha dito, pois parecia qye outra voz falara através da sua, límpida, não molestada pelo ar pestilento da caverna." (Senhor dos Anéis - As Duas Torres, pág. 340)

    Acredito que aquela luz era proveniente apenas das Silmarills, já que eram as pedras mais bem feitas por Fëanor.
     
  11. Tharëstur

    Tharëstur Usuário

    A estrela de Eärendil brilha com a luz de uma das Silmarils que é carregada pelo próprio marinheiro em sua náu voadora. Após consagração pelos Valar, principalmente Elbereth, Eärendil conseguia encontrar o caminho das estrelas e essa nova estrela brilava como nenhuma outra no céu de Eä. Na passagem de Lothlórien, é dito que a luz da estrela de Eärendil brilha a certa hora do dia sobre a fonte no jardim de Galadriel. Essa água provavelmente recebeu determinado tipo de encantamento, já que Galadriel possuia um dos anéis de poder, e posteriormente foi aprisionada naquele famoso frasco de cristal que foi entregue para Frodo.

    Eu acho que a água que corria na fonte dos galadrim não era uma água comum e o fato de Gil-Estel brilhar de uma maneira diferente e logo sobre os jardins de Galadriel seria coinsidência demais; outro ponto a se considerar é que: seria o frasco de cristal apenas mais um frasco comun e ordinário que possuia a senhora dos galadrim?
     
    Última edição: 20 Dez 2005
  12. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Não creio que seja um simples frasco, porém, creio que bastaria o simples brilho de uma Silmaril para um frasco não ser mais simples após captá-lo.

    Abraços.
     
    Última edição: 22 Dez 2005
  13. Tharëstur

    Tharëstur Usuário

    Novamente concordo com você Elessar. O brilho da Silmaril por si só já bastaria para tornar difenciada a água contida no frasco de cristal. Acrescente a esse fato Aracáno que muito provavelmente Galadriel colocou algum tipo de encantamento no presente de Frodo com o poder de seu anel élfico.
     
  14. Mistë

    Mistë Usuário

    Eu já li em algum lugar que Galadriel apenas captou o brilho de Eärendil (a estrela) no frasco. Sendo assim é a luz de uma Silmaril já que Eärendil tinha amarrada a Silmaril do elemnto ar na proa de seu naviu voador. navio este que sobrevoa todas as noites a abóboda celeste na forma de uma estrela, a mais brilhante no céu.
    No Senhor dos Anéis, na passagem da demanda por Lothlórien eles dizem que a estrela mais brilhante no céu é Eärendil sendo vista por muito tempo, era a primeira estrela a aparecer e a última a sumir no horizonte. Talvez por isso tivesse uma ligação maior com os elfos e conseqüentemente com Galadriel.
    Pra mim a história de Eärendil é a mais bonita do Silmarillion.
     
    Última edição: 25 Dez 2005

Compartilhar