1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Porque eu aprendo mais com a fantasia...

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Breno C., 23 Dez 2007.

  1. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Quando entrei no forum, havia menos de 50 pessoas, se bem me lembro. Fiquei animado durante a primeira semana. Postava com total vigor, me dedicava. Mas as coisas foram mudando. Fui percebendo que não tinham muitas pessoas com o mesmo gosto literário que eu, e como ninguém gosta de se sentir deslocado, deixei de postar, fiquei um tempo afastado, só olhando de fora, sem opinar muito. Agora voltei. Bom...percebi que eu não sou mais burro só porque não vejo graça em livros de escrita complicada, tanto porque complicar mais uma explicação, não faz dela mais certa. Talvez tenha percebido porque gosto tanto de contas de fadas, explicarei: acho que os contos de fadas são mais diretos nas suas abordagem subliminares (contraditório), e simplesmente não vejo qualquer doce nos escritores russos ou franceses que descrevem a mente humana ou coisa do tipo. Não que eu não os leia. Leio, mas é como se não o fizesse, porque no final me vejo perdido por caminhos que não queria trilhar e me sinto enganado e sem visão de um futuro melhor ou até mesmo pior. Toda vez que sento e tento ler algo existencialista, percebo que não vale apenas ficar indagando quem somos e nem para aonde vamos (não para min, pelo menos). Então leio As crônicas de nárnia ou O senhor dos aneis, ou (quem sabe num momento de estremo tédio) as brumas de avalon, e percebo que sou parte de algo que não entendo e deveria entender, ai a paz vem e se mistura com os sentimento que já existiam em min e fico equilibrado e bem.
    Aprendo mais sobre min quando leio algo que não posso viver. Isso é normal? (talvez não importe). Mas fico feliz de estar devolta ao forum e ver que a fantasia não morreu...
     
  2. Bagrong

    Bagrong RaG

    Olha, eu gosto muito de fantasia. Considerando que metade do pessoal do fórum veio da Vali, acho que a grande maioria daqui também gosta! É que os assuntos, acho eu, acabaram por fugir para outro lado. Tipo, todo mundo discute fantasia o dia todo em outros fóruns, então aqui acabou por ter assuntos diferentes, para fugir do usual, IMO.

    Então, tem um texto muito legal no final de "Crônicas de Nárnia" (o tijolão com todos os livros) que se chama "Três maneiras de escrever para crianças". Nele, o Lewis fala de fantasia, de como podemos aprender com esse gênero e de como ele é para todas as idades.

    Eu acho que a fantasia é uma das melhores maneiras de se falar o que pensa. É tão mais fácil provar uma idéia dando um exemplo! Eu vejo a fantasia como se fosse um grande exemplo daquilo que o autor quer falar!

    Enfim, não gosto de quando as pessoas se sentem excluídas. Ainda mais num fórum tão pequeno e bacana que nem esse aqui. Se quiser discutir sobre fantasia, abra uns tópicos e você terá com quem falar! :cerva:

    -

    Btw, hoje é seu aniversário? Parabéns! :joy:
     
  3. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    A Fantasia Morrer?

    Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!Never!
    \o/
    \o/
    \o/

    Salve Tolkien! :cerva:

    Foi a fantasia que me tele transportou para o mundo dos livros, nunca poderei negar as minhas raízes xD
    E não acho que fantasia seja só pra criança ou que deva ser menos prestigiada por não ter autores tão famosos no meio intelectual....

    Eu leio algo, por estar interessada e fantasia me interessa.
    Bem, eu gosto de ler sobre, pois ela me traz um mundo totalmente novo,onde a imaginação não tem limites e ao mesmo tempo não perde a lógica.
    Gosto de encontrar umas "filosofadas" que às vezes tem no gênero, feitas principalmentes por druidas e tal.

    Enfim,gosto acho interessante e me ajudam a esquecer um pouco da vida real :cerva:
     
  4. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Eu adoro fantasia e Tolkien. Tenho o SDA, Silma, Contos Inacabados, Mestre Gil de Ham, Hobbit e As Cartas do Tio Tolkien, li Nárnia, Harry Potter, Tenho Sherlock Holmes um monte de coisas do tipo, mas acho que a literaturanão se resume apenas a isso, como também acho que nossa leitura é muito influenciada pelas nossas experiencias e consequentemente pela idade, Breno.

    Quando tinha sua idade lia muito mais fantasia do que hoje, aíás, lia qualquer coisa de fantasia :lol: . Hoje sou bem mais seletivo, e minhas experiencias, me levaram à, aos quase 30, gostar de ler uma gama muito maior de autores do que antes, inclusive autores que antes julgava chatos, como Joyce, Balzac, Tolstoi, etc. Hoje simplesmente os venero. As coisas mudam conforme as experiencias se põe em nossa vida. Não tem que ficar acanhado por gostar de fantasia.

    :end momento tiozão:
     
  5. Anica

    Anica Usuário

    Ei, Breno, o que nos une nesse fórum é o gosto por livros, só isso. Todos aqui somos diferentes e por causa disso mesmo temos gostos diferentes. O "tom" dos livros que vão aparecendo e sendo comentados dependem de quem gosta desses tipos de livros. Por exemplo, eu abro tópico para falar do Wilde porque gosto dele, o Pips sobre o Grande Sertão porque gosta do livro etc.

    Mas isso não significa que excluímos as outras obras, seria até contraditório dentro da proposta do Meia Palavra. Aqui cada um fala do que mais gosta, e vai descobrindo outras pessoas que gostam também.

    E o que eu quero dizer com isso é: 'bora criar mais tópicos sobre os livros de fantasia que você gosta (e isso vale para todos aqui) :traça:

    Aí também está rolando um preconceito de sua parte (do mesmo que você acha que as pessoas sentem pela fantasia, caso contrário não teria aberto o tópico aqui, né? :P ). Você fala que não vê graça em livro de escrita complicada, mas pelo que notei nos tópicos abertos até agora, pouquíssimos o apresentam. O Bukowiski, por exemplo, tem um estilo diretíssimo. Talvez não seja uma questão de escrita complicada ou não, você simplesmente prefere fantasia. Nisso não há nada de errado, e ninguém é burro por preferir um determinado gênero, né? Eu, por exemplo, sou fã confessa de histórias de horror, e bem, todos sabem que a maioria delas não prima pelo valor literário e só pelos sustos, né? Então relaxa e divide com a gente suas opiniões sobre o que você gosta :grinlove:
     
  6. Ptah

    Ptah Usuário

    Engraçado. Por muito tempo eu me senti um ET por não gotar de Saramago. Simplesmente me cansa. E quando eu dizia isso as pessoas causava aquele olhar reprovador do tipo " você tem problemas". E fazendo Geo na FFLCH então não gostando de autores russos???? Era um etranho no ninho... mas depois de um tempo, de convivência com pessoas diferentes e afins cheguei a conclusão que não gostar de algum escritor cultuado não me tora burra, nem nada do gênero. Ler para mim é prazer, e não dá julgar o dá prazer a alguém...
     
  7. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Legal ver que eu estava errado. As vezes basta ver metade da história para se tirar conclusões erradas. Valeu pela reacolhida...E vamos sim falar mais sobre fantasia, pois mesmo que ela seja cultuada lá fora, as pessoas mesmo assim tem uma visão meio pre-formada dela.

    Sim Ana, eu estava sendo preconceituoso. Só percebi isso agora.

    Bagrong, meu aniversário foi sexta, dia 21...valeu pelo parabéns...
     
  8. Anica

    Anica Usuário

    Aliás, é como comentei naquele tópico do 1001 livros: o gostar ou não depende do leitor, mas não no sentido de capacidade intelectual. Uma época eu comprava briga com quem dizia que A Hora da Estrela era um porre, hoje em dia eu entendo que é simplesmente uma questão do livro ter despertado algo no leitor ou não. E aí não tem gênio literário que conheça a fórmula para isso, vai depender sempre do que o leitor já viveu e, principalmente, do que ele está vivendo no momento.
     
  9. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Oi Breno. Gostei do sei tópico, concordo com vc, só leio livros de fantasia agora. Está até dificil encontrar algum que eu ainda não tenha lido. Mas curto tb clássicos da literatura como Dom Quixote, os Três Mosqueteiros, Os Sofrimentos do Jovem Wether, Sherlock Holmes, e inumeros outros. Livros de fantasia que mais gosto no momento são: HP, O Senhor dos Anéis e relacionados do mesmo autor, Twilight, Marchenmond, Os Livros da Magia, a série Discworld, a série O Guia do Mochileiro das Galáxias, Coração de Tinta, os livros de vampiros do André Vianco e da Anne Rice, a série A Herança (Eragon, Eldest, Brisingr), mitologia e contos de fadas de várias nacionalidades, entre outros. Eles me ajudam a fugir da realidade que é chata, sem graça e sem brilho. É meu mundo a parte.
     
  10. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Acho que o grande mérito da fantasia é transportar-nos para um outro mundo fazendo-nos esquecer de nossos problemas, dificuldades, etc. Quando estamos lendo esse tipo de livro a vida fica mais bonita, fácil, alegre...
    E muitas vezes queremos um livro apenas para passar o tempo, entretenimento mesmo, não para pensar, tirar conclusões, lições, etc. e os livros mais indicados são os de fantasia.
    Também gosto muito desse tipo de livro e não li vários livros de autores considerados sagrados.
     

Compartilhar