1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Discussão Pokémon (Série de Games)

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Turgon, 13 Out 2013.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Hoje, Pokémon X e Pokémon Y chegam às lojas do mundo todo. Primeiros representantes da franquia para o Nintendo 3DS, eles marcam o início da sexta geração dos monstrinhos. Quem jogou Pokémon Red ou Pokémon Blue na década de 90 perceberá uma quantidade imensa de diferenças nos títulos recentes.

    Estas mudanças foram acrescentadas pouco a pouco - cada lançamento trouxe, além de novos monstrinhos e mapas, novidades no sistema de combate do game. Listamos aqui as principais contribuições de cada geração.

    Primeira Geração (1996)

    Satoshi Tajiri tinha como hobby de infância colecionar insetos. Quando cresceu, viu que as crianças ficavam muito tempo dentro de casa e não tinham como compartilhar esta experiência. Criou, então, os monstrinhos colecionáveis virtuais.

    Assim surgiram em 1996 Pokémon Red e Pokémon Green. Quando a série chegou aos Estados Unidos, dois anos depois, as versões vendidas foram Red e Pokémon Blue. Eram 150 criaturas para capturar na região de Kanto - além de Mew, lendário que só era obtido através de um bug ou em eventos oficiais da Nintendo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O Game Boy era perfeito para aplicar a ideia de Tajiri pois tinha a opção de ligar dois aparelhos por um cabo, permitindo a troca de pokémons. Alguns só evoluíam durante este processo, como Kadabra e Haunter. Em Pokémon Yellow, o jogador começava sua jornada com Pikachu como companheiro. Depois, podia capturar os três iniciais das outras versões.

    Número de Pokémons: 151
    Iniciais: Bulbasaur (planta), Squirtle (água), Charmander (fogo)
    Lendários: Articuno, Zapdos, Moltres, Mewtwo, Mew

    Segunda geração (1999)

    Pokémon Gold e Pokémon Silver apresentam a região Johto, com 100 novos tipos de monstros para encontrar. Um relógio interno permitia aos games diferenciar a noite do dia - alguns pokémons só apareciam em determinados horários.

    Na geração anterior, os monstrinhos não tinham sexo definido (exceto Nidoran e suas evoluções). Isto mudou em Gold e Silver, já que era possível cruzar pokémons e obter filhotes. Eles herdavam a espécie da mãe e os golpes do pai, possibilitando a criação de lutadores perfeitos desde o nascimento. Surgiram também os pokémon shiny, que têm cor diferente e são encontrados aleatoriamente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Por mais que as batalhas continuassem semelhantes, houve mudanças essenciais. Dois tipos foram adicionados: aço e trevas. Eles serviam para diminuir a vantagem que o tipo psíquico tinha na geração anterior. Em Pokémon Crystal, foi possível escolher uma protagonista feminina pela primeira vez. Também foi a estreia de pokémons lendários exclusivos de cada edição: Gold tinha Ho-Oh, enquanto Silver tinha Lugia.

    Depois de enfrentar a Elite dos Quatro em Johto, era possível viajar até a região de Kanto, derrotar ginásios e enfrentar Red, protagonista dos games anteriores.

    Número de pokémons: 251
    Iniciais: Chikorita (planta), Totodile (água), Cyndaquil (fogo)
    Lendários: Lugia, Ho-Oh, Celebi, Suicune, Raikou, Entei

    Terceira Geração (2002)

    Pokémon Ruby, Pokémon Sapphire e Pokémon Emerald expandiram o universo para outro continente, Hoenn, com 135 novas espécies. Foram incluídas mudanças importantes para os estrategistas, como os fatores Personalidade (favorece o crescimento de determinadas características) e Habilidade (atributo que garante certas capacidades especiais em batalha).

    Os jogos desta geração foram considerados uma ruptura na série, pois eram exclusivos do Game Boy Advance e não podiam realizar trocar com os games anteriores. O uso do relógio interno também foi diminuído em relação a Gold & Silver.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    No entanto, a Nintendo voltou às origens e trouxe de volta os monstrinhos clássicos com Pokémon FireRed e Pokémon LeafGreen, novas versões dos primeiros títulos. Além de todos os ginásios, os remakes tinham como localização extra as ilhas Sevii, onde algumas espécies de Johto podiam ser capturadas.

    Número de Pokémons: 386
    Iniciais: Treecko (planta), Mudkip (água), Torchic (fogo)
    Lendários: Groudon, Kyogre, Rayquaza, Latias, Latios, Regice, Registeel, Regirock, Jirachi, Deoxys

    Quarta geração (2006)

    Pokémon Diamond, Pokémon Pearl e Pokémon Platinum trouxeram como maior novidade um mundo com gráficos 3D, diferentes dos prédios chapados das versões anteriores. Voltou também o sistema de horários, com eventos diferentes acontecendo em determinados períodos.

    Nas batalhas, uma novidade importante é a diferenciação entre ataques físicos e especiais. Antes, eles eram definidos pelo tipo (todo golpe do tipo lutador era físico, enquanto todo movimento elétrico era especial, por exemplo), mas a quarta geração trouxe identificações individuais para cada ataque.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Além dos 107 novos pokémons que circulavam pela região de Sinnoh, os jogadores ganharam outro remake. Pokémon HeartGold e Pokémon SoulSilver revisitaram Johto.

    Número de pokémons: 493
    Iniciais: Turtwig (planta), Piplup (água), Chimchar (fogo)
    Lendários: Dialga, Palkia, Giratina, Azelf, Mesprit, Uxie, Cresselia, Darkrai, Manaphy, Phione, Heatran, Regigigas, Shaymin, Arceus

    Quinta geração (2010)

    A primeira diferença em relação às gerações anteriores foi a quantidade de jogos. O que sempre acontecia era o lançamento de dois deles e, algum tempo depois, um "superior". No entanto,Pokémon Black e Pokémon White foram seguidos por Pokémon Black 2 e Pokémon White 2. A região em que os games se passam, Unova, não é japonesa, mas inspirada em Nova York.

    Além da grama alta em que pokémons podem ser encontrados, foi introduzida a grama escura, que dá a possibilidade de batalhas duplas contra monstrinhos selvagens. Foram criadas as batalhas triplas - três contra três - e as batalhas rotativas, em que o jogador escolhe qual criatura fica na linha de frente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Uma das novidades solucionou a "dúvida" de vários jogadores. O golpe Curse, que apareceu na segunda geração, sempre foi do tipo "???". No entanto, os jogos mais recentes o transformaram em tipo fantasma - apagando de vez o tipo "???".

    Número de pokémons: 649
    Iniciais: Snivy (planta), Oshawott (água), Tepig (fogo)
    Lendários: Reshiram, Zekrom, Kyurem, Victini, Cobalion, Terrakion, Virizion, Keldeo, Tornadus, Thundrus, Landorus, Meloetta, Genesect

    Sexta geração (2013)

    Pokémon X e Pokémon Y, primeiros games da franquia para Nintendo 3DS, já se diferenciam do resto na data de lançamento. Até a geração anterior, os jogos eram lançados primeiro no Japão, mas desta vez todas as versões chegaram às lojas em 12 de outubro.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Uma novidade que promete aumentar a complexidade das batalhas são as megaevoluções. Ao segurar um item chamado Mega Stone, o pokémon sofre uma evolução que dura apenas durante aquela luta. Alguns até mudam de tipo, como Charizard, que normalmente é tipo fogo/voador e, ao segurar o item Charizardite X, se transforma em fogo/dragão. Outros que passam por esta transformação são Mewtwo, Venusaur, Blastoise, Blaziken, Absol e Lucario.

    Número de pokémons ainda desconhecido
    Iniciais: Chespin (planta), Froakie (água), Fennekin (fogo)
    Lendários: Xerneas, Yvetal e outros desconhecidos

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Li hoje essa matéria no Omelete! Dá muitas saudades do Pokemon, ano passado eu até voltei a jogar a versão Yellow só parar passar o tempo. Joguei um pouco o Gold e Silver, maso marcante mesmo é o primeira geração.

    Lembro até hoje a primeira vez que eu joguei esse Pokemon: Estava no laboratório de informática da minha escola, criança ainda, e um aluno mais velho tinha instalado em um dos computadores o Pokemon (sei lá eu como) e nós ficamos jogando por uns 15 minutos, até o professor perceber e fazer a gente parar. Comprei o meu primeiro Pokemon Blue em 1999, nos EUA, e a viagem se resumiu a isso depois desse momento haha.

    Lembro da dificuldade em evoluir o Pidgeotto, da primeira vez que capturei o Mewtwo, da me perder várias vezes na caverna do Articuno, da caverna dos Diglets, dos SPAMs de Zubat em qualquer caverna, de encostar a tarja preta em cima do Game Boy Color com outro Game Boy para tentar lutar, de comprar GameShark, "cabo Link", da alegria em jogar Pokemon Stadium pela primeira vez, enfim, Pokemon é vida, marcou muito minha infância.
     
  3. Thor

    Thor ἀλήθεια

    A melhor é a primeira geração sim. Mas aí tem o Fire Red e o Leaf Green, de GBA, que são versões aperfeiçoadas dos primeiros jogos. As versões Heart Gold & Soul Silver são muito legais também, viu? Recomendo pra quem ainda tem fôlego pra jogar Pokémon.

    Recentemente também joguei a versão Black & White, e também é muito bom. Bem melhor do que a Ruby & Saphire ou a Diamond & Pearl... Consegue ser mais original, com uma história bem inovadora e interessante.

    Já esse X & Y tá me parecendo que vai ser um grande lixo... Putz! Como assim fizeram evolução pro Charizard? Ridículo isso. Pior: Fizeram até evolução pro Mewtwo!
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Mas Thor, são megaevoluções... Não são evoluções definitivas, sabe?

    Não achei que vai ficar muito ruim... Pelo contrário, achei que algumas sacadas ficaram ótimas, como hordas de Pokémons, acoplagem de Pokémon Snap no jogo, a mecânica de luta à guisa daqueles Pokémons de N64, as batalhas aéreas, Pokémons do tipo fada ou o fucking yeah andar na diagonal. Naturalmente que vou poder jogar só mais pra frente... Quer dizer: eu paralisei no Pokémon Ruby. Shame on me. Mas ainda acho que Pokémon é um dos jogos que você possui uma jogabilidade e, especialmente, um replay dos mais elaborados. Sempre tem coisa pra caramba pra fazer...
     
  5. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Esse negócio de Mega Evoluções achei bem digimonesco, assim como muitos dos (poucos) novos pokémon criados. Pra mim a graça de pokémon é que ele vai e fica assim, a evolução é como o passar uma fase da vida, aí vem essa megaevolução e fere um princípio pétreo deles próprios.

    Em compensação adorei a adição do tipo Fairy, isso sim é muito bom pra dar uma mexida na dinâmica do jogo, sem contar que os pokémon fairy são todos super gracinha (inclusive foram muito sensatos em transformar alguns antigos em fairy).

    Pra quem não viu ainda, aí vai a nova pokedex dessa sexta geração:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Eu joguei até a geração Esmeralda. Depois eu acabei perdendo um pouco dos lançamentos e ânimo de continuar com a série. Nas primeiras versões eu era bem viciado, passando horas jogando para evoluir os pokémons e me divertia muito com isso.

    O que eu gostei desse novo X e Y são as qualidades gráficas do jogo. Acho que deixou um ar a mais de adentrar o mundo de pokémon. Apesar das poucas mudanças na jogabilidade durante os anos, a série de jogos de Pokémon continuam sendo ótimas.
     
  7. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Mas será que precisava mesmo desse tipo Fairy? Acho que tava bom do jeito que era, incluindo esses Pokés no tipo Normal. Mas vamos ver como vai ficar...
     
  8. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Desde a segunda geração eles não adicionam nem um tipo, achei válido pra dar uma mudada nas estratégias de jogo, inclusive porque Fairy é forte contra Dragon, que é indiscutivelmente o tipo com menos fraquezas da série (só era fraco contra gelo e tinha os golpes mais fortes). Haviam especulações falando de um outro tipo também, o Sound, cujo principal representante seria aquele morcegão com orelhas enormes (Noivern), que na verdade é Dragon Flying, mas acabaram sendo falsas informações.
     
  9. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Só sei que quando/se lançarem o pokemon MMO com mundo aberto cheio de bichinhos, eu voltarei a jogar a série.
     
    • LOL LOL x 1
  10. Não jogo desde o Gold, mas acho o maior barato. Babo pra jogar esses novos. Só achei meio besta esse lance do fim do vídeo, de fazer um rolê a lá Tamagotchi, mas tenho que lembrar que é pra criança e parece que japonês gosta dessas coisas.
    E sua vida não valeu a pena se não teve a alegria de evoluir um Abra para Kadabra e uma Magikarp para Gyarados na raça.
     
  11. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Fiz um time mais competitivo uma vez muito legal, baseado em Sunny Day. O time era:

    Ninetails (Drought)
    Charizard (Solar Power)
    Venusaur (Clorophill)
    Infernape
    Exeggutor
    Hydreigon

    Era muito legal jogar com esse time!
     
  12. Elmarien

    Elmarien Mighty Mane Thorin

    A última que joguei foi a White, mas, de resto, joguei quase todas as outras. Ah, bons tempos, aqueles dos cartuchos coloridos e do cabo Game Link que sempre dava problema...

    Dessa nova geração, o que achei mais interessante é o Pokémon Ami - que permite ao treinador fazer carinho no Pokémon, brincar com ele e dar comida para ele. Os Pokémons das duas primeiras gerações ficaram trancados para sempre nos cartuchos de GBC, mas, se alguém começou na 3ª geração (Rubi/Safira/Esmeralda/Fire Red/Leaf Green) e migrar os Pokémon de geração em geração, pode tê-los no cartucho novo e interagir com eles.

    Não sei vocês, mas eu acharia o máximo poder finalmente afagar os Pokémon da minha Fire Red ou Leaf Green.
     
  13. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Ando jogando pela primeira vez o Black and White e estou adorando! Hoje consegui minha quarta insígnia, sendo que comecei a jogar esses dias. Estou gostando dos Pokémons dessa geração. Até que tem alguns muito interessantes, sendo que muitos já conhecia por conta do anime.
     

Compartilhar