• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Notícias Nova série derivada de “Game of Thrones” tem informações reveladas por George R.R. Martin

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

Game of Thrones

Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons

Conforme noticiado pelo Giz Brasil anteriormente, George R.R. Martin está trabalhando a todo vapor em uma nova série derivada de “Game of Thrones”, intitulada de “Knight Of Seven Kingdoms: The Hedge Knight” (ainda sem tradução oficial). A produção abordará o livro “O Cavaleiro dos Sete Reinos” e segue as aventuras de Sor Duncan the Tall (Dunk) e um jovem Aegon V Targaryen (Egg).

E para a alegria dos fãs, além das informações já reveladas, George R.R. Martin trouxe algumas novidades sobre a produção. Segundo o autor dos livros, “A Knight of the Seven Kingdoms: The Hedge Knight” é apenas o título provisório da série. Apesar do derivado ser baseado nas histórias de Dunk & Egg, o autor acha que colocar qualquer título que tenha o nome da dupla poderia soar como uma comédia.

Isso seria total o oposto do que ele e a Warner pretendem mostrar nessa nova produção. Escrevendo em seu blog, o criador da franquia explicou: “O título provisório será ‘Knight of the Seven Kingdoms: The Hedge Knight’”, escreveu Martin. “Se esse será o título final, não posso dizer com certeza… além de dizer que não, não se chamará “Tales of Dunk & Egg”, ou “The Adventures of Dunk & Egg”, ou “Dunk & Egg”, nem nenhuma variação do tipo”, contou.

“Eu amo Dunk e amo Egg”; disse Martin. “E sei que os fãs se referem às minhas novelas como ‘As histórias de Dunk & Egg”, mas existem milhões de pessoas por aí que não conhecem as histórias e o título também precisa intrigá-los. Se você não conhece os personagens, Dunk & Egg soa como uma sitcom: Laverne & Shirley, Abbott & Costello, Beavis & Butthead.”

Quantos episódios terá o derivado?


“A HBO nos deu luz verde para filmar uma temporada completa (não apenas um piloto), provavelmente de seis episódios… embora isso não seja definitivo, e não será até muito mais tarde no processo”, explicou.

“Nossa temporada de estreia será uma adaptação da primeira das três novelas publicadas, “The Hedge Knight”, a história de como Dunk e Egg se conheceram durante um torneio em Ashford Meadow. O roteiro do piloto já está escrito e acho que é fantástico”, contou Martin. Para quem não sabe, o roteiro está sendo feito por Ira Parker, que também escreveu alguns episódios da primeira temporada de “A Casa do Dragão”.

Outros derivados


E não para por aí! Martin ainda atualizou o público sobre o status dos outros derivados de “Game of Thrones” que estão em produção pela HBO. “O desenvolvimento leva tempo. Vejo todas essas histórias circulando sobre outros derivados sendo cancelados ou abandonados … não faço ideia de onde eles conseguem essas informações… e isso só me faz balançar a cabeça.”

“A série de ‘Nymeria’ ainda está em desenvolvimento. Assim como a série do ‘Serpente do Mar’. Tive uma ótima semana trabalhando com os escritores. E há outros, tanto em live-action quanto animações . Quantos vão receber o sinal verde assim como ‘Dunk & Egg’? É impossível dizer. Quanto tempo vai demorar? Depende. Ninguém sabe ao certo”, contou o autor.

“Quando eu estava na escola primária, havia um programa policial que terminava toda semana com: “Há oito milhões de histórias em The Naked City . Este tem sido um deles.” E isso era apenas a cidade de Nova York. Westeros e Essos são muito maiores, com ainda mais histórias. Só precisamos de tempo para contar a eles”, finalizou a publicação.

Vale lembrar que Martin atuará como roteirista e produtor executivo de “The Hedge Knight”, assim como Ira Parker, que foi co-produtor executivo da primeira temporada de “A Casa do Dragão”. Os veteranos de “Game of Thrones” e “House of the Dragon” Ryan Condal e Vince Gerardis atuarão como produtores executivos.

 
Na hora que os asiáticos (sejam eles árabes, chineses ou qualquer outro cheio da grana) pegarem gosto de investir e torrar uma fortuna com produções de TV e cinema como eles fazem no futebol, chegará um dia que veremos alguém dizer "Suspenderam por causa dessa grevinha de merda? Rompe o contrato, eu pago bem mais e venha gravar com a gente".
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.404,79
Termina em:
Back
Topo