1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Filhos de Anansi (Neil Gaiman)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Ana Lovejoy, 18 Ago 2007.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Bom, porque com a idade eu percebi que "Deuses Americanos" não era um livro tããããão legal assim, eu fiquei meio escaldada no que diz respeito às obras do Neil Gaiman (ou, mais precisamente, a gastar meu rico dinheirinho nos romances dele). E bem, entre "Deuses Americanos" e "Os Filhos de Anansi", ele produziu bastante coisa mas na maioria de cunho infantil (e sabe, nada contra, acho até batuta de ler esperando o dentista, mas bem, eu já passei da idade).

    Então eu me enrolei bastante até ler o tal de "Os Filhos de Anansi", primeiro romance "adulto" desde "Deuses Americanos". E sabe, eu gostei bastante. Principalmente porque estou chegando a conclusão de que fora aquela história do menino no colégio interno em Estação das Brumas, o Gaiman fede como autor de horror (e ele queria que "Deuses Americanos" fosse uma história de horror...).

    Mas em Anansi ele deixa essa pretensão de lado e faz o que ele sabe fazer melhor: brincar com as palavras, e com muito senso de humor. O livro todo pode muito bem virar uma aventurinha Disney (se tirar as partes que o irmão do protagonista....

    ... leva a noiva dele para a cama, etc.

    É tudo muito leve, muito gostoso, engraçado e em alguns momentos bastante nonsense - o tom chegou a lembrar VAGAMENTE Douglas Adams, especialmente quando a história se aproxima mais do fim, com toda aquela gente perguntando para o protagonista...

    ... se ele era o cara do limão, por exemplo.

    MAS E A HISTÓRIA, ANICA??!!

    Aaaaah, sim, a história. :mrgreen: Enredo fantástico e extremamente básico: Fat Charlie descobre no funeral do pai que:

    a) O pai era um deus
    b) Ele tem um irmão gêmeo
    c) O irmão gêmeo ficou com os "poderes" do pai

    Charlie é extremamente patético, aquele cara sem sal que acaba embarcando em uma aventura não por vontade própria. A trama vai sendo construída como uma teia de aranha (o que é uma sacada bem bacana do Gaiman, visto que o deus pai do Charlie é um deus aranha), misturando as histórias de outras personagens.

    No final das contas, é isso. Vale a pena ler, porque é diversão certa. E aqui vai o próprio Neil falar do livro, hehehe (adorei esse video, especialmente por causa do limão :mrgreen: ):

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Li e achei muito foda. Sou mais o Good Omens, mas mesmo assim Anansi Boys é foda.
     
  3. DiegoFerrite

    DiegoFerrite Usuário

    To com ele na mão, só falta o tempo de ler!
     
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu também gosto mais de Good Omens, mas o foda é que este ele escreve em parceria com o Pratchett (que também é muito bom, especialmente no campo do humor), então não dá para saber ali o que é dele e o que é do Prachett. :eh:
     
  5. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Nunca gostei dos livros de Neil Gaiman, não sei bem porquê, mas nunca foi aquele escritor que me agradasse muito.
    Para dizer a verdade pelo que li no post da Ana achei a história até engraçadinha, mas nada que me chamasse muito a atençao.
     
  6. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Estou adorando esse livro. É realmente viciante.
    Ainda mais com esse começo:

    E depois de ler isso pensei....Silmarillion.:cerva:

    Ai fechei o livro e fiquei pensando. Anansi é um deus africano. Tolkien, esteve por um bom tempo na África.
    Essa história de criar um mundo por uma canção vem dai?:think:
     
  7. Vinci

    Vinci Usuário

    Sou só eu que preferi Filhos de Anansi e Deuses Americanos a Good Omens?! :S

    Não gosto do humor do Pratchett, acreditem se quiser! Me soa meio sei lá, estranho demais. Não me bate o gosto.

    Agora a história de Mr. Wednesday, Shadow, Anansi, Czernobog e afins, essa sim me rendeu uma diversão dos diabos... E Anansi Boys também, porque é bem humorado como na situação que a Ana apontou no primeiro post, lá na ilha, mas não parece uma piada em forma de livro. É a piada adaptando-se ao livro, não o livro como uma piada, acho que é isso que eu sinto.
     
  8. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Eu adorei esse livro. O engraçado é que a leitura começou meio lenta, pensando "mas que raios Gaiman quis fazer com isso?". Mas a partir do momento que Spider entra na história a coisa toda fica tão divertida que foi impossível largar o livro.

    Eu achei realmente bem parecido com Douglas Adams em alguns momentos. E ele tem aquele humor rápido que aparece em Belas Maldições, se bem que os bons momentos de Belas são os escritos pelo Pratchett, mas enfim, recomendadíssima a leitura do Anansi Boys. Uma história inteligente, fora do lugar comum e muito bem humorada!!!
     
  9. Fiquei curiosa!

    Gostei dos trechos colocados no Tópico, vou procurar comprar e ler!
     

Compartilhar