1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O que os humanos são capazes de fazer com sua própria raça!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por ARABAEL, 24 Abr 2009.

  1. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Hoje pela manha vi uma notícia no G1 que fiquei de boca aberta, até onde um ser humano pode chegar, qual será o nosso limite de crueldade?
    Perdemos a cabeça às vezes, brigamos, batemos, matamos ... mas qual seria o nosso limite? Qual seria o seu limite com um desafeto seu? :think:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Não existe limite para a crueldade humana.

    A imagem é impressionante, mas certamente existem coisas ainda piores.
     
  3. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Sim...principalmente espancamento de crianças de colo...babás, inclusive mães...crueldade sem igual.
     
  4. esmjr

    esmjr Eu não gosto de ser um...

    Não sei qual é o meu limite.
    Mais o limite da raça humana varia muito de pessoa para pessoa, da cultura de cada um.
     
  5. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Aquela máxima que diz "quando penso que já vi tudo na vida..." ou a outra "nada é tão ruim que não possa piorar" se fazem cada vez mais reais.
    Eu sempre falei que analisando fria e cruelmente o ser humano é o animal mais despresível que existe, a começar por falar que é racional mas ser a única espécie no mundo inteirinho que mata por prazer... os demais animais matam por defesa de território ou família (bando) ou pra se alimentar.
    isso já demonstra por si só que o homem de racional não tem muita coisa. Pode ser inteligente e esperto, e astuto sem dúvida... mas não é racional. E quanto mais se convive com os animais, mais se tem certeza disso!

    Enfim... infelizmente até onde tenho visto, a crueldade não tem limite nenhum. Quanto a qual seria meu limite... bem, ele sempre chega até onde começa o do outro, até com inimigos, imagine desafetos. Admito q nem sempre foi assim... mas hoje evito qquer coisa pq me sinto mais mal do que quem pretendo ofender ao agir assim.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Meu limite, bom não seria capaz (acredito eu de matar alguém), claro que se for por sobrevivência antes le do que eu, lógico! Não vou ficar olhando alguém me matar sem eu fazer nada...mas com um desafeto numa briga o máximo que fui foi um soco bem dado na boca...a muito tempo...mas fazer maldades, acho que nunca seria capaz de fazer.
     
  7. Lawliet_

    Lawliet_ Oni Giri

    Creio que os humanos são variaveis demais....não os classificaria de uma unica forma. Não digo: "A humanidade é cruel". Pois há humanos que por natureza são bons, fazem de tudo pelos outros, sacrificam-se por pessoas que nem conhecem. Há muitos exemplos disso em todo canto. Mas, claro, há aqueles que mostram o quanto repugnante, nojento, desprezivel, maldoso pode ser essa raça que alcançou a Inteligencia, mas não ainda a sabedoria (Pelo menos a maioria apenas engatinha em busca disso). O Sentimento de orgulho, avareza, medo e divesas dessas fraquezas assolam em quase todos, e destroem o carater completo por vezes, atos como esse dos pregos, torturas sem fim deixando pessoas a implorar pela morte, atos tão vis que fazem a vitima se matar logo após o atentado cometido, genocidios, atos dito passionais, atos ditos religiosos.... Tudo isso mostra como a humanidade é a unica raça, que tem seres maus, no Planeta. Mas isso pra mim não é irreversivel, e há como mudar, não humanidade completa, é utopico demais isso. Mas mudar as pessoas proximas, ou ve-las mudando, isso é possivel sim, os homens são também os unicos capazes de realizar mudanças como essa, mudanças no modo de vida e no de pensar.

    Quanto aos meus limites, não faço a minima ideia, tento ser o melhor, mas talvez eu tambem seja no fundo capaz de fazer o pior, se pirar de vez. Mas realmente não sei.

    Desculpe se tiver fugido em certo momento da questão fundamental do topico.
     
  8. ARABAEL

    ARABAEL Ema Infame e

    Não fugiu, você citou atos de crueldade que para alguns não era, era normal...a inquisição, era normal queimar mulheres inteligentes, pois era consideradas bruxas...seguidoras do diabo, outro fato que lemrei o Holocausto...bomba nuclear e desintegrar milhares de pessoas e suas consequências ao passar de dezenas de anos...outro tipo de coisa é o amor! Amor também mata, a psicose, o extremismo nos levam a realizar coisas que são impossíveis de imaginar que umser humano faria.
     
  9. Lawliet_

    Lawliet_ Oni Giri

    Acho que se fosse pra colocar isso assim, eu não classificaria de amor, daria outro nome....Possessão, talvez. Amor pra mim foge muito a isso.
    Mas realmente há coisas como essa que mostram como o ser humano é complexo e diversificado. Deve-se ver um humano como unico. Pois são muitas as diferenças.
     
  10. Limite, é algo que infelizmente a nossa raça não tem. Nos achamos tão grandes, inteligentes e mais evoluídos que cometemos atrocidades que nenhum outro ser vivo faz com seus semelhantes. Nos denominamos civilizados, mas de civilizados, não temos nada, uma cardume de peixes são mais civilizados que nós. Devíamos olhar a natureza e aprender com ela, afinal não somos maiores nem melhores que nenhuma outra criatura, cada um tem uma lição importante para passar para o mundo, por isso repito, devíamos aprender com a natureza, ela nos ensinará a ser mais humanos.
     
  11. esmjr

    esmjr Eu não gosto de ser um...

    Ae e que ta, voce falar para algum governo que o maneira que ele faz as coisas e errada, ele logo fara algo contra voce.
    E raramente alguma pessoa de alto escalao, de cargos grandes estao ligando para alguma a nao ser para si proprios.
    A sociedade hoje em dia esta em decadencia por causa basicamente do capitalismo, que e a base para que tudo tem que ter dinheiro e que aquele que tem maior poder e o melhor.
    E tem o que alguns de voces ja falaran, o ser humano e o unico ser racional, mais se for pensa bem ele parece ser mais irracional que os outros, por nao analizar que seus atos podem levar ao colapso do mundo.
     
  12. pedropires

    pedropires Usuário

    infelizmente não tem limite:disgusti:
    OBS:prego na cadeça deve doer muito
     
  13. Almáriel

    Almáriel Die Sonne

    Pois é, não há limites para a crueldade humana. É tanta ganância, tanta falta de sensibilidade, tanta falta de amor ao próximo, tanta falta de senso do absurdo, que as vezes chego a pensar que nós somos os animais irracionais. Os homens, que são capazes de realizar coisas tão belas e impressionantes, também são capazes de cometer barbáries e destruir tudo o que tocam. Destroem o mundo, destroem o seu semelhante, e a troco de que? É lamentável!
    Não sou o tipo de pessoa que cria desafetos, e acho que nada justificaria um ato de violência nessa escala, pois isso me tornaria igual ou pior a pessoa que me atingiu...
     
  14. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Em contra partida o ser humano também pode ser maravilhoso. A criação, conhecimentos e caráter influi mas é muito amplo o leque de situações que pode motivar um ser humano a fazer coisas extremas.

    By Raphael S
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Na verdade, a sociedade sempre esteve em decadência. Nossos pais falavam isso, e os pais deles também. Há 1000 anos também falavam isso, e assim por diante.

    É normal que membros mais conscientes (será) de uma sociedade a julguem decadente, em face de tantos exemplos de crueldade exacerbada, de ganância extrema e de falta de justiça.

    A culpa não é do capitalismo em si, e sim do ser humano. O capitalismo é apenas uma de nossas faces. Enquanto o homem existir, existirá crueldade, injustiça, barbáries etc.
     
  16. Lawliet_

    Lawliet_ Oni Giri

    Exatamente. Os humanos podem devido a diversas motivações, agir como o melhor ou pior dos seres. Mas ai vai de humano para humano. Não é possivel colocar todos dentro de um buraco e julga-los. Há os que cometem atrocidades indiziveis, mas há os que deixam qualquer um estarrecido pelo seu despreendimento proprio.
     
  17. Christal

    Christal O mistério é a graça da vida

    Meu amigo, Carlos, esteve aqui. Comentei, bastante indignada e revoltada, sobre o fato de uma mãe haver jogado seu filhinho recém nascido numa lagoa, dentro de um saco plástico. E Fiz a pergunta que neste momento, nós, aqui no Forum, abordamos: "Como pode tamanha crueldade? Onde vai parar isso? Chegamos no limite ou ainda podemos piorar o nível de degradação da nossa raça? etc...
    Ele, com toda a calma desse mundo, olhou pra mim e disse:
    - "assim como existem pessoas capazes de jogar no lixo um bebezinho, tem outras pessoas capazes de tomá-la nos braços, de dar-lhe um nome, de chamar-lhe meu. Eu fui adotado."

    O que eu respondi? nada não... ofereci um café, um chá, uma coca-cola... rsrsrs
     
  18. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Meu Deus!
    Que coisa horrível!
     
  19. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    A meu ver vocês são muito ingênuos e românticos. É óbvio que o limite superior normalmente é finito, mas o inferior "pode-se chegar ao fundo do poço e cavar mais um pouco"

    Querem ver como são românticos? O que acham de bebês e crianças?































    Um romântico logo se apega à pureza, inocência, e brincadeiras pueris. Logo imagina que são seres angelicais ligados diretamente com Deus, etc.

    Um pragmático como eu, sabe que as crianças "anjinhos", são comportadas porque seus pais foram disciplinadores, mostraram que há limites aceitáveis de comportamento, e que birra e ter tudo que querem não é aceitável.

    Desde bebê o ser humano testa os limites dos seres ao seu redor. Ele gosta de manipular, de ter tudo conforme seu gosto. Porque um adulto ficaria assim, se quando criança não foi apresentado aos conceitos de egoismo, manipulação, extorsão. A resposta é que ele-bebê-criança testou e deu certo.

    ****

    Sobre o caso em questão: eu sempre acho que é errado matar alguém.

    Mas e se a vítima em questão fosse um traficante que roubou sua filha, que acabou morreu com AIDs jogada em uma sarjeta? Aí seria compreensível?

    A grande maioria dos românticos tomaria isto como justificativa para a barbárie. Por isso não sejam tão facilmente influenciáveis apenas porque ficaram chocados com essa radiografia. (que aliás só serviu para manchete de jornal, pois não vejo no que isso ajuda a forense)
     
    Última edição: 18 Jun 2009
  20. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Seu amigo Carlos parece estar anestesiado. Alguém cuida de uma criança, normal; alguém se descarta de uma criança como um pedaço de lixo, normal também.
    Não sei se já comentei isso aqui (se já, me perdoem), mas anos atrás vi uma foto que me deixou horrorizado. Era uma imagem em preto e branco do piloto Paul Tibbetts tirada na tarde do dia 6 de agosto de l945, mostrando o jovem oficial sorridente e muito feliz, com uma baita medalha no peito. Algumas horas antes (8 da manhã) ele, no comando do Enola Gay, havia pulverizado 70 (algumas fontes dizem 80) mil pessoas. Tal feito com certeza não nublou o dia ensolarado do galante Coronel.
    Até hoje eu fico pensando que tipo de monstro era Tippetts. Por favor, não venham me dizer que ele era normal. Nenhuma criatura normal é capaz de transformar 10 mil japonesinhos (chutando baixo) em poeira termonuclear e horas depois posar sorridente para uma sessão de fotos.
    Talvez seu amigo Carlos considere Paul Tippetts como alguém normal.



    [FONT=Verdana,Tahoma,Arial,Helvetica,Sans-serif,sans-serif][SIZE=-1]Paul Tibbets, numa de suas entrevistas antes de morrer, disse que não tinha orgulho de ter matado mais de 80 mil pessoas. Mas que se orgulhava, sim, de ter "planejado a operação e tê-la feito funcionar perfeitamente como funcionou". Outra maneira de dizer que estava pouco se lixando para os mortos, pois o objetivo da missão cumprira-se de acordo com o planejado. Não foi à-toa, portanto, que foi escolhido entre milhares de jovens oficiais da Força Aérea estadunidense para executar o maior assassinato em massa da História da humanidade, demonstrando com um cogumelo atômico como vale muito pouco a vida humana na aritmética do poder.[/SIZE][/FONT]
    [FONT=Verdana,Tahoma,Arial,Helvetica,Sans-serif,sans-serif][SIZE=-1]Tarcisio lage
    05.11.2007
    [/SIZE][/FONT]
     

Compartilhar