• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

O Presente de Faramir

Neoghoster Akira

Brandebuque
Do livro 02, As Duas Torres se tem a seguinte passagem a respeito de um presente especial concedido a Frodo e a Sam:

'I have no fitting gifts to give you at our parting,' said Faramir; `but take these staves. They may be of service to those who walk or climb in the wild. The men of the White Mountains use them; though these have been cut down to your height and newly shod. They are made of the fair tree lebethron, beloved of the woodwrights of Gondor, and a virtue has been set upon them of finding and returning. May that virtue not wholly fail under the Shadow into which you go!'

Observem que aos presentes de Faramir foram dispensados Virtudes (ou melhor “Uma Virtude” para que lhes permitisse encontrar e retornar).

Do site “Etymonline” encontramos 7 virtudes cardeais apreciadas no século 14, as naturais e as teológicas, que são: Justiça, Prudência, Fortaleza, Temperança, Esperança, Fé e Caridade.

Se formos pela tradução para o português da Martins Fontes do trecho acima mencionado encontraremos algo como runas de retorno. Para que os Hobbits não se percam. Mas em que sentido é possível acreditar na interpretação?

Nós sabemos que Tolkien, em carta, comenta que Faramir era parecido com ele. O soldado era um personagem que se encontrava numa guerra, ficava órfão e casava com uma Órfã, a princesa de Rohan, Eowyn. A busca por Tolkien é a de alguém que procura por um “outro ser humano forte”, uma esposa que também saiba o que é lutar contra o mundo hostil.

Para colocar em perspectiva, à época dele a guerra se espalhava na terra, água e ar. Hoje em dia ela se espalha no espaço sideral (Satélites) e no cyber-espaço (o chamado “Quinto Domínio”). Para um cristão a guerra também se espalha em todos os cantos do que move o pequeno reino material edenico (o mundo espiritual)

Nós sabemos que Tolkien escreveu textos de orientação para quem se aventurava no mundo das fadas. É quando podemos ler o conteúdo do livro dos Contos do Reino Perigoso.

Até que ponto seria perigoso? Nós devemos nos perguntar, com certeza e não só por curiosidade. Outros autores pesquisavam fadas que se desencaminhavam ou desencaminhavam outros. Por exemplo, em um episódio insólito e estranho da história de autores de Fantasia, o corpo do Rer. Kirk, que escreveu A Sociedade Secreta das Fadas, fora encontrado numa colina morto no que teria sido por quebrar regras das fadas que matinham segredos que os vivos não podiam descobrir (Fizeram um trailer de um possível filme dele, está no Youtube).

O que seria “retornar e encontrar”? Seria uma simples bênção? A virtude mencionada funcionava como um mapa? Funcionava como um trecho de poesia mencionado pontos de referência numa região? Funcionava como uma “Canção de Poder”?

Talvez um pouco de cada, afinal, o ato de entrar em Mordor na época da Guerra do Um Anel era como invadir um reino proibido de fadas.



Novamente, retornar e encontrar significam também retornar a um estado anterior de restauração ou reforma e encontrar significa encontrar caminhos que ultrapassassem a mera realidade local. O Um Anel, sendo encantado, buscava e encontrava o caminho da destruição, a corda de Frodo no penhasco buscava cumprir a vontade élfica imbuída de se desamarrar na hora certa quanto Frodo precisasse.Logo os Cajados deviam buscar e encontrar, assim a jóia de Arwen dada a Frodo, com um beijo, encontra os Portos Cinzentos quando ele precisar.

A virtude de encontrar e retornar em segurança é a missão de Faramir, emprestada a Sam e Frodo e o própio livro de SdA é um livro que estimula o retorno e a releitura. A revisitação é uma propriedade da história, da mesma forma que o diamante Coração da Eternidade tem o formato de coração e a fama dos diamantes de sereme “eternos”.

Para além do mero formato de cajado de montanhês.



 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$100,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo