1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"O Alienista" (Machado de Assis)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Orion, 12 Jun 2002.

  1. Orion

    Orion Jonas

    Eu particularmente gostei muito deste livro de Machado de Assis, ele faz uma crítica aos moviomentos cientificistas da época com gradiosiodade, e sua história, ironiza se tornando cômica os movimentos do cotidiano.

    Simão Bacamarte é uma personagem incrivelmente divertida e interessante!

    Quem já leu este clássico?!
     
  2. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Quando li eu não achava que era somente uma crítica aos movimentos cientificualóides (deus, não creio que disse isso). Na verdade é uma crítica ao nosso mundo, que louva o errado, e uma pessoa que é certa/correta/sã acaba sendo considerada louca
     
  3. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Eu li faz 2 semanas, pra escola! Hehehehe...
    Gostei bastante do livro, mas a linguagem é meio chata, mto formal, e talz. Mas o livro é muito bom, apesar de ser bem curtinho, acho que não chegava nem a 50 págs...
     
  4. Akinendel_theOld

    Akinendel_theOld Usuário

    Acho que nem preciso falar muito, esse livro me surpreendeu pensei que seria chato mas é realmente muito bom, sem sombra de dúvida.
     
  5. Fosco Cachopardo

    Fosco Cachopardo Ghost of Perdition

    Bom eu não gostei mto não. Levando em conta q eu não gosto de Machado de Assis esse até q não foi de todo ruim.
     
  6. b-obby

    b-obby Usuário

    idem a ele (a gente ta na mesma escola)
    mas eu n gostei mt do livro
    sei lah, achei mt serio...
    mas, por ser curto, eh bem interessante
     
  7. Eleuvis

    Eleuvis Usuário

    Não é um livro. É apenas um conto dele que às vezes são editados em livro para diminuir o preço e facilitar o estudo...

    Memórias Póstumas do Ti Cubas é melhor.
     
  8. Alex deLarge

    Alex deLarge Usuário

    Adoro esse livro, ou conto...
    Li a alguns anos e nem achei a linguagem tão chata, descontando o fato que eu nunca tinha lido machado de assis, ou livro clássicos de linguagem antiga antes. O protagonista é um dos grandes personagens da literatura, mas a melhor parte mesmo e o final.
     
  9. Wendëmahtar

    Wendëmahtar Heh. Supershake.

    Primeiro livro do Machado q eu li. Gostei muito, prefiro esse a Memórias Póstumas de Brás Cubas.
     
  10. Orion

    Orion Jonas

    Eu também sou mais O Alienista á Memórias Póstumas, me identifiquei mais a estória. :mrgreen:
     
  11. Ilyriä

    Ilyriä Usuário

    eu li e detestei.. Normalmente gosto do Machado, acho um bom autor, mas achei o Alienista completamente idiota, ruim MESMO.
     
  12. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    Do Machado sou mais mesmo Esaú e Jacó
     
  13. Alex deLarge

    Alex deLarge Usuário

    como vc pode achar isso? é brilhante
     
  14. Hal

    Hal Usuário

    Eu gostei muito. Pelo que eu entendi mostra, além de outras coisas, a confusão que é adotar uma verdade absoluta ou tentar classificar o ser humano ou achar uma cura perfeita pra tudo.
     
  15. lzdls

    lzdls Usuário

    Eu li ano passado. É incrível..
    Pra quem fala quem Machado é ruim, faz melhor..
     
  16. Forfirith

    Forfirith Usuário

    Ai ai, o que dizer? :grinlove:
    Bem, eu já adoro o Machadão...ainda mais este livro.
    Pra começar, o final :mrgreen:
    Discute os limites da loucura e da razão, superficialmente falando.
    Discute também o poder que apenas uma pessoa tem ou não de considerar a outra louca ou sã: o poder 'monopolizado' de definir como racional.
    O fato de o Dr. Bacamarte achar indícois de insanidade por toda parte também é bem interessante..porque se pensarmos bem todo mundo é um pouco louco mesmo...
    Também é discutida a mania de 'sentar no rabo e olhar o dos outros', uma coisa MUITO comum, pelo menos por aqui...acho que em todo lugar.
    Bem, como todos os textos do Machado de Assis, eu amo :grinlove:
     
  17. Eu tive que ler para fazer o trabalho de literatura e quase durmi lendo o livro... tipoh eu naum gosto desse tipoh de livro... eu gosto de ficção que nem sda, hp, e por ai vai
     
  18. Nandorë

    Nandorë Usuário

    Nah... Machado rlzzz, o cara era demais.
    Esse livro é muito bom, eu li qd tinha uns 10 anos, nem lembro dos detalhes. Mas lembro que a discussão dos limites da loucura e do que é considerado normal me impressionou bastante. Depois disso nunca deixei de gostar do Machado.
     
  19. NeoDeSampa

    NeoDeSampa Usuário

    Assim, não sou fan de literatura nacional. Li o Alienista, é uam leitura meio cansativa. talvez pq tenha sido forçada. Foi durante as aulas de português. Eu gostei da história e de como os fatos são apresentados. Um bom livro, mas nada excepicional. Ah sim, como a forfirith disse as questões tratadas..como loucura, insanidade coletiva. Mas tb curti a idéia, de que nem tudo que lhe aprece é verdade. è o classico lance: vc está na rua, sozinho, ve alguem passandoe fica com medo de ser assaltado, a pessoa tb. Mas pra vc ela te ameaça. e vice e versa...^^
     
  20. Minas Ecthelion

    Minas Ecthelion Usuário

    Esse livro é muito bom! A ironia do Machado de Assis é sutil mas forte. Uma das coisas que mais gosto no Machado de Assis é que ele sempre discute a impossibilidade de desvendar e compreender o que se passa na mente humana. Nesse livro, é muito interessante a forma como ele critíca o racionalismo. O Simão Bacamarte, homem extremamente racional, é um Alienista. Ele tenta aplicar a mente humana fórmulas, teorias que são aplicada em matemática, fisíca, e que na época estava avançando para a sociedade. E o resultado é desastroso, e até cômico.
     

Compartilhar