• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Norsk - vamos estudar norueguês?

Daisy_Lee82

Humano, Demasiado
Gente, nem sei se cabe esse tópico aqui... mas estou estudando norueguês básico por conta (sei... isso é quase impossível, mas não custa tentar) e gostaria de convocar os interessados para a gente ir trocando idéias e ir estudando em conjunto. O que vcs acham?

Podemos começar com lições bem mais simples...

Fica a dica de um site super fofo para vcs irem olhando (a gente volta a falar nessas lições mais adiante...)... é infantil, mas muito útil e tem audio para a pronúncia...

http://www.gyldendal.no/abc/default.asp#
 
Última edição:

Anwel

Nazgûl Cavaleiro
Eu topo Daisy Lee!
Sempre achei muito legal a cultura escandinava, e já que a língua deles não é única, sempre bom começar por uma!

Vou dar uma olhada no site quando tiver tempo, e posto aqui de novo!
;)
 
Última edição:
Que legal! Eu espiei um pouco o site e vi que é uma língua bastante complicada, muito distante do nosso velho português. Apesar disso, eu apóio a iniciativa! Você aprendeu até aonde (de vocabulário, gramática) ?

Eu joguei um pouco no site e vi que há várias palavras parecidas com o inglês, cognatas com essa língua. Isso pode ajudar a estudar o norueguês (por exemplo: Egg é igual a egg "ovo",Fisk é quase igual a Fish,Jungel é parecido com Jungle "selva",porém Fly não é mosca é "avião", mosca é Flue, Buss é ônibus e Bandeira é Flagg, um pouco igual à Flag, Frosk é como Frog e Grill é Grill,como no inglês)
Existem também palavras parecidas com as de nossa lingua como Banan, igual a banana e Eskimo igual à Esquimó e Jaguar (Nem precisa dizer do que é igual).

Gostei também do outro site com os cumprimentos e os números, alguns similares ao inglês, também...
 
Última edição:
Parece ser uma ótima (e dificil) língua... Mesmo assim adorei, olha que nunca surgiu a ideia de aprender norueguês, mas é uma língua muito interessante, por ser completamente diferente do português... E com todas aquelas letrinhas esquisitas!

Adorei o site, muito fofo e legal!
 

Allënheisch

Slavsia!
Putz! Sempre tive vontade aprender as línguas de origem germânica, principalmente o norueguês, que, dentre as nórdicas é a mais (complicada)e bela! Começei á gostar quando ouvi pela primeira vez uma música do Dimmu Borgi (Vredesbyrd) e depois li a Odda Poética traduzida do alto norueguês antigo, juntamente com a escrita rúnica da mesma.
Tambem me agradam (dessa mesma matriz) o alemão, o sueco e o danês...:mrgreen:
 

Tuor

Usuário
Qual das germânicas é a mais fácil, retirando o inglês? O dinamarquês? Só curiosidade, caso alguém saiba responder.
 

Allënheisch

Slavsia!
Bem, Tuor, isso vai depender...Se você consegue assimilar a sonoridade do danês, fica fácil aprender! O sueco tambem é ligeiramente fácil (só a parte gramatical que é complicada, cheia de regras, como no português). Mas, se quiser ter uma noção geral dessas línguas (exceto islenska), estude alemão, que advem diretamente do saxão e é a matriz desse tronco linguístico.
:mrgreen:
 

Tilion

Administrador
Facilidade é algo bem subjetivo, vai basicamente da aptidão da pessoa para o aprendizado. Eu posso achar a língua X a coisa mais fácil do mundo e a Y impossível, enquanto tu pode achar justamente o contrário.

Considerando as germânicas, tendo como base um falante de português (e usando uma média, pois pode variar de pessoa pra pessoa, como eu disse acima), algumas línguas podem ser mais fáceis de se pronunciar, outras podem ter uma sintaxe mais simples, etc. Norueguês, sueco e dinamarquês, por exemplo, têm uma facilidade óbvia no que diz respeito aos verbos, pois nessas três línguas um determinado tempo verbal é conjugado da mesma forma para todas as pessoas. Exemplo do norueguês:

å være (verbo "ser") - presente do indicativo

jeg er = eu sou
du er = você é
han, hun, den/det er = ele, ela, ele/ela (neutro, como "it" inglês) é
vi er = nós somos
dere er = vocês são
de er = eles são

Se eu fosse classificar, levando em conta esse falante padrão do português, eu faria assim, em ordem crescente de dificuldade:

1. inglês
2. sueco
3. norueguês
4. dinamarquês
5. holandês
6. alemão
7. feroês
8. islandês

Isso levando em consideração principalmente a pronúncia e algumas características sintáticas básicas. Feroês e islandês são muito parecidos entre si, e a pronúncia pode apresentar uma maior dificuldade por causa de certas combinações sonoras que são diferentes inclusive das outras línguas germânicas. E fora o trio sueco/norueguês/dinamarquês, todas as outras línguas germânicas possuem formas verbais distintas para as diversas pessoas gramaticais.
 

Tuor

Usuário
Tilion disse:
Facilidade é algo bem subjetivo, vai basicamente da aptidão da pessoa para o aprendizado. Eu posso achar a língua X a coisa mais fácil do mundo e a Y impossível, enquanto tu pode achar justamente o contrário.
Dessa parte eu tenho consciência. Eu perguntei no sentido da descomplicação gramatical mesmo.

Tilion disse:
Se eu fosse classificar, levando em conta esse falante padrão do português, eu faria assim, em ordem crescente de dificuldade:

1. inglês
2. sueco
3. norueguês
4. dinamarquês
5. holandês
6. alemão
7. feroês
8. islandês
Gostei desta lista. Vindo de você que saca dessa parte de idiomas germânicos (eu só sou um apreciador, pois manjo mais dos idiomas românicos), é bastante animador, já que tenho me interessado em estudar alguma língua dessa família.

E do islandês eu já imaginava que ficaria em último. :lol:
 
E do islandês eu já imaginava que ficaria em último. :lol:
É, aquele vulcão da Islândia não deixa dúvidas.:mrgreen:

Fico feliz em terem desenterrado esse tópico! Nunca imaginaria que um dia viesse a estudar um pouquinho o norueguês por meio da internet! Aliás, alguém sabe se Tolkien usou esta língua como modelo para alguns dos idiomas que ele criou?
 
Última edição:

Tilion

Administrador
Modelo não, mas ele devia ter um bom conhecimento do idioma, dada a similaridade dele com o islandês e o fato de que esses dois idiomas se desenvolveram a partir do chamado nórdico antigo (Old Norse). E o nórdico antigo Tolkien conhecia bem, tanto que ele deu aula de islandês antigo* em Leeds, onde também fundou o Viking Club, que encorajava o estudo da língua com leituras das sagas e cantando algumas músicas. Em Oxford ele fundou outro clube, Kolbítar, cujos membros (todos professores) traduziram todas as principais sagas e as duas Eddas.

Na carta 352, de 5 de junho de 1973, ele comenta sobre a tradução islandesa do Hobbit:

Tolkien disse:
Fico muito contente de saber que uma tradução islandesa de O Hobbit está em preparação. Por muito tempo tive esperanças de que algumas de minhas obras pudessem ser traduzidas para o islandês, um idioma que acredito que seria adequado a elas melhor do que qualquer outro do qual eu possua um conhecimento suficiente.
*"Islandês antigo" e "nórdico antigo", quando usados para designar a língua, são basicamente sinônimos, já que a maioria da produção literária nesse idioma foi composta na Islândia (sagas e Eddas, principalmente). "Nórdico antigo", na prática, também incluía o norueguês antigo, mas a variante principal encontrada em escritos é mesmo a islandesa. O islandês moderno, aliás, mudou pouquíssimo em relação ao nórdico antigo (ao contrário do norueguês), basicamente na fonética, na pronúncia de algumas vogais e ditongos e, obviamente, no léxico, que foi aumentando com o passar dos séculos para representar conceitos e coisas que não existiam no século XIII (quando a maioria das sagas foi escrita). Um islandês consegue ler normalmente textos em nórdico antigo. A diferença do moderno para o antigo é parecida (ou ainda menor) com a do inglês moderno para o shakespeareano.
 
Última edição:

Morfindel Werwulf Rúnarmo

Geofísico entende de terremoto
É, aquele vulcão da Islândia não deixa dúvidas.:mrgreen:

Fico feliz em terem desenterrado esse tópico! Nunca imaginaria que um dia viesse a estudar um pouquinho o norueguês por meio da internet! Aliás, alguém sabe se Tolkien usou esta língua como modelo para alguns dos idiomas que ele criou?
A palavra warg é parecida com a palavra varg (norueguês <lobo>), que eu deduzo alguma ligação.
 

Tuor

Usuário
Deve ter sim essa ligação e outras prováveis. Tolkien era filólogo, então sabia muita coisa.
 

Tilion

Administrador
Trecho do The Lord of the Rings: A Reader's Companion, p. 201, sobre a origem de "wargs":

wargs - Wargs first appeared in Tolkien's writings in Chapter 6 of The Hobbit. Gandalf, Bilbo, and the dwarves, having escaped from goblins, are attacked at night by wolves, but temporarily escape by climbing into trees: for 'even the wild Wargs (for so the evil wolves over the Edge of the Wild were named) cannot climb trees'. On 7 November 1966 Tolkien wrote to Gene Wolfe that warg 'is an old word for wolf, which also had the sense of an outlaw or hunted criminal. This is its usual sense in surviving texts. I adopted the word, which had a good sound for the meaning, as a name for this particular brand of demonic wolf in the story' ('The Tolkien Toll-free Fifties Freeway to Mordor & Points beyond Hurray!' Vector, 67/68 (Spring 1974), p. 9). In his draft letter to 'Mr Rang', August 1967, he said that 'the word Warg ... is not supposed to be A-S [Anglo-Saxon] specifically, and is given primitive] Germanic form as representing the noun common to the Northmen of these creatures' (Letters, p. 381). Old Norse vargr means both 'wolf and outlaw'; the Old English noun wearg(-h) used of human beings means 'a criminal, an outcast', but of other creatures 'a monster, malignant being, evil spirit'; whence wearg as an adjective: 'evil, vile, malignant, accursed'. Jacob Grimm in Teutonic Mythology cites the Slavic name for the Devil, variations of vrag, also meaning 'malefactor', and comments that it 'is the same as Old High German warg (lupus). ... The Devil has monstrous jaws and throat in common with the wolf and hell' (translated by James Steven Stallybrass, 1883 (2004), vol. 3, p. 998).
 

Allënheisch

Slavsia!
Só para exemplificar o que o Tilion sabiamente já disse, afim de ilustar o que já foi dito, segue uma amostra das características das línguas da matriz indo-européias, usando uma palavra, mostrando em seguida a versão na respectiva língua:


palavra (port.)= lobo


Antigo Baixo Saxão (lobo)= Wlaidd
Antigo Alto Saxão = Wollef
Saxão Medieval (séc. V e VI) = Wulf
Alemão= Wolf
Inglês= Wolf
Holandês= Wolf
Flamish (dialeto belga semelhante ao antigo batavo)= Wolffe
Danês= Ulv
Islandês= Úlfur
Feroês= Úlvur
Baixo Norueguês Antigo (Old Norse)= Ulvt
Norueguês Moderno= Varg
Sueco= Värg
Göttar ( dialeto sueco)= Vorg
Frísio (Dialeto escandinavo já extinta)= Vjork

:mrgreen: "Sohn av Odën, av Odën görat!" "Filhos de Odin, por Odin gerados!"
Trecho da Edda (Odda) Poética.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo