1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

J. M. Coetzee

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Luciano R. M., 30 Jul 2009.

  1. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    É impressionante como as celebridades literárias são erroneamente escolhidas pela mídia: depois da bolañomania- em que o já falecido Roberto Bolaño, autor de livros como ‘Detetives Selvagens’ e ‘2666?, foi até chamado de ‘Harry Potter intelectual’- a mais nova celebridade literária é o sul-africano J. M. Coetzee. Laureado com o Nobel em 2003 e, caso único, vencedor de dois Booker Prize, Coetzee é notoriamente recluso: sequer recebeu seus Booker pessoalmente, raramente dá entrevistas - nas quais é um tanto lacônico e ácido.

    CONTINUE A LER ESSE ARTIGO NO BLOG MEIA PALAVRA: http://blog.meiapalavra.com.br/2009/07/30/j-m-coetzee/#more-1231
     
  2. Pips

    Pips Old School.

    Ótima mini-biografia. Coetzee é um dos escritores que está no topo da minha lista para o próximo ano junto a Mia Couto.

    O problema é que você me deixou interessado, quem sabe ele não figura ainda esse ano. Qual livro você recomendaria fortemente para quem quer começar?
     
  3. Liv

    Liv Visitante

    O problema é que você me deixou interessado, quem sabe ele não figura ainda esse ano. Qual livro você recomendaria fortemente para quem quer começar? [2]

    Ótimo artigo!
     
  4. imported_Ariane

    imported_Ariane Usuário

    O problema é que você me deixou interessado, quem sabe ele não figura ainda esse ano. Qual livro você recomendaria fortemente para quem quer começar? (3)


    Parabéns Luciano! :lily:
     
  5. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Hum... Eu comecei pelo Elizabeth Costello, mas não é bom para isso: é escrito como palestras e tem uns detalhes meio incômodos. Acho que o Homem Lento ou Vida e Época de Michael K. são os melhores para se começar...

    Gracías!
     
  6. Palazo

    Palazo Mafioso Literário

    Mini-biografia interessantissima, e sem dúvida seguirei seu conselho por quais começar.
     
  7. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Um autor de tirar o fôlego, muito boa a apresentação. Li as indicações e fiquei muito interessada também em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
  8. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    São muito bons, também!
    Mas pra quem vai começar 'A vida dos animais' não é o melhor, ele tem um formato meio diferente, não como os outros que eu citei ou que tu citou, kuinzytao : uma palestra (dada pela Elizabeth Costello) e um episódio em um jantar, seguinte à palestra. E respostas de outros autores para o Coetzee (porque tudo isso, na verdade, foi um discurso dele).
     
  9. Zuleica

    Zuleica Usuário

    Certo, vou seguir suas indicações.
    Grata
     
  10. Pips

    Pips Old School.

    Consegui um exemplar de Disgrace, pelos reviews que vi ele é bem cotado. Você já leu Luciano?
     
  11. Sorel

    Sorel Usuário

    Ressucitando um tópico antigo:

    Coetzee é muito bom mesmo. Tinha lido somente Disgrace até agora, mas por causa de uma maldita greve de trens na frança acabei comprando o Summertime para me fazer companhia. E que companhia.

    A mão dele tem o peso preciso para prender a atenção no livro, mesmo quando a história é extremamente trivial e sem nenhum brilho aparente.

    Estou atrás agora, feito um louco, dos outros dois livros pseudo-biográficos dele. Alguém já leu algum deles (Boyhood: Scenes from a Provincial Life, e Youth: Scenes from a Provincial Life II)? Valem a pena (e o tempo)?

    Inté breve.
     
  12. Sputnik

    Sputnik Usuário

    Comecei Coetzee por Disgrace em 2007 ou 2008. Foi um dos livros que deixaram uma impressão mais duradoura em mim. Poucas vezes vi algo tão brutalmente humano - e essa é a palavra mesmo: brutal.

    Vi algumas pessoas perguntando sobre que livro começar. Por mim esse é a chave que abre a porta, funcionou muito bem pra mim.
     

Compartilhar