1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Lista colaborativa] A magnum opus de cada autor

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Haleth, 17 Mar 2011.

  1. Haleth

    Haleth Call me Bolga #CdLXI

    Olá, todos!

    Não criei o tópico em listas porque ele ainda não é uma lista, e só vai virar se vcs quiserem e ajudarem, hehehe.

    Qual seria a magnum opus de cada autor?

    Mimimis à parte, acho legal a gnt ter esse tipo de informação pra se orientar melhor na escolha do primeiro livro a ler dos ditos cujos. Pessoalmente, quando não é autor muito complexo tipo Guimarães Rosa, eu sempre prefiro começar pela obra máxima do autor, me ajuda a captar o estilo etc. e então escolho me aprofundar na bibliografia dele ou não. Pra quem pensa o oposto, essa lista é igualmente válida, ajuda a saber qual livro não ler primeiro, rs.
    Vamos facilitar a vida dos curiosos, né? =)

    Então, topam? Conforme formos postando, vou atualizando esse primeiro post pra fazer a lista bonitinha. Quer dizer, se vcs animarem de escrever junto... ^^

     
  2. Calib

    Calib Visitante

    Ué. É só escrever uma lista com qualquer autor, tipo assim?

    Shakespeare - Hamlet
    Machado de Assis - Dom Casmurro

    Etc.?
     
  3. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Hemingway - O velho e o mar.
    José Mauro de Vasconcelos - Meu pé de laranja lima.


    Manu... eu começo a ler um autor de acordo com a possibilidade, livro emprestado, comprado ao acaso etc....
     
  4. Tataran

    Tataran Usuário

    Para alguns autores, vai dar alguma discussão. :sim: Vou tentar com dois agora.

    Eça de Queirós - O Crime do Padre Amaro
    Umberto Eco - O Nome da Rosa
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]Vou com o autor que conheço melhor a obra para poder dizer:

    John Steinbeck - As Vinhas da Ira

    Obs.: Sei que no tópico de A Leste do Éden disse que gostava mais desse último, mas relendo algumas coisas sobre o Steinbeck e me aprofundando em outras leituras, acabei chegando a conclusão de que As Vinhas da Ira é melhor, embora A Leste do Éden me arrebate absurdamente. Enfim, vamos ver se até o final desse ano não mude de idéia novamente, às vezes penso que As Vinhas da Ira é mais completo e representa um estilo mais amadurecido e aperfeiçoado, mas A Leste do Éden me causa mais prazer e efeito quando leio. E aí, como analisar? Que critérios levar em conta para chegar a algum veredito?[/align]
     
  6. Anica

    Anica Usuário

    Oscar Wilde: O Retrato de Dorian Gray
    Herman Hesse: O Lobo da Estepe
    Philip K. Dick: Os androides sonham com ovelhas elétricas? (ou simplesmente Blade Runner)
    Samuel Beckett: Esperando Godot
    Chico Buarque: Budapeste
     
  7. Jacques Austerlitz

    Jacques Austerlitz (Rodrigo)

    Fiódor Dostoiévski: Os irmãos Karamázov.
     
  8. Calib

    Calib Visitante

    Minha opinião sobre alguns dos que li mais:


    Mia Couto - Terra Sonâmbula
    José Saramago - O Evangelho segundo Jesus Cristo
    Franz Kafka - O Processo


    E algumas coisas aleatórias que eu acho que são já estabelecidas e pacíficas:

    Gabriel García Márquez - Cem Anos de Solidão
    Julio Cortázar - O Jogo da Amarelinha
    Albert Camus - O Estrangeiro
    Arthur Miller - A Morte de um Caixeiro-Viajante
    Fernando Sabino - O Encontro Marcado
    Érico Veríssimo - O Tempo e o Vento



    Vale lembrar, por curiosidade, que aquela coleção brega de capas bregas da Martin Claret chama-se "A Obra-Prima de cada Autor" e pretendia, inicialmente, apresentar uma única obra de cada um, mas acabaram incluindo várias... :sim:
     
  9. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Achei que fosse O Homem do Castelo Alto.
     
  10. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    Acho que Memorial do Convento é a obra em questão do Saramago.
     
  11. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    (lembrando que pra ser magnum opus o autor tem que estar morto...)

    James Joyce -- Ulysses (mas a meu ver é o Finnegans Wake)
    Virginia Woolf -- As Ondas
    William Faulkner -- O Som e a Fúria
    Dante Alighieri -- Divina Comédia
    Virgílio -- Eneida
    Homero -- Ilíada
    Boccaccio -- Decamerão
    Ariosto -- Orlando Furioso
    Boiardo -- Orlando Enamorado
    Gustave Flaubert -- Madame Bovary
    Herman Melville -- Moby Dick
    Walt Whitman -- Folhas na Relva
    Guimarães Rosa -- Grande Sertão: Veredas
    Euclides da Cunha -- Os Sertões
    Rachel de Queiroz -- O Quinze
    Tolstoi -- Guerra e Paz (não creio que Anna Kariênina tenha a mesma força)
    Goethe -- Fausto: uma tragédia
    Estácio -- Tebaida
    Lucano -- Pharsália
    Ovídio -- Metamorfoses
    Teócrito -- Idílios
    Claudiano -- Rapto de Prosérpina
    Murasaki Shikibu -- Genji Monogatari
    Vyasa -- Mahabharata
    Ferdowsi -- Shanahmeh
    Jorge Luís Borges -- Ficções
    Ramayana -- Valmiki
    Sêneca Menor-- Fabulae
    Miguel de Cervantes -- Dom Quixote
    Marcel Proust -- Em Busca do Tempo Perdido
    Thomas Mann - Doutor Fausto (ou A Montanha Mágica? Julgo o primeiro)
    Victor Hugo -- Os Miseráveis
    John Milton -- Paraíso Perdido
    Joseph Heller -- Ardil 22
    George Orwell -- 1984
    Aldous Huxley -- Admirável Mundo Novo
    Vladimir Nabokov -- Ada ou Ardor (não, não é Lolita)
    Ralph Ellison -- O Homem Invisível
    Jane Austen -- Orgulho e Preconceito
    Jonathan Swift -- As Viagens de Gulliver
    Fitzgerald -- O Grande Gatsy
    Tolkien -- O Senhor dos Anéis
    Jack Kerouac -- On The Road
    Mary Shelley -- Frankenstein
    Joseph Conrad -- Coração das Trevas
    O Vermelho e o Negro -- Stendhal
    Percy Shelley -- Ode To The West

    depois eu vejo se lembro de mais algum....
     
  12. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    Em Homero eu vou de Odisséia ao invés de Ilíada.

    E no Thomas Mann eu ficaria com o Dr. Fausto porque é uma das poucas obras incrivelmente ambiciosas que deram muito certo. A cena do diálogo dele com o demônio é fantástica, assim como o desabafo final do livro.
     
  13. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    vale pela melhor obra ou pela mais conhecida? neste caso, acredito q é crime e castigo, ñ?

    vale pela + conhecida no país de origem ou internacionalmente? neste caso, acredito q é o evangelho segundo jesus cristo. até pq foi ele quem deu O empurrãozinho pro nobel.
     
  14. Calib

    Calib Visitante

    Oh... Bem, neste caso, desconsiderem o Mia Couto (longa vida ao Mia Couto!) e o Márquez... Não, esse não: nunca escreverá nada melhor que os Cem Anos de Solidão. XD

    E acho que o Arthur Miller também ainda está vivo.
     
  15. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    Tanto faz, mas foi o Memorial (ou o Cegueira) que fez com que Saramago levasse o Nobel. Evangelho foi o mais polêmico livro dele. Quer dizer, nem tanto.

    Memorial tem toda a finesse de Saramago, btw. O humor sutil e as críticas fortes mascaradas num romance fantástico-histórico.
     
  16. Calib

    Calib Visitante

    E, contudo, eu prefiro o Evangelho. Tem um quê de épico.
     
  17. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    E eu o Memorial.
     
  18. Pips

    Pips Old School.

    Roberto Bolaño - Os detetives selvagens
    Adolfo Bioy Casares - A Invenção de Morel
    David Foster Wallace - Infinite Jest
     
  19. fcm

    fcm Visitante

    Mario Palmério - Vila dos Confins
     
  20. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    o pequeno príncipe - antoine de saint-exupéry
    o grande gatsby - f. scott fitzgerald
    meditações - marco aurélio
     

Compartilhar