1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Inglaterra tenta anular a copa de 2022

Tópico em 'Esportes' iniciado por Elessar Hyarmen, 23 Jun 2011.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    A Associação Inglesa de Futebol, entidade que administra o esporte no país, irá pedir à Fifa a anulação da escolha do Qatar como sede da Copa de 2022.
    O estopim da crise entre ingleses e Fifa foi a decisão de Joseph Blatter de manter no cargo de secretário-geral Jérôme Valcke.


    Com a renúncia do ex-vice Jack Warner, que divulgou à imprensa que Valcke acusara o Qatar de ter comprado votos para ser escolhido como sede em 2022, Blatter resolveu encerrar o caso e seguir ao lado de Valcke.


    Detalhe: Não é a primeira vez que Valcke cai em desgraça, mas se livrar dele não é tarefa fácil para o suíço que preside te a Fifa. Blatter tem consciência de que seu secretário-geral sabe demais. Se resolver abrir a boca de repente a casa cai.
    O parlamentar inglês Damian Collins já recebeu o pedido da associação inglesa e está reunindo provas para mostrar ao mundo que a escolha do Qatar foi um jogo de cartas marcadas e que nova eleição para 2022 deveria ser feita.


    Conta com o apoio do Change Fifa, um movimento que propõe uma série de mudanças na entidade, atolada em acusações de corrupção, e do Parlamento e da imprensa britânica.
    Uma das provas em mãos de Collins é justamente e-mail de Valcke em que ele diz nominalmente que o Qatar comprou o Mundial de 2022. Ao criticar Mohamed bin Hammam, opositor de Blatter que chegou a ter apoio de Ricardo Teixeira e foi o artífice da campanha de Qatar, Valcke perguntava se Hammam achava que poderia comprar a Fifa como comprou a Copa para o Qatar.


    Como Valcke confirmou o que escreveu, os ingleses exigem nova eleição. A Fifa, por enquanto, não se manifestou, mas seu secretário-geral chegou a dizer que não se referia à compra de votos. Referia-se ao quê?


    Collins acredita que, com o material que está reunindo no Comitê de Mídia, Cultura e Esporte da Inglaterra, em breve poderá protocolar o pedido para anular a escolha do Qatar como sede.


    Para quem não sabe, o país do Oriente Médio venceu Estados Unidos, Austrália, Japão e Coréia do Sul. A Inglaterra estava na disputa por 2018, vencida pelos russos, mas agora pretende relançar sua candidatura, se as regras de escolha do país-sede forem mudadas, para 2022.


    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Sou a favor de tirar a Copa do Qatar. Prefiro que seja realizada em outro país, pode até ser na Austrália e Nova Zelândia.



    Não que o Qatar não tenha competência, claro que tem, mas pelo que se percebe, jogaram muito sujo para conseguir a copa.
     
    Última edição por um moderador: 23 Jun 2011
  2. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    A Inglaterra está louca para sediar algo, não me admira essas acusações. Primeiro eles precisam provar mesmo que houveram compra de votos, o que é difícil com apenas um e-mail. As provas ainda estão sendo levantadas, teremos que aguardar para saber como tudo isso irá terminar.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sinceramente? Se o Qatar perder o direito de sediar vou adorar!
     
  4. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Pois é, eu tb iria, mas duvido q aconteça. A FIFA é uma das instituições mais hipocritas e autoritarias q existe. Vai fingir pra sempre q a corrupção não existe.
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas Inglaterra sediar em 2022 quebraria a questão da rotatividade.
    Seriam 2 seguidas nas zoropa (nem me venham dizer que a Russia também fica na ásia, já que as sedes serão todas na região européia).
    Apesar de preferir que a Copa vá pra países que tenham interesse já tradicional e antigo em futebol, não acho ruim que vá pra novas sedes. Só não pode ser roubado realmente.
    O "correto" seria ter ido pra oceania mesmo. Apesar de odiar o futebol/rugby porradeiro daquelas bandas.
     
  6. Torço contra a Copa no Qatar também. Com eles na Copa, já é garantia de ao menos um time ruim pra caralho no torneio.
     
  7. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Torço contra, não porque é time ruim ou sem tradição.

    Tradição por tradição, a Austrália também não tem e acharia fantástico um Mundial por lá. O problema é mandar os 4 esportes mais populares por lá pararem com as ligas.

    Mas tá na cara que esse Mundial foi arranjado, de todo jeito, pelo Bin Hammam.
     
  8. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Será a Seleção bônus. Aquela para dar goleada e fazer o saldo de gols na primeira fase.
     
  9. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pegar o grupo do Qatar será bom pra uma seleção tradicional que não conseguir ser cabeça de chave
     
  10. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Foi o que ocorreu com a França.
    E que tomou trolha na primeira fase em 2010.
     
  11. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mas foi incompetência total da França que amargou a lanterna

    A África do Sul fraca que só até fez o que se esperava dela que é não passar da primeira fase.

    O Qatar é mais fraco ainda.
     
  12. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Concordo com você. Eles precisam provar.

    Mas tá na cara que há algo pobre aí nesse meio.

    E como disse, prefiro mil vezes que o Copa fosse para a Austrália ou até mesmo o Canadá do que ir para o Qatar.

    Por incrível que pareça até mesmo a Arábia Saudita ou Egito tem mais a ver com a copa do mundo do que Qatar.
     
  13. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    então na opinião de vocês para sediar uma copa o país tem que ter alguma tradição no futebol?
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Vamos ver qual é a força que a Inglaterra terá nos bastidores, que nessa altura do campeonato não seria nem tanto pra levar a Copa pro país deles e sim tentar derrubar a podridão da FIFA, sobrando até pro Ricardo Teixeira que tem pretensões altas lá.
     
  15. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Não necessariamente.

    Como tinha dito em outro post, o Qatar tem competência de sobra para fazer uma super copa do mundo. Mas pelo andar da carruagem, tudo indica que houve picaretagem na escolha. Até mesmo a Inglaterra se tivesse pago propina para os membros da FIFA deveria perder o direito de sediar.

    Existem outros países não tradicionais em copas do mundo que poderiam ser sedes antes mesmo do Qatar e que também possuem ampla competência, como a Austrália, Canadá, Polônia, Chile, EUA (que já sediou uma vez), a própria Holanda (essa tem super tradição) é outro país que nunca sediou uma copa e a meu ver "tem mais direitos" do que o Qatar que tradição, a meu ver, desculpe não tem bosta nenhuma.
     
    Última edição: 25 Jun 2011
  16. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu sou da opinião que pelo menos uma copa e sim e outra não merece ser sediada em países com alguma tradição no futebol, pois as duas Copas no México até hoje são aclamadas pelo mundo todo, por terem sido as mais charmosas e animadas (a famosa ola mexicana foi algo que surgiu lá) por se tratar de um povo com empatia e identificação pelo futebol.

    O Qatar tem muito dinheiro, mas se depender apenas do público local não será uma copa animada, vide os campeonatos locais dos países do mundo árabe que não lotam estádios. O comentarista Caio Ribeiro da Globo, jogou o mundial sub-20 no Qatar em 1995 e comentou isso. Mais de 90% dos estádios vazios. Só na final entre Brasil e Argentina encheu um pouco mais.
     
    Última edição: 25 Jun 2011
  17. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Elessar, agora eu fiquei confusa. Você diz que não necessariamente, mas aí termina seu post com:

    Ou seja, falando em tradição garantir direito, me parece que vc acredita que o maior problema do qatar é justamente não ter tradição, e portanto estar "roubando a vez" de quem tem, e, por consequência, tem direito.

    (só para constar, a pergunta eu fiz pq quero realmente saber a opinião de vocês sobre isso, não to falando de certo ou errado e blablabla, só curiosidade mesmo)

    O que me ferra a cabeça nessa questão de tradição é justamente o Brasil. Tem país com mais tradição que nós? Não. Em compensação, somos um país desorganizado, com um histórico absurdo de desvio de verbas e outras ladroagens, sem contar que simplesmente não temos infraestrutura para um evento como a copa. aí a copa tá quase chegando e não temos nada, vamos pagar micão histórico e bom, a tradição não ajudou em nada. Tradição não faz estadio e aeroporto ficar pronto a tempo, não faz funcionários de hoteis e outros serviços usados por turistas aprenderem inglês a tempo e blablabla.

    Eu to muito mais preocupada com a copa de 2014 ser aqui no Brasil do que a de 2022 ser no Qatar. :|
     
  18. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Tradição não é 100% do critério.
    Mas, pra mim, é um dos critérios.
    Premiar a população que de fato fez o futebol ser o que é através das décadas.
    Óbvio que se o país não tem condições, aí não tem condições. A copa na áfrica foi no país que mais tinha condições economicas pra montar uma, mas que nem de longe, nem de MUITO longe, está entre os mais tradicionais do continente.

    Não acho ruim a idéia de fazer em novos lugares. Acho até interessante. Mesmo porque não dá pra ficar fazendo as copas sempre nas mesmas duzia de países tradicionais.
    Mas é uma opção unicamente política e economica. Expandir o mercado de futebol para países que não prestavam muita atenção.
    Foi feito isso com a copa nos EUA, que é um mercado que a FIFA quer de todo jeito abocanhar.
    Só que futebol não é (ou pelo menos na minha cabeça não pode ser) apenas politica e dinheiro. A paixão e a torcida são muito mais importantes.
     
  19. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sou da opinião que infra-estrutura é um quesito que sempre deve ter peso 2.

    Isso ainda faz mais diferença na qualidade do evento e uma Copa organizada "nas coxas" num país sem estrutura pode até trazer um efeito negativo pro turismo futuro, pois as pessoas que lá estiveram se sentem desistimuladas de voltar num lugar com caos nos aeroportos, dificuldade de locomoção interna nas cidades entre tantas coisas.

    Por isso outro fator a ser considerado é tradição no turismo internacional, coisa que o Brasil ainda está mal nos rankings. Por mais que se fale que quem quer ver Copa só que ver futebol não se pode menosprezar o fator turistico, pois sempre há um intervalo de dias entre um jogo e outro.
     
  20. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    O problema nem é sobre o que se fazer entre um jogo e outro. O problema é onde ficar, como se locomover, etc. O Brasil não está podendo oferecer nada disso, e falta pouco para a Copa. Adianta ter jogo no rio, bonito e lindo e cheio de coisas para se visitar, e aí ter caos aéreo de novo e pessoal perder jogo pq não conseguiu chegar? Eu acho que estrutura é o mais importante. Clima vem em segundo lugar (lembrando das reclamações dos jogadores sobre o calor na copa de 94). Tradição no futebol faz sentido, mas convenhamos, o público da copa é o público local ou mundial? Porque o valor dos ingressos pode ser meio proibitivo em um país cuja a maior parte dos habitantes é de classe média baixa ou pobre (falo do brasil).
     

Compartilhar