• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Notícias Globo é indelicada ao mostrar prêmio aos enviados em transmissão de Cléber

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
cleber-machado-narrador-do-grupo-globo-1669238994303_v2_450x600.jpg.webp


No intervalo da transmissão da partida de hoje entre Holanda e Qatar, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, Cléber Machado chamou o enviado Eric Faria para ouvir as novidades do país sede. O repórter destacou o prêmio "Journalists on the Podium", dedicado a profissionais da comunicação que cobriram oito ou mais Copas, incluindo a atual edição. Cléber fez uma saudação a si mesmo, relembrou que já narrou nove Mundiais e, portanto, também merecia a condecoração.

Acontece que Cléber Machado, um dos narradores mais antigos do grupo Globo, não foi ao Qatar para a cobertura in loco após uma sequência de oito Copas como enviado. O incômodo é compreensível. A Globo foi indelicada e poderia ter anunciado a premiação em qualquer outra transmissão, jornal ou programa esportivo. Há espaço para não expor um profissional que ficou fora do time de enviados.

"Muito bom. Muito bonito. Eu quero dar parabéns para mim também. Eles poderiam mandar uma coisinha dessa para mim também. Aqui é nona Copa do Mundo. Nona Copa do Mundo... Não sei se vale à distância, mas manda pelo correio ou traz aqui para gente", disse o narrador.

Antes mesmo de a Copa começar em 20 de novembro, Cléber estampou as manchetes das notícias justamente porque estava fora da lista de enviados da Globo ao Qatar. É a primeira vez que ele narra uma Copa à distância em mais de 30 anos. A emissora tinha duas vagas para narradores da TV aberta: uma delas é automaticamente preenchida por Galvão e a outra ficou com Luis Roberto.

Apesar disso, o narrador nunca havia demonstrado o incômodo ou desânimo com o fato. Pelo contrário. As boas tiradas e grande empolgação somadas aos deslizes fizeram Cléber se tornar um dos principais personagens da TV na cobertura da Copa do Qatar.

Galvão Bueno foi um dos premiados pela Fifa e AIPS (Associação Internacional de Imprensa Esportiva) por ter narrado 12 finais da competição ao longo da história. Cléber poderia ter sido poupado do anúncio ao vivo da premiação.

 
Sem contar que um dos enviados do SPORTV, que não sei se ta no mesmo grupo da globo ou não, é copy cat do Cleber Machado(pra meu desgosto, porque não curto o estilo de narração dele, mas enfim rs)
 
Kkkk. Quanto drama.
Não cabia todo mundo, ele ficou no Brasil.
Vida que segue.
Parabéns ao Cleber por continuar na Globo apesar de viver no mundo da Lua em todas as suas transmissões. :lol:
 
O fato é que pra quem tá narrando a sua 9° Copa, tá lá há mais de 30 anos, só perdendo em tempo de casa apenas pro Galvão, há algum tempo só consegue ser no máximo o 3° narrador da casa e se bobear vai cair pra 4° porque o Gustavo Milani vem comendo pelas beiradas.
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.404,79
Termina em:
Back
Topo