1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

FolhaTeen Fala de Sindarin e Quenya

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Indu, 26 Jan 2009.

  1. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    Fiquei com dúvidas onde postar essa matéria interessantíssima.

    Folha de São Paulo- Folha Teen do dia 26, de Janeiro, de 2009, é isso ai gente, li essa matéria hoje no Folha Teen logo de manhã, e me deparei com Tolkien, essa parte de um dos Jornais mais importantes do Brasil, trouxe uma matéria especial sobre línguas inventadas por jovens:


    “Das línguas inventadas que se tornaram famosas- e faladas-, entre os destaques estão os idiomas élficos que J.R.R, Tolkien criou, como o Sindarin e o Quenya. O escritor, que era também lingüista, trabalhou a fonética, a gramática,a ortografia e até mesmo o alfabeto dessa línguas, para que soassem o mais natural possível.
    Hoje cursos, de élfico, pipocam na internet, como site Ardalambion(
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ). E em fóruns online com o Valinor("É nóis"), fãs tiram dúvidas e pedem ajuda na tradução de frases para, por exemplo, tatuarem na pele.
    O interesse de Tolkien em criar novas línguas, vem desde quando ele próprio era adolescente, no começo do século passado. Foi quando o futuro escritor inventou o animálico em que, por exemplo, “quarenta” significava “burro” e “burro” significava “quarenta”
    Hélder Faria Silva (quem é esse?), 18 conhece apenas algumas palavras em quenya e sindarin mas sabe escrever o alfabeto élfico-chamado Tengwar-. “Aprendi na internet e ensinei meus amigos. Assim, não corríamos o risco de alguém ler” Conta.


    (Colaboração Para Folha- Matéria de Diogo Bercito)
    :joy:
     
    Última edição: 26 Jan 2009
  2. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Weep!
    Excelente notícia!Que bacana que até mesmo a imprensa divulga a existência Tolkieniana, a existência de fãns que admiram suas obras.
    \o/
    Parabéns!
     
  3. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Show de bola rsss Mostrarei a notícia pra minha mãe pra ela parar de achar que sou anormal quando encontra coisas que escrevi em Tengwar pela casa =)
     
  4. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    Então...o pessoal aqui em casa acha bonito o as escritas...e eu também aprendi a escrever...mas não sei ler, então acho que sou um semi-analfabeto:lol:
    Enfim, escrevi atras da porta do meu quarto frazes e nomes em Tengwar, com um corretivo e giz de cera...Até que ficou bom:mrgreen:
     
  5. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Eu aprendi a ler, escrever e fazer contas rss
    Meu problema chama - transcrição para o computador... Desisti de tentar e faço a mão mesmo! Minha mãe acha lindo! Eu e meu irmão tatuaremos a mesma frase nas costas e mandaremos gravar em uma pulseira pra minha mãe... ela amou a idéia... inicialmente rs
    Enfim.... deixa, um dia ela pára de me atasanar com isso! Pra ela qquer coisa que não é reconhecida como lingua de algum país é coisa fanasiosa e idiota pq não é "realidade". Desisti de falar qquer coisa.
     
  6. Ravanoc

    Ravanoc The ring has been lost.

    Não tenho esse problema em casa.
    De qualquer forma, tomara que sua mãe, Indily, goste e veja que você não é maníaca ;D
     
  7. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Vixe, não sei nadinha das linguas....tolkenianas u.u, sempre quiz aprender. No más é uma ótima oticia.
     
  8. Thalion

    Thalion Mas que puxa!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Sou eu :joy:

    Na boa, eu falei muuuuuuuuuuuita coisa pro cara. Fiquei meio decepcionado quando vi que saiu só isso, mas eu entendo que a matéria não é só sobre mim e concordo em sacrificar minhas ideias em nome do bem maior [+drama].
     
  9. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Se pra vc quem ja é adulta sua mãe encomoda, imagina a minha:disgusti:

    Eu tbm, queria aprender, mas nem português sei direito, imagina decora o pretérito em élfico:hihihi:
     
  10. Indu

    Indu In sacanagi we trust

    Que coisa emo:lol:
    Enfim, essa matéria soou muito empolgante para nós, mas poderiam mesmo terem falando mais sobre os outros sites.:think:
     
  11. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Eu melhorei meu português e meu inglês estudando élfico, porque fui forçado a reaprender a gramática durante o curso. As pessoas esquecem o potencial que as línguas élficas podem ter para deixar o aprendizado da linguística mais divertido.
     
  12. lukazjau

    lukazjau Usuário

    É muito interessante aprender um idioma élfico, eu comecei o curso, mas infelizmente tive que parar por causa da faculdade e outros cursos como o inglês. Mas com certeza se eu tivesse mais tempo, teria terminado ele, e ainda sonho em terminar rsrs.
     
  13. Mandos

    Mandos Tecendo os destinos de Arda

    Eu concordo totalmente com você. Eu ainda não aprendi os idiomas élficos porém antes de saber sobre eles eu já criava alfabetos como o Tengwar e idiomas como os de Tolkien e melhorei muito o meu conhecimento de Português e Inglês, isso acontece porque aprender idiomas desse tipo ou criá-los nos leva a estudar bastante os já existentes!
     
  14. Cilmawiel

    Cilmawiel Usuário

    Nossa!Bom que a mídia ainda traga algo de bom p/ mundo!
    Ainda não tive tempo de estudar as línguas do Professor,mas sei o quanto eh complicado criar uma! Esse semestre tenho que criar uma pra cadeira de morfologia e sintaxe....e por Eru! Quanto trabalho! Só escolher o tipo de língua já é uma briga! Passei um tempão sem saber se a minha seria isolante ou aglutinante! Flexional nem passou pela minha cabeça pq elas são muito complexas e normalmente tem uma morfologia muito rica o q daria ainda mais trabalho q as outras! Pouco viavel p/ quem tem pilhas alarmantes de xerox e livros p/ ler.hehehehe....
     
  15. Ettelen

    Ettelen eu sou mesmo um

    O tópico é velho, mas só agora eu vi...o Diogo é meu colega de faculdade... :lol:
     
  16. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Pois é, e eu querendo fazer Bacharelado em Linguística na UFSCAR por causa de quem? Do quenya e do sindarin...
     
  17. lisseminte

    lisseminte Nox!

    Muito interessante a matéria.É muito legal ver que o sindarin e o quenya estão sendo difundidos pelos meios de comunicações.

    Até agora eu só sei regras gramaticais e um escasso vocabulário de quenya.Quem sabe, logo, possa aprender sindarin também...
     
  18. Mandos

    Mandos Tecendo os destinos de Arda

    Bem legal a notícia, apesar de ter sido no começo do ano...li só agora, mas valeu!
     
  19. JPHanke

    JPHanke Usuário

    Apesar de ser do começo do ano, só vi esta notícia agora. Achei bem interessante mesmo!
    Trataram do assunto de forma bem simples, mas só de já estarem falando sobre isso já está bom!
     
  20. Eu gostei muito da noticia... É muito bom saber o quanto as linguas criadas por Tolkien estão tomando seu devido lugar!
     

Compartilhar