1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cotas raciais: a polêmica está de volta!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por 655321, 6 Abr 2004.

  1. 655321

    655321 Usuário

    Eu num sei se tem um tópico sobre isso já(eu usei o pesquisar, mas aquilo nunca funcina), mas se tiver, não deletem a minha mensagem, só passem ela pro tópico antigo...

    Todo mundo já deve estar sabendo que o ministro da educação quer reservar 20% das vagas das universidades públicas(e das particulares)
    O que vcs acham sobre isso? Discutam!

    Aí vaí minha opinião...

    Cotas raciais é uma discussão muito polêmica mesmo. Eu particulamente sou contra. Mas, primeiro, vamos pensar um pouco sobre a situação do negro no Brasil...
    Por uma caso o negro não entra na universidade por preconceito? Não, claro q não! O q? Na hora da matrícula a funcionária não vai com a cara do indíviduo, pq ele é negro, e decide não matricular ele? Óbvio que não, até pq a funcionária seria demitida.
    A maioria é pq realmente não teve educação de qualidade; vieram de escola pública. E os vestibulares ficam cada vez mais competitivos, e as escolas particulares cada vez pegam mais pesado; existe condição de um aluno de escola pública passar no vestibular? Existe. Mas não é o q acontece com a maioria.
    O ensino é ruim, não pq o negro foi discriminado, mas pq o pai dele não teve condições de pagar escola de qualidade. E a falta de dinheiro, se dá pela falta de estudo. Significa que o avô não teve dinheiro para pagar ensino de qualidade, e assim vaí. E fica nesse ciclo.
    As cotas resolveriam sim o problema dos negros na faculdade, mas é uma política segregatória, e só ia piorar o racismo. Muita gente diz: deveria ser p/ pobre, ou p/ estudante de escola pública. Grande merd*, q diferença! É a mesma política preconceituosa e segregatória. Além do que, vamos ser sinceros, e anti-politicamente corretos (muita gente vai me odiar, e me apedrejar, mais eu vou digitar isso): Cota pra pobre(e pra estudante de escola pública) é a mesma coisa q cota pra negro. *ai!* Sério, passe em frente a uma escola pública,*parem de tacar pedra* e fique observando os estudantes. A maioria é pardo, ou negro. É claro que existem negros em escola particular, mas poucos, na minha sala por exemplo, só dois. Por mais infeliz e triste que seja essa afirmação, é a pura verdade.*Ai*
    Eu acho que a alternativa seria melhorar o ensino público. Já que deveria ser dever do estado proporcionar educação de qualidade, e em um país que isso não acontece, no final só dá essas merd*s mesmo. Varinha mágica pra resolver problemas é muito bom mesmo, mas a discriminação só ia piorar.
    Mais uma do governo Lula...
     
  2. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Na minha opinião esse sistema de cotas serve apenas p/ cobrir um grave defeito no sistema de ensino brasileiro, que é o fato do ensino público (salvo raras exceções) é precário. Então o que o governo faz? Em vez de progressivamente tentar melhorar este ensino público, o que, claro, sairia muito mais caro e demoraria muito mais tempo, eles criam uma forma com que não apenas alunos de escolas particulares entrem nas universidades.
     
  3. Omykron

    Omykron far above

    isso é o q pode ser chamado de racismo construtivo/destrutivo

    o kra abre vagas para aqueles oprimidos. ótimo. mas ele fazendo isso aumenta a discriminação, ja q todos somos iguais, e apenas pela cor ele abre um preferencial. mtas vezes isso vai fazer gente q teve nota inferior aquela necessária a passar entre em uma faculdade, gerando assim uma turma de pessoas não tão bem qualificadas ao curso x.

    é triste ver que para diminuir uma discrimação que começa de uma má educação no ensino fundamental piore cada dia mais, ja que ao inves de investir nas escolas, pretendem tirar a diferença pondo pessoas q naum tiveram estudos de qualidade em uma faculdade.

    ao invez de tirar isso na hora de entrar na faculdade, evite isso ja no começo.
     
  4. Rodrigo C. A.

    Rodrigo C. A. Usuário

    Ok... tem que ser feito um trabalho sério para melhorar o ensino público no Brasil. Mas como vc mesmo disse, isso é progressivo, ou seja, vai levar alguma gerações pra melhorar sensivelmente.

    O cota é pra atender quem já tá na escola e já tá ferrado, qualquer melhoria no ensino que comece a ser feita agora não vai afetar esse cara, é uma chance de conseguir alguma coisa melhor mesmo com a porcaria de ensino que ele teve. Então pra não chegar pro cara que tá no segundo grau de uma escola pública hoje e falar: "Olha, meu filho, nós estamos melhorando o ensino mas infelizmente vc está perdido, é tarde demais pra vc, vai ter um ensino ruim e poucas chances de ir pra uma faculdade que preste e de ter uma vida melhor, mas anime-se, quem sabe seu neto tenha melhores oportunidades."

    []'s
     
  5. Omykron

    Omykron far above

    construtivo sim, vc abre uma chance a quem nunca teve.
    destrutivo pq vc vai acomoda-lo em um grupo de nivel superior ao dele, fazendo-o ficar mais oprimido ainda
     
  6. 655321

    655321 Usuário

    Nada é imediato. E se a pessoa se esforçar ela passa, nada é impossível.

    Eu tb acho! Consertar anos e anos de ensino de má-qualidade, com uma "política
    mágica".
    Tem um aluno no meu colégio, que quando soube das cota ficou repetindo: "já passei, já passei". A pessoa passa no vestibular sem um mínimo de esforço.
     
  7. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Não li todos posts mas vou postar minha opinião:

    Acho que é apenas uma forma de o governo mostrar serviço. Esta lei é apenas uma forma rápida e prática de tentar resolver o problema. E obviamente não vai resolver o problema.
    A solução correta seria melhorar o ensino público, que é ridículo. É como disse o Diogo Mainardi, "as crianças aprendem mais assintindo Scooby Doo em casa do que frequentando a escola pública".
    E além disse essa lei coloca ainda mais em evidência a questão racial que é arcaica. Todos nós somos negros assim como os negros são brancos. Somos uma raça só.
     
  8. ?

    ? Banned

    como diz meu professor de biologia (que é branco): prove que eu nao sou negro!!!
    tudo que eu iria dizer ja foi dito aqui
    mas o problema de investir em educaçao de qualidade é que o brasileiro é um povo muito imediatista. se o governo começasse a investir a longo prazo em educaçao, diriam que ele nao fez nada, e com isso nao iria se reeleger. é mais proveitoso em materia de eleiçao utilizar bolsas-escola e cotas raciais da vida do que investir a longo prazo......
    quem fez isso se deu bem.......o PIB da coreia do sul ja ultrapassou o brasileiro
    ha 30 anos atras eles nao era porra nenhuma, investiram pesado em educaçao e hj sao potencias industriais.....
    as vezes eu acho que esse pais nao tem jeito :roll:
     
  9. Silenzio

    Silenzio Visitante

    É, o povo brasileiro é bem burro e não sabe votar também. Mas se os políticos fizessem isso, aos poucos ia deixando nosso povo mais inteligente e com o tempo veríamos que ele fizeram na verdade um bem para nós.

    Mas quem disse que o governo quer um povo inteligente?

    E eu também acho a educação a base de um nação forte.
     
  10. Nob

    Nob Usuário

    Não é questão de não saber votar, é questão de falta de opção mesmo.
     
  11. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Tem q ter mesmo, mas dai os caras chegam lá com apenas um ensino fraco de escola publica, vão bailar nas universidades, cpaz q apenas 3% dos 20% vão se dedicar aos estudos... :tsc:
     
  12. Omykron

    Omykron far above

    frase de Charles De Gaulle, general da resistencia francesa durante a 2ª grande guerra:

    'O Brasil não pode ser um país sério.'
     
  13. Anonymous_theOld

    Anonymous_theOld Usuário

    Então o Brasil tem q ser um país de brincadeirinha um mundo de faz de conta... q isso!:?
     
  14. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Não é bem assim, nem todo político é corrupto.
    Omykron, o que você quis dizer na prática?
     
  15. Omykron

    Omykron far above

    o brasil é o país do carnaval.

    como pode um povo que se importa mais em um desfile de escola de samba do q a educação de um geração pode ser chamado de sério?
     
  16. Che Guevara

    Che Guevara Usuário

    Na minha opinião as cotas acabam discriminando mais ainda o negro. Pois causa um furor nas outras pessoas q se mataram de estudar (e ver um negro passar com 20 pontos a menos é de doer), e qdo este negro sair da faculdade (se sair, porque o Ensino Médio é a base para um Ensino Superior, por isso q existe o vestibular, para avaliar se vc assimilou a matéria e está compretente para cursar o curso desejado) vai ser discriminado pois é um aluno de cotas. Estou de acordo com o pessoal, temos é q melhorar o ensino fundamental e médio, pois se estes fossem fortes, ñ precisaria ter cotas. Com a cota para negros, estes vão discriminar os pobres ñ negros ou q estão junto com ele na escola pública. Ou seja eles querem igualdade, porém discriminando os outros.
    Hoje para quem estuda e tem um bom desempenho, escolas de ótima qualidade chegam a dar bolsas integrais. Se o negro quisesse mesmo ingressar numa faculdade, tentaria pleitear estas bolsas.
    No final das contas, o q acaba sendo discriminado é aquele q estuda. QUem nunca viu a classe zoar com o "nerd" da turma, ele é tão maltratado, q acaba sempre tendo no máximo um amigo, ou nenhum. Esse cara, mesmo sofrendo este "preconceito", estuda para dar o melhor de si, e qdo passa num vestibular de universidades conceituadas falam q ele ñ "aproveitou a vida", mas como???? Creio q este q é estudioso sofre mais preconceito q um negro, hoje em dia. E vem estas cotas para tirar a vaga deste q estudou.
    Vamos parar com esta hipocrisia de culpar o ensino público (concordo q está mais do q péssimo a qualidade), mas quem quer passar numa excelente faculdade, o segredo é estudar e estudar. Não vamos culpar o ensino público pela incopetência do aluno. Se todos os alunos de escola estivessem interessados em estudar, a escola pública, com certeza seria diferente. Conheço uma pessoa q estudou a sua vida inteira em escola pública, e passou no ITA logo q terminou o 3º ano!!! Qual o segredo? Ele estudou bem mais do q os professores ensinavam, e os professores viam nele um potencial e o ajudavam com livros e faziam o possível para titrar as dúvidas dele. Mas por outro lado, ñ fez nenhum amigo na escola, pois todo dia era maltratado, zoado e esculachado pelas pessoas da escola, ninguém queria falar com ele, pois seria zuado pelas outras pessoas. Hoje ele trabalha na Embraer e está namorando. Realizou o sonho a duras penas. Este tipo de pessoa q é a vítima do preconceito.
     
  17. Nob

    Nob Usuário

    Sim, e daí? Não precisa ser corrupto pra isso.

    Não exatamente por isso. O vestibular é como uma peneira, pois não há vagas o suficiente para acomodar todos os que terminam o Ensino Médio.
     
  18. Ithildwyn

    Ithildwyn ...

    O vestibular é uma peneira, mas tb é uma avaliação sim, pois os com notas mais altas tem mais chances de se sair bem na facul.


    Sobre as cotas, já vi bastante gente falando (acho q no tópico do insônia, mas não lembro) das cotas em um curso concorrido como medicina. Nesse caso eu não acho tão injusta para os não-negros, pois mesmo os negros q entrarem pelas cotas devem ser bons. Mas em outros cursos, em q acabam entrando pelas cotas pessoas com nível d educação bem baixos, me parece q deixa d fora pessoas com mto mais potencial.
    No caso citado da medicina, é uma disputa só entre os realmente bons - incluindo um número d negros suficiente para suprir as cotas - , mas em outros quem entra por cota (principalmente os últimos classificados) acaba estando bem abaixo do desejável pra seguir o curso com um bom rendimento. Não por serem negros, claro, mas pq foi bem mais fácil.


    E outra coisa q eu ouvi por alto esses dias, é q parece q estão querendo implantar cotas pra quem teve ensino precário até o vestiba... isso eu acho um absurdo. É só querer baixar o nível do ensino superior - q, pelo menos na minha facul particular, já é bem fraquinho (inclusive por ser mais fácil d entrar) - , já q vai ter um monte d gente q não sabe nem as bases essenciais pra entender qq coisa de um curso bom.
     
  19. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Ihihihihihi... de novo isso aqui?

    Tem que ter cotas mesmo. Está tudo errado. Esse país já começou errado.

    Não vai ser engraçado? Negros e Brancos sob um mesmo teto, olhares estreitos e tensão racial. Daí, poderíamos sair nos matando na rua só pela cor diferente na pele. Como nos velhos tempos. :mrpurple:
     
  20. ?

    ? Banned

    se o aluno é competente, nao importa se ele é branco, negro, azul, japones, extraterrestre, rico, pobre, bonito, feio, ele entra na universidade
    é claro que necessita de uma orientaçao, que nao é grande coisa pela qualidade do ensino publico brasileiro, o que acaba privilegiando a minoria rica que é composta em sua maioria por pessoas de cor branca.
    mas o aluno esforçado, como ja foi dito aqui, vai atras do seu sonho
    a humanidade só esta no estagio de evoluçao (tecnologica) atual pq tinham pessoas que correram atras do seus ideais, e se esforçaram muito pra isso
    resguardadas as devidas proporçoes, é isso que um aluno humilde (no sentido de pobreza) deve fazer. existem bibliotecas publicas pelo brasil inteiro, mesmo que a maioria nao seja grande coisa, ja é o começo
    é claro que devemos ter um ensino publico de qualidade, mas o merito principal é do aluno. se ele passa ou nao, a culpa é unica e exclusivamente dele
     

Compartilhar