1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Contos

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Forfirith, 3 Out 2003.

  1. Forfirith

    Forfirith Usuário

    oi gente! :D
    eu adoro escrever contos,é um dos meus passa-tempos preferidos.Mas hoje me disseram que quando se escreve um conto,a "mensagem" nao pode ser profunda,nem se pode passar algo com profundidade e conteúdo num conto.Nao sei se a pessoa disse isso pelo fatos de contos serem relativamente pequenos,ou...bem,eu realmente nao sei porque ela disse isso,porque discordo totalmente,pra começar porque os meus proprios contos sao escritos com o objetivo de se passar uma ideia,q geralmente é profunda...
    o que voces acham?acham possivel que os contos transmitam uma mensagem subliminar?e se for,que a mensagem seja "boa"?
     
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Vamos considerar assim: seu post não tem 500 páginas e tem uma proposta boa. :wink:

    Não é o tamanho que vai influenciar na profundidade da obra, isso vale tanto para um romance enoooooooorme quando para um conto pequeno. O que essa pessoa pode ter falado sobre profundidade para você, é no sentido dos fatos, descrições de personagem, espaço, etc.

    Nesse caso, nos contos tudo se apresenta de forma mais breve. Você não verá uma descrição de ambiente digna de Tolkien em um conto, uma vez que, "o tempo é curto", digamos assim.

    Entretanto, isso não quer dizer que não se pode ser trabalhada uma boa mensagem por causa do (relativo) pouco espaço. É só pegar algum conto da Clarice Lispector para você entender o que estou falando: são densos, do tipo que te deixam pensando por um bom tempo depois.
     
  3. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Talvez ele tenha tentado dizer que acha muito mais dificio se ter uma profundidade ou uma grande mensagem num conto poe ele ser curto, mas se fosse assim, naum existiria nenhum dos poetas.
     
  4. *LiSa_SimpSon*

    *LiSa_SimpSon* Usuário

    Contos podem sim ter profundidade...pq profundidade e bom texto não estão na minha opinião necessariamente ligados a grandes descrições :roll: ...A terra de que precisa um homem...de Tolstói...um dos melhores textos q jah li e deva dar umas 6, 7 pags... :wink:
     
  5. aaaa

    aaaa Usuário

    Projeto Trilogia Medieval!!!!

    Oi tudo bem? sou novo no fórum. Sou Aragorn4, tenho 24 anos.
    Respondendo a pergunta, toda grande saga teve seu início em um conto.
    Eu estou com um projeto literário, voces podiam acessar meu site: geocities.yahoo.com.br/ptmedieval ,lá tem todas as informaçoes.
    Quero reunir milhares de pessoas e JUNTOS escrevermos uma trilogia medieval fantástica.
    entrem em contato! no site tem meu e-mail, sou o único cronista até agora.
     
  6. eu acredito q os contos podem ser ate mais profundos do q o proprio livro de num sei qts paginas.... acho q depende do autor.... como os contos de Luiz Vilela, sao otimos, profundos, e deixam grandes mensagens :mrgreen:
     
  7. Mahou

    Mahou Usuário

    Não é uma regra q todos os textos precisem ou ñ ter profunidade, cabe ao próprio autor decidir se no conto/história/o q seja dele vai acabar tendo :mrgreen:
    Pessoalmente, contos podem ter msgs profundas sim, independente do tamanho. Eu fiz um e até q saiu uma msg boa :obiggraz:
     
  8. Arien Laurelin

    Arien Laurelin Usuário

    concordo
    há autores q escrevem melhor em contos, conseguem cativar melhor os leitores...livros c/ mta descrição, às vezes, podem submeter a trama principal e entediar os autores....a não ser q essas descrições sejam objeto da trama....
    nunca li nenhum livro da Clarice Lispector, mas li um conto dela chamado Amor, no qual ela utiliza descrições objetivas, não para dar ênfase a estória, mas constituindo a própria estória.....
     
  9. Minas Ecthelion

    Minas Ecthelion Usuário

    Âlguém já leu "O Espelho" do Machado de Assis? Quando você acaba de ler, fica um bom tempo pensando sobre final. E se você tentar, voce sempre conseguira tirar "algo mais" desse conto. Muito bom.

    Mas por outro lado, o próprio Machado de Assis tem uns contos mais simples (o que nao deixa de ser bom). É que a Ana falou, pode ter romances grandes sem muito significado. ( O próprio SDA não tem muita profundidade de reflexao)
     
  10. Flora Pinheiro

    Flora Pinheiro Usuário

    Gosto muito de contos, tanto de ler como de escrever. Pode soar bobo e clichê, mas nada mais apropriado que "Tamanho não é documento".
     
  11. Jango

    Jango Branca! Branca! Branca!

    Profundidade de tema não tem limitação. Você pode encontrá-la num poema, soneto, romance, novela, conto ou mesmo num haicai.

    Quanto a esmiuçar o tema, ai sim, pode ser difícil de faze-lo num conto. às vezes torna-se até chato quando o autor fica esgotando o tema e não deixa espaço pro leitor bater cabeça sozinho.
     

Compartilhar