1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cem anos de Solidão - GG Márquez.

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Liv, 31 Jan 2009.

  1. Liv

    Liv Visitante

    Cem anos de solidão, Cien Años de Soledad no título original, é uma obra do escritor colombiano Gabriel García Márquez, Prémio Nobel da Literatura em 1982, e é actualmente considerada uma das obras mais importantes da literatura Latino-Americana. Esta obra tem a peculiaridade de ser umas das mais lidas e traduzidas de todo o mundo. Durante o IV Congresso Internacional da Língua Espanhola, realizado em Cartagena, na Colômbia, em Março de 2007, Cem anos de solidão foi considerada a segunda obra mais importante de toda a literatura hispânica, ficando apenas atrás de Dom Quixote de la Mancha.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Essa wikipédia é divina! Tem até um esquema gráfico pra entender melhor a história. ADORO!

    Então, quem mais gosta/leu esse livro? Acharam o que? Interessante, cansativo?

    :lendo:
     
  2. Felipe_al

    Felipe_al Usuário

    Foi o penúltimo livro que eu li. Eu entrei na wikipédia um pouco depois q comecei a ler o livro dai achei aquela arvore genealogica ali e adorei, pq é mtoo confuso aquele monte de nome parecido, dai o avô tem o nome do neto, que tem o nome do pai e do tio.
    Mas achei mto bom, não parava de ler, tem umas cenas marcantes, uma mistura de fantástico que é mto bem escrita. Adorei a cena do pedreiro olhando a Remedios tomando banho e o que acontece com ele depois :rofl:
     
  3. Liv

    Liv Visitante

    Pois é. Eu li sem conhecer essa árvore genealógica da Wkipédia. Me perdia sempre com os filhos do Coronel Aureliano Buendia. XD

    A Remédios é uma das personagens que eu mais gosto. :grinlove:
     
  4. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Eu li ano passado e adorei. Virou um dos meus livros preferidos. Também me perdi no meio, mas nem me importei... essa mistura de realidade com fantasia é muito legal mesmo... O livro me prendeu desde o começo, "Muitos anos depois, diante..." li bem rápido até. O final é um dos melhores finais que eu já li(se não for o melhor!), muito marcante.
     
  5. Liv

    Liv Visitante

    Pois é, menina. O final é tão emocionante que eu até esqueci de respirar </crepúsculo>

    A mistura de realidade e fantasia dá um charme todo especial ao livro, pois Macondo é mágica e seus personagens completamente realistas. Como a Fernanda e a Úrsula. As vezes penso que se esse livro fosse adaptado para o cinema, seria uma das coisas mais fodas ever, mas dá medo deles estragarem esse livro tão lindo.
     
  6. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    É o tipíco livro que você sabe que tá entndo, ams SEMPRE volta alguams páginas pra CONFIRMAR se Fulano é Fualano mesmo... fora as veze sque vc pensa: "Poutz... ele não escrveu isso!"
    Muito bom livro! Pra ler como se come lasagna: com caaaaaalma, saboreando....
     
  7. racer

    racer Usuário

    um dos melhores livros que já li na minha vida. marcante!
     
  8. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Nossa esse livro marcou demais quando li a primeira vez, simplesmente adorei. Peguei para ler sem conhecer, sem ter indicação e creio que é o melhor livro que já li.
    O que falar do final? Surpreendente, fantástico, inesperado, a primeira vez que li fiquei meio embasbacada...
    Esse é um livro que recomendo para todos, vale a pena "mesmo".
     
  9. Liv

    Liv Visitante

    Eu, eu também cheguei a esse livro por acaso. ^^
     
  10. alidifarfalla

    alidifarfalla Usuário

    Meu livro preferido, sempre, sempre, sempre. Já li e reli, está aí na minha assinatura entre os que eu não canso de reler. O realismo fantástico de Gabriel é tudo. Ele escreve de um jeito que aquela coisa toda parece plausível. Amo isso.
    Também adoro a Remedios, Liv. Eu gosto da louca da Amaranta também! E realmente, o final te deixa sem respirar. Poucos livros fazem isso.
     
  11. imported_Catatau

    imported_Catatau Usuário

    Obra prima ! Li há vários anos atrás. Quero ler de novo, agora no original em espanhol. A história te transporta para um mundo mágico e fascinante. O final é incrível. Estava voltando de ônibus do Rio para São Paulo qdo terminei de ler pela primeira vez. Comecei a chorar no ônibus, tentando disfarçar para que ninguém visse..
    Lembro que eu guardava uma folha de papel dentro do livro, na qual ia desenhando a árvore genealógica. A medida que nascia mais um dos Buendia eu ia acrescentado na folha..
     
  12. Alan Pitrokvitch

    Alan Pitrokvitch Usuário

    Realmente é um livro ótimo, li faz uns 2 meses.
    O que mais me impressionou foi a parte em que a Rebeca está na cadeira de balanço sentada, foi chocante, deu um medo.
    Acho que Cem anos de solidão é um dos livros que mais passam imagens.
    :lendo:
     
  13. ricorde

    ricorde Usuário

    Primeiramente boa noite a todos os que eu ainda nao conheço.
    O livro Cem anos de Solidao é um marco na minha "conversão" a literatura. Foi com ele que retomei o gosto pela leitura e partir dele, fico imaginando o quanto deve ser lindo achar um dia um lugar encantado como a Macondo.
     
  14. Liv

    Liv Visitante

    Lindo? Tem uma boa dose de "terrível", heim. Olha, já passei por quatro meses de chuva (lembram da enchente em sc no ano passado? pois é) e não é nada lindo....
     
  15. ricorde

    ricorde Usuário


    Liv,
    de fato olhando de uma maneira realistica acho que devo concordar com voce,mas em que outro lugar do mundo a gente encontraria personagens tão marcantes como lá? Acho que o lindo ta no encanto dos personagens, e nem tanto na velha Macondo.
     
  16. aces4r

    aces4r Usuário

    Estava pensando, quantos anos viveu Úrsula Iguarán? Mais de 100 com certeza. Uns dizem 130, talvez exagero, ou não.
     
  17. amulhercerta

    amulhercerta Usuário

    não consegui gostar deste livro. achei confuso.
     
  18. Calib

    Calib Visitante

    A confusão dos nomes é claramente proposital. Então, eu não me preocuparia em ter à mão uma árvore genealógica para a leitura.
    Ah, sim: um dos melhores livros já concebidos pelo Homem.
     
  19. aces4r

    aces4r Usuário

    Eu imprimi uma árvore genealógica que achei na Wikipédia, foi bastante divertido.
     
  20. Pips

    Pips Old School.

    Por mais confuso que seja, achei ótimo me confundir na época da primeira leitura, faz você ter apegos com determinados personagens e se ligar às histórias de uns mais que dos outros - apesar de todos fazerem parte da mesma história gigante cheia de microcosmos.

    Se alguém pedisse minha opinião, eu jamais deixaria a pessoa ler na primeira vez com a tal árvore genealógica.
     

Compartilhar