1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Evento As 5 Melhores (5ª Semana) - Pixies

Tópico em 'Música' iniciado por Excluído046, 9 Jan 2012.

  1. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Quando o Phantom Lord me avisou que Pixies tinha vencido, eu senti um misto de felicidade e tristeza. Dei um sorriso, involuntário, e, depois, pensei algo bem do tipo, e agora, Cleonice? Não é fácil escolher cinco momentos preferidos/ marcantes da sua vida, é? Pois é, digamos que minha relação com Pixies seja forte a esse ponto. Não conheci a banda de um jeito muito convencional (como vocês podem ver
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ), mas, muitos de vocês, aqui no fórum, devem entender disso, já que muita gente aqui conheceu namorado (a)/ marido (esposa) em um fórum de internet, por causa de Tolkien. Eu conheci Pixies por causa da minha já alardeada curiosidade, e vocês não imaginam como foi a minha surpresa quando percebi que Pixies me conhecia! Sim, aquelas músicas com toques surrealistas, que falavam sobre aquilo que as pessoas evitam falar: o estranho, a estranha loucura que nos move... aquelas músicas pareciam o roteiro de uma viagem ao meu mundo. Aí chegou o momento em que eu não conseguia mais separar o meu mundo do mundo de Pixies. Pronto. Não tinha mais volta. E se tivesse? Eu não voltaria. Eu não voltaria porque Pixies é, para mim, a melhor tradução de que não é preciso fazer sentido para existir. Na realidade, o que existe é a falta de sentido e, como não sabemos lidar com ela, tentamos atribuir sentido a tudo. Eu escolhi ser a Lady in the Radiator Song. David Linch me entenderia. Para quem não conhece a banda, o Phantom criou um tópico FODA no Meia Palavra. Não deixem de conferir. Apreciem SEM moderação:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Hora da escolha, né? Um aviso, NUNCA, NUNCA, NUNCA que conseguirei dizer que alguma música da banda não seja minha preferida. Sabem aquele lance de que o fato de você ser fã não te impede de dizer que a banda tem músicas ruins? Funciona comigo, com todas as outras bandas que adoro, mas não com Pixies. Para mim, Pixies, realmente, não tem nenhuma música que eu não goste. Então, sim, gosto de todas, e o que tentarei fazer, é pegar algumas mais representativas, só isso. E falharei, miseravelmente.

    1 - Velouria (Bossanova, 1990)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Certa vez, ao ser interrogada se acreditava em disco voador, eu respondi: "Eu acredito em Raul Seixas e em Pixies". A pessoa, fã de Raul e de Pixies, compreendeu o que eu disse. Mas não sei as pessoas conseguem compreender qual é o maior trunfo de Velouria. O Bossanova é um álbum simpático. Se for ouvido com TODO O CORPO, ele será SENTIDO. Mas as pessoas não entendem a irônica magia de Velouria. A introdução da música, com um apelo melódico romanceado, nos prepara para uma canção melosinha e tal, mas aí nos deparamos com um aviso de que we'll trampoline finally through the roof on to somewhere near and far in time... vamos pular até fugirmos da lógica, do tempo, de tudo o que é convencional, vamos para as sobrenaturais histórias californianas, vamos! Pixies, com o muito que bebeu do punk, aponta, sempre, para o não convencional, enquanto "cava" por fogo, como podemos ouvir na selvagemente sensual "Digging For Fire", mais uma canção do belíssimo Bossanova. Menção honrosa: Is She Weird, que acabou virando o nome do meu tumblr.


    2- Where is my mind? (Surfer Rosa, 1988)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Nas canções de Pixies, tudo existe, tudo é verdade, até as inverdades. Principalmente as inverdades. Surfer Rosa é estranhamente perfeito. Fico triste com quem não consegue captar a MAGIA desse álbum. Eu acho impossível que alguém consiga não se deixar envolver pela gritaria insana do Francis. O cara tritura suas cordas vocais, faz da autodestruição a sua arte. E o backing suave, sensualmente sussurado da Kim Deal? E a guitarra que SE TRANSFORMA EM PESSOAS, de tanta vida que flui de suas cordas, do Joey Santiago? E as batidas fortes do David Lovering, em uma bateria que, sim, é o ACELERADO, DESCOMPASSADO coração da banda? Resultado: transe coletivo. O álbum, inteiro, é digno de nota. Eu poderia, e até queria, falar, demoradamente, sobre cada canção, mas preciso falar apenas sobre uma. O que dizer sobre a pergunta mais filosófica que se pode fazer? É preciso ter uma mínima noção de que tudo está flutuando para se conseguir perguntar Where is my mind? Acho que essa é uma pergunta atemporal. Acho, até, que é a pergunta que a Geração perdida se fazia, por meio dos seus livros, telas, etc. A minha mente está no barulho, som de garagem, no mistério, no Surf, nas coisas desconexas, no sobrenatural, nos créditos de Clube da luta, com tudo (e a minha própria mente), se explodindo. A minha mente está na proposta de estar no mundo por meio do não estar. Para que manter os pés no chão se eles podem estar no ar? With your feet on the air and your head on the ground...


    3- Debaser (Doolittle, 1989)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    HEY! I BEEN TRYING TO MEET YOU! É o que esse álbum falou para mim, desde a primeira vez em que, paralisada, engoli cada acorde musical que ele me apresentou. Para que dizer o que todo mundo diz sobre Doolittle, hein? É aquela velha história, que eu sempre digo, e que TODOS os fãs de Pixies sempre dizem: esse álbum é tão foda que até parece uma coletânea. Eu já devo ter falado isto umas mil vezes, mas é interessante saber que Smell Like Teen Spirit foi uma tentativa do Kurt Cobain de fazer algo como Debaser. E todo mundo sabe que Debaser fala sobre o clássico, e insólito, “Um cão andaluz”, de Buñuel. E isso eu não sei se já falei em algum tópico (provavelmente, falei no tópico de "Meia-noite em Paris"), eu IDOLATRO o Buñuel. E toda a sujeira harmônica da música, faz com que ela nos diga, o tempo inteiro: Don't know about you, but I am un chien Andalusia.


    4- Planet Of Sound (Trompe Le Monde, 1991)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Fã é uma merda! Acho Trompe Le Monde um álbum tão subestimado, que fico tentada a defendê-lo por horas e horas e horas. Quando interrogado sobre o motivo de a banda ter acabado (sim, claro, antes de eles voltarem, antes de tudo, muito antes do show que eu não pude ir :cry: , etc.), o Frank Black disse que é porque eles já tinham experimentado de tudo com Pixies. Eu acho que, embora pareça exagerada, essa fala tem lá um sopro de sentido. Trompe Le Monde é a síntese desses experimentos. É um álbum pesado, maduro, que antecipou muito do que as bandas que despontaram no fim da década de 1990 e durante a década de 2000 fizeram, como se pode perceber ao ouvir Trompe le Monde, canção que dá nome ao álbum, a irônica U-Mass, Alec Eiffel, The Sad Punk, etc. Elegi Planet of Sound para representar o álbum porque gosto da luta entre a voz e os instrumentos para decidirem quem faz mais barulho, para alcançar todos os lugares do planeta terra. O mundo começou com o Big Bang? Balela, o mundo começou é com a explosão musical de Planet of Sound.


    5 - I've been tired (Come on Pilgrim [EP], 1987)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Nunca indico o Come on Pilgrim para quem ainda não é fã de Pixies. É o tipo de coisa que só fã consegue curtir, porque ele ainda não mostra Pixies em toda sua (não) coerência. Ele tem pinceladas do que Pixies viria a ser. Então, quando você passa por Doolittle, Bossanova, Surfer Rosa e Trompe Le Monde, sente a necessidade de ver o "como tudo começou". Come on Pilgrim te permite ver isso. Gosto de I'ven been tired pela sua coragem de ser um diálogo, de ser um diálogo não púdico, de falar sobre os desejos mais reprimidos de uma forma GRITADA, RASGADA, DISTORCIDA, e até bem humorada. Quem, por pelo menos um segundo, nunca quis cantar como Lou Reed? Mas eu Quero ser John Malkovich.

     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Poucas vezes eu vi um post sobre músicas TÃO BOM. É sério, é muito difícil escrever sobre música (eu pelo menos tenho uma boa dificuldade), e é difícil também ler algo tão bem escrito sobre uma paixão. Acho que a senhorita devia reativar seu blog, sabe, reunir esses posts fantásticos num lugar só :clap:
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Zé da Manivela

    Zé da Manivela Usuário

    Eu descobri Pixies numa dessas tabelas da Last.fm há uns anos atrás. Melhor coisa não poderia ter acontecido.

    (me sinto na necessidade de comentar aqui, porque Pixies é (L). E eu tinha sugerido "Cleo's digging for fire" pro tumblr da Cléo, então bem se vê que eu também sou fã da caixinha de loucura do tio Charles Thompson).

    Recomendo FORTEMENTE a versão de Head On, do Jesus and Mary Chain, que tá no Trompe le Monde. Fora isso, que tal mais um argumento de autoridade? Já que a Cléo já lembrou do Kurt, eu lembro do Thom Yorke, o qual disse que colocar Pixies pra tocar antes do Radiohead, no Coachella, não fazia sentido. Pois é, esse post também não faz.

    (escrito ao som de Pixies, o que justifica)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Cadê sua listinha, Digo?
     
  5. Zé da Manivela

    Zé da Manivela Usuário

    LOL

    Ok, lá vamos nós, embora eu não vá ser tão bem sucedido quanto a Cléo pra descrever as músicas.

    1 - A já citada
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , versão do Jesus and Mary Chain. E uma versão decente, pra compensar o crime feito pelo Renatola. Fora isso, mesmo não sendo deles, essa música parece ter sido feita pra eles. "and the way I feel tonight / I could die I wouldn't mind" é a cara do Frank e sua galerinha do barulho, tacando o foda-se tão característico do seu instrumental, uma fusão de sentimentos contrastantes (desde o belo até o grotesco. Mas o grotesco também pode ser belo, não?). E como alguém comentou nesse vídeo, "it's better than being drunk"

    2 -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    deve ser a minha preferida deles. Eu adoro esse riff alegrinho, e é uma das poucas coisas que eu ainda não esqueci de como tocar (LOL). Mas sei lá o que falar dela. Eu não gosto de falar do que não entendo, e Pixies é uma coisa que eu não ouso dizer que entendo. Só gosto. Muito.

    3 -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Primeiro, preciso falar do desgosto que eu tive ao procurar esse vídeo no Youtube e achar um cover do Papa Roach (tão ruim quanto o do Legião pra Head On). Dito isso, Gouge Away explica bem o que é o loudQUIETloud. Sensual, agressiva... sei lá, uma síntese do que é Pixies.

    4-
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . DÃM DÃM DÃM, DÃM DÃM, DANAÃM, DANAÃM, DANAÃAM. Outra versão assinada por eles, e de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . E nome da futura gata da Cléo.

    5 - Tava difícil pensar em uma, aí eu abri o Player pra pensar em alguma coisa. Não deveria ter feito isso, porque foi aí que eu não pude decidir qual. Estava quase decidindo por
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e sua letra surrealística e seu baixo pesado e sujo (eu não vou falar de novo da guitarra do Joey), mas daí eu lembrei que os e-mails dos Pixies vem assinados "
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , Pixies", e isso é muito lindo, sério. Então eu vou com essa, porque é bem isso aí, eu amo Pixies (L)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    eu curto pixies mas não sou fãããã perdidamente apaixonada como smiths e beatles, o que acaba se refletindo na minha lista de escolhas bem óbvias e talz.

    1. Where's my mind? - É engraçado, mas comecei a gostar desta música depois de Clube da Luta. A partir daí volta e meia estou ouvindo de novo, mesmo quando não estou necessariamente querendo ouvir Pixies.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    2. Here comes your man - Honestamente, tem alguém que não goste desta música? Acho que foi a primeira do Pixies que ouvi, por isso marcou.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    PS. Estava ouvindo a música agora enquanto selecionava o video, e gente, tuco veio aqui perto e começou a dançar, coisa mais fofa desse mundo :grinlove: Viu? Até o Tuco gosta!

    3. Is she weird - Refrão mais grudento desse mundo, jizuis, escuto isso e fico pelo menos um mês cantarolando os versos hahahaha

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    4. All over the world - Tinha uma rádio aqui de Curitiba que seeeempre tocava essa música na hora que eu estava indo para o trabalho, e até hoje bate uma nostalgia quando escuto. Acho que é aquilo que o nick hornby fala sobre música: "music has this great way of taking you back somewhere at the same time that it takes you forward, so you feel nostagic and hopeful all at the same time."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    5. Hey - Nossa, acabei de lembrar o quanto adoro essa música. Teve uma época que ouvi MUITO, do tipo repeat mesmo (acho que ali por 2004, qdo meu cunhado emprestou um cd com discografia completa dos pixies heheh)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 2
  7. Quickbeam

    Quickbeam Rock & Roll

    Quando comecei a criar minha lista, pensei em fazer algo semelhante à Melian e escolher uma música de cada álbum e mais uma do Come On Pilgrim, mas acabei desistindo da ideia, por ter de deixar muitas músicas prediletas de fora.



    1. Here Comes Your Man (Doolittle, 1989)
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      Acho que é difícil negar que é a canção mais pop do grupo, três minutos de perfeição sonora. Deliciosamente irresistível.

    2. River Euphrates (Surfer Rosa, 1988)
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      Possivelmente o Surfer Rosa é o meu álbum favorito dos Pixies e essa música é outra bem catchy: adoro as guitarras, os "ride, ride, ride" e, é claro, os gritos do Black Francis.

    3. Bone Machine (Surfer Rosa, 1988)
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      Outra do Surfer Rosa, que me ganhou logo de cara, com aquela bateria colossal e o baixo da Kim Deal. Excelente a produção do Steve Albini, que se adequou com perfeição ao som que a banda fazia naquele momento, não é à toa que ganhou a reputação que tem.

    4. Velouria (Bossanova, 1990)
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      No fim do ano passado, acabei escutando bastante essa música, enquanto mixava algumas faixas para um certo presentinho de amigo oculto. E não é que a música continua fantástica?

    5. Wave of Mutilation (Doolittle, 1989)
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      "I've kissed mermaids, rode the El Niño
      walked the sand with the crustaceans
      could find my way to Mariana
      on a wave of mutilation."

      :g:
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Presente mais FODA do mundo, diga-se de passagem! Acho que nunca vou me cansar de te agradecer pelo presente, gostei, mesmo. E também gostei de você ter colocado o "oculto" no lugar do "secreto" porque a chata aqui só fala amigo oculto (ok, nem é chatice, é mineirês, mesmo). XD
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
  9. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Nossa Cleonice, que post excepcional. É prazeroso ler alguém escrever sobre algo que ama de forma tão apaixonada e com tamanha propriedade.E de boa, a definição para “Where Is My Mind?” foi das melhores coisas que já li sobre música.

    Os Pixies foram uma banda que não dei a devida atenção até pouco tempo,mas por influência da Melian acabei mergulhando na discografia deles e sai completamente atordoado e viciado.A banda é realmente incrível.


    E após uma definição tão perfeita da banda,prefiro apenas listar as minhas atuais cinco prediletas deles:


    01 - The Happening (Bossanova,1990)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    02 - Where Is My Mind? (Surfer Rosa,1988)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    03 - Velouria (Bossanova,1990)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    04 - Wave Of Mutilation (Doolittle,1989)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    05 - I Bleed (Doolittle,1989)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 5 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 1
  10. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Decidi ressuscitar o tópico porque, GENTE, estava eu, ouvindo Pixies, no aleatório, aí o wmp passou, NA ORDEM DAS MINHAS PREFERIDAS, LISTADAS NO PRIMEIRO POST DO TÓPICO, as musiquinhas.
     

Compartilhar