1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A Última Legião - Valerio Massimo Manfredi

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Shaytan, 3 Fev 2009.

  1. Shaytan

    Shaytan Usuário

    Em Setembro do ano passado eu estava de cama, sem nada para fazer, até que chega meu irmão de um sebo com esse livro, a principio não me chamou atenção, até poque também não conhecia esse Autor.

    Terminei o livro em 3 ou 4 dias e gostei muito do que li, a história tem uma trama envolvente e bem desenvolvida e a criatividade com que o final se desenrola me surpreendeu muito. Desde ja fica como indicação, vale a muito a pena.

    Alguém ai ja teve oportunidade de ler este livro? ou algum outro deste Autor?

    Segue uma resenha sobre o mesmo:

    *******

    Depois do grande sucesso da série Aléxandros, trilogia sobre Alexandre, o Grande, que está sendo adaptada para o cinema pelo cineasta Baz Luhrmann (do filme Moulin Rouge), o escritor italiano Valerio Massimo Manfredi lança agora um novo romance histórico: A última legião. Desta vez, a trama tem como pano de fundo os últimos dias do Império Romano. O cenário é de decadência, mas ainda com lugar para o heroísmo, a esperança e o amor.
    Roma, ano 476 da Era Cristã. O imperador do Ocidente é Rômulo Augusto, de apenas 13 anos. O jovem, no entanto, mal tem tempo de experimentar o gosto do poder – a mando do general germânico Odoacro, o lugar-tenente bárbaro Wulfila mata seus pais na sua frente e o aprisiona. A vida de Rômulo só é poupada por razões políticas, pois os bárbaros, que já dominam boa parte do império, não querem despertar a desconfiança de Constantinopla nem a ira do povo e do clero cristão.
    O rapaz é mantido prisioneiro na ilha de Capri, na companhia de Ambrosinus, também chamado de Ambrosine, seu velho mestre e protetor. Enquanto isso, um certo Aureliano Ambrósio Ventídio, ou apenas Aurélio, líder guerreiro da legião Nova Invicta, tenta satisfazer o último pedido do pai de Rômulo, Orestes, que lhe dirigiu suas últimas palavras: “Salva o meu filho, salva o imperador. Se ele morrer, Roma morre. E se Roma morre, tudo está perdido.” A Nova Invicta é a última das legiões que, no passado glorioso, existiram para defender o império e assegurar a vida do soberano. Aurélio se mantém fiel a este princípio e parte em busca de Rômulo, a quem sempre considerará o verdadeiro César.
    A missão é ambiciosa e quase impossível. A princípio, ele conta apenas com sua coragem e a ajuda de Lívia Prisca, destemida guerreira por quem acabará se apaixonando. Mais tarde, Aurélio consegue libertar os sobreviventes da Nova Invicta, que tinham sido escravizados por Odoacro, e o grupo rebelde aumenta.
    O próprio Rômulo, entretanto, tão novo e inexperiente, parece conformado com o destino miserável que os bárbaros lhe reservaram, completamente diferente do que imaginava quando fora sagrado imperador de Roma. Mas suas perspectivas mudam quando, por acaso, ele encontra a mítica espada perdida de Júlio César, a mesma que subjugou galos, germanos, egípcios, sírios, numídios e iberos no passado. E é com ela que Rômulo pretende lutar até vingar a morte de seus pais e recuperar o poder.
    A última legião traz uma impressionante reconstituição da Roma antiga. As batalhas são de tirar o fôlego, e a rica descrição das cidades históricas faz o leitor se sentir como se estivesse acompanhando Aurélio em sua viagem através do império. As lendas e profecias que eram difundidas na época vêm à tona. E é impossível não se apaixonar pelos personagens.
    Como se sabe, Rômulo Augusto foi mesmo o último imperador do lado ocidental do Império Romano. Ainda assim, o desfecho do livro é surpreendente – somente no final é revelado ao leitor que a história que ele acompanhou com tanta expectativa é a origem de um dos maiores mitos europeus, muitíssimo conhecido, já tantas vezes contado em livros e filmes. É uma última cartada, magistral, de Valerio Massimo Manfredi, que ninguém poderia imaginar.


    fonte: http://barrosalencar.blogspot.com/2009/01/livro-ltima-legio.html

    ********

    Existe um filme que foi feito recentemente sobre o livro, mas tive medo de assistir só de ver o trailer, parece um filme B. Então, se alguem ja assistiu por favor não leve em conta xD, de assistir poucas cenas ja deu para perceber que alteraram algumas coisas, fantasiando mais, colocando Atores que não tinham qualquer similaridade com os personagens, enfim, estragando qualquer idéia que o livro possa passar.
     
  2. joao p.

    joao p. Guardião da Luz de Arinium

    Eu tenho dois livros da trilogia alexandros, eu gostei muito, mas é um livro para quem gosta de história, não é um romance qualquer.

    gostei muito do manfredi, pretendo comprar outros livros dele e a última legião será um deles!
    assisti o filme da ultima legião tbm...bem ruim, a história é legal,mas acho q faltou verba por isso q o filme não ficou tão bom
     
  3. imported_Raphael

    imported_Raphael Usuário

    Li dois volumes do Alexandros, não gostei tanto. Resolvi insistir com o Escudo de Talos, do Manfredi. Valeu a pena, é bacana.

    Vi a sinopse da Última Legião há bastante tempo, na época tive vontade de ler, mas não está no topo da minha lista.
     
  4. Alisson P.

    Alisson P. Usuário

    Não conhecia o autor.
    Como gosto da história romana, vou colocá-lo em minha lista também.
     
  5. sammynewton

    sammynewton Usuário

    Shaytan,

    Agradeço a dica. Também sou fã de história romana. Vou dar uma procurada neste título.
     
  6. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

  7. Katrina

    Katrina Usuário

    Comprei a trilogia do Aléxandros ontem e paguei somente a bagatela de R$19,90. :happyt:

    Não conhecia o autor e nem nunca tinha ouvido falar de seus livros, mas é histórico, é Alexandre, não resisti. Espero ter feito um bom investimento.
     
  8. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Pois vocês dois fizeram um ótimo investimento! :sim:
    Quer dizer, na minha opinião. Eu tenho os três, já li e adorei!
     

Compartilhar