1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

A morte de Drogo e o Ramo de Hera

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por meerah_vanya, 24 Set 2004.

  1. meerah_vanya

    meerah_vanya Usuário

    Bom, pessoal, depois de muito tempo sem me divertir com vocês, retorno [Lá e de Volta Outra Vez] com muita vontade de discutir algumas dúvidas minhas!!!

    Estou relendo o SdA - SdA e levantando muitas questões, analisando coisinhas que parecem supérfulas...

    1 - Existe alguma simbologia, ou algum motivo em especial no que diz respeito ao início da fase adulta de um hobbit? [33 anos]

    2 - Existe alguma descrição mais detalhada em alguma outra fonte sobre Papai Doispé, Mestre Gorbadoc, Ruivão - Moleiro e o Velho Noques?

    3 - Quantas e quais as línguas e formas de escrita Bilbo Bolseiro conheceu até o final de sua vida?

    4 - O Ramo de Hera era "uma pequena hospedaria na estrada de Beirágua", o que se sabe mais sobre ela?

    5 - Sabemos que o casal Drogo Bolseiro e Prímula Brandebuque morreram afogados. Os Hobbits levantam várias hipóteses. Existe uma certa? Afinal, como eles morreram?

    Na verdade eu havia pensado em criar um tópico para cada pergunta, mas eu acredito que dessa forma podemos discutir de uma forma mais ampla a questão dos Hobbits no primeiro capítulo do SdA. E é muito provável que eu retorne a levantar questões como essas...
    Abraço!
     
  2. Mith

    Mith This server is too busy!

    Talve exista uma resposta melhor que a minha, mas creio que Tolkien quis relacionar a idade dos Hobbits com a idade de Cristo, quando ele morreu, já que o Profressor era católico fervoroso.

    Morreram afogados mesmo, quando foram passear no Beirágua, o barco em que estavam virou com o peso de Drogo, e como Hobbits não sabem nadar, morreram (prova disso, que no final do filma A Sociedade do Anel, Sam quando insiste em ir com Frodo para Mordor, e ele tenta chegar até o barco de seu patrão, quase se afoga nas águas de Rauros).
     
  3. Fëohtar

    Fëohtar Usuário

    Sei não, Mith, Tolkien odiava alegorias e combatia qualquer tipo de tentativa de encontar simbolismos escondidos nas suas obras, como ele diz no prólogo do SdA. :mrgreen:
     
  4. meerah_vanya

    meerah_vanya Usuário

    Mas, se não me engano, essa é uma das hipóteses que alguns hobbits da Vila acreditavam ser a verdadeira, mas outros pensam de formas diferentes... E se eu conheço realmente os hobbits :mrgreen: , eles adoram contar histórias... será que em algum outro lugar JRRT não explicou isso???
     
  5. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Não, a morte dos pais de Frodo é realmente essa; não foram levantadas outras hipóteses, e se foram, essas sim é que são as histórias... Drogo e Prímula morreram realmente afogados, se assim não fosse saberiamos, pois concerteza seria referido, nem que Tolkien dissesse que eles haviam desaparecido e que se havia inventado aquela história; os pais de Frodo realmente morreram afogados.
     
  6. Smaug

    Smaug Cacho

    Detalhada não deve ter. Tolkien não iria fazer uma descrição sobre esses personagens tão detalhadamente falando de parentes e isso e aquilo. O que há esta na narrativa do início de SdA:

    Mestre Gordobac era sogro de Drogo, pai de Frodo. Morava na Sede do Brandevin, ao sul da terra dos Buques. Ele quem preparava a comida farta para Drogo, que tinha um fraco por comida...

    Ruivão o Moleiro, Velho Noques e Papai Doipsé deviam ser mais alguns hobbits trabalhadores do Condado. Cada um devia ter sua utilidade, mas não eram nada tão importantes ou consideráveis. Eles fazem parte da narrativa inicial sobre a euforia da festa de Bilbo, portanto devem ser personagens que estavam num local reunidos conversando.

    Acredito que só isso que há sobre Ramo de Hera. Além de é claro falar que era cuidada pelo pai de Samwise, o Ham Gamgi ou popularmente chamado pelos hobbits de Bolsão de Feitor.

    De memória acredito que Bilbo conheceu duas: Quenya e as Runas Élficas, além de falar, é lógico, a língua comum.

    "A Fala" ou Quenya, foram aprendidas em Valfenda, quando Bilbo passou a viver lá por um bom tempo com Elrond, onde escreveu seu livro, o Livro Vermelho do Marco Ocidental.

    As Runas Élficas, Bilbo conheceu na sua inesperada aventura para Erebor. Se você leu O Hobbit, provavelmente se lembre de mapas que o Sr. Bolseiro viu e da porta da Montanha Solitária que tinha em Runas Élficas as escritas "Tantos pés de altura tem a porta..."
    Vale lembrar que ao contrário do Quenya, as Runas não foram criadas por Tolkien. Elas já existiam muito antes nas histórias Nórdicas, mas isso é outro assunto...
     

Compartilhar