1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

The Leftovers (1ª Temporada)

Tópico em 'TV' iniciado por Heberus Stormblade, 25 Ago 2014.

  1. Heberus Stormblade

    Heberus Stormblade Paz e Amor

    Sinopse

    E se sua vida fosse terminada em um instante? E se sua esposa ou seu filho desaparecesse bem na frente de seus olhos? Será que foi o arrebatamento ou algo mais difícil de explicar? Como você reconstruiria sua vida após eventos tão devastadores? Essas são as questões que confrontam os cidadãos de Mapleton, uma comunidade suburbana que perdeu centenas de pessoas em um repentino arrebatamento.

    Trailer

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ---------------------------------------------------------------
    Assisti aos primeiros 6 episódios e até então venho achando a série excelente.
     
  2. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Gostei do piloto também. Assisti o piloto de Fargo no mesmo dia e estou priorizando esta, mas logo voltarei pra The Leftovers.
     
  3. Heberus Stormblade

    Heberus Stormblade Paz e Amor

    Em seu décimo episódio a primeira temporada chegou ao fim.

    Gostei bastante desta primeira temporada, não consigo pensar em nada negativo.

    Um adendo especial ao último episódio que conseguiu construir muito bem a tensão vivida pelos personagens com o simples silêncio ou uma trilha sonora marcante.

    Um certo personagem conseguiu transmitir a mim seu sofrimento de maneira muito vívida, acho isto incrível!
     

Compartilhar