1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sobre o Rei Turgon

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Excluído028, 23 Dez 2008.

  1. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Eis uma personagem que muito me desgosta. Colocarei algum dos motivos a seguir.

    Após as Nirnaeth, o novo Rei Supremo dos Noldor, dá os mais claros sinais de covardia. Mandou fechar a entrada de seu reino, e o resto de seu povo que se virasse. Enquanto Gondolin retomava as atividades internas, conseguindo alguma estabilidade, Nargothrond caía sem receber auxílio algum. O Supremo Rei dos Noldor só se importava com os Noldor que estavam dentro de seus domínios: os gondolindrim, enquanto um enorme contingente de sua gente passava os mais graves apuros pelas terras então inóspitas de Beleriand. Os homens de Húrin e Huor morreram, acredito eu, esperando que Turgon se fortalecesse novamente e desafiasse o Escuro Trono. E o temeroso monarca toma tal atitude!

    Os conselhos de Ulmo foram desprezados por orgulho e comodidade, resultando numa enorme encrenca que quase condenou as "Terras de Cá" ao jugo definitivo da Sombra Maior.

    Quanto ao heroísmo? O pai conduziu seu povo por Helcaraxë, liderou a vitória na Dagor Aglareb e se bateu com Morgoth. O irmão mais velho salvou Maedhros nas Thangorodrim, liderou os cavaleiros que expulsaram Glaurung em sua primeira aparição, transformou Ard-Galen num lugar temido pelos servos de Melkor, e foi necessária a ajuda de outro balrog para que Gothmog conseguisse finalmente matá-lo. A irmã era aventureira e destemida, passou por vários perigos e morreu para salvar o filho. E quanto a Turgon? Fora o que já foi citado, quando as forças inimigas tomaram Gondolin ele ficou doidão, gritou qualquer coisa do alto de sua torre e morreu encurralado por orcs. Que grandioso fim, não? Isso se desconsiderarmos que Gondolin caiu por méritos próprios. Para que ele pudesse ser colocado a altura dos membros de sua família, faltou uma boa quantidade de sangue na lâmina de Glamdring, acho eu. :roll:

    Mas Turgon tem um grande feito no curriculum: Idril. Dela veio a salvação de edain e eldar. Ou seja, o maior feito de Turgon foi sexo. :think:
     
  2. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Não esqueça de que foi emplorado por Hurin para que Turgon se retirasse com tudo o que conseguiria de seus elfos do norte das Nirnaeth Arnoediad, porque iria ser o último dos Reis dos Noldor.
    E com isso ficou em sua cidade oculta até o fim. E resistiria muito tempo se não fosse por Hurin em desespero revelar-se.

    Não aceito nenhum pouco dizer que Turgon não ajudou em nada aos Noldor. Os exércitos de Gondolin sempre estiverem ao lado das hostes de Fingolfin nas batalhas contra Morgoth.
    O que poderias citar era de que a ajuda não vinha de Thingol e não de Turgon. Thingol sim que desertou os Noldor e não os ajudou em nada até o fim.

    Turgon sabia que era o último Rei dos Noldor e que tinha o último reino, não seria sábio ir confrontar Morgoth apenas com seus exércitos, e com isso mostraria o segredo de seu reino secreto ficando muito vulnerável.

    Os conselhos de Ulmo foram ouvidos bastante porém não um último.
    Ora toda linhagem dos eldar veio de Turgon como o último Rei Supremo.
    Sem Idril não haveria Elrond e nem Númenor. E muito menos a salvação para a Terra Média.
     
    Última edição: 23 Dez 2008
  3. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Provavelmente confundiste-te, "norte das Nirnaeth Arnoediad"? A Nirnaeth Arnoediad foi uma batalha na qual ele e o seu irmão Huor aguentara a retaguarda para permitir Turgon fugir com o que restava dos Noldor. E se lembrar-mos que Maeglin foi quem denunciou a cidade para Morgoth, talvez a sua ruína não tivesse sido culpa de Húrin! Este apenas deu "uma ideia" de onde seria a Morgoth!

    Durante o seu reinado em Vinyamar, não posso dizer se ajudou muito ou não, mas durante o seu reinado em Gondolin, ele apenas participou na Nírnaeth Arnoediad, eles não "estiveram ao lado das hostes de Fingolfin nas batalhas contra Morgoth"! Fingolfin, ao tempo da Nirnaeth Arnoediad já tinha passado para Mandos!
    Quanto a Thingol, a sua situação é muito diferente! Antes de os Noldor chegarem à Terra Média, Thingol foi quem aguentou as hostes de Morgoth praticamente sozinho! É verdade que a sua ajuda com os estimados 40000 guerreiros (informação wikipedia :roll: que achei provável) seriam de enorme importância, mas depois da primeira batalha de Beleriand ele "fechou" Doriath para sua segurança! Ele permitia a entrada aos Noldor de Finarfin por estes serem descendentes de Olwë, mas ele descobriu que os filhos de Fëanor eram responsáveis pelo Fraticídio de Alqualondë e não os pode perdoar por terem morto tantos da sua família (Teleri). Cortou as relações com os filhos de Fëanor e eu não o culpo por isso! Mais tarde Celegorm e Curufin raptaram-na para o primeiro casar com ela! Como podem esperar que Thingol se alie com tais pessoas?! E por fim, mais tarde, os mesmos Noldor foram a sua ruína, quando destruíram Doriath em busca da Silmaril que tanto trabalho tinha dado a Beren e a Lúthien obter!

    Pelo que pesquisei, haviam duas versões do aviso de Ulmo, uma em que pedia a Turgon que encontrasse Morgoth em campo aberto que sairia vencedor e outra (no Silma publicado, acho) em que o avisava da queda de Gondolin e dizia para procurar um caminho para Aman. Turgon rejeitou as duas! Eu aqui também compreendo a situação dele! Ele sentia que podia proteger o seu povo naquele refúgio, ninguém lhe garantia segurança se ele pusesse a população da cidade (que não era pouca) em andamento por campo aberto até, por exemplo, os portos de Círdan nas Falas!

    As decisões em tempo de guerra não são fáceis e acarretam muitas consequências! Quando jogamos jogos de estratégia, não temos medo de perder um ou dois ou mil soldados para cumprir o nosso objectivo! Mas aqui falava-se de vidas! Milhares de vidas pelas quais tanto Turgon como Thingol eram responsáveis!

    ;D
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  4. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Sobre as Nirnaeth Arnoediad, Hurin e Huor deram cobertura para Turgon sair com tudo o que pudesse conseguir de seus "elfos do norte" para que pudesse ainda viver em seu reino, pois Hurin sabia que a batalha estava perdida e que seriam todos mortos, a única escolha era livrar Turgon como era o ultimo rei supremo dos noldor na Terra Média.
    Foi de Hurin tanto pedir e implorar para Turgon se retirar que isto aconteceu.

    Quando quis me referir a Thingol, apenas comparei os lados, pois Thingol não ajudou em nada mesmo os Noldor comparado com Turgon. Se bem que Thingol odiou Fëanor e seus filhos e não os da linhagem de Fingolfin e Finarfin, pois estes não os fizeram mal. Thingol focou os filhos de Fëanor pela suas traições com os bardos e para com sua filha.
    Agora querer dizer que Turgon fez apenas "sexo" de importante em toda a história e ridículo.
    A culpa digamos que foi de todos que deram pistas e se pronunciaram sem pensar de aonde seria Gondolin, pois se Hurin não tivesse pronunciado o nome de Turgon ao desespero perto das Montanhas que faziam fronteiras com Gondolin, Morgoth não saberia que era lá, e muito menos iria tramar e vigiar aquelas montanhas para que no futuro conseguisse capturar Maeglin a traidor que foi o fim para suas duvidas de que o reino de Turgon era lá.

    Como vou-lhe dizer.... Não é nada fácil alguém deixar o que construiu toda a vida e moldou para seus descendentes, por um lado entendo o porque de que Turgon não atendeu o aviso de Ulmo, mais por outro lado também ele colocou seu povo todo em risco por amor a seu reino e certeza de que ninguém iria descobri-lo pelo menos por algum tempo em que poderia tentar fazer algum plano.
     
  5. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    O último rei supremo dos Noldor na Terra Média foi Gil Galad.

    Realmente. Ele matou uns dois ou três orcs também. :roll:
    E eu não disse que ele fez apenas sexo. Eu disse que o maior feito dele foi sexo... aí já vai uma grande diferença.

    Ele a construiu sabendo que uma hora teria que abandoná-la.
    E mais uma vez gostaria de lembrar que o povo de Turgon são os Noldor, e não apenas os gondolindrim.

    Em que momento eu usei os termos "não ajudou em nada"?

    Ulmo era um aliado poderosíssimo e importantíssimo, o único dos Valar a ajudar efetivamente os Noldor. Todo e qualquer conselho dele deveria ter sido ouvido, custe o que custasse.
    Sobre a linhagem de Turgon, não disse nada que contrariasse.
    Mais uma vez reiterando que o último Rei Supremo foi Gil Galad.
     
  6. Daewen

    Daewen Elener

    Acho que Historiando exagerou ao reduzir a participação de Turgon apenas ao fato de ser pai de Idril.

    Vamos lembrar que Turgon se voltou contra Feanor ainda na época do Juramento, tanto que a desavença quase chegou as espadas. Depois se viu abandonado pelos parentes e teve que vencer com seu pai o gelo da Helcaraxë, onde sofreu outra grande perda, sua esposa Elenwë.
    Se pensarmos só nesse fato em questão, já temos motivo de sobra pra esperar de Turgon um afastamento de Feanor e seus filhos. Ele podia culpá-los indiretamente pela morte de sua esposa, no gelo. E os filhos de Feanor já tinham lhe abandonado a própria sorte uma vez...

    Além disso quando seu irmão, Fingon lutou contra Morgoth, Turgon tb esteve presente e lutou junto dele, contra um número de inimigos três vezes maior que suas forças, só saindo do combate a pedido de Húrin.

    Quanto aos conselhos de Ulmo, Turgon como todo rei era orgulhoso. Gondolin era o fruto de toda sua vida de trabalho e esforço e ele faria tudo para protegê-la até o fim. Mesmo que pra isso não ajudasse os que lá fora lutavam. Ele a considerava inexpugnável e totalmente segura, por isso não a abandonou tão facilmente.

    Acho que Turgon foi um grande rei dos Noldor e como todos os outros teve suas falhas e seus méritos. Sem a presença dele a historia de Beleriand seria bem diferente, então acho que não devemos menosprezar seu papel assim.

    Ah, Gil-galad só foi rei depois da morte de Turgon. E nem herdeiros deixou. Seus feitos como rei se deram muito mais nas eras seguintes que na 1 era. E praticamente toda a descendecia noldor vem de Turgon e sua filha, então acho que ele realmente foi o Ultimo Grande Rei dos Noldor na 1 Era...
     
    Última edição: 23 Dez 2008
  7. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Bem! Já percebi! "Elfos do Norte" é uma coisa "as Nirnaeth Arnoediad" são outra... lol... erro de comunicação! Como estás a referir-te à balha no plural, achei que estavas a confundir com o nome das montanhas (não percebo porque dizes "as nirnaeth arnoediad") e pensei que querias dizer que Turgon, com os seus elfos, fugia do norte das montahas! Esclarece o porquê de usares o plural! ;)

    Eu acho que Thingol foi importante, inicialmente, na luta contra Morgoth e que depois simplesmente não permitiu que soldados seus (excepto Beleg e mais uns quantos) lutassem ao lado dos seus inimigos! Compreendo completamente! Não podemos esquecer que nas batalhas contra Morgoth, os reis dos Noldor assumiam-se como comandantes, quando na realidade todos eles deviam obediência ou pelo menos respeito a Thingol, pois ele era o Rei-Supremo de Beleriand! Tudo bem que os noldor instauraram reinos, mas mesmo assim, Thingol era o senhor por direito!

    Aqui, acho que já concordamos! Já disse que é muito difícil deixar para trás uma cidade e arriscar a segurança do seu povo! Mas como já foi dito, ele recebeu um "aviso" de Ulmo e depois de tudo o que este Vala fez por ele, ele devia ouvir mais os seus conselhos!

    Aqui existe um paralelo entre Thingol e Turgon! Ambos não se davam bem com Fëanor (vai-se lá saber porquê! o meu Tar-Saitor é muito legal! LOL) e tinham desavenças com os seus filhos, já daí torna-se difícil serem grandes apoiantes deles!

    Essa parte vem de onde Daewen!? Isso significa que as forças de Morgoth contra Turgon eram de apenas 30000!?

    Aqui ele mostra cometer o mesmo erro que tantos outros reis e senhores cometeram ao longo da história! O orgulho excessivo e a falsa confiança em si e nos seus! Nada é indestrutível ou inexpugável (tirando talvez Eru e ainda assim, eu acho que ele é destrutível)! Ele deveria ter seguido os conselhos do Vala que tanto o ajudou!

    Gil-Galad foi o último Alto-Rei dos Noldor na Terra Média! Seja na 2ª ou na 1ª Era, ele foi o último! Turgon foi um dos Altos-Reis...

    ;D
     
  8. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Salve Daewen. Realmente, acho que exagerei em alguma medida. :hihihi:
    A passagem do Silmarillion em que Fingon ouve as trombetas de Gondolin, anunciando a chegada do exército não-esperado é realmente muito empolgante. Mas após as Nirnaeth, quando se tornou Rei efetivamente de todos os noldor, ele foi um fiasco como tal.
    Mas não sei se eu entendi bem, quando você usa desses argumentos para justificar o afastamento de Turgon em relação ao povo dos Filhos de Fëanor, você o faz para justificar a idéia de abandono dos mesmos após as Nirnaeth, com o fechamento de Gondolin? Se sim, quero pontuar que a Casa de Fëanor não era o único contingente Noldorin fora das fronteiras de Turgon. Nargothrond ainda estava lá, e após a queda desta é possível que muito dos seguidores da Casa De Finarfin tenha se refugiado junto aos filhos de Fëanor.

    Gondolin não era o fruto do trabalho de toda a sua vida. E não acho válida essa premissa de que todo rei é orgulhoso. Em todo caso, Turgon desde o início, quando construiu Gondolin orientado por Ulmo, já fora avisado para não ter amor demais à obra de tuas mãos, que haveria de abandonar a fim de salvar elfos e homens. E quando você coloca "mesmo que pra isso não ajudasse os que lá fora lutavam", que não eram poucos, acredito eu, já demonstra o fiasco de Supremo Rei dos Noldor que ele foi.
    Eu acho a presença dele no Legendarium importante sim, não me entendam mal. Mas como Supremo Rei dos Noldor, para mim ele foi um fracasso. Talvez bom Rei para os Gondolindrim, mas não para os Noldor.


    Com a morte de Turgon, na Primeira Era, Gil-galad automaticamente era o Rei Supremo dos Noldor. Não acho válida a afirmação de que Turgon foi o último Supremo Rei dos Noldor na Primeira Era, só porque para Gil-Galad as coisas só ficaram realmente feias na segunda Era.
     
  9. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Eu quis me referir aquele tempo em que Turgon estava no seu apogeu, na primeira era, ele era o ultimo Rei Supremo filho de Fingolfin que estava na Terra Média e não aos filhos dos filhos de Fingolfin. Por isto Hurin quis salvá-lo e sabia que o reino de Turgon seria o que mais iria resistir a Morgoth. Ele foi o último Rei Supremo dos Noldor da PRIMEIRA ERA.

    Como construiu sabendo que uma hora iria abandoná-la? Poderia um dia terem derrotado Morgoth e cessado todo o mal da Terra Média e o reino de Turgon permaneceria, duvido que ele criou com o peso na cabeça de que iria ter que abandoná-lo para a sua destruição.
    E sobre o povo de Gondolin, obviamente que eram elfos noldor, mais isso não vem ao caso pois eu não me referi nada disso.

    Após dizer o termo "covardia" que já foi um insulto a Turgon e esculachar ele mais ainda ousaste dizer que ele apenas teve como um feito mais importante o sexo, que ridículo.

    Completamente sem noção, Gil-Galad é no final da segunda era, completamente fora da história de Gondolin e de Turgon apesar de ser filho de Fingon.
    Acho que já falei na primeira descrição a explicação sobre o último rei dos noldor da terra média. Em que marcou tudo.


    É acho que confundiste tudo ali aonde eu quis dizer sobre a Nirnaeth e ao norte... Eram os elfos do norte se referindo aos noldor do norte aonde se localizavam e não na batalha.......

    Uma coisa que ficou na intriga é o tamanho dos exércitos de Turgon, pois ele foi para a Nirnaeth Arnoediad com apenas 10 mil homens de Gondolin, e porque iria deixar lá 30 mil homens se tinha um exército de 40 mil homens, eu ainda fico na duvida e na crítica sobre este número dos exércitos de Turgon, acho que eram menos.

    A e outra, acho que daqui a pouco isso aqui vai virar um CS. :mrgreen:
     
  10. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...



    Creio! Não posso confirmar, que Ulmo o avisou para não se apegar demasiado às suas construções pois seria obrigado a abandona-las, mais cedo ou mais tarde!



    Não concordo! Completamente!
    Não existem certezas quanto ao pai de Gil-Galad! Já se disse ser filho de Fingon ou de Orodreth, mas Tolkien não deu certezas! Além disso, Gil-Galad não "
    é no final da segunda era"! Gil-Galad nasceu na primeira era e logo depois da queda de Gondolin, ele tornou-se o Alto-Rei dos Noldor! A Queda de Gondolin foi em 510 e o final da Primeira Era foi em 590 (considerando os Anos do Sol)! Ereinion Gil-Galad foi Alto-Rei dos Noldor na Terra Média durante 80 anos da Primeira Era e mais 3441 anos de vida na Segunda Era! Como podes dizer que Gil-Galad foi só no fim da Segunda Era!? É verdade que não lemos tanto sobre os seus feitos, mas isso é porque Morgoth estava preso no Vazio e Sauron não se revelara! Mas mesmo durante a Guerra de Sauron e dos Elfos, Gil-Galad já nos é apresentado!

    Não é correcto dizer que Turgon foi o último Alto-Rei dos Noldor! Nem que estejam a falar da Primeira Era! Gil-Galad foi o último Alto-Rei da Terra Média, na Primeira e na Segunda Era...

    O problema é que estavas a referir-te como "as Nirnaeth Arnoediad" quando o nome da batalha é singular! :think:



    Onde foste buscar essa informação do tamanho do exército de Turgon!? Nunca tinha lido sobre isso! 8-O

    ;D
     
  11. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Gil Galad foi Alto Rei já na Primeira Era. O que você diz é totalmente infundado. Gil-Galad já é Alto Rei em fins da Primeira Era, e reinou também durante toda a Segunda Era, até morrer ao se bater lado a lado com Elendil com Sauron. E mais uma coisa: Gil-Galad não é filho de Fingon. Gil-Galad é filho de Orodreth.

    Porque Ulmo o avisou para que não tivestes amor demais às obras de suas mãos, pois que quando chegasse o momento teria de abandoná-la, e avisou-o do mensageiro que enviaria.
    E isso vem ao caso sim, posto que é parte essencial do assunto do tópico.


    Turgon também é passível de críticas, gostaria de lembrar-lhe. E eu não esculachei simplesmente. Eu disse na abertura da discussão que Turgon é uma personagem que me desagrada... e muito, e apresentei os motivos, todos fundamentados na obra.


    :lol::lol::lol::lol::lol::lol::lol:
    Muito boa!
     
  12. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Você mesmo disse ali em cima essa informação sobre o tamanho dos exércitos de Turgon, de mais de 30 mil homens, se não me engano até 40 mil, com fonte da wikipedia, por isto fiquei na intriga de tamanho os exércitos de Turgon.

    Se for por o ultimo rei supremo dos noldor, poderia ser até mesmo uma rainha, Idril, só que eu falei que não quis me referir a os filhos dos filhos de Fingolfin e sim aos filhos de Fingolfin.

    Esta sobre Gil-Galad ser filho de Fingon ou de Orodreth eu não lembrava mais. Porque lembro que em o Silmarillion conta que era filho de Fingon e que Fingon o levou para os portos para viver com Cirdan. Tenho que reler essa parte pra esclarecer melhor as duvidas, bom saber.
     
  13. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Chegaste antes de mim, companheiro. :mrgreen:
    Verdade, Torugo. Mas a versão que nos traz Gil-Galad como filho de Fingon é um tanto quanto inverossímil, não acha? Acho que na época que estive na Valinor, no passado, tinha um texto aqui na Valinor sobre isso, posto que após a morte de Fingon a coroa deveria ter ido pra Ereinion, seu filho, e não para Turgon, seu irmão.
    No caso dele ser filho de Orodreth a coisa muda de figura. Após a morte de Fingon, que não tem herdeiros, a coroa vai para Turgon, que morre sem ter um filho homem, um varão. Então a Coroa passa para a casa de Finarfin, da qual o herdeiro por direito era Gil-Galad, filho de Orodreth, posto que todos os filhos de Finarfin já estavam mortos.
     
  14. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Isso é verdade, Finwë. Parece-me (não estou certo disso... acho que li em algum lugar) que o próprio Christopher Tolkien declarou ter sido um erro colocar Ereinion como filho de Fingon no Silma.
     
  15. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Caiu a ficha então, eu me concentrei no Silmarillion, pensava que o que estava lá estava correto sobre o parentesco de Gil-Galad mais já que disseste que o próprio Christopher falou que foi um erro então deve ser verdade.
    Me confundi todo ao passar aquele pensamento a cima.
     
  16. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Turgon mais de uma vez é chamado de um dos Noldor mais sábios. Ulmo lhe disse que a guerra dos Noldor contra Morgoth, se fosse desassistida, era sem esperanças. Nargothrond caiu pelo orgulho e maldição de Túrin. Se esta tivesse se mantido oculta, teria demorado mais a cair. Afinal, até a construção da ponte sobre o Narog, Melkor não tinha uma idéia exata da localização do reino de Finrod e Orodreth.

    Da mesma maneira, não fosse pela traição de Maeglin, fruto da Maldição de Mandos, Gondolin teria ainda permanecido oculta por muitos anos, e não fosse pelo orgulho do próprio Turgon, Melkor teria encontrado uma cidade deserta quando finalmente a encontrasse. Palavras do SIlmarillion:

    "(...) Essa posição era sábia na medida de seu conhecimento; pois os noldor ainda não compreendiam a plenitude do poder de Morgoth, nem entendiam que sua guerra contra ele, desassistida, era no final sem esperanças, quer se apressassem, quer postergassem."
    Da ruína de Beleriand e da queda de Fingolfin, O Silmarillion
    Isso é dito quando Fingolfin decide unir os noldor para tentar derrubar o poderio de Angband, pouco antes da Dagor Bragollach.

    O erro maior que Turgon cometeu foi de fato não abandonar a cidade, quando o segredo de sua localização já não era mais tão garantido. O que causou a Queda de Gondolin não foi a recusa de Turgon de entrar em guerra com o poder do Norte, mas sim sua recusa de aceitar o conselho de Ulmo, e foi o mesmo que aconteceu a Nargothrond. Pois os dois elfos que mostraram a Tuor o caminho para o Portão dos Noldor, Gelmir e Arminas, haviam sido encarregados por Círdan de entregar a mensagem de Ulmo a Orodreth, e por feita de Túrin foi também recusado.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  17. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Na verdade, Gil-galad seria filho de Orodreth, e este, seria filho de Angrod. A ascendência do próprio Orodreth também está errada no Silmarillion, apesar de em Contos Inacabados, no conto de Erendis e Aldarion, na carta que Ereinion manda ao rei Tar-Meneldur, ele próprio se identifica como filho de Fingon, eu acho que quando Christopher editou este livro, ele ainda não tinha se decidido a considerar Gil-galad como filho de Orodreth.
     
  18. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Eu agora não posso dar uma resposta completa, mas...

    Os 40000 elfos seriam de Doriath não de Gondolin! Não podemos esquecer que os Sindar eram em muito maior número que os Noldor (eram não eram!? lol)...

    ;D
     
  19. Excluído028

    Excluído028 Excluído a pedido

    Muito bem ponderado seu post, Danilo. :joinha:

    Isso que você disse, sobre qualquer tentativa de guerra desassistida seria em vão, foi dito a Turgon por Ulmo? Eu não me recordo...
    A citação que fizeste se refere a Turgon no contexto da Bragolach, ou a Fingolfin? :think:

    Contudo, o que me pergunto é: Não tem um Rei responsabilidade por seu povo? Ao fechar, Gondolin, e abandonar efetivamente grande parte de sua gente, que mostras Turgon dá?
     
  20. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Obrigado, Historiando.

    Esse comentário é feito durante a narrativa, da tentativa de união dos noldor por Fingolfin. Mas dá uma idéia geral sobre o que os eldar teriam aprendido com as derrotas na Bragollach e nas Nirnaeth.

    Sim, pode ter sido uma certa 'irresponsabilidade' da parte de Turgon, mas analisemos bem. Depois das Nirnaeth, os únicos reinos dos noldor que restavam eram Nargothrond e Gondolin, pois toda a terra dos filhos de Fëanor fora tomada, e eles "vagavam como folhas ao vento" (Da quinta batalha: Nirnaeth Arnoediad). Mas como Morgoth não tinha idéia da localização de Nargothrond, nem idéia exata da existência de Gondolin, esses reinos estariam, aos olhos de Turgon, seguros da malícia de Morgoth. Notícias sobre a queda de Nargothrond só viriam a Turgon bem depois da chegada de Tuor a Gondolin, pois Tuor ainda estava próximo aos poços do Ivrin, indo em direção a Gondolin, quando Túrin passa por ele, indo para Dor-Lómin após a destruição do reino de Orodreth (isso está nos Contos Inacabados).

    Portanto, Turgon sequer tinha idéia que o reino de Nargothrond tinha se revelado aos olhos de Morgoth, logo, não precisaria "se preocupar" com eles.
     

Compartilhar