• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Se fossem 2 filmes, onde vc faria a divisão?

Brunus

Usuário
Eu manteria os três filmes.

Apenas amadureceria o roteiro, os diálogos, deixando mais moderado, fundamentado na mitologia.

O problema todo está nas adições mal conduzidas e de conteúdo infeliz, pois não trazem densidade e ligações, e são clichês e bobas.

Se as adições fossem conduzidas de modo precioso, cuidadoso, esmero, desenvolvendo personagens, com fundamento e conteúdo tolkieano, os filmes ficariam muito melhor.

No primeiro filme, só vejo defeito nos exageros nos Gingantes de Pedra (poderia retirar), a pegada infantil dos globins, e o discurso altamente idiota de Saruman. Porra! O cara é um sábio, poderia ter escolhido melhor as palavras e argumentações dele. Bando de roteiristas tapados!

O segundo filme, começaria o filme mais devagar. Já começou no frisson da caçada. Desenvolveria mais Beorn, e a sua caracterização e a própria escolha daquele ator foi horrorosa. As cenas da versão estendida ficaram ótimas. Tauriel poderia está no filme, porém, a argumentação de seu personagem foi puro clichê de romance juvenil, como a Saga Crepúsculo.

O terceiro é uma desgraça só, pelo menos a versão que saiu no cinema. Tudo muito corrido e sem desenvolvimento, assim como exagerado e sensacionalista. Teria que ver a versão estendida. Mas certamente mudaria as motivações do rei elfo, de Legolas, de Tauriel, de Kili.
 
Última edição:

Brunus

Usuário
Não entendi. Pq?

Diante dos indícios (adaga) e presunções apresentadas por Gandalf, um istari, um maia, um sábio, não um qualquer, Saruman foi de pronto rechaçando tudo, a torto e a direito, parecendo um bitolado, arrogante, infatil.

Esse tipo de comportamento não condiz com a posição dele. Sem falar que ele foi retratado no Conselho em Valfenda, como um idiota, que ficava falando sozinho, criticando por criticar, discordando por discordar. Galadriel, Elrond e Gandalf, de pronto, perceberiam que ele estava com engodo.

Com mais esmero e cuidado, dava para construir argumentações mais convincentes, ricas, sólidas.

Posso está sendo exagerado, mas esse tipo de detalhe levado em conta, desenvolve o personagem e para o telespectador cria um impacto sobre a figura do personagem.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Diante dos indícios (adaga) e presunções apresentadas por Gandalf, um istari, um maia, um sábio, não um qualquer, Saruman foi de pronto rechaçando tudo, a torto e a direito, parecendo um bitolado, arrogante, infatil.

Esse tipo de comportamento não condiz com a posição dele. Sem falar que ele foi retratado no Conselho em Valfenda, como um idiota, que ficava falando sozinho, criticando por criticar, discordando por discordar. Galadriel, Elrond e Gandalf, de pronto, perceberiam que ele estava com engodo.

Com mais esmero e cuidado, dava para construir argumentações mais convincentes, ricas, sólidas.

Posso está sendo exagerado, mas esse tipo de detalhe levado em conta, desenvolve o personagem e para o telespectador cria um impacto sobre a figura do personagem.

Esse é um ponto interessante, meio offtopic, mas tudo bem.

Saruman, nos livros, fez força contra Gandalf de propósito. Ele queria que Sauron ficasse em Dol Guldur, pois assim o mago teria mais chances de encontrar o Um Anel para si. A presença espiritual de Sauron tornava, de alguma forma, mais fácil a localização do Um Anel. Nesse sentido, achei perfeita a participação dele no Conselho Branco. Também não gosta dele falando sozinho aquelas besteiras sobre Radagast comer muitos cogumelos.

Por outro lado, nos livros, quando ele concorda em atacar Dol Guldur, ele realmente quer derrotar Sauron, pois já temia que o Inimigo estivesse forte o suficiente para conseguir sozinho o Um Anel. Eles dois eram concorrentes pelo mesmo prêmio. Nesse sentido, também achei ótima a participação dele no terceiro filme.

Só que ficou um buraco, para quem só viu os seis filmes, sobre o que realmente houve com Saruman. Ele já estava sob influência de Sauron durante o Conselho Branco? Pode parecer que sim. Ele foi enfrentar os nazgûl para disfarçar uma já existente aliança com Sauron? Pode parecer que sim. Nesse sentido, PJ vacilou, deixando o personagem em aberto para quem só viu os filmes.
 

Thor

ἀλήθεια
Hm... Acho que eu dividiria no momento em que o Bilbo consegue abrir a porta secreta da Montanha Solitária. Seria um ótimo final do primeiro filme ali. Imediatamente no momento em que ele abre a porta, os Anões se animam por estarem finalmente "de volta à casa", e dá um fade out ali.

No início do segundo filme já dá pra começar com o Thorin e o Balin conversando com o Bilbo, que tem um "pequeno" problema ali em baixo chamado Smaug.
 
F

Fazedor de Anéis

Visitante
O primeiro filme acabaria quando os barris estivessem aproximando-se de Esgaroth (mostraria Thranduil olhando em direção a cidade do lago com um olhar de desprezo) acabaria com um clima de tensão os anões estão próximos a seu destino final e o senhor dos Elfos perdeu seu prisioneiros...

A segunda parte começaria então com a cidade do lago, entrando na montanha, Smaug descontente, fogo em Esgaroth, Dol Guldur ataque, os exércitos a porte, Guerra....:-D


Seria muito mais interessante e cem cenas tipo: Tauriel e Kili...:blah:
 

Atyarwen

A Hobbit-size Elf
Usuário Premium
Por favor! Pensei nisso, mas não tenho a menor habilidade de edição de vídeos. Fico no aguardo! Única hipótese de eu rever esses filmes.
O pessoal do Forum The One Ring me mandou Uma jornada inesperada e Desolação de Smaug já editado, cortado tudo que não há nos livros. Assisti Desolação, já com as estendidas, e deu cerca de 1:30 h. (o primeiro ficou maior, mais de 2 horas.)
Se vc tiver interesse, acho que posso compartilhar por gmail. Me manda off.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
O pessoal do Forum The One Ring me mandou Uma jornada inesperada e Desolação de Smaug já editado, cortado tudo que não há nos livros. Assisti Desolação, já com as estendidas, e deu cerca de 1:30 h. (o primeiro ficou maior, mais de 2 horas.)
Se vc tiver interesse, acho que posso compartilhar por gmail. Me manda off.

Obrigado por enviar os filmes.

Primeiro filme:

Gostei:

1) Tirar as cenas do velho Bilbo com Frodo. Ficou bem editado.
2) Tirar o papo furado de Bálin e Thórin antes da música da Montanha Solitária.
3) Tirar a perseguição antes da chegada a Valfenda.
4) Manter a maioria das cenas extras.
5) Tirar a música do Grão Orc.
6) Encurtar a fuga da caverna dos goblins.

Não gostei:

1) Tirar a Batalha de Moria.
2) Tirar totalmente Radagast.
3) Cortar Azog em Weathertop.
4) Tirar o Conselho Branco (embora a edição tenha ficado boa).
5) Manter os Gigantes de Pedra.

Gostei dessa versão, mas acho que a omissão do plot em Dol Guldur vai fazer falta. Particularmente, prefiro encurtar a participação de Radagast (tirando a baboseira do Sebastian) e manter o Conselho Branco (tirando algumas coisas, como Saruman falando dos dentes de Radagast, pq né, ele não tem moral nenhuma nesse assunto).
 

Atyarwen

A Hobbit-size Elf
Usuário Premium
Não sei se te falei, mas ele pretende fazer uma edição final, quando sair a E.E de Batalha dos 5 exércitos, algumas cenas ele pretende voltar..... a parte dos gigantes foi editada!
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Não sei se te falei, mas ele pretende fazer uma edição final, quando sair a E.E de Batalha dos 5 exércitos, algumas cenas ele pretende voltar..... a parte dos gigantes foi editada!

Legal. Pra ser sincero, eu nem acho que o primeiro filme precisa de muitas edições. As principais são a retirada dos gigantes de pedra e um encurtamento da fuga das cavernas dos goblins. Já o segundo filme...
 

beeduse

Usuário
Eu tambem manteria 3 filmes... embora eu explorasse e desse mais destaque a sauron/necromancer. Afinal de contas ele É o inimigo e alguem precisa de o impedir... nao gosto muito da ideia de coloca azog como principal antagonista... :s afinal ele é um orc...

Acho que depois do resgate de gandalf... (ele sairia para ajudr na batalha, tal como no livro) poderiam ter colocado uma batalha mais decisiva entre galadriel elrond saruman e sauron... (ppr exemplo, apenas o facto de ele ser expulso/derrotado) permitiu as forcas do bem vencer os orcs na batalha dos cinxo exercitos... qualquer coisa genero. A ideia que me passa (principalmente se fosse um leigo no mundo de tolkien) é que a historia que diz respeito a dol guldur poderia ser perfeitamente eliminada que nao influenciaria demasiado o desenrolar do filme.

Desculpem os erros mas este telemovel sucks... :p
 

Brunus

Usuário
Eu tambem manteria 3 filmes... embora eu explorasse e desse mais destaque a sauron/necromancer. Afinal de contas ele É o inimigo e alguem precisa de o impedir... nao gosto muito da ideia de coloca azog como principal antagonista... :s afinal ele é um orc...

Acho que depois do resgate de gandalf... (ele sairia para ajudr na batalha, tal como no livro) poderiam ter colocado uma batalha mais decisiva entre galadriel elrond saruman e sauron... (ppr exemplo, apenas o facto de ele ser expulso/derrotado) permitiu as forcas do bem vencer os orcs na batalha dos cinxo exercitos... qualquer coisa genero. A ideia que me passa (principalmente se fosse um leigo no mundo de tolkien) é que a historia que diz respeito a dol guldur poderia ser perfeitamente eliminada que nao influenciaria demasiado o desenrolar do filme.

Desculpem os erros mas este telemovel sucks... :p
Eu teria incluído Cirdan.
 

Brunus

Usuário
E Celeborn também. E Radagast também, pelo menos se fazendo presente...

Acho que um CONSELHO não poderia se resumir a apenas quatro indivíduos.

Por quê? Para enriquecer o filme, dá mais peso e magnitude ao Conselho Branco.

Acho que PJ não queria incluí-los para eles não dissipassem a atenção do telespectador a Galadriel.
 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.595,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo