1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Rock e Sertanejo - Ricardo Vignini & Zé Helder

Tópico em 'Música' iniciado por Fúria da cidade, 13 Jan 2016.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Viola caipira combina com heavy metal? A dupla Ricardo Vignini & Zé Helder garante que sim. Tanto é que chega ao mercado neste mês o segundo disco do projeto "Moda de Rock", onde os músicos adaptaram clássicos do metal em ritmo de viola. As faixas vão desde "Refuse/Resist", do Sepultura, passando por "Raining Blood", do Slayer, até "Diary of a Madman", do Ozzy Osbourne.

    O primeiro disco, lançado em 2011, rendeu mais de 300 shows, inclusive no exterior. O lançamento do novo trabalho, que já pode ser ouvido no UOL Música Deezer, ocorre neste domingo (17), às 18h, no Sesc Pinheiros, em São Paulo, e vai contar com a participação do guitarrista Robertinho de Recife.

    Fernando Yakota/Divulgação
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ricardo Vignini e Zé Helder no projeto "Moda de Rock"

    Ao UOL, Ricardo Vignini disse que as duas faixas mais difíceis de adaptar foram "Raining Blood" e "Diary of Madman". "Slayer é rápido e barulhento. Sua velocidade e complexidade deu trabalho", explicou. "A faixa do Ozzy é uma epopeia. Ao estudá-la, deu para ver que ela é quase uma música erudita. É uma composição sofisticada", completou.

    Quando jovem, Vignini se apaixonou primeiro pelo heavy metal. "Os primeiros discos que comprei foram do Judas Priest e do Ramones". Só depois que ele foi estudar a viola caipira. Hoje, o violeiro ensina adolescentes a tocar o instrumento. "Muitos chegam querendo tocar Metallica e Iron Maiden. E eu digo: 'Primeiro vamos aprender Tião Carreiro & Pardinho'. Se você quer aprender guitarra, tem que saber Jimi Hendrix, mas se vai tocar viola, o negócio é com o Tião Carreiro. A mão de um é diferente do outro", explica.

    Para o violeiro, os fãs de rock pesado e viola são parecidos. "Os dois grupos são seguidores fiéis de seus artistas", diz. Por causa disso, Vignini revela que seu trabalho ás vezes é atacado pelo dois lados. "Somos crucificados. Os metaleiros dizem que tocamos Metallica com instrumentos primitivos. Já os violeiros afirmam que estamos ridicularizando a viola".
    Não é o que pensam, no entanto, os guitarristas brasileiros Pepeu Gomes, Kiko Loureiro (que agora está no Megadeath), Andreas Kisser e Lúcio Maia, que já fizeram participações especiais em shows do Moda de Rock. "Estava faltando o Robertinho de Recife. A participação dele neste domingo será incrível", garante.
    Além da dupla com Zé Helder, Vignini também toca em outros projetos, como a banda Matuto Moderno, o Mano Sinistra e uma dupla com o violeiro Índio Cachoeira. "Ao todo, eu já lancei 11 discos diferentes", lembra. "Acho que o fundamental é encarar a música com naturalidade, sem preconceitos e se divertir com o que está fazendo".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ---------------------------------------------------------------------------------------------------

    Acho uma grande bobagem a implicação que rock não pode ser tocado na viola. Já ouvi várias versões da dupla e gostei.

    Alguns exemplos

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. fcm

    fcm Visitante

    Não sei se vocês vão lembrar, mas tinha uma dupla sertaneja de Franca eu acho, que ficou bem famosa, mas que o sonho de um dos irmãos era ser guitarrista, então todo o show (fui nuns 3 ou 4 por ser da região) eles paravam e o cara fazia altos solos de guitarra estilo Joey Satriani / Steve Vai.
    Me fugiu o nome da dupla, mas se eu lembrar eu atualizado aqui, sei que um dos irmãos teve problemas com bebida depois de um tempo e eles brigaram.
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eles misturavam viola com guitarra?
     
  4. fcm

    fcm Visitante

    Sim, lembrei o nome da dupla, Edson e Hudson, aqui um solo do Guns pelo Hudson

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Boa lembrança. Nunca vi ao vivo, mas já tinha visto alguns vídeos deles.
     
  6. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Hudson gravou um disco de hardrock sob o nome Hudson Cadorini. Muito bom por sinal, mas não lembro o nome. :(

    Recomendo ouvirem. Até postei no feice comentando sobre. Indicação de um amigo. A @ettelëa até comentou.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  7. fcm

    fcm Visitante

    • Gostei! Gostei! x 1
  8. ettelëa

    ettelëa introvertida e esquisita

    Ele tocou com Slash... não deve ser má pessoa... rsrsrs
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 1

Compartilhar