1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Publique aquele livro guardado na gaveta ou arquivado no computador sem gastar

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 12 Mar 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Publique seu livro sem gastar nada com isso. (Foto: Thinkstock)​

    Se você tem um romance que nunca saiu da gaveta, um trabalho de conclusão de curso esquecido na biblioteca da faculdade ou uma coletânea de poesias arquivada no computador porque sempre faltou dinheiro para publicá-los, chegou a hora de transformá-los em livros e colocá-los à venda sem precisar gastar um centavo por isso.

    Inspirado nos sites estrangeiros
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , o portal
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    auxilia autores independentes a publicarem gratuitamente seus livros, direto pela Internet, sem intermediação. Depois que o livro estiver pronto, o autor define quanto quer ganhar de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e pode colocar a versão impressa e o eBooks à venda na
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que também tem parceria com outras seis lojas online (Distribuidora Xeriph, Nuvem de Livros, iba, Livraria Cultura, Amazon e Google Books).

    A remuneração do PerSe é 25% do valor que o autor definir como “sua remuneração”, com um piso mínimo de R$1,00. O diretor-geral da PerSe, Antonio Hércules Junior, comemora o sucesso do portal, que foi inaugurado em maio do ano passado e já soma 350 livros publicados.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Capa do livro 'Aqueça Meu Coração'. (Foto: Divulgação)​

    Para
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que tem dois romances publicados pela PerSe (“Vida Após o Amor” e “Pra Vida Toda”) e planeja o lançamento do terceiro (“Aqueça Meu Coração”) em junho, canais de publicação independente como esse são fundamentais aos autores que buscam uma oportunidade no meio editorial.
    desabafa.

    Dos cinco livros publicados por Donnefar Skedar, quatro deles estão disponíveis na PerSe: “Terror Mental”, “Kristendat City - O Orbetite”, “14” e “O Horror da Minha Mente”.
    conta o escritor independente.
    acrescenta.

    Um dos pontos mais importantes desse processo para João Calazans, autor de “Dúvidas & Desejos”, é não ficar dependente de nenhuma editora e se beneficiar com a gratuidade do serviço, mesmo motivo que chamou a atenção da psicóloga e escritora Regina Araújo.
    Os direitos sobre a obra ficam exclusivamente com o autor e ainda existe a possibilidade de disponibilizar a versão eletrônica, o eBook, para download gratuito.
    comenta Patrick Raymundo de Moraes, autor de mais de 31 livros.

    Passo a passo para publicação

    • Crie uma identificação para o seu livro: título, nome do autor, categorias, palavras-chave para buscas, edição, sinopse, entre outros;
    • Defina as caraterísticas físicas do seu livro: formato, acabamento, papel do miolo e se a impressão será feita em cores ou preto e banco;
    • Monte o conteúdo do seu livro: suba o arquivo para o sistema do PerSe e utilize-o para criar e produzir a capa do seu livro;
    • Defina o preço de venda do seu livro: você estabelece quanto quer receber por livro vendido e o sistema calcula o preço de venda;
    • Você escolhe também se quer vender o seu livro impresso, eletrônico (eBook), ou os dois;
    • Caso você queira ajuda para editar, revisar, lançar e divulgar o livro, o PerSe oferece uma série de serviços adicionais de publicação e marketing com um valor adicional.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 7 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  2. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    25% da arrecadação? Jesus!, esse valor é altíssimo, ou é impressão minha?
     
  3. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Tem outros como bookness e cia dos autores. O valor é mais ou menos esse mesmo.
     
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Penso que alguns fatores vão determinar se vale a pena colocar o produto para vender on-line ou não.

    Tem sido cada vez mais difícil geral dinheiro fácil no mundo virtual e a competição anda matando não apenas bons autores mas bandas de música muito boas estão sendo soterradas pelo lixo superficial que inunda os sites.

    A distorção no veículo de divulgação que é a internet tira a oportunidade de bons conteúdos serem veículados e terem a atenção que merecem. As redes e círculos sociais de leitores e os sites de livrarias ameinzam essa crise, mas por serem soluções insuficientes o quadro não é nada bom para autores amadores do Brasil.

    Para fanfics e textos experimentais pode ser bom para ganhar experiência mas se fosse hoje eu não publicaria direto na internet meu livro (isso poderia tirar o lmérito do produto). Eu faria uma experiência com uma tiragem pequena (a menor possível) em algumas livrarias ou nichos escolhidos (de preferência fora do país) para ter uma idéia da aceitação do livro. A internet anda inflada demais por "usuários fake".
     
  5. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Considerando que autores brasileiros correm risco de passar fome se dependerem exclusivamente dos livros, 25% é um absurdo.
    Mas considerando que o alvo são os autores amadores e por isso devem ter outra profissão, não é nada demais, apesar de continuar sendo um roubo isso ae.
     
  6. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Pulsão de morte é um problema. Se eu não morrer de fome como professora, morrerei de fome como escritora.

    P.S.: Não, não sou escritora, mas gostaria de ser.
     
  7. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Não é porque não quer. Já demonstrou que tem talento, para poesia pelo menos.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Pois é, não é porque o mestrado não deixa também? :lol:

    Eu tenho um plano de obra de fantasia e uns apontamentos em filosofia existencial (na verdade, poesia pincelada com existencialismo) que gostaria de publicar, mas em um futuro distante. Preciso ajustar muitas coisas ainda, principalmente no de fantasia, mas... acho a ideia válida. Parece excelente pra escritores amadores.
     

Compartilhar