1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. grond o ferreiro

    grond o ferreiro Usuário

    na coleção 100 respostas eu vi que além de gandalf ,saruman e radagast
    (n sei se escrevi certo ) haviam mais 2 magos que foram para o leste
    , algém poderia me dizer maisd alguma coisa sobre eles ?
     
  2. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Sim, que eram chamados magos azuis e nunca mais se soube nada mais sobre eles, desde que foram para o leste.
     
  3. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

  4. Aurin Felek

    Aurin Felek Usuário

    sim sim, e acredita-se q eles deram inicio a novas ordens de magia e coisas do genero... mais nada se sabe ao certo
     
  5. Finarfin

    Finarfin Usuário

    No Contos Inacabados fala-se um pouco deles:

    " Dos Azuis pouco se conhece no oeste, e não tinham nomes, exceto Ithryn Luin, "os Magos Azuis"; pois foram ao leste com Curunír [Saruman], mas jamais voltaram, e se permaneceram no leste, lá seguindo os propósitos para os quais haviam sido enviados; ou pereceram; ou ainda, como afirmam alguns, foram apanhados por Sauron e se tornaram seus servos, não se sabe agora. Mas nenhuma dessas alternativas era impossível de acontecer;..."

    "Creio que foram como emissários a regiões distantes, a leste e ao sul, muio além do âmbito númenoriano: missionários em terras 'ocupadas pelo inimigo', por assim dizer. Não sei que sucesso tiveram; mas temo que tenha falhado, assim como Saruman falhou, porém sem dúvida de maneiras diferentes; e suspeito que tneham sido fundadores ou iniciadores de cultos secretos e tradições 'mágicas' que sobreviveram à queda de Sauron."

    Nas terras imortais eles eram conhecidos como Alatar e Pallando. Alatar foi escolhido por Oromë para ir à Terra-Média, e levou Pallando consigo. Há um divergência entre Pallando servir a Oromë ou a Mandos.
     
  6. Bagrong

    Bagrong RaG

  7. grond o ferreiro

    grond o ferreiro Usuário

    eu queria saber q abilidades eles tinham
    alguem me ajuda
     
  8. cruzneto

    cruzneto Usuário

    Existe algum relato ou texto que descreva quem habitava e como eram as terras para onde os dois Magos foram????
     
  9. Mith

    Mith This server is too busy!

    Eu acho que Tolkien não deixou nada relatado não. Na minha opinião, eu acho que ele estaria exagerando em detalhar os lugares pra onde uma formiga iria, he he.
     
  10. Cássio_MW

    Cássio_MW Mystic Warrior

    Pelas histórias e últimos relatos encontrados de Tolkien:

    Existiam apenas os 5 magos, porém o cinzento foi extinto já que Gandalf se tornou Branco. Passaram a existir apenas 4, pois Sarumam perdeu o seu poder. Os outros seriam Radagast, o Castanho, vestido de capa marrom. Alatar, o Azul, vestido de capa Azul. E por fim Pallando, o Negro, que vestia capa preta. Esses relatos foram encontrados junto aos escritos sobre a Última batalha. Alatar vivia próximo ao Mar de Rhûn, conhecedor da água e dos seres que a habitavam. E Pallando nas Montanhas de Cinza, no norte, conhecedor da rocha e do feitio. Além disso, nada se sabe sobre esses magos. Porém existem os relatos sobre os magos azuis, do livro "Silmarillion". Mas, sabemos que Tolkien contestou várias de suas criações, com exemplo de como os orcs surgiram.
    Resumindo, a ordem seria a seguinte:
    - Gandalf
    - Radagast
    - Alatar
    - Pallandon
     
  11. Divine

    Divine Usuário

    A existência dos dois magos é inevitável, pois Tolkien os mencionou em 2 livros. Talvez, quisesse guardar esses dois magos para os futuros acontecimentos na terra média, como a Última Batalha. Oque consta sobre os cinco magos é que um deles se tornaria mau, que foi Sarumam.
     
  12. cruzneto

    cruzneto Usuário

    Cassio onde voçê viu isto foi aqui em valinor mesmo ou em outro lugar ou livro?
     
  13. Aurin Felek

    Aurin Felek Usuário

    cassio... eu li o sillma a poko... e nao me lembro de falar nada sobre os magos... em ql parte ele fala?
     
  14. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

    Não exite nenhum relato sobrte os magos azuis n'O Silmarillion, há apenas isto:

    Exatamente quando as primeiras sombras foram percebidas na Floresta das Trevas, surgiram no oeste da Terra-média os istari, que os homens hamavam de Magos. Na época ninguém sabia de onde eles eram, à exceção de Círdan dos Portos, e apenas a Elrond e a Galadriel ele revelou que haviam chegado pelo Mar. ... Apareceram com o aspecto de homens, velhos porém vigorosos, e mudavam pouco com o passar dos anos, só envelhecendo com vagar, embora grandes preocupações pesassem sobre eles. ... De maior projeção entre eles eram os que os elfos chamavam de Mithrandir e Curunír, mas a quem os homens no norte davam os nomes de Gandalf e Saruman. Desses, Curunír era o mais velho e o que chegara primeiro; e depois dele vieram Mithrandir e Radagast, bem como outros dois istari que passaram para o leste da Terra-média e não entram nestas histórias.

    E, caro Cássio, procure se informar melhor entes de postar(principalmente quando essas informações parecem verdades tão absolutas) ou revele sua fonte misteriosa de informações tão precisas.
     
  15. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Ok... esta é a sua versão... agora vai a correta :mrgreen:

    Esse é um ensaio que eu fiz lá por 1999 quando as informações eram poucas e eu tinha acabado de adquirir meu Contos Inacabados da Editora Europa América importado de Portugal. Hoje em dia é possível achar outros textos sobre o assunto, de repente alguns mais completos mas acho que esse é aceitável para responder as dúvidas. A fonte é essencialmente o próprio Contos Inacabados, capítulo Os Istari mas tem outros trechos captados da internet.

    OS ISTARI



    Os sábios(ou feiticeiros que seria a correta tradução de istar do quenya) chegaram na terra média apenas na terceira era e depois partiram, e ninguém, exceto talvez Elrond, Galadriel e Círdan, descobriu de que espécie era ou donde vinham.

    Devemos presumir que eles(os Istari) eram todos Maiar, isto é, pessoas da ordem angélica, embora não necessariamente da mesma categoria. Os Maiar eram espíritos, mas capazes de auto-encarnação, e podiam assumir formas humanas.

    O número de membros desta ordem é desconhecido, mas dos que foram para o Norte da Terra-média, onde havia mais esperança, os chefes eram 5.

    Quando decorrera talvez um milênio da Terceira Era, e a primeira sombra se abatera sobre a grande Floresta Verde, os Istari apareceram na Terra-média. Disse-se que tinham vido do Extremo Ocidente e eram mensageiros pelos Valar, com consentimento de Eru, enviados para contestar o poder de Sauron e unir todos quanto tinham vontade de lhe resistir; mas estavam proibidos de responder à força com força.

    Chegaram portanto sob a forma de homens, embora nunca fossem jovens e só envelhecessem lentamente, e tinham muitos poderes de espírito e de mãos. Revelaram seus verdadeiros nomes aos poucos.

    O primeiro a chegar possuía nobre aspecto e porte, tinha cabelo negro azeviche, uma vos suave, vestia branco, possuía grande arte em trabalhos de mão e era considerado por quase todos, até pelos Eldar, como o chefe da ordem. Posteriormente o Mensageiro Branco tornou-se conhecido entres os elfos como Curunír(homen das perícias), Curumo era seu nome em Valinor e Saruman na língua dos homens do Norte; mas isso foi depois de eles regressar das suas muitas viagens e chegar no reino de Gondor. Curunír ia freqüentemente ao Leste, mas por fim deixou-se ficar em Isengar.

    Mas havia outros: dois vestidos de azul marinho. Foram conhecidos como Magos Azuis e eles nunca foi dado nomes na terra média. Foram com Saruman para o Leste mas de lá nunca voltaram; e se ficaram no Leste executando lá seus própósitos para os quais tinham sido enviados ou se pereceram, ou se, como alguns afirmaram, tinham sidos apanhados numa armadilha armada por Sauron, do qual haviam se tornados servos, não se sabe. Pallando e Alatar eram seus nomes em Valinor.

    Um vestido de castanho terra era Radagast(o tratador de animais), o quarto. Ele enamourou-se dos muitos animais e das muitas aves que habitavam a Terra-Média e, esquecido de homens e elfos, passava os seus dias entre as criaturas selvagens. Assim alcançou seu nome.

    Por último chegou um que parecia de aspecto mais inferior, menos alto do que os outros e em aspecto mais idoso, de cabelos grisalhos e vestido cinzento, e apoiado num bordão. Era conhecido pelos Elfos como Mirthrandir, o peregrino Cinzento, pois não habitava em lugar algum, e não granjeava para si próprio nem riqueza nem partidários, mas andava sempre se um lado para o outro nas Terras Ocidentais. De Gondor para Angmar e de Lindorn para Lórien. Mas Círdan a partir do seu primeiro encontro nos Portos Cinzentos, adivinhou nele o espírito mais elevado e o mais sábio; e recebeu-o com reverência e confiou à sua guarda o terceiro anel élfico, Narya, o vermelho e disse “Grandes labores e perigos tendes diante de vós e para que a vossa tarefa não se refere demasiado grande e fatigante aceitai esse anel para vosso auxílio e conforto. Foi-me confiado só para o conservar secreto, e aqui nas costas ocidentais permanece ocioso; mas eu acho que em dias que não tardarão a chegar deverá estar em mãos mais nobres do que as minhas mãos que possam usá-lo no atear de todos os corações para a coragem.” – Uma versão diferente desta pode ser encontrada no livro Silmarillion no capítulo Dos Anéis do Poder e da Terceira Era – e o Mensageiro Cinzento aceitou o anel e conservou-o sempre secreto, no entanto, o Mensageiro Branco tomou, passado algum tempo, conhecimento dessa dádiva e invejou-a, e foi esse o princípio da escondida má vontade que ele sentia contra o Cinzento.

    Mostráva-se amigo de todos em alturas de necessidade. Ardente e sincero era seu espírito, realçado pelo Narya, pois ele era o inimigo de Sauron. Alegre podia ser, e bondoso para com os jovens e simples. Não era orgulhoso, e não procurava poder nem louvores. Viajava principalmente a pé, apoiado num bordão e por isso era chamado, pelos Homens do Norte, Gandalf (Elfo da Vara) pois consideravam-no erradamente da raça élfica, visto pelas maravilhas que operava e da sua imortalidade aparente.

    Muitos acharam depois que Gandalf teria sido a última encarnação de Manwë, antes da sua retirada final para a torre de vigia de Taniquetil. Mas ai resiste um erro, pois segundo a segunda profecia de Mandos – que não aparece no Silmarillion mas pode ser encontrada nos livros The History of Middle-Earth – que diz Manwë não descerá da montanha até a Dagor Dagorath e há chegado do fim, quando Melko regressa.

    A data de chegada de Gandalf é incerta. Ele veio do outro lado do mar, aparentemente ao mesmo tempo que se notavam os primeiros sinais de levantamento da sombra. Mas raramente é mencionado em qualquer anais ou registros durante o segundo milênio da terceira era.

    Vários nomes foram dados a eles, foi Olórin na juventude(nome dado provavelmente pelos Eldar de Valinor), mas foi chamado de Mithrandir pelos Elfos, Tharkûn pelos Anões, Incánus no Sul e Gandalf no norte, no Leste não vai.

    A priori convocados por Manwë 3 emissários e não 5. Deveriam ser poderosos, pares de Sauron, mas teriam de esquecer o poder e vestir-se de carne, a fim de tratarem com igualdade com homens e elfos. Quem gostaria de ir? propôs Manwë(talvez tenha pedido conselho a Eru). Mas só 2 se apresentaram, Curumo, que foi escolhido por Aulë, e Alatar, que foi enviado por Oromë. Então Manwë perguntou, onde estava Olórin. E Olórin, vestido de cinzento, acabara de chegar e sentara cá trás, perguntou o que Manwë desejava dele. Manwë respondeu-lhe desejar que ele fosse como terceiro mensageiro à Terra Média. Mas Olórin declarou que era muito fraco para tal missão e que temia Sauron. Então Manwë afirmou ser essa mais uma razão para ele ir, e que ordenava a Olórin. Então, Varda levantou a cabeça e disse: “Mas não como terceiro”; e Curumo não se esqueceu disso.

    A nota que conta esse relato termina com a declaraçao de que Curumo(Saruman) levou Aiwendil(Radagast), por que Yavanna lhe rogou, e que Alatar levou Pallando como amigo. Em outra nota diz que Curumo foi obrigado a levar Aiwendil para agradar Yavana, mulher de Aulë. Então os Istari eram assim relacionados aos Valar, Olórin a Manwë e Varda, Curumo a Aulë, Aiwendil a Yavana, Alatar e Pallando a Oromë(isso antepõe o relato que diz que Pallando era relacionado a Mandos e Nienna).

    Na verdade dos Istari apenas um foi fiel, e esse foi o último a chegar. Pois Radagast amou as plantas e animais e esqueceu-se dos homens e elfos. E Saruman, o branco, tornando-se orgulhoso e impaciente, e apaixonado pelo poder, procurou fazer a sua própria vontade à força e expulsar Sauron; mas foi apanhado numa armadilha desse espírito negro mais poderoso que ele. E numa carta escrita em 1958, Tolkien diz não saber nada claramente sobre os outros dois, visto não estarem relacionados com a história do Noroeste da Terra-Média. Escreveu ele “Penso que foram como emissários para regiões distantes, para Leste e para o Sul, muito além do alcance numenoriano: missionários para terras ocupadas pelo inimigo, por assim dizer. Que êxito tiveram, ignoro; mas temo que tenham falhado, como Saruman falhou, embora sem dúvida, de modos diferentes; e desconfio de que foram fundadores ou iniciadores de cultos secretos e tradições mágicas que sobreviveram à queda de Sauron”.
     
    Última edição: 9 Nov 2005
  16. Aurin Felek

    Aurin Felek Usuário

    :amem: parabens... otimo ensaio... adorei mesmo
     
  17. Divine

    Divine Usuário

    É verdade, em "Silmarillion" não consta nada sobre os Istari, ou magos. Constam sim informações no "Contos Inacabados" que possui um capítulo inteiro sobre os Istari, falando inclusive do anel Narya dado a Gandalf... Também já li sobre esses relatos de Tolkien sobre os dois outros magos, na verdade acho que Cássio errou somente na ora em que mencionou Silmarillion como fonte de suas informações. Talvez ele quisesse na verdade falar de Contos Inacabados e se confundiu.
     
  18. cruzneto

    cruzneto Usuário

    O que aconteceu com radagast depois do fim da guerra do anel ele foi para valinor ou
    ficou na TM?e com os outros dois?
    ________________________________________________________________________
    Parabens Fingolfin otimo ensaio valeuuuu!!!!
     
  19. Divine

    Divine Usuário

    Ficou na Terra-Média pelo que consta, em sua moradia, que eram as Terra Pardas.
     
  20. Isso é o que pensamos pois ele se afastou completamente de todos os homens, elfos e demais criaturas mais evoluídas ficando apenas com seus pássaros e animais!!! Provavelmente ele continuou lá por um tempo infindável perdido nas suas paixões até encontrar um fim que não sabemos!!!!
     

Compartilhar