1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Olimpíada russa custa mais que o dobro da Copa 2014 e Rio 2016 juntas

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 6 Fev 2014.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Uma Olimpíada com uma tocha enviada ao Polo Norte e ao espaço, uma estrada pavimentada com "ouro e caviar" – nas palavras de um crítico – com contratos exorbitantes executados por amigos do presidente e um estádio para 40 mil pessoas que será usado apenas duas vezes.

    Essas são algumas das peculiaridades dos Jogos de Inverno de Sochi, que começam nesta sexta-feira na Rússia, e estão sendo chamados de a "Olimpíada mais cara da história". O orçamento não-oficial dos Jogos, de US$ 50 bilhões, seria suficiente para custear todas as obras somadas da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos do Rio 2016.

    O governo russo afirma que o orçamento oficial é de US$ 7 bilhões – levando em conta apenas obras diretamente ligadas aos Jogos. Mas o governo reconhece que foram gastos os US$ 50 bilhões – quando somados todos os investimentos em infraestrutura na rica região de Sochi, no sul da Rússia.

    Em seu planejamento oficial, entre recursos públicos e privados, o Brasil está gastando uma fração desse valor para todas as obras – tanto as de infraestrutura como os estádios.

    Segundo o mais recente balanço, divulgado em novembro pelo Ministério do Esporte, a Copa do Mundo de 2014 tem um orçamento de R$ 25,6 bilhões (ou cerca de US$ 10,6 bilhões, com o câmbio atual). Para a Olimpíada de 2016, foi previsto um orçamento de US$ 14,4 bilhões, segundo o documento de candidatura, com valores de 2009.

    Especialistas acreditam que os custos dos eventos no Brasil ainda podem subir bastante - mas dificilmente chegariam perto do gasto na Rússia. A cidade de Londres gastou US$ 13,9 bilhões na Olimpíada de 2012.

    Estrada de 'ouro e caviar'

    Desde 2010, Sochi vem recebendo investimentos para transformar o balneário de veraneio russo – onde a média histórica das mínimas nunca fica abaixo de quatro graus – na meca dos esportes de inverno.

    Em um raio de poucos metros, próximo à orla do Mar Negro, foram construídas duas arenas de hóquei, uma de curling e dois estádios com rinques de patinação. As competições de esqui acontecerão nas montanhas que cercam o balneário.

    Um dos maiores estádios dos jogos – o Fisht – tem capacidade para 40 mil pessoas e sequer vai abrigar eventos esportivos. Ele será usado em apenas duas ocasiões: para as cerimônias de abertura e encerramento.

    Mas os estádios nem são os itens mais caros do orçamento. As obras para construção de uma estrada e uma ferrovia de 28 quilômetros entre o aeroporto local e a região de Krasnaya Polyana, onde também haverá competições, custaram US$ 8,7 bilhões.

    Esse valor é mais que o orçamento total da Olimpíada de Inverno anterior, em Vancouver, segundo a Fundação Anti-Corrupção, uma ONG de Moscou que faz ativismo contra os gastos dos Jogos. Segundo o site sochi.fbk.info, mantido pela entidade, o governo russo entrou com 54% do total de recursos.

    O diretor executivo da Fundação, Vladimir Ashurkov, disse à BBC Brasil que os custos dos estádios em Sochi são de 1,5 a 2,5 vezes maiores do que o normal - ao comparar as obras das Olimpíadas de Inverno com outros estádios.

    "Nós acreditamos que os grandes motivos por trás do aumento dos gastos são a corrupção", diz Ashurkov.

    O político de oposição Boris Nemtsov, que virou uma espécie de porta-voz contra os gastos nos Jogos, disse a uma televisão russa que a estrada poderia ter sido pavimentada com "cinco milhões de toneladas de ouro ou caviar, que o preço da obra teria sido o mesmo".

    Os ativistas e a oposição também acusam o governo russo de favorecer os aliados do presidente Vladimir Putin. As empresas de um amigo de adolescência de Putin, Arkady Rotenberg, receberam US$ 7,4 bilhões em contratos – mais da metade de todo o orçamento dos Jogos do Rio.

    'Enviado de Deus'
    Rotenberg nega ter se beneficiado de sua relação com Putin – a quem chamou de "um enviado de Deus ao nosso país", em recente entrevista a um jornal britânico.

    Uma auditoria feita pelo próprio governo em 2012 apurou que mais de meio bilhão de dólares em gastos seriam "fora do razoável". Putin foi à televisão para dizer que o aumento nos gastos aconteceu apenas por conta de erros de estimativa dos investidores, e não por má-fé.

    "Se alguém tem essa informação (de que houve corrupção), por favor nos mostre. Mas até agora, nós não vimos nada além de especulações", disse o presidente.

    Os organizadores dos Jogos também se defendem das acusações de gastos excessivos e favorecimento. O diretor do Comitê Organizador, Dmitry Chernyshenko, disse à BBC que o orçamento de US$ 50 bilhões inclui obras que seriam feitas mesmo no caso de Sochi não ter sido escolhida a sede dos Jogos.

    Sobre os contratos com Rotenberg, Chernyshenko afirma que "não está na melhor posição para avaliar a eficiência da licitação, mas elas foram feitas de forma aberta e transparente".

    Ele diz que, a exemplo do que ocorreu com os Jogos de Pequim de 2008 – que, com orçamento de US$ 43 bilhões, foram os mais caros daquela época – a Rússia quer usar a Olimpíada para apresentar uma nova imagem do país ao mundo.

    O governo russo justifica os altos gastos dizendo que quer projetar internacionalmente uma imagem positiva do país - de vigor econômico e prosperidade.

    "Nós queremos contar ao mundo a história da nova e moderna Rússia", disse ele.

    Turismo

    O governo russo diz também querer manter um legado vivo de turismo e esportes na cidade. Em outubro, Sochi abrigará o primeiro GP da Rússia de Fórmula 1 da história.

    O estádio Fisht está nos planos das autoridades para a Copa do Mundo de 2018, que também será disputada na Rússia. Para este torneio, o orçamento inicial previsto na candidatura já duplicou, e está atualmente em US$ 19 bilhões - quase o dobro do gasto previsto para o Brasil em 2014.

    O diretor-executivo da Fundação Anti-Corrupção acredita que o mesmo caso - de gastos excessivos e corrupção - se repetirá na Copa.

    "Com metade do dinheiro gasto em Sochi, US$ 25 bilhões, já seria possível fazer um evento fabuloso, que é o que os russos querem ver. A outra metade poderia ter sido gasta em projetos de desenvolvimento social", disse ele à BBC Brasil.

    "Treze milhões de pessoas não têm água quente em casa. Dez milhões não têm acesso a saneamento."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Nem em custo elevado o Brasil consegue ser campeão. Imaginem o custo que será a Copa de 2018.
     
  2. Ranza

    Ranza Macaco

  3. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Já viram o Google hoje? =] Tomara que role uma manifestação gay por minuto durante as olimpíadas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  4. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O slogan dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi-2014 é em parte verossímil. 'Quente. Frio. Seu.'

    A cidade do Sul da Rússia está longe de ser o lugar mais frio do país, pelo contrário, é procurada como balneário de verão, mas haverá gelo encomendado de fora durante os dias de competição.

    E não faltarão assuntos cabeludos que justifiquem o lado quente da Olimpíada. Justamente porque o ‘seu' das três palavras escolhidas para representar o evento não foi respeitado de forma adequada pelos organizadores.

    É vasta a lista de insatisfações com os jogos que começaram oficialmente nesta sexta-feira - as primeiras provas acontecem desde quinta.

    Getty
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Presidente da Rússia, Wladimir Putin na abertura do evento
    A mais antiga das queixas data do século retrasado, uma história escondida por muitos anos que volta à tona com a iminência dos Jogos.

    Genocídio

    Sochi é uma das cidades mais importantes da Circássia, extinto país que travou uma batalha com o Império Russo em 1864 e cujos habitantes foram dizimados em um genocídio ignorado por livros e museus. Estima-se que entre 1 e 1,5 milhão de circassianos tenha perdido a vida nos conflitos.

    Desde o momento em que Sochi foi escolhida para sediar o evento, em 2007, diversas instituições representantes deste povo espalhadas pelo mundo se organizaram em um movimento único para impedir a realização dos jogos, através de petições, protestos, debates em congressos e documentos enviados ao Comitê Olímpico Internacional.

    A agenda do "No Sochi 2014" incluiu manifestações nos Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver 2010 e Londres 2012. "Como você reagiria à seguinte ideia: ‘Jogos Olímpicos de Auschwitz 2020' ?", era uma das reflexões que o grupo propunha, em referência aos campos de concentração idealizados pelo governo de Adolf Hitler que foi considerado um dos símbolos do nazismo.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  6. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Teve um cara la dizendo que tem cameras ate no banheiro.
    hahaha
     
  7. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Eu particularmente não tenha nada contra quem se aventure a defender as cores do nosso país disputando essa modalidade versão inverno dos jogos.

    É possível em condições totalmente artificiais até realizar algumas modalidades em espaços climatizados como patinação artística no gelo, hóquei e o curling, mas a grande a maioria só morando no exterior pra treinar e conseguir competir em bom nível.
     
  8. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    O COB ajuda esse povo?
     
  9. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Saiu uma reportagem que o Brasil quer mandar um time de curling para as próximas olimpíadas no Coréia do Sul.

    No geral eu gostei muito de acompanhar essa olimpíada. Tivemos muitos momentos bons durante a competição. Eu só tenho uma coisa a reclamar e é quanto a cobertura brasileira do evento. O Sportv, principalmente, fez uma cobertura boa, mas seus comentaristas e apresentadores eram muito fracos! Eles tentaram engrandecer demais as apresentações brasileiras nos jogos e se tornou algo chato.
     
  10. fcm

    fcm Visitante

    cara, esse patriotismo exagerado por atletas sem a minima condição de competir também me irritou profundamente.
    Não sei se é uma boa ideia o brasil gastar dinheiro em esportes que não temos condições climáticas/geográficas para treinar.
    O brasil deveria ser uma potência nas olimpíadas de verão e investir nessas modalidades e não jogar grana fora com esse pessoal do Inverno...
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  11. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Já é triste ver esportes que o Brasil sempre teve bem mais tradição como o basquete que um dia já foi o 2° esporte mais importante do nosso país, hoje depender muito de ajuda pra se reorganizar e se estruturar pra voltar a ter dias de glórias melhores, quanto mais as demais modalidades.

    Por todos esses motivos, sou da opinião o governo não deveria investir no que estiver distante de trazer retorno. Quer jogar na neve? Nada contra, mas vá a luta e corra atrás de algum empresário que o financie. Por mais que seja interessante acompanhar pela tv alguns jogos de inverno ainda não dá nem pra comparar a diferença e a grandeza de importância dessa olimpíada com os jogos de verão.


    Leia o link

     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. fcm

    fcm Visitante

    como esse dinheiro é utilizado também é outra história.
    Vejo que atletas de ponta ainda recebem bolsa atleta, já li que a Jaque do vôlei, o Murilo também do vôlei, assim como outros atletas já formados ainda recebem essa bolsa.
    Eu acredito que o investimento deva ser na infância dos futuros atletas e a longo prazo, coisa que no Brasil nunca é feito.
    Num país tão populoso e com a diversidade étnica tão grande quanto aqui, dava pra brigar na ponta nas olimpíadas de verão.
     
  13. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Eu me abstive total dessas Olimpíadas!
    Não foi algo deliberado, nem por protesto... Foi espontâneo mesmo, falta de interesse em esportes de inverno.
    Mas é uma questão interessante levantar todas essas desumanidades da Rússia e questionar se não merecem um boicote consciente!
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    E daria muito mais se os governantes não tivessem a ambição de bancar ser anfitrião de uma como será a pouco mais de dois anos.
    Sempre haverá quem se iluda alegando que o fator "jogar em casa" será muito bom e fará com que o Brasil tenha o melhor desempenho olímpico de sua história. Pode até ser que isso aconteça, mas de nada adiantará isso se nas olimpíadas seguintes estacionarmos ou despencarmos e deixar de evoluir por continuarmos sem um investimento maciço e constante na base, além de um eventual risco de ver os financiamentos diminuírem por pagarmos o alto preço de sediar uma olimpíada. Não ficarei nem um pouco surpreso se isso infelizmente vier a acontecer.
     
  15. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Mas ai seus discursos estao um pouco desconexos. Investimento na base nao pode visar retorno, investimento na base tem como objetivos apenas educacao, saude e dar condicoes para que pessoas tenham a opcao de seguir carreira em um esporte no futuro (uma opcao a mais pra tirar gente da marginalidade).
    Na verdade eu nem chamaria de investimento, como dizem os administradores de bolsas cientificas, eh um processo de fomento. Mas o COB ve justamente apenas como um processo de investimento, ou seja, "meto dinheiro onde me parecer que vou ganhar dinheiro em dobro".
    Nao pode ser assim.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar