1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Amante de Lady Chatterley (David Herbert Lawrence)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Lucas_Deschain, 28 Fev 2010.

  1. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [size=medium][align=center]O Amante de Lady Chatterley (David Herbert Lawrence)[/align][/size]

    O Amante de Lady Chatterley (Lady Chatterley's Lover no título original em inglês) é uma novela escrita por D. H. Lawrence em 1928. Impresso confidencialmente em Florença em 1928, não foi impresso no Reino Unido até 1960. Lawrence acabou considerando enternecer seu livro, e fêz alterações significativas no manuscrito original a fim de fazê-lo palatável aos leitores. Foi publicado em três versões diferentes. A publicação do livro causou um escândalo devido a suas cenas explícitas do sexo, incluindo palavras que não podem ser escritas aqui sob pena de censura, e talvez particularmente porque os amantes eram um homem da classe trabalhadora e uma mulher burguêsa. Diz-se que a história foi baseada nos eventos infelizes da vida doméstica do próprio Lawrence, e que a inspiração para a "locação" do livro foi Ilkeston, em Derbyshire, onde ele viveu por um tempo.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lady_Chatterley%27s_Lover

    Recriando o tópico. Gostei bastante desse livro, achei bem chocante, ainda mais quando soube o ano em que foi escrito. Alguém mais leu?
     
  2. Diva

    Diva Usuário

    Eu li. Acho que o livro do D. H. Lawrence traz uma série de questões como as diferenças de classes econômicas e sociais, o mecanicismo das relações sexuais, a relação homem-mulher na sociedade, a hipocrisia da sociedade inglesa.

    Mas tem umas ideias que, francamente... Não dá pra aceitar. :nao: Ou que, pelo menos, ficaram confusas pra mim. Se o Oliver é para funcionar como um ponto de ruptura com a frigidez dos britânicos, por que ser um personagem tão machista e tão conservador? A única coisa mais plausível que me vem a cabeça é que ele serve para fazer oposição ao marido passivo. Mas ainda não me contenta essa explicação. ¬¬
     
  3. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Realmente Diva, o Lawrence tem umas concepções com as quais também não partilho, mas creio que a obra "funciona" como um choque para algumas das concepções que existiam na época, como a sexualidade, por exemplo. Outro ponto que percebi ao ler a obra foi um tom mais realista (se é que posso chamar assim) sobre tudo, nenhum personagem é idealizado, todos, apesar de alguns pontos mais positivos, são mostrados bastante pelas suas facetas mais negativas, um quê de decadência parece circundar aquele pequeno universo. Realismo? Não sei, mas essa foi a impressão que tive.
     
  4. Diva

    Diva Usuário

    Sim, decadência. A sensação que dá é que ele quis mostrar uma sociedade doente. Lembra um pouco os personagens do Capote em Súplicas Atendidas. Só que sem TANTA sacanagem. :rofl:
     
  5. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Já tinha comentado aqui que fico imaginando o que iria sair se Flaubert, Nabokov e Lawrence se reunissem para escrever um livro. Ia ser bem engraçado ouvir suas conversas e tudo mais, hehehehe XD
     
  6. Muita sacanagem nesse livro, fiquei um pouco assustada com a linguagem vulgar usada, creio que o flaubert não se utiliza do mesmo artifício; claro até por serem escritores em épocas diferentes.

    Todos podem enchergar o livro como se tratando da "libertação da sexualidade feminina", mas eu não enchergo bem assim.Achei um tanto vulgar até =/
     
  7. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Mas é uma obra muito bem construída também quanto a forma, não somente em seu conteúdo. Concordo que é um tanto chocante, ainda mais se pensarmos o ano de publicação, mas creio que se tratam de questionamentos que estavam pujantes naquela sociedade. Tem um valor histórico e literário apesar dos termos e situações embaraçosas. Vou pesquisar mais sobre o autor e a relevância da obra em relação ao seu tempo e volto a postar aqui, OK?
     

Compartilhar