1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias da Copa do Mundo

Tópico em 'Esportes' iniciado por Frøðø Baggins, 6 Jun 2002.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Criei esse tópico para dar as principais notícias da copa. Aqui está a primeira:

    Zahovic é expulso da seleção eslovena

    SEOGWIPO, Coréia do Sul - Zlatko Zahovic, estrela da seleção da Eslovênia que insultou o técnico Srecko Katanec depois de ser substituído na partida contra a Espanha, foi expulso da equipe, anunciou nesta quinta-feira a Federação Eslovena de Futebol.

    O presidente da federação, Rudy Zavru, tentou acalmar os ânimos do técnico e do jogador do Benfica, mas Zahovic manteve as críticas a Katanec.

    O treinador Katanec anunciou sua demissão do posto logo que o país seja eliminado do Mundial. Derrotada por 3 a 1 pela Espanha na estréia, a equipe busca a reabilitação no grupo G diante da África do Sul, no sábado, em Daegu.

    O jogador chegou a pedir perdão na véspera de ser mandado embora.

    - Sinto realmente o que disse no vestiário. Sou consciente de que foram palavras muito fortes e pedi desculpas aos organizadores do Mundial e ao treinador Katanec - havia dito o ex-jogador do Valencia.

    Apesar de tudo, perdeu todo o apoio de seus companheiros, que se posicionaram ao lado do treinador. Katanec recebeu o apoio do resto da equipe eslovena.

     
  2. Strider

    Strider Usuário


    Trapattoni esclarece entrada de Inzaghi e enaltece Totti

    Para o técnico, Totti ainda pode ser útil como segundo jogador de meio-campo.

    - Para isso ele já adquiriu malícia. Sua genialidade o ajudará a jogar mais recuado, ainda mais que tem tido cada vez mais personalidade, tentado jogados que antes não teria coragem de arriscar.

    Ainda sem falar de favoritos e surpresas na Copa, Trapattoni concorda com a dificuldade de seleções que contam com jogadores vindos de campeonatos difíceis e muito disputados, citando Itália, Espanha, França e Brasil.

    - Seleções como as do Japão e da Coréia do Sul não precisaram se recuperar desse tipo de situação - afirmou, escapando pela tangente ao ser perguntado sobre destaques individuais neste Mundial. - Não cito nomes, podem ser jogadores japoneses ou sul-coreanos.

    Trapattoni termina falando das diferenças no futebol de ontem e hoje, com a crescente supremacia do vigor físico.

    - Parece que cortam cada vez mais os espaços. Hoje, em quinze metros de campo há dezoio jogadores! Se um deles dá um balão no outro, não há tempo para pensar e dar seqüência à jogada. O jeito é decidir o que fazer antes de receber a bola. Há jogadores que sabem fazer isso. Antes a equipe jogava em função de um jogador, mas hoje é ele que joga em conjunto. Assim, é a genialidade que faz a diferença.

     
  3. Sauron_Body

    Sauron_Body Usuário

  4. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Queria pedir pro Ugluk colocar esse tópico como sticky, pra chamar + atenção...
    Felipão acredita que favoritos estarão nas oitavas

    Domingo, 9 de junho de 2002, 15h08
    Antonio Prada e Wanderley Nogueira
    Direto de Ulsan

    O técnico Luiz Felipe Scolari acredita que os favoritos França, Argentina e Itália, que sofreram derrotas inesperadas na primeira fase, ainda vão chegar às oitavas-de-final.

    "Acho que eles todos vão se classificar, é a minha opinião. Por causa da tradição, porque eles têm qualidade e porque já passaram por dificuldades antes", disse.

    Os três países precisam ganhar na última rodada para conseguirem avançar.

    Os franceses, atuais campeões, é quem estão na posição mais delicada. Precisam ganhar por dois gols de diferença da Dinamarca.

    Já a Argentina tem que vencer a Suécia por qualquer resultado. E a Itália terá que bater no México, atual líder da chave.

    Com agência Reuters


    Redação Terra
     
  5. Uglúk o Uruk-Hai

    Uglúk o Uruk-Hai ... o maioral.

    Pronto gostei da ideia de vcs... vcs apartir de agora saum os noticieros oficiais da copa aqui no "Esporte"!!!


    E não furem nas informaçoes heim?? se naum... dez chibatadas!! :twisted:
     
  6. Strider

    Strider Usuário

    Brasil deve enfrentar Costa Rica com três reservas

    ULSAN, CORÉIA DO SUL - A seleção brasileira deverá enfrentar a Costa Rica na próxima quinta-feira às 3h30m (de Brasília), em Suwon, com três reservas: Luiz Felipe Scolari poupará Roque Júnior e Ronaldinho Gaúcho, que estão pendurados com um cartão amarelo, e o lateral Roberto Carlos, sentindo dores na batata da perna esquerda. Júnior deverá ser o lateral, com Edmílson na defesa e Ricardinho no meio-campo.

    A equipe realizou, sob chuva, um treino tático, a segunda atividade do dia na Universidade de Ulsan. Roberto Carlos e o meia Kléberson, que sofreu uma leve torção no tonozelo direito no treino da noite de domingo (horário do Brasil), não participaram. Os dois permaneceram no hotel fazendo tratamento. Scolari ficou orientando os reservas na metade do campo e o auxiliar Flávio Murtosa treinou jogadas ensaiadas e finalizações com os titulares na outra metade.

    O médico José Luiz Runco admitiu que prefere que Roberto Carlos não enfrente a Costa Rica.

    - Se tiver condição dele ser popupado, será o ideal. Já estamos classificados e na segunda fase poderemos ter jogos de 120 minutos. A decisão será tomada em conjunto entre a comissão técnica e o jogador - explicou.


    Kléberson, apesar de ter o local da lesão inchado, não é problema para a partida. O atacante Ronaldinho apareceu com um pequeno curativo na parte posterior da cabeça, mas Runco disse que se trata apenas de uma pequena ferida, já medicada, e o craque treina normalmente.

    O treinador Luiz Felipe Scolari comandará nesta terça-feira, no início da manhã, o único coletivo antes da partida contra os costarriquenhos.


    _____________________________
    Pode contar comigo, GLuk![/b]
     
  7. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Atacante de Portugal marca três e iguala feito de Eusébio

    Segunda, 10 de junho de 2002, 18h16
    Chonju (Coréia do Sul) - O atacante português Pauleta mostrou o melhor de sua forma na hora em que a equipe mais precisava e se transformou na segunda-feira no primeiro português em 36 anos a fazer três gols no mesmo jogo em Copas.


    O atacante do Bordeaux foi o grande responsável pela vitória de Portugal sobre a Polônia por 4 a 0, depois da derrota desastrosa na semana passada para os Estados Unidos.


    Ele acalmou os ânimos portugueses já aos 14 minutos de jogo. Depois marcou aos 20 do segundo tempo e completou aos 32 do período final. O último português a realizar esse feito havia sido Eusébio, em 1966, contra a Coréia do Norte. O lendário Eusébio estava nas arquibancadas do estádio, em Chonju.


    “Estou muito feliz, feliz por aqueles que acreditaram em mim”, disse Pauleta depois do jogo, disputado debaixo de uma chuva torrencial.


    Pauleta mostrou na Copa o que ele vinha conseguindo no Bordeaux nos últimos dois anos. Ele fez 41 gols em 59 jogos desde que se transferiu para o clube francês, vindo do Deportivo La Coruña, em 2000. Na última temporada, foi escolhido o melhor jogador da França.


    Antes disso, o atacante, hoje com 29 anos, já havia sido artilheiro no Estoril e no espanhol Salamanca. A próxima missão de Pauleta será enfrentar a Coréia do Sul na sexta-feira. Uma vitória garante os portugueses nas oitavas-de-final. Se os EUA perderem para a Polônia, um empate será suficiente.


    “É um jogo decisivo contra uma equipe muito rápida, mas mostramos que se pode confiar em nós quando necessário. Estou tão confiante como sempre estive”, disse ele.


    A maior vítima de Pauleta, o goleiro polonês Jerzy Dudek, que joga pelo Liverpool, elogiou a atuação do atacante. “Ele jogou uma partida magnífica. Sabíamos antes do jogo que tínhamos de ficar de olho nele. O técnico mandou um dos nossos o marcar homem a homem, mas ele foi fantástico.”


    Reuters
     
  8. Frøðø Baggins

    Frøðø Baggins Tricampeão mundial

    Torcedor cai de arquibancada e é internado em estado grave no Japão

    Segunda, 10 de junho de 2002, 17h33
    Londres (Inglaterra) - Um torcedor escocês foi internado em coma depois de cair da arquibancada durante o jogo entre Portugal e Polônia em Chonju, Coréia do Sul, na segunda-feira, informou o Ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha.


    O homem foi levado ao hospital Chonbuk. “Sabemos que um homem, que acreditamos ser escocês, foi internado depois de cair sobre um alambrado durante o jogo Portugal e Polônia”, disse um porta-voz.


    O porta-voz não soube informar o nome do homem ou mais detalhes sobre o incidente. Um funcionário do estádio disse que aparentemente ele escorregou nas escadarias molhadas do estádio.


    “O torcedor escocês caiu no fosso e está em estado gravíssimo'', disse o funcionário, de acordo com a BBC.


    O funcionário disse ainda que um torcedor polonês também tinha caído da escada, mas sem se ferir gravemente.


    Reuters
     
  9. Strider

    Strider Usuário

    Perspectiva de surpresas nas oitavas-de-final da Copa
    Com o encerramento das duas primeiras rodadas da fase de classificação da Copa 2002, as perspectivas das oitavas-de-final contrariam as previsões da maioria dos analistas. Quem imaginaria que França e Argentina chegariam à última rodada precisando desesperadamente de uma vitória? E que Itália e Alemanha não podem perder?

    O primeiro favorito a decidir sua vida é a França, que precisa vencer a Dinamarca para seguir na luta para ser bicampeã mundial.

    Com várias favoritas em situação difícil, confrontos inesperados têm grandes possibilidades de se tornarem realidade nas oitavas. A Dinamarca lidera o Grupo A e pode enfrentar a Inglaterra, que ocupa o segundo lugar da Chave F.

    E a Suécia tem chances significativas de fechar o 'grupo da morte' em primeiro lugar. O adversário dos suecos hoje seria Senegal, com Uruguai, primeiro campeão mundial, e França, atual detentora da Taça Fifa, fora da competição após os três jogos da fase inicial.


    Brasil e Espanha foram as únicas seleções que já garantiram a vaga
    Ao lado de resultados surpreendentes (França 0 x 1 Senegal, EUA 3 x 2 Portugal), o equilíbrio foi a marca das duas primeiras rodadas. A semelhança entre os times é evidenciada pelo fato de apenas dois times terem conquistado a vaga por antecipação: Brasil e Espanha.


    Se a primeira fase terminasse hoje, os três representantes da Confederação das Américas do Norte, Central e do Caribe (Concacaf), sem títulos mundiais, estariam entre os 16 melhores: Costa Rica, Estados Unidos e México. Os mexicanos lideram o Grupo G, à frente da tricampeã Itália e da Croácia, terceira colocada em 1998.

    Já a América do Sul, com oito conquistas, teria apenas uma seleção nas oitavas: o Brasil. Estariam eliminadas Argentina, Paraguai, Uruguai e Equador.

    A África também colocaria três representantes na próxima etapa: Camarões, África do Sul e Senegal.

    Confrontos das oitavas se a primeira fase terminasse hoje (10/6/2002):

    Alemanha x África do Sul
    Dinamarca x Inglaterra
    Suécia x Senegal
    Espanha x Camarões
    México x Estados Unidos
    Brasil x Rússia
    Japão x Costa Rica
    Coréia do Sul x Itália
     
  10. Strider

    Strider Usuário

    botei so por curiosidade...


    SELEÇÃO DA COPA DE ACORDO COM OS INTERNAUTAS VISITANTES DA PÁGINA DA GLOBO.COMM, ATÉ 10/06 às 21:02

    POSIÇÃO / JOGADOR (PAÍS)/ NOTA /JOGOS

    GOLEIROS
    1º Sylva (Senegal) 8,42 2
    2º Kahn (Alemanha) 7,96 2

    ZAGUEIROS
    1º Malick Diop (Senegal) 7,65 2
    2º Gamarra (Paraguai) 7,2 2
    3º West (Nigéria) 7 2
    4º Myung Hong (Coréia do Sul) 6,95 2

    LATERAIS
    1º Arce (Paraguai) 8,35 2
    2º Cisse (Senegal) 8,2 1

    VOLANTES
    1º Semshov (Rússia) 8,13 1
    2º Alex (Japão) 8,03 1
    3º Diao (Senegal) 7,89 2
    4º Sang Yoo (Coréia do Sul) 7,52 2

    MEIAS OFENSIVOS
    1º Bouba Diop (Senegal) 8,43 2
    2º Fadiga (Senegal) 8,06 2
    3º Okocha (Nigéria) 7,84 2
    4º Beckham (Inglaterra) 7,57 2

    ATACANTES
    1º Diouf (Senegal) 8,58 2
    2º Ronaldinho (Brasil) 8,15 2
    3º Klose (Alemanha) 8,13 2
    4º Sun Hwang (Coréia do Sul) 8,06 2
     
  11. Strider

    Strider Usuário

    Al Deayea iguala recorde negativo de Carbajal

    Com a derrota da Arábia Saudita por 3 a 0 para a Irlanda nesta terça-feira, o goleiro Al Deayea igualou a marca negativa de 25 gols sofridos em jogos de Copas do Mundo, que pertencia ao mexicano Carbajal. A diferença é que o árabe jogou dez partidas, contra 12 do ex-recordista.


    Al Deayea disputou as Copas do Mundo de 94, 98 e 2002. Na primeira, levou seis gols. Na segunda, sete. E este ano sofreu 12 gols. Além de perder para a Irlanda, os sauditas sofreram uma goleada de 8 a 0 para a Alemanha e foram derrotados por 1 a 0 para Camarões.

    Aos 29 anos, Al Deayea anunciou o fim de sua carreira internacional com a seleção.

    - Esta foi a minha última partida - disse.

    Já Carbajal atutou em cinco Mundiais: 50, 54, 58, 62 e 60. Com ele no gol, o México só venceu uma vez: contra a República Tcheca (3 a 1), em 62. Neste jogo, o mexicano levou o gol mais rápido da história das Copas, com apenas 15 segundos.
     
  12. Strider

    Strider Usuário

    Scolari surpreende e escala Edílson contra Costa Rica

    ULSAN, Coréia do Sul - O treinador Luiz Felipe Scolari surpreendeu a todos os jornalistas e anunciou na entrevista coletiva após o treino coletivo que o atacante Edílson será titular contra a Costa Rica na quinta-feira, em Suwon. O 'capetinha' vai substituir Ronaldinho Gaúcho, poupado por estar pendurado com um cartão amarelo. Todos esperavam que Ricardinho ocupasse a vaga, já que o meia corintiano foi titular durante 29 minutos do treino, enquanto Edílson atuou em apenas 16.

    - Acho que o time ficou melhor com o Edílson - disse Scolari.

    Além de Ronaldinho Gaúcho, o zagueiro Roque Júnior e o lateral esquerdo Roberto Carlos também serão poupados - o primeiro está pendurado e o segundo sente dores na batata da perna esquerda. Edmílson e Júnior estão escalados.


    O time jogará com Marcos, Lúcio, Anderson Polga e Edmílson; Cafu, Gilberto Silva, Juninho Paulista, Rivaldo e Júnior; Edílson e Ronaldinho.

    O atacante Edílson reagiu com surpresa à notícia de sua escalação. Ao deixar o salão onde jogava bingo com outros jogadores, Edílson foi abordado pelos jornalistas. Ele disse que não sabia de nada, mas que esperava aproveitar a oportunidade.

    - O Felipão não me disse nada. Estou sabendo através de vocês. Mas sempre disse que todos aqui estão no mesmo nível e espero aproveitar bem a oportunidade - afirmou o jogador.

    Os titulares derrotaram os reservas por 2 a 1 no último coletivo, que teve a duração de 45 minutos e foi realizado na Universidade de Ulsan sob forte calor.

    Juninho abriu o placar logo aos quatro minutos e Ronaldinho ampliou um minuto depois. Aos sete, Edílson diminuiu para os reservas. Aos 22, Ronaldinho voltou a marcar, mas o gol foi anulado. Cinco minutos depois, em ótima jogada, o Fenômeno driblou toda a defesa, chutou para marcar, mas Belletti salvou com a mão dentro da área. Na cobrança do pênalti, Ronaldinho acertou a trave de Rogério Ceni.


    Edílson disputa bola com Gilberto Silva
    O treinador Luiz Felipe Scolari escalou na equipe principal o lateral Júnior no lugar de Roberto Carlos, Edmílson na vaga de Roque Júnior e Ricardinho no meio-campo na posição de Ronaldinho Gaúcho. No fim do treino, Juninho deixou o time titular para a entrada de Edílson. Logo depois, Vampeta entrou na vaga de Ricardinho.


    Foi o último treinamento do Brasil em Ulsan, na Coréia do Sul. Na manhã de quarta-feira a delegação viaja para Seul, onde se concentrará para a última partida do grupo C.

    O Brasil lidera com seis pontos conquistados em dois jogos. Um empate com a Costa Rica, que tem quatro pontos ganhos, garante à equipe de Luiz Felipe Scolari o primeiro lugar da chave. A Turquia é a terceira colocada do grupo, com um ponto conquistado e a China, a lanterna, com zero ponto ganho.
     
  13. Strider

    Strider Usuário

    Rodada do grupo H define adversário do Brasil na 2ª fase

    OSAKA, Japão - O adversário do Brasil nas oitavas-de-final da Copa do Mundo será conhecido nesta sexta-feira, após a rodada decisiva do grupo H. Em Osaka, o Japão enfrenta a Tunísia e em Yokohama, no estádio da grande final do dia 30, a Rússia joga contra a Bélgica. As partidas serão às 15h30m no Japão (3h30m no Brasil).


    Líder da chave com quatro pontos, os japoneses só dependem de si para fugir do confronto com a seleção brasileira na próxima fase. Para isso, basta superar os tunisianos. Neste caso, o Japão teria a Turquia pela frente. Ao time africano, que tem apenas um ponto, resta vencer por dois gols para se classificar.

    - Os tunisianos são velozes, talentosos e jogam duro - alertou o japonês Shinji Ono, esperando uma partida difícil.

    Escalações prováveis:

    Japão: Seigo Narazaki; Naoki Matsuda, Tsuneyasu Miyamoto, Koji Nakata; Tomokazu Myojin, Junichi Inamoto, Kazuyuki Toda, Hidetoshi Nakata, Shinji Ono; Takayuki Suzuki e Atsushi Yanagisawa.

    Tunísia: Ali Boumnijel; Khaled Badra, Hatem Trabelsi, Raouf Bouzaiane, Radhi Jaidi; Hassen Gabsi, Riadh Bouazizi, Slim Ben Achour, Kais Ghodhbane, Mourad Melki; Ziad Jaziri.

    No outro confronto, a Rússia, segunda colocada na chave com três pontos, joga por um empate para seguir na Copa. Já a Bélgica tem que vencer e acabar com um tabu: os 'Diabos Vermelhos' empataram os últimos cinco jogos disputados em Mundiais - dois em 2002 e três em 1998.


    - A Bélgica tem muita experiência em Mundiais, mas creio que podemos superá-la - afirmou o treinador russo Oleg Romantsev.

    A necessidade da vitória fará com que o técnico da Bélgica, Robert Waseige, mude o estilo de jogo e coloque o seu time no ataque.

    - Para isso necesitamos de mais variações - comentou.

    Escalações prováveis:

    Bélgica: Geert De Vlieger; Eric Deflandre, Glen De Boeck, Daniel Van Buyten, Nico Van Kerckhoven; Gert Verheyen, Timmy Simons, Yves Vanderhaeghe, Bart Goor; Marc Wilmots e Wesley Sonck.

    Rússia: Ruslan Nigmatullin; Yuri Kovtun, Viktor Onopko, Yuri Nikiforov; Valery Karpin, Alexander Mostovoi, Yegor Titov, Alexei Smertin, Marat Izamilov; Ruslan Pimenov e Vladimir Beschastnykh.
     
  14. Strider

    Strider Usuário

    EUA, Coréia do Sul e Portugal disputam duas vagas na 2ª fase

    INCHEON, Coréia do Sul - Três seleções chegam à rodada decisiva do grupo D disputando duas vagas nas oitavas-de-final da Copa do Mundo. Nesta sexta-feira, Coréia do Sul e Portugal se enfrentam em Incheon, enquanto os Estados Unidos joga contra a Polônia, única eliminada na chave, em Daejeon. As partidas serão às 20h30m (8h30m no Brasil).

    Jogando diante de sua torcida, a seleção sul-coreana, líder da chave com quatro pontos, precisa de um empate para se classificar. O país, que disputa sua sexta Copa, nunca avançou à segunda fase.

    Já os portugueses, que chegaram como um dos favoritos no Mundial, lutam para não repetir o fracasso de França e Argentina. A equipe soma três pontos e se classifica com uma vitória. O empate só serve se os EUA perderem no outro jogo.

    - Os portugueses recuperaram seu poder depois do golpe
    sofrido diante dos Estados Unidos - ressaltou o treinador da coréia do Sul, Guus Hiddink.

    - A torcida será o 12º torcedor contra nós. Devemos manter a calma e não perder a concentração - analisou o meia português Figo, eleito pela Fifa o melhor jogador de 2001.

    Escalações prováveis:

    Portugal: Vitor Baia; Nuno Frechaut, Jorge Costa, Fernando Couto, Rui Jorge; Armando Petit, Paulo Bento; Sergio Conceição, João Pinto, Luis Figo e Pauleta.

    Coréia do Sul: Lee Woon-jae; Choi Jin-cheul, Hong Myung-bo, Kim Tae-young; Song Chong-gug, Kim Nam-il, Yoo Sang-chul, Park Ji-sung, Lee Eul-yong; Hwang Sun-hong e Seol Ki-hyeon.

    Surpresa da chave, os Estados Unidos dependem somente de seus esforços para alcançar as oitavas-de-final. Somando quatro pontos, os americanos jogam pelo empate diante a Polônia, que perdeu seus dois jogos até aqui.

    De acordo com o treinador dos EUA, Bruce Arena, o time polonês pode complicar por já não ter mais chance.

    - Eles não vão querer voltar para casa sem vencer e não terão pressão. Devemos nos cuidar. Além do mais, teremos o público torcendo contra - disse.

    Escalações prováveis:

    Polônia: Jerzy Dudek; Jacek Bak, Tomasz Waldoch, Tomasz Hajto, Michal Zewlakow; Radoslaw Kaluzny, Arkadiusz Bak, Jacek Krzynowek; Marek Kozminski, Emmanuel Olisadebe, Pawel Kryszalowicz.

    Estados Unidos: Brad Friedel; Frankie Hejduk, Pablo Mastroeni, Jeff Agoos, Tony Sanneh, Eddie Pope; John O’Brien, Earnie Stewart, DaMarcus Beasley, Landon Donovan; Brian McBride.
     
  15. Strider

    Strider Usuário

    Del Piero, a inspiração que salvou a Itália da vergonha

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    OITA, JAPÃO - Alessandro Del Piero apareceu nesta quinta-feira como o nome que salvou a Itália da eliminação na primeira fase no Mundial do Japão e Coréia do Sul. O homem, chamado no passado de 'o novo Roberto Baggio', caiu em desgraça, mas voltou a brilhar com a camisa da Azzurra.

    - Poderia sonhar com isso em muitas partidas, porém jamais sonhei nesta. Mas para mim, o que importa é a classificação e espero que isto seja um crédito - disse.

    Esta foi a segunda vez que o atacante atuou nesta Copa do Mundo. Anteriormente, ele havia se envolvido em uma briga com o treinador que não quis colocá-lo quando Inzaghi estava lesionado. O lugar foi ocupado por Francesco Totti. Há alguns dias, os dois voltaram a estabelecer um entendimento.

    - Del Piero estava ansioso para jogar. Disse a ele extamente que lugar eu gostaria que atuasse e os pontos fortes e fracos dos atacantes. Na mesma hora, ele se colocou à disposição dizendo que quando eu precisasse poderia contar - disse Trapattoni.

    Del Piero, de 27 anos, vive a maturidade em sua carreira no futebol. Atacante da Juventus, de Turim, o jogador vai aos poucos acertando o passo e o caminho de uma trajetória marcada por lances geniais, altos e baixos.


    A estréia na equipe aconteceu em 1995 como uma aposta arriscada do treinador Marcello Lippi, após a venda de craques como Roberto Baggio. Rapidamente, o jogador de apenas 20 anos, fez com que os torcedores apagassem de suas mentes as lembranças de Baggio. Na temporada seguinte, brilhou na equipe italiana e conseguiu sua segunda Copa da Europa ao derrotar o Ajax, de Amsterdã, na final disputada em Roma. Mais tarde levantou o troféu da Copa Intercontinental, realizada em Tóquio.

    Mas a fama, sucesso e dinheiro vieram junto com os rumores de que Del Piero passava mais tempo nas boates da moda do que nos campos de treinamentos. Mais tarde, críticas aos frágeis joelhos e lesões acabaram com o mito. Aos poucos, ele foi deixando os problemas de lado, mas as vagas de estrelas no futebol europeu já estavam ocupadas.

    Do mesmo modo que a Juventus perdeu sua invencibilidade e poder em meados dos anos 90, Del Piero nunca mais brilhou tanto e estava longe de manter a regularidade requerida para ser o número um.

    A seleção italiana pode ser a catapulta que Del Piero precisava para voltar ao lugar mais alto do futebol mundial. Há dois anos liderando uma equipe que em nada lembra as gerações passadas e finalista da última Euro Copa graças à sua inspiração, o atacante mostrou na partida contra o México que sua dedicação livrou, mais uma vez, a Itália da eliminação.

    - Estive fora da equipe, mas nunca me entreguei. Me sinto em boa forma apesar de não ter jogado como os titulares - comentou Del Piero.
     
  16. Strider

    Strider Usuário

    Para Scolari, a Rússia será o adversário das oitavas

    ULSAN, Coréia do Sul - O técnico Luiz Felipe Scolari acredita que o Brasil terá a Rússia como adversária nas oitavas-de-final. Como o treinador sequer admite pensar na hipótese de a seleção não terminar em primeiro lugar do Grupo C - basta um empate, quinta-feira, contra a Costa Rica - ele está de olho no segundo colocado do Grupo H.


    Nesta segunda-feira, ao saber que a Bélgica empatava em 1 a 1 com a Tunísia, resultado final da partida, ele se mostrou surpreso, mas deixou claro que sempre apostou nos russos como segunda força do grupo.

    - É mesmo. Mas de qualquer maneira, a Bélgica ainda teria a Rússia pela frente. Não muda muito coisa - afirmou o treinador brasileiro.

    Para os jogadores, tanto faz. Bélgica, Rússia ou até Japão, não há diferença. Pelo menos da boca para fora. Anderson Polga disse inicialmente, repetindo um dos mais velhos clichês do futebol, que quem quer ser campeão não pode escolher adversário. Mas acabou se traindo.

    - Para ficarmos com o título temos que passar por todo mundo. Mas é lógico que o Japão joga mais motivado empurrado pela torcida - assumiu o zagueiro.

    O apoiador Juninho Paulista não está preocupado em ter de enfrentar um dos anfitriões. Mas, pelo que as equipes apresentaram, acha difícil isso acontecer já na próxima fase:

    - Independentemente de estar jogando em casa, o Japão tem sido a melhor equipe do grupo H e tem feito partidas bem mais interessantes do que muita seleção favorita.

    O goleiro Marcos demonstrou confiança na capacidade da seleção brasileira:

    - Não me preocupa o adversário que vamos enfrentar. Se formos ficar com medo dos anfitriões, a final vai acabar sendo Japão x Coréia.

    O capitão Cafu não foi muito mais criativo:

    - Temos que nos preocupar é com o nosso time. Se jogarmos bem, tanto fez Bélgica, Rússia ou Japão.

    O curioso é que Cafu sabe muito bem como é difícil enfrentar o dono da casa numa Copa do Mundo. Em 94, nos Estados Unidos, a seleção suou para vencer os americanos por 1 a 0. Eles jogaram muito motivados, não só por estarem enfrentando uma seleção tricampeã do mundo nas oitavas-de-final, mas principalmente pelo fato de a partida ter sido disputada no dia 4 julho, data da independência dos Estados Unidos.

    Cafu, reserva na época, entrou em campo depois que Leonardo foi expulso ao dar uma cotovelada em Tab Ramos. Quatro anos depois, já como titular absoluto, ele enfrentou a França, no Stade de France, em Paris, na final da Copa. O resultado, todo mundo está cansado de saber.

    Talvez por isso, Denílson, que entrou na decisão da Copa de 98, tenha sido o mais sincero ao falar do adversário nas oitavas-de-final:

    - Se pudermos evitar o Japão, melhor. Afinal, seria um jogo em que todo mundo estaria contra nós.
     
  17. Strider

    Strider Usuário

    Inglaterra pode ser maior obstáculo da seleção até a final

    Antes da Copa, as projeções indicavam que o Brasil enfrentaria França e Argentina entre as quartas-de-final e as semifinais. Com a eliminação prematura dos rivais, o torcedor brasileiro alimenta a ilusão de que a facilidade da primeira fase se prolongue por toda a Copa.


    Mas o caminho não está tão livre assim. Até porque, ao vencerem França e Argentina, seleções como Dinamarca, Senegal e Suécia passaram a ser olhados com mais respeito. Isso sem falar na Inglaterra, que apenas confirmou sua condição de candidata ao título. O Brasil terá que enfrentar dois destes quatro países para ir à final.

    O primeiro lugar do grupo C, a seleção de Luiz Felipe Scolari já confirmou. Assim, encontrará provavelmente Bélgica ou Rússia, dia 17, em Kobe, pelas oitavas-de-final. Na fase seguinte, o adversário seria o vencedor do confronto de sábado entre Dinamarca e Inglaterra.

    O Brasil deixou para as semifinais o possível confronto com suecos, senegaleses, turcos ou japoneses (se confirmarem o primeiro lugar no grupo H).

    Seja por qualquer caminho, se chegar à final, o adversário virá da outra chave, que já tem Alemanha, Espanha e Itália qualificadas às oitavas. Fácil foi assistir à eliminação de França e Argentina pela TV. Para chegar ao penta, o Brasil ainda vai ter que jogar muita bola.
     
  18. Strider

    Strider Usuário

    Scolari admite erros e pede mais atenção ao time

    SUWON, Coréia do Sul - Após a goleada de 5 a 2 sobre a Costa Rica, o treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, afirmou ter ficado satisfeito com a atuação do time, mas admitiu que ocorreram falhas.


    Segundo o treinador, o time parece relaxar um pouco quando tem vantagem no marcador, permitindo que o adversário crie situações perigosas.

    - Cometemos alguns erros defensivos que são normais. Outras seleções também os cometem e não se dá tanta importância.

    Scolari afirmou que pretende mostrar aos jogadores a fita com os 15 minutos finais do primeiro tempo e os 15 iniciais da segunda etapa do jogo desta quinta-feira para reduzir o número de erros nos próximos jogos.

    - Conto com a boa vontade dos atletas para que eles cometam um número bem menor de erros - afirmou na coletiva oficial da Fifa.

    Perguntado sobre as eliminações precoces de França e Argentina, Scolari disse que os times que permaneceram no Mundial demonstraram ter mais qualidade que as seleções que foram eliminadas.

    - Então é mais difícil enfrentar contra as seleções que ficaram - resumiu, negando que o caminho do Brasil teria sido facilitado.

    - Ainda não somos favoritos. Temos que seguir trabalhando com humildade e passo a passo. Passamos pela primeira fase, o que é muito importante. Outros (times) não conseguiram.
     
  19. Strider

    Strider Usuário

    CBF quer que Fifa dê gol a Ronaldinho

    O brasileiro Ronaldinho confirmou, na saída do hotel para o aeroporto de Seul, que a CBF encaminhou um recurso à Fifa para que o primeiro gol contra a Costa Rica seja computado para o Fenômeno, e não para o zagueiro Marín. A resposta deve sair na sexta-feira.

    - O gol foi meu. A CBF mandou o recurso, mesmo porque a Fifa vem considerando que o gol é do atacante em divididas com os zagueiros - afirmou, em entrevista ao Sportv.

    Com este gol, Ronaldinho teria quatro e ficaria a apenas um do artilheiro da Copa, o alemão Miroslav Klose.

    Sobre o adversário da seleção nas oitavas-de-final, que vai sair nesta sexta-feira, Ronaldinho é evasivo.

    - Quem quer ser campeão não pode escolher adversário. O time que vier, a gente tem de arrasar - ressaltou o atacante.
     
  20. Strider

    Strider Usuário

    Maldini quebra recorde de minutos em campo

    OITA, JAPÃO - Além da classificação para as oitavas-de-final, o zagueiro italiano Paolo Maldini teve outro motivo para festejar a partida desta quinta-feira contra o México. A partir de agora, ele é o jogador que passou mais tempo em campo em toda a história das Copas do Mundo.

    Maldini superou o alemão Lothar Matthaus, antigo recordista com 2.052 minutos em Mundiais. O italiano assumiu o novo recorde aos 43 minutos do primeiro tempo de Itália e México. Em número de jogos, porém, Maldini ainda precisa jogar mais um pouco. Ele disputou 22 partidas pela Azzurra e terá que chegar à final para superar os 25 jogos de Matthaus.
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar