1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

No futuro, grandes cidades terão pedágio

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fúria da cidade, 27 Mai 2007.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Veja matéria completa no link:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Do jeito que as coisas caminham em SP onde vivo, acho isso que isso mais cedo ou mais tarde vai acontecer.

    RAUL JUSTE LORES
    da Folha de S.Paulo

    O filósofo e matemático Antanas Mockus, 55, encontrou-se esta semana com o governador José Serra (PSDB), o prefeito Gilberto Kassab (DEM), secretários municipais e estaduais, além de líderes de ONGs. A agenda de reuniões do ex-prefeito (por duas vezes) de Bogotá são prova de seu prestígio.
    Mockus é considerado o pai da revolução urbana que transformou aquela cidade em exemplo de como fazer muito com pouquíssimo dinheiro.
    Mesmo com um orçamento que representa um terço de São Paulo, a ainda pobre Bogotá, 8 milhões de habitantes, apresenta inovações em transporte público, educação no trânsito, habitação e cultura. A taxa de homicídios, que era de 80 por 100 mil habitantes em 1993, baixou para 18 no ano passado.
    Em entrevista à Folha, Mockus falou que os impostos devem ser "redistributivos" e priorizar habitação e transporte público e sugere um "pacto de cidadania" com os motoboys.
     
    Última edição: 27 Mai 2007
  2. Papagena

    Papagena ƒƒ

    O que o título tem a ver com ese pedaço de notícia? Cadê o resto?
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O trecho é esse


    FOLHA - São Paulo gastou cerca de R$ 200 milhões no ano passado recapeando ruas, e o governo anterior construiu túneis dos Jardins na direção do Morumbi. Ambas ações priorizam o uso do carro em vez do transporte público. Bogotá fez o contrário?
    MOCKUS - Nosso rodízio atinge 40% dos carros por dia, quatro números não podem circular durante seis horas por dia. Quando eu era reitor da Universidade, eu ia de bicicleta para a reitoria, chamava atenção que a minha escolta usava carro e eu na bici. Quando prefeito, andei de bicicleta várias vezes.
    Aos domingos, fechamos as principais avenidas de Bogotá por várias horas e elas se transformam em um grande parque. É um dia de mais exercício físico, as pessoas ficam de melhor humor, a poluição diminui.
    Investimento prioritário é transporte público. Menos espaço e verbas para o transporte privado de carro, prioridade para faixas exclusivas de ônibus, melhorar as calçadas.
    Todas as grandes cidades terão que seguir Cingapura e Londres no futuro, e ter um pedágio eletrônico. Usar carro em certas horas é caro, não dá para tirar dinheiro público para fazer as obras caríssimas que demandam o tráfego de carros. Investir em transporte público com esse dinheiro é redistribuir renda.
     
  4. Papagena

    Papagena ƒƒ

    Ah, agora o link tá ali. Obrigada.
     
  5. Shazan

    Shazan siscapuliu

    Seria o retorno da Monark?
     
  6. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Ela nunca foi embora, não? Como ela pode retornar se nem foi?
     
  7. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Aqui no Rio term pedágio numa via expressa, a Linha Amarela, e eu acho bem absurdo isso.
     
  8. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Tb acho.

    Existe um projeto de lei que perambula a camara municipal de Niteroi sobre a abertura do tunel conectando Regão Oceanica com Charitas.

    Só tem um maldito problema, de acordo com uma perspectiva, esse tunel se aberto irá ter o pedágio mais caro, por km, do mundo. Em torno de 2 reais ida e 2 reais pra voltar. Tudo isso para a diminuição do trnasito infernal que se encontra nesta cidade...
     

Compartilhar